Eficiência autoritária: cultura política e desenvolvimento urbano. Florianópolis, 1968 19801



Baixar 6.29 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho6.29 Kb.
Eficiência autoritária: cultura política e desenvolvimento urbano. Florianópolis, 1968 - 19801
Reinaldo Lindolfo Lohn2, Felício Mourão Freire3
Palavras-chave: Autoritarismo – cultura política – desenvolvimento urbano

Os planos econômicos formulados no período conhecido como “milagre econômico”, objetivavam, entre outras coisas, o investimento em construção civil residencial e pesada. Florianópolis neste período iniciava um processo de crescimento urbano, um movimento centrífugo de saída do centro para o interior da ilha que culminou na construção do Plano Diretor de 1976 e a criação do Instituto de Planejamento Urbano de Florianópolis – IPUF. Ao pesquisar o periódico “O Estado”, conseguiu-se perceber a existência de uma mudança na cultura política da cidade através da constatação de um jogo político, controlado pelo partido do Regime. Infere-se como mudança da cultura política florianopolitana a passagem de uma “cultura assistencial”, praticada por políticos da UDN e PSD, durante as décadas 1950 e 1960, para a “cultura da eficiência autoritária”, realizada pelos políticos da Arena durante o período de vigência da Ditadura Militar. Estudar a trajetória desse desenvolvimento da história política da cidade requer ao historiador a consideração de um tripé de mudanças, são eles: crescimento econômico, emergência de novos atores políticos e desenvolvimento urbano. É a partir desses três eixos que norteio a pesquisa, com intuito de perceber o impacto destes na emergência de nova cultura política em Florianópolis durante o período supracitado. Esta pesquisa se procede através da análise dos documentos produzidos no âmbito do Plano de Metas do Governo II (Plameg II) e Projeto de Desenvolvimento Econômico (PND), mensagens dos governadores, documentação das Secretarias de Estado e Municipais ligadas à temática da urbanização, imprensa, publicidade impressa e entrevistas.



1 Projeto de Pesquisa FAED/UDESC.

2 Orientador, Professor do Departamento de História - Centro de Ciências Humanas e da Educação – Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - CEP 88.035-001 - Florianópolis – S.C.

3 Acadêmico do Curso de História - FAED/UDESC, bolsista de iniciação científica do PROBIC/UDESC.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal