Diretor- geral Prof. Carlos Alexandrino dos Santos Vice- diretor



Baixar 1.16 Mb.
Página1/15
Encontro23.07.2016
Tamanho1.16 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15

Dirigentes




Diretor- Geral


Prof. Carlos Alexandrino dos Santos

Vice- Diretor


Prof. Ronaldo Lucídio de Avellar

Diretor de Ensino


Prof. José Rubens Gonçalves de Souza

Diretor de Relações Empresariais


Prof. Heli Santos de Oliveira

Diretor de Administração


Prof. Suomar Bitar Silva

Diretor do Departamento de Ensino Médio e Profissional


Prof. Ari Divino Soares

Diretor do Departamento de Ensino Superior


Prof. Eduardo Nunes Gonçalves – De 01/01/02 a 15/10/02

Prof. Flávio Antônio dos Santos – De 16/10/02 a 31/12/02



Diretor do Departamento de Pesquisa e Pós- graduação


Prof. João Bosco Laudares – De 01/01/02 a 16/10/02

Prof. Tarcísio Antônio Santos de Oliveira – De 17/10/02 a 31/12/02



Coordenador de Planejamento


José Maria do Amaral

Chefe da Procuradoria Jurídica


Dr. Celso Luíz Santos Júnior

Chefe do Departamento de Recursos em Informática


Prof. Eduardo Henrique da Rocha Coppoli
Chefe da Assessoria Especial de Desenvolvimento de Projetos e Recursos Humanos

Prof. Regina Fátima Maia Atheniense de Oliveira



Chefe do Departamento de Apoio às Atividades de Ensino


Prof. Elizabete de Fátima C. Rossete


Diretores das Unidades de Ensino Descentralizadas – UNED’s




Diretor da UNED/Leopoldina

Prof. Magno Ernany Barbosa




Diretor da UNED/Araxá


Prof. Eduardo Henrique Lacerda Coutinho

Diretor da UNED/Divinópolis


Prof. Josias Gomes Ribeiro Filho


Diretores dos Centros de Educação Tecnológica – CET’s




Diretor do CET/Timóteo


Prof. José Saturnino Gomes

Diretor do CET/Itabirito


Prof. Zélia Maria Ferraz Barbosa

SUMÁRIO


Apresentação





3



Missão e Visão do CEFET-MG




5


Finalidades





6



Análise dos Indicadores de Ensino e Administração – Metas Físicas




7


Análise dos Indicadores de Ensino





8


Análise dos Indicadores de Administração





14


Ensino de Segundo Grau





20


Ensino de Graduação





22


Ensino de Pós-Graduação





23


Pesquisa





24


Extensão





27


Atividade Meio





56


CET/Timóteo





73


CET/Itabirito





77


APRESENTAÇÃO DA INSTITUIÇÃO

O CEFET-MG, foi fundado em 1910 como Escola de Aprendizes Artificies, passando a Escola Técnica em 1942 e a Centro Federal de Educação Tecnológica em 1978. Nesta ultima caracterização foi estabelecida pela Lei n.º 3552, de 16.02.1959, posteriormente alterada pela lei nº 6545 de 30.06.1978,regulamentada pelo Decreto nº 87.310 de 21.06.1992. Seu estatuto foi aprovado pela Lei nº 87.411 de 19.07.1992 e o Regimento Geral baixado através da Portaria Ministerial de nº 003 de 09.01.1994.



Desde a sua fundação a instituição vem desenvolvendo atividades de ensino na área tecnológica buscando a primazia pela qualidade e alcançando o conceito de escola pública de excelência.

Nos últimos anos o Centro vem desenvolvendo intensamente atividades de pesquisa e extensão que o caracterizam amplamente como uma sólida Instituição de Ensino Superior.

Atualmente o Centro oferece o Curso Médio nas Unidades de Belo Horizonte, Leopoldina, Araxá e Divinópolis. Em Belo Horizonte são lecionados os seguintes Cursos Técnicos: Edificações-Construção de Edifícios, Edificações: Planejamento e Projetos, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica Automação Industrial, Sistema Viário, Transportes e Trânsito, Informática Industrial, Equipamentos para Área de Saúde, Mecânica, Meio Ambiente, Química, Turismo e Lazer. Em Leopoldina: Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática Industrial, Mecânica. Em Araxá: Edificações, Eletrônica, Mecânica, Mineração. Em Divinópolis: Vestuário, Calçados; Eletromecânica.

O CEFET-MG ainda se responsabiliza pela coordenação didàtico-pedagógica e a orientação administrativa dos Centros de Educação Tecnológica(CETs) de Timóteo e de Itabirito em Minas Gerais. No CET de Timóteo são oferecidos Cursos Técnicos de Turismo e Lazer, Química Industrial, Metalurgia, e de Edificações. Em Itabirito os Cursos Técnicos de Turismo, Mecânica, Informática, e Eletrotécnica.

Em termos de Educação Superior são oferecidos os cursos de Engenharia Elétrica, Mecânica e Civil, o curso de Licenciatura para professores da Área Tecnológica e os cursos Superiores de Tecnologia em Normalização e Qualidade Industrial além do curso de Radiologia, todos sediados em Belo Horizonte.

Na área da pós-graduação, o CEFET-MG ministra o Curso de Mestrado em Tecnologia e desenvolve cursos de especialização e de extensão em diversas áreas técnico-profissionais.

O CEFET-MG conta atualmente com 589 professores, sendo 480 professores do Quadro Permanente e 109 professores substitutos. Dos 589 professores 33 são doutores, 161 mestres, 258 especialistas, 126 graduados e 11 não graduados perfazendo 452 docentes com pós-graduação, ou seja, 77% do total. Uma grande parte dos docentes estão matriculados em programas de mestrado e doutorado o que garantirá nos próximos anos um aumento substancial de professores com estas titulações.

O Corpo docente da Instituição , alem de formação acadêmica da Instituição adequada è caracterizado por professores, na sua maioria, possuidores de uma grande experiência profissional no seu campo de ensino.



No ano de 2002 o CEFET-MG teve 6.320 alunos matriculados nos cursos técnicos e médios e 1.945 matriculados nos cursos superiores e 549 alunos de pós-graduação.

Apesar da falta de uma política de investimentos por arte do Governo Federal, o CEFET-MG, mediante convênios e outras parcerias, vem desenvolvendo obras de melhorias e ampliação de suas edificações nos seus seis campi, em Belo Horizonte e nas Unidades de Ensino Descentralizadas de Araxá, Divinópolis e Leopoldina. Pode-se citar o Laboratório para Estudos e Desenvolvimento de Técnicas e Racionalização Energética construído pela CEMIG, o Laboratório de Ar Condicionado, o Laboratório de Radiologia, os Laboratórios de Construção Civil, entre outros.

Uma dificuldade persistente nos últimos anos è a falta de reposição de pessoal, que foi agravada pela ampliação das matrículas ocasionadas pelo oferecimento de novos cursos em todos os níveis de ensino. Somente nas áreas dos cursos superiores, de três cursos existentes há alguns anos, com 216 vagas anuais, o CEFET-MG oferece hoje seis cursos com 586 vagas anuais.

Entretanto, não houve, neste período, a ampliação de uma única vaga para docente, sendo que a Instituição está absorvendo esta maior demanda de trabalhos acadêmicos com momento de produtividade do seu corpo docente e funcionários administrativos. Acrescente-se que as aposentadorias e exonerações de docentes do quadro permanente estão sendo substituídas, na maior parte, por vagas de professores substitutos que são contratados em regime precário. No atual planejamento acadêmico está prevista a oferta de novos cursos de licenciatura para magistério na área de ciências. Este programa dependerá do concurso de novos professores e funcionários.

Entre os convênios nacionais e internacionais que o CEFET-MG mantém em funcionamento, alguns são dignos de menção especial. Pode-se citar a criação do Centro Referencial das Águas com fonte de estudo, pesquisas, divulgação e execução de Projetos relacionados com o tema, instalado em Lambari-MG e com a participação de duas dezenas de Instituições Oficiais e Nacionais e da Alemanha. Outro programa consiste na cooperação entre CEFET-MG e Instituições de Ensino Tecnológico da Alemanha as Fachhochschulen. Pode-se citar ainda, entre outros, os convênios de apoio com a Fundação Vitae, a FINEP, a FAPEMIG, a CEMIG, a FIAT e a PETROBRÁS. Estes programas visam a cooperação para apoio às atividades acadêmicas e se destinam ao desenvolvimento de projetos e estudos de aproveitamentos em diversas áreas tecnológicas com ênfase em temas atuais como as alternativas energéticas.

Apesar das dificuldades inerentes à área de ensino e à atual conjuntura, o CEFET-MG, encerrou o ano de 2002 com grande orgulho pelo trabalho realizado e pelo reconhecimento da comunidade local pela sua participação na formação de nossa juventude e o apoio que tem proporcionado ao desenvolvimento científico e tecnológico em sua área de atuação.

Reconhecimento este que atesta a qualidade e a importância do trabalho realizado pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais no seus 92 anos de profícua existência.

Belo Horizonte, 04 de abril de 2003

  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   15


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal