Discurso de inauguraçÃo do monumento maçÔnico no oriente de varginha, em 20 de agosto de 2005



Baixar 14.41 Kb.
Encontro21.07.2016
Tamanho14.41 Kb.





DISCURSO DE INAUGURAÇÃO DO MONUMENTO MAÇÔNICO NO ORIENTE DE VARGINHA, EM 20 DE AGOSTO DE 2005

Autoridades nominadas pelo cerimonial, Irmãos, cunhadas, sobrinhos, sobrinhas, senhores e senhoras.


O dia de hoje, 20 de Agosto, é um dia especial para todos nós, porque foi escolhido como “o dia dos Maçons”.
Os Maçons de Varginha, tem um motivo a mais para celebrar este dia, pois, a nossa co-irmã, ARLS Vinte de Agosto nº 185, comemora hoje o seu 21º aniversário de sua fundação, que aconteceu no dia 20 de Agosto de 1984.
Na pessoal de seu Venerável Mestre, Irmão Fabiano Ferreira Campos, cumprimentamos todo os Irmãos da Loja Vinte de Agosto e desejamos uma caminhada cada vez mais profícua e promissora na honrosa missão de trabalhar em prol do Ser Humano de nossa cidade.
As quatro Lojas Maçônicas de nossa cidade: Acácia do Sul de Minas, Fraternidade Varginhense, Vinte de Agosto, União e Humanidade, e Conselho de Mestres Instalados de Varginha, idealizaram e construíram juntos este Monumento, composto de um Esquadro e um Compasso, que é um dos grandes símbolos da Maçonaria Universal, e escolheram o dia dos Maçons para inaugurá-lo.
O Esquadro: Instrumento usado em ângulos retos, no traçado de perpendiculares e linhas retas. Constitui-se de uma haste mais longa do que a outra. É das peças mais conhecidas da Maçonaria e representa a Retidão, a Equidade, a Justiça.

O Esquadro emite também a idéia da imparcialidade e da inteireza de caráter.


O Compasso: Pequeno instrumento, constituído por duas hastes, ou pernas, e que permite o traçado de linhas curvas, partindo de um ponto de apoio, o centro. Juntamente com o esquadro, constitui emblema da Ordem. Quando colocados no altar juntamente com o livro da Lei, que é a Bíblia, os três simbolizam a sabedoria irradiando luzes sobre a humanidade, especialmente, sobre os maçons de todo o mundo. As três peças reunidas (a Bíblia, o esquadro e o compasso), tomam o nome de “Grandes Jóias”, ou “Grandes Luzes” da Maçonaria.

Significa ordem, regularidade, retidão, harmonia, compreensão da lei e de uma realidade superior estabelecendo as perfeitas relações entre as coisas e especialmente entre os seres humanos.


A ordem maçônica tem seu fundamento na crença da existência de um criador do universo, o Grande Arquiteto do Universo, que é Deus. Tem ainda como regra a lei natural; como causa a busca da verdade, da Liberdade, baseadas na lei moral; como princípio, a Liberdade, a Igualdade, a Fraternidade; como frutos a Virtude, a Sociabilidade e o Progresso; por fim, a felicidade, a Paz e a Concórdia para a humanidade. Como um sistema sacramental, apresenta uma parte externa, à mostra, conforme o cerimonial, doutrina e símbolos adotados, e uma parte interna e esotérica, só acessível aos Maçons.

Seu Objetivo Maior: Tornar cada um de seus membros um Templo Sagrado, para que sejamos vistos como exemplos vivos para os nossos familiares e principalmente, para os observadores externos.


Escolhemos o dia 20 de Agosto para inauguração de nosso “Monumento Maçônico”, por ser o dia dedicado aos Maçons, e escolhemos o horário de Meio-dia, por ser simbolicamente, a hora em que começam os trabalhos dos Maçons em todas as Oficinas Maçônicas do mundo inteiro. Ao meio-dia o sol se encontra em zênite, (ponto imaginário mais elevado na abóbada celeste, verticalmente, sobre a cabeça do observador), no pico do céu, momento em que o sol atinge sua plenitude e projeta com maior intensidade, luz e energia sobre todos os seres vivos da terra, sem fazer sombra ao observador e à ninguem.
O meio-dia se aproxima, para o descerramento oficial da placa de inauguração, convidamos dois Irmãos do quadro da Maçonaria Varginhense, com o maior número anos de iniciados na Ordem: Irmão, Antônio Cordeiro (Delegado Regional do Grande Oriente do Estado de Minas Gerais), com 40 anos de relevantes serviços prestados à Maçonaria, e o Irmão, José Bernardes de Figueiredo (Deputado adjunto da Poderosa Assembléia Estadual Legislativa Maçônica do Estado de Minas Gerais), com 35 anos de relevantes serviços prestados à Maçonaria.
Convidamos ainda os Irmãos: Raimundo Nonato de Castro Andrade (Venerável Mestre da Loja Acácia do Sul de Minas), José Maria Nogueira (Venerável Mestre da Loja Fraternidade Varginhense e Presidente do Conselho de Mestres Instalados de Varginha), Fernando Amaral de Carvalho (Venerável Mestre da Loja União e Humanidade), e Fabiano Ferreira Campos (Venerável Mestre da Loja Vinte de Agosto), que conjuntamente, representando os Maçons das 4 Lojas de Varginha e Conselho de Mestres Instalados de Varginha, idealizaram e construíram este “Monumento”, que hora passamos à sua inauguração.
Antes porém, vamos dedicar um momento de silencio, em homenagem aos nossos Irmãos que já se encontram no Oriente Eterno, junto ao Grande Arquiteto do Universo, que é Deus, por tudo que eles fizeram pela Maçonaria no passado e que neste momento estão também conosco, participando e celebrando este momento histórico para a Maçonaria Varginhense.

Vamos incluir também, os nossos entes queridos que já se encontram junto de nosso Pai Celestial. A nossa Gratidão por tudo que eles fizeram pelas nossas vidas, pela nossa cidade e pelo nosso mundo.


A eles, um momento de silêncio !!!

Neste momento os Irmãos: Antônio Cordeiro e José Bernardes de Figueiredo, representando todos os Maçons da Maçonaria Varginhense, ao Meio-dia, descerram a placa de nosso “Monumento Maçônico” e o proclamamos oficialmente, inaugurado, nesta data de 20 de Agosto de 2005 da EV


Faremos agora à leitura da mensagem dos Maçons de Varginha gravada no monumento.
“Os Maçons do Oriente de Varginha se orgulham em fazer parte dessa Instituição Milenar que é a Maçonaria.

São os  escolhidos pelo Grande Arquiteto do Universo para a nobre e honrosa missão de trabalhar na construção do edifício social em nossa cidade e Região.

A todos que por este oriente passarem, recebam as nossas boas vindas”.
ARLS União e Humanidade nº 1.000 - fundada em 18 de Novembro de 1923;
ARLS Acácia do Sul de Minas nº 88 - fundada em 25 de Abril de 1980;
ARLS Vinte de Agosto nº 185 - fundada em – 20 de Agosto de 1984;
ARLS Fraternidade Varginhense nº 3.556 - fundada em 25 de Novembro de 2003;
COMIV - Conselho de Mestres instalados de Varginha - fundado em 10 de Março de 2005.” 

 

Varginha – Minas Gerais, 20 de Agosto de 2005, da EV


Elaboração e Oratória: Irmão, José Antônio de Freitas;


Membro das Lojas: ARLS “União e Humanidade” Nº 1000 e ARLS “Fraternidade Varginhense” Nº 3556;

Cargo: Delegado Legislativo Regional da PAEL, Poderosa Assembléia Estadual Legislativa do Grande Oriente do Estado de Minas Gerais.

Data da apresentação: 20 de Agosto de 2005 da EV;

Horário: 11:50 às 12:00 horas;



Local: Av. Princesa do Sul – em frente ao parque de exposição;

Cidade: Varginha – Minas Gerais.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal