Durante 30 anos caminhei à procura de Deus, e quando, no fim deste tempo, abri os olhos, descobri que era Ele quem me procurava”



Baixar 14.87 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho14.87 Kb.
O DEUS QUE EU BUSCO JÁ ME BUSCAVA ANTES
Durante 30 anos caminhei à procura de Deus, e quando, no fim deste tempo, abri os olhos, descobri que era Ele quem me procurava” (místico árabe)

Preparar o coração


* Você é convidado(a) a acolher a iniciativa gratuita e amorosa de Deus em

sua vida. O coração de Deus é inflamado de Amor por você; Ele não cessa

de implorar: “Meu (minha) filho(a), dá-me teu coração!”

* Faça uma leitura das pegadas de Deus em sua vida. Calmamente e mergulha-

do no Amor misericordioso de Deus, vá relembrando sua história. Sinta-se fi-

lho. Sinta-se amado(a). Sinta-se único(a) em toda a história da humanidade.

* Descubra o Amor de Deus presente nos acontecimentos, tanto agradáveis

quanto desagradáveis.

Passos para a oração


Deus nos cria porque ama e nos cria para Ele, para o Amor.

Seu Amor por nós vem desde toda a eternidade: “Com amor eterno eu te amei” (Jer. 31,3).

Porque nos ama, Ele mesmo vem até nós. Ele está no meio de nós, dentro de nós. Não somos nós que subimos até Deus, é Ele próprio que desce, que vem a nós, que nos chama a uma grande intimidade com Ele, que nos atrai e nos seduz, que dá significado à nossa existência.

O nosso Deus é o Deus da Vida, Ele ama a Vida, quer Vida. Ele é a fonte geradora e conservadora da vida: “Pois em Vós está a fonte da Vida” (Sl. 36,10).

“Sim, Vós amais tudo o que existe, e não vos aborreceis com nada do que fizestes. E como poderia exis-

tir alguma coisa se Vós não o tivésseis querido? Como conservaria sua existência, se por Vós não tivesse

sido chamado? Mas Vós cuidais de todos os seres, porque todos são vossos, ó Senhor, amigo da Vida”

(Sab. 11,24-26).

A Palavra de Deus é uma mina que não se esgota; precisamos cavá-la sempre mais.

Leia os textos abaixo indicados, sublinhando o que mais lhe “tocar”.

Na leitura, complete os espaços em branco com seu nome:
1. “E agora, eis o que diz o Senhor, Aquele que te criou, ó .................; Aquele que te formou ,ó ........................!

Não temas: Eu te resgatei! Eu te chamei pelo nome, és meu! Se tiveres de atravessar a água, estarei contigo, e os rios não te submergirão. Se caminhares pelo fogo, não te queimarás, e a chama não te consumirá. Pois Eu sou o Senhor, teu Deus, o Santo de .........................., teu Salvador. Eu dou o Egito por teu resgate, a Etiópia e Sabá em compensação. Pois és precioso a meus olhos, porque Eu te aprecio e te amo; permuto reinos por ti, entrego nações em troca de ti” (Is. 43,1-4).


2. “E agora escuta..............................., meu servo, ............................a quem escolhi. Assim fala o Senhor que te

criou, que te formou desde o seio materno e te socorreu: nada temas,........................ meu servo, meu ..............

a quem escolhi! Porque Eu derramarei água sobre a terra sedenta e rios sobre o solo seco.

Derramarei meu Espírito sobre a tua descendência e a minha bênção sobre a tua posteridade”. (Is. 44,1-3).


3. “..............................era ainda criança, e Eu já o amava, e do Egito Eu chamei o meu filho. Eu ensinava ...........

a andar, tomava-o nos meus braços, mas não compreendeu que Eu cuidava dele! Eu o atraía com atrativos humanos, com laços de amor. Eu era, para ele, como os que erguem um bebezinho nos braços, e o acariciava com meu rosto. Eu me inclinava para.............................., e lhe dava de comer. Como é que Eu poderia te a-bandonar,..........................? Como é que Eu poderia te entregar a outros,...................? Dentro de mim meu coração se comove, e minhas entranhas se agitam de emoção. Não destruirei.................................porque Eu sou Deus e não um homem, no meio de ti Eu sou o Santo e não gosto de destruir” (Os. 11,1.3-4.8-9).


Na oração: Leia novamente os textos acima, “saboreando internamente” as palavras, as frases... pro-

curando escutar o Senhor que lhe fala no seu coração.



Sinta o que vive e sonha, canta e chora em você; queira tornar-se o que é intimado a

ser: guém vibrando com o dom de existir. Agradeça pelo convite de poder servir, e em

tudo procure crescer. Que a busca caracterize o seu jeito de viver neste mundo; apro-

funde sempre suas motivações, amplie seus horizontes, reinicie sua caminhada...



Termine a oração fazendo uma pequena avaliação. Responda: “Como me senti na oração”?


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal