Dia Mundial da Poesia Concurso Faça Lá Um Poema



Baixar 7.5 Kb.
Encontro01.08.2016
Tamanho7.5 Kb.
Dia Mundial da Poesia

Concurso Faça Lá Um Poema

Aluno: Ana Filipa Antunes

Ano de escolaridade: 5.º ano

Agrupamento de Escolas Padre Francisco Soares / Escola Básica Padre Francisco Soares, Torres Vedras


Título do Poema Faça Lá um Poema

Era eu um gato

Vistoso e endiabrado

Quando tropecei num sapato

Que estava no meio de um prado.

Como sou desenrascado

Fugi a sete pés!

Fui parar ao outro lado

Lá p'rós lados de Algés.

Quem és? Quem és?

Perguntaram-se sem parar.

Respondi: gato Maltês.

E escapei outra vez!

Cansado de tanto andar

Sem destino, a correr,

Lá me pus a pensar:

O que haveria de fazer?!...

Pensei... Pensei...

A uma conclusão cheguei:

Está na hora de comer!

Então, de porta em porta,

Uma sopinha procurei,

Leite ou uma torta.

Ai que comidinha tão boa,

Sardinha fresca e saborosa,

Encontrei eu em Lisboa

À porta de uma gata jeitosa.

Tinha ar de princesa

Toda malhada e airosa,

Pescou-me com toda a esperteza

De uma gata manhosa.

Fiquei preso pelo coração,

Podem ter a certeza!

Voltar, não volto não,

Sem a minha beleza.

Agora que não estou só

Preciso de ter um patrão

Que me pague o pão-de-ló

Para dar ao meu torrão.

Como se pode sentir

Isto é uma história de amor,

Gato e gata vamos sorrir

Enquanto durar este calor.

E para que fique na lembrança

A importância deste tema,

As palavras entram comigo na dança



Ora, faça lá um poema!




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal