Desenvolvimento do projeto



Baixar 38.63 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho38.63 Kb.

DESENVOLVIMENTO DO PROJETO

CLIENTELA: 5.ª série do Ensino Fundamental


OBJETIVO GERAL

  • Formar progressivamente o leitor competente e crítico;

  • Partir do texto do livro didático e ampliar para leituras de maior fôlego e complexidade;

  • Desenvolver atividades interdisciplinares e transdisciplinar.


1.º BIMESTRE
CONTEÚDO TEMÁTICO: Meio ambiente

OBJETIVO ESPECÍFICO


  • Despertar no aluno o espírito de conservação do meio ambiente, conscientizando-os dos problemas ambientais para que tenha uma postura participativa e, assim, venha a ajudar a melhorar o ecossistema por meio de leituras de textos de diferentes suportes e gêneros, desenvolvendo a sua competência como leitor.

MATERIAL


  • SOUZA, Cassia Garcia de, CAVÉQUIA, Marcia Paganini. Linguagem – criação e interação: 5.ª série. Colaboração Rosemeire Aparecida Alves. 2.ed. São Paulo: Saraiva, 1999.

  • Leitura de gibis diversos.

  • Leitura de gibis do Maurício de Souza com o tema – meio ambiente.

  • Sapo Xexéu contra a Nhaca no meio ambiente! – História em quadrinhos da Prefeitura de Franca, São Paulo. In: MARINHO, Luzia Fonseca, MORAES, Elody Nunes, BRANCO, Graça. Língua Portguesa (Livro didático). V.3, São Paulo: Moderna, 2001. p.11.

  • Leitura de textos informativos sobre reciclagem.

  • NUCCI, Nély A. Guernelli. Turma do Utilixo. Ilustrações Sérgio Ramos. São Paulo: Paulinas, 1994. (Sabor Amizade).

  • NUNES, Lygia Bojunga. Feito à mão. Rio de Janeiro: Agir, 1999. 110p.

  • BANDEIRA, Pedro. O mistério da fábrica de livros. Ilustrações de Roberto Negreiros. São Paulo: Hamburg, 1988.

PROCEDIMENTO



  • Determinação do horizonte de expectativas

Partindo da unidade 1 do livro didático Linguagem – criação e interação, de Cássia Garcia de Souza e Marcia Paganini Cavéquia (1999), que objetiva despertar o gosto pela leitura e mostrar a importância que ela possui, por meio de observação dos comportamentos da turma, conversa informal e aplicação de questionários procurará verificar que tipo de leitura que agradam as crianças e assim, verificar as suas preferências. Procurará investigar também as leituras realizadas, a temática desenvolvida com as crianças para desta forma detectar quais são os horizontes de expectativas dos alunos.

  • Atendimento do horizonte de expectativas

A partir dos interesses demonstrados pelas crianças em relação à leitura de histórias em quadrinhos estudados na unidade 1 do livro didático, procurará criar uma gibiteca, solicitando às crianças para trazerem revistas de sua casa, parentes e amigos.

Em seguida, fará leitura de diversos gibis, em duplas. Após, pedirá para os alunos verificarem as histórias que tenham tema relacionado ao meio ambiente.



  • Ruptura do horizonte de expectativas

Solicitar aos alunos, em duplas, apresentar a história sobre o meio ambiente que leram. Depois, apresentar em retroprojetor a história em quadrinhos “Sapo Xexéu contra a Nhaca no meio ambiente!” Promover uma discussão em que os alunos irão comparar as histórias lidas e verificar quais são os assuntos abordados dentro do tema sobre o meio ambiente.

  • Questionamento do horizonte de expectativas

Em seguida, promover um debate sobre o tema. Levar os alunos a refletir como poderiam ajudar melhorar o meio ambiente. Como poderiam contribuir para a limpeza da escola, de sua casa, de seu bairro, de sua cidade,... Como solucionar a questão do lixo. Reciclar poderia ser a solução?

Propor uma discussão oral sobre as questões, despertando o interesse dos alunos para a pesquisa. Promover a participação de todos, dando as suas opiniões, fazendo com que ampliem sua visão de mundo e formando uma consciência ecológica.

Por meio do debate, os alunos terão oportunidade de trabalhar também aspectos referentes ao desenvolvimento da língua oral, tendo oportunidade de desenvolver o hábito da retórica.

Assim, são apresentados vários textos informativos sobre reciclagem. Textos que abordem sobre os materiais que podem ser reciclados, a coleta seletiva, os símbolos utilizados, o tempo gasto para que esses materiais possam ser degradados quando jogados no meio ambiente. Além disso, serão trabalhados também os textos da Unidade 8 do livro didático que abordam a questão do respeito à fauna.



  • Ampliação do horizonte de expectativas

Para ampliar o horizonte de expectativas dos alunos é apresentado o livro Turma do Utilixo, de Nelly A. Guernelli Nucci. A partir da leitura do livro é sugerido para que se monte uma peça de teatro, inventada por eles ou transformar a história em quadrinhos – “Sapo Xexéu contra a Nhaca no meio ambiente – em teatro.

A peça poderá ser apresentada na escola e em outras escolas, como forma de conscientizar os alunos e outros alunos de outras escolas da importância de reciclar o lixo.

A partir dessa atividade, pretende-se implantar a recolha seletiva do lixo na escola. Pensa-se também em ampliar para a comunidade de Congonhas, por meio de parceria com a sub-prefeitura – criar a coleta seletiva de material reciclável e ampliar a campanha para arrecadar fundos para comprar livros com esse material iniciado em outubro de 2001.

No Método Recepcional, o final de uma “etapa é o início de uma nova aplicação do método que evolui em espiral, sempre permitindo aos alunos uma postura mais consciente com relação à literatura e à vida” (Bordini & Aguiar, 1993, p.91). Portanto, dando continuidade ao processo, para enriquecimento cultural e social dos alunos, será solicitado para que leiam o livro Feito à mão, de Lygia Bojunga Nunes. Neste livro os alunos terão oportunidade de vivenciar a feitura de um livro de forma artesanal e o trabalho criativo da escritora que se autodenomina artesã. Além disso, o livro de Lygia poderá servir de inspiração para os alunos produzirem um livro “feito á mão” com papel reciclado, encadernado de forma artesanal e com as suas produções manuscritas. Ao desenvolver leitura de texto ligado à questão artesanal, estará discutindo o tema da diversidade cultural abordado na unidade 2 do livro didático e ampliando a visão de mundo do aluno.

Para contrapor a feitura de um livro pelo método artesanal e outro, pelo método industrializado, pode-se solicitar a leitura do livro O mistério da fábrica de livros, de Pedro Bandeira. Por meio deste livro, os alunos poderão conhecer todo o proceso da produção de um livro desde a transformação da árvore em papel até ele chegar nas prateleiras de uma livraria.

No final desse processo, pode-se verificar um desenvolvimento progressivo em termos de textos, pois se partiu de um texto mais simples (história em quadrinhos) para um mais complexo (romance), do mais próximo do aluno para o mais distante.




2.º BIMESTRE
CONTEÚDO TEMÁTICO: Contos populares e contos de fadas
OBJETIVO ESPECÍFICO

  • Oportunizar os alunos a conhecer o conto popular, fazendo-os a interessar-se pela leitura dessas histórias de origem popular. Assim, vivenciar experiências que lhe permitam ter a noção da estrutura desse texto narrativo que segue uma seqüência lógica.

  • Enfocar também os contos de fadas, dando continuidade aos contos advindos da tradição oral. Por meio desse gênero conhecido pelas crianças, introduzirá a paródia, oportunizando os alunos a lerem recriações de contos de fadas modernas em que se verifica o intertexto de contos de fadas tradicionais presentes.

MATERIAL


  • AZEVEDO, Ricardo. Armazém do folclore. São Paulo: Ática, 2000.

  • LISPECTOR, Clarice. Como nascem as estrelas. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1987.

  • CASCUDO, Luís da Câmara. Contos tradicionais do Brasil. Rio de Janeiro: Ediouro, s.d.

  • SILVA, Waldemar de Andrade e. Lendas e mitos dos índios brasileiros. São Paulo: FTD, 1997.

  • LOBATO, Monteiro. O saci. São Paulo: Brasiliense, 1991.

  • PERRAULT, Charles. Chapeuzinho vermelho. Porto Alegre: kuarup, 1987.

  • Várias versões de Chapeuzinho vermelho.

  • BUARQUE, Chico. Chapeuzinho amarelo. São Paulo: Berlendis & Vertecchia, 1997.

  • ROSA, Guimarães. Fita verde no cabelo. Ilustração Roger Mello. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000. 32p.

  • BANDEIRA, Pedro. O fantástico mistério de Feiurinha. Ilustrações de Denise & Fernando. 15.ed. São Paulo: FTD, 1994. (Terceiras Histórias).

  • ROCHA, Ruth. Procurando Firme. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2000.

PROCEDIMENTOS



  • Determinação do horizonte de expectativas

Por meio de uma conversa informal sobre a arte de contar histórias, abordada na unidade 3 do livro didático, discute-se o tema e solicita-se aos alunos para expor sua opinião em relação às qualidades que deve possuir um bom contador de histórias. Investiga-se a possibilidade de na própria sala haver um aluno contador de história. Convida também pessoas de fora do ambiente escolar para essa prática.

  • Atendimento do horizonte de expectativas

A partir dos interesses demonstrados pelas crianças em relação aos contos populares, selecionará alguns textos de Ricardo de Azevedo, Clarice Lispector, Luís da Câmara Cascudo, Waldemar de Andrade e Silva e solicitará para os alunos lerem e prepararem para contar para os colegas.

Em seguida, promover um debate sobre os contos apresentados, discutindo questões relativas ao conteúdo da história. A discussão pode continuar com a manifestação das crianças sobre suas impressões diante das situações narrativas: como se sentiram diante dos problemas enfrentados pelos personagens. Depois, sugerir a leitura do livro O saci, de Monteiro Lobato.



  • Ruptura do horizonte de expectativas

Para contrapor com um outro gênero, para ruptura do horizonte de expectativas da criança, trabalhará com o conto de fadas desenvolvido na unidade 4 do livro didático. Apresentará nesse momento o conto de fadas – Chapeuzinho Vermelho – versão de Charles Perrault. Trabalha-se outras versões do conto, apresentando o tipo de texto parodístico. Em grupo, os alunos lerão as novas versões e apresentarão para os colegas. Em seguida, serão comentadas as versões, quais que mais agradaram, o porquê de ter gostado mais desse ou daquele, o que está imlicito por trás desse conto, concordam ou não, o tema é atual ainda. Nesse momento os alunos terão oportunidade de exporem as suas idéias.

  • Questionamento do horizonte de expectativas

Após análise das várias versões de Chapeuzinho Vermelho, agora é apresentada uma outra versão no gênero poético – Chapeuzinho amarelo, de Chico Buarque. Discute-se o texto e realiza-se uma comparação com as vesões anteriores. Enfatiza-se nessa análise o trabalho mais bem elaborado do autor. Depois, para mostrar um outro trabalho bem realizado literariamente, tendo como base o mesmo conto, apresenta-se o conto – Fita verde no cabelo, de Guimarães Rosa. Destacar nessa reflexão as inovações de linguagem do autor, o tema da morte abordado de forma poètica.

  • Ampliação do horizonte de expectativas

Para atender as expectativas ampliadas em termos de temas e composição mais complexos, solicita-se a leitura do livro – O fantástico mistério de Feurinha, de Pedro Bandeira. Nesse livro os alunos terão contato com as várias personagens dos contos de fadas em que se misturam em uma outra história. Pode-se solicitar também a leitura do livro – Procurando firme, de Ruth Rocha em que mantém relaão com o conto de fadas, mas que modifica os sentidos antes trabalhados.

3.º BIMESTRE
CONTEÚDO TEMÁTICO: Problemas e relacionamentos sociais

OBJETIVO ESPECÍFICO


  • Proporcionar à criança contato com textos que representem problemas sociais, despertando o espírito de solidariedade.

MATERIAL


  • ROCHA, Ruth. Marcelo, marmelo, Martelo e outras histórias. São Paulo: Cultura, 1981.

  • NUNES, Lygia Bojunga. O bife e a pipoca. In: ___. Tchau. Ilustrações Regina Yolanda. 6.ed. Rio de Janeiro: Agir, 1991. (4 Ventos).

  • MACHADO, Ana Maria. Passarinho me contou.

  • ROCHA, Ruth. O reizinho mandão. São Paulo: Pioneira

  • ___. Sapo vira rei. São Paulo: Salamandra.

  • ___. O rei que não sabia de nada. São Paulo: Salamandra

  • NUNES, Lygia Bojunga. Os Colegas. Ilustrações Gian Calvi. 12.ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1984. 96p.

  • ___ A casa da madrinha. Ilustrações Regina Yolanda. 9.ed. Rio de Janeiro: Agir, 1986. (4 Ventos).

PROCEDIMENTO



  • Determinação do horizonte de expectativas

Por meio de uma conversa informal sobre o relacionamento entre as pessoas, entre os colegas de classe durante as brincadeiras, nos jogos, verifica-se que há sempre um atrito entre os companheiros. Partindo dos textos da unidade 5 do livro didático sobre esportes discute-se como eles se comportam um com os outros.

  • Atendimento do horizonte de expectativas

Ao detectar o problema de relacionamento, proporcionar à classe experiências desse nível com o texto Marcelo, Marmelo e Martelo, de Ruth Rocha. Em seguida, discutirá o texto, explorando as questões de relacionamento, de problemas sociais. Após, será solicitado para que leiam o conto “O bife e a pipoca”, de Lygia Bojunga Nunes. Neste conto os alunos vivenciarão o problema de desnível social.

  • Ruptura do horizonte de expectativas

Após, introduzirá o livro Passarinho me contou, de Ana Maria Machado. Por meio desse texto, a questão de relacionamento e problemas sociais ganhará uma abrangência maior, tema da unidade 6 do livro didático. Passará a abordar questões de relacionamentos e problemas sociais do País. Verificará que há um diálogo com o conto de fadas João e Maria, com o qual poderá relacionar com as leituras de contos de fadas feitas anteriormente. Observa-se também presente o tom de paródia entre o reino da história com o Brasil.

  • Questionamento do horizonte de expectativas

Em seguida, promover debate sobre os problemas abordados no livro. A partir dessa discussão, solicitar a leitura dos livros O reizinho mandão, Sapo vira rei e O rei que não sabia de nada, de Ruth Rocha. A leitura desses livros será feita de forma coletiva, dividindo a turma em grupo de três. Depois da leitura realizada, discutirão o texto e apresentarão um seminário sobre o livro lido. O professor orientará no planejamento do trabalho, nos recursos audio visuais que forem utilizados.

  • Ampliação do horizonte de expectativas

Com o objetivo de ampliar o horizonte de expectativas dos alunos, será solicitado para que leiam o livro Os colegas, de Lygia Bojunga Nunes. Por meio desse livro, os alunos entrarão em contato com um outro gênero – a fábula. Além disso, é abordado problema relacionado à questão do menor abandonado. Nesse momento tratará também de questões como o respeito pelos semelhantes, solidariedade e fraternidade, a diversidade cultural abordado na unidade 7 do livro didático.

Para enriquecimento cultural e social dos alunos, será solicitada também a leitura do livro A casa da madrinha, de Lygia Bojunga Nunes.



4.º BIMESTRE

CONTEÚDO TEMÁTICO: Aventuras imaginárias

OBJETIVO


  • Estimular a imaginação das crianças com textos da linha do maravilhoso, do fantástico para que vivenciem experiências de aventuras imaginárias.

MATERIAL


  • ROWLILNG, J. K. Harry Potter e a pedra filosofal. Trad. Lia Wyler. Rio de Janeiro: Rocco, 2000.

  • Vice-versa ao contrário, de vários autores, Companhia das Letrinhas.

  • CARROL, Lewis. Alice no país das maravilhas. Trad. Ruy Castro. Ilustrações Laurabeatriz. São Paulo: Companhia das Letrinas, 1992.

  • COLASANTI, Marina. Ana Z aonde vai você? Ilustrações Marina Colasanti. 8.ed. São Paulo: Ática, 1997. 88p. (Sinal Aberto).

PROCEDIMENTO



  • Determinação do horizonte de expectativas

Por meio de conversas informais, é verificado se os alunos gostam de filmes, histórias de terror, que falam de seres fantásticos, almas penadas, bruxas, bichos-papões, extraterrestres, vampiros,...

  • Atendimento do horizonte de expectativas

Constatada essa preferência, irá procurar atender as expectativas dos alunos oferecendo textos que abordem esse tema, como os textos da unidade 9 do livro didático e alguns fragmentos do livro Harry Potter e a pedra filosofal além de assistir ao filme. Por meio desses textos, será estimulada a imaginação das crianças no mundo fantástico.

  • Ruptura do horizonte de expectativas

Em seguida serão introduzidos textos que também trabalham com o fantástico, mas em outro aspecto – o maravilhoso metafórico (ou simbólico). A significação essencial da história é apreendida somente quando o nível metafórico de sua linguagem narrativa for percebido ou decodificado pelo leitor.

Desta forma, será solicitada a leitura do livro Alice no país das maravilhas. Assim, propõe ao aluno viajar pela literatura, contrapondo à viagem pelo mundo proposto na unidade 10 do livro didático.



  • Questionamento do horizonte de expectativas

Após a leitura do livro, será posto em debate para analisar essa leitura e comparar com as leituras realizadas anteriormente. Levar os alunos a observarem as várias modalidades de textos, os que necessitam de mais inferência do leitor. Em seguida, poderá assistir ao filme Alice no país das maravilhas produzido pela Walt Disney para poderem constratar com outro tipo de suporte de texto.

  • Ampliação do horizonte de expectativas

Para ampliar o universo cultural do aluno, será oferecida a leitura do livro Ana Z aonde vai você? Por meio desse livro o aluno é estimlado a realizar uma viagem no mundo da fantasia. Se não é possível viajar no sentiado real, pode-se viajar de forma metafórica por intermédio da leitura de livros.
AVALIAÇÃO

Os alunos devem evidenciar capacidade de comparar e contrastar todas as atividades realizadas, questionando sua própria atuação e a de seu grupo. Demonstrar, no final de cada etapa, uma leitura mais exigente que a inicial em termos estéticos e ideológicos, transpondo o seu horizonte de expectativas rumo a novas leituras que ampliem a sua visão de mundo em todos os aspectos. Essa avaliação será verificada por meio de debate, participação em sala, apresentação de trabalhos em grupo e relatório individual. Procurar-se-á verificar o processo de formação contínua do aluno como leitor, a competência que se está adquirindo a cada etapa.


OBS: Como fechamento do ano letivo, pretende-se realizar uma feira de livros, expor os trabalhos desenvolvidos pelos alunos, suas produções de livros com material reciclável e convidar um escritor (Pedro Bandeira) para vir prestigiar nossa festa e realizar palestra sobre a importância de se ler.



Catálogo: portals -> roteiropedagogico -> recursometod
recursometod -> Revista geo-paisagem ( on line ) Vol. 1, número 2, 2002
roteiropedagogico -> Desigualdade morro acima (fim do bnh)
roteiropedagogico -> IdentificaçÃo do conteúDO: Disciplina: Matemática Eixo: Números Complexos Conteúdo: Operações com Números Complexos Chamada para o Relato Sabemos da necessidade
recursometod -> Pierre Menard, autor do
recursometod -> 4- observe a ilustração, pesquise: a origem de Afélio e Periélio
recursometod -> História da educaçÃo física
recursometod -> Elementos para uma História da Ação Popular no Paraná
recursometod -> Iluminismo como Conceito de Época
recursometod -> Peça “João e Maria” será apresentada no Calil Haddad Assessoria de Comunicação Thaís Pismel
recursometod -> Hidroginástica


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal