Egh 00209 – Problemas Específicos de Análise Antropológica



Baixar 19.51 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho19.51 Kb.
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ANTROPOLOGIA


EGH 00209 – Problemas Específicos de Análise Antropológica


Professores: Simoni Lahud Guedes e Luiz Fernando Rojo Mattos

Primeiro Semestre 2008 – Quintas, 10 às 13 horas



Antropologia das Emoções


Versão preliminar
A proposta desta disciplina é a de analisarmos uma das questões clássicas da Antropologia – o problema da fronteira indivíduo/sociedade – a partir de um enfoque pautado na Antropologia das Emoções. Examinaremos algumas formas pelas quais as emoções, em um esforço de rompimento com o privilégio do psicológico como dimensão analítica, são construídas como objeto possível da investigação antropológica. A disciplina estará dividida em duas unidades principais. Na primeira priorizaremos uma revisão teórica sobre esta área temática, acompanhando especificamente a classificação proposta por Abu-Lughod e Lutz (1990), que distingue quatro perspectivas de análise das emoções: essencialismo; historicismo; culturalismo e contextualismo. Na segunda unidade pretendemos indicar o rendimento analítico desta teoria, a partir de sua incidência sobre um campo temático específico: o estudo dos fenômenos esportivos.
Bibliografia Básica:
ABU-LUGHOD, Lila e LUTZ, Catherine. Introduction: emotion, discourse, and the politics of everyday life. In ABU-LUGHOD, Lila e LUTZ, Catherine (ed.) Language and the politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

ABU-LUGHOD, Lila. Shifting politics in Bedouin love poetry. In ABU-LUGHOD, Lila e LUTZ, Catherine (ed.) Language and the politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

DELUMEAU, Jean. História do medo no Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

ELIAS, Norbert. On human beings and their emotions: a process-sociological essay. Theory, Culture & Society, vol. 4, pp. 339-361, 1987.

ELIAS, Norbert & DUNNING, Eric. A busca da excitação. Lisboa: Difusão Editorial, 1992.

JACKSON, Stanley. Acedia: the sin and its relationship to sorrow and melancholia. In: KLEINMAN, Arthur & GOOD, Byron (ed.) Culture and depression. Berkeley: University of California Press, 1985.

LOURENÇO, Eduardo. Mitologia da saudade. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

LUTZ, Catherine. Engendered emotions: gender, power, and the rhetoric of emotional control in American discourse. In LUTZ, Catherine & ABU-LUGHOD, Lila (ed.) Language and the politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

OBEYESEKERE, Gananath. Depression, Budhism and the work of culture in Sri Lanka. In: KLEINMAN, Arthur & GOOD, Byron (ed.) Culture and depression. Berkeley: University of California Press, 1985.

ROSALDO, Michelle. Toward an anthropology of self and feeling and The shame of headhunters and the autonomy of self. In SHWEDER and LEVINE (ed.) Culture theory: essays on mind, self, and emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1984.

PIOT, Sophie. La pratique du sport em prison: entre controle institutionnel, moyen de resistance et preservation du sentiment d’etre-vivant. Esporte e Sociedade (www.esportesociedade.com), nº 7, jul/nov 2007.

ROJO, Luiz. Discursos sobre a emoção entre atletas olímpicos brasileiros. Esporte e Sociedade (www.esportesociedade.com), nº 7, jul/nov 2007.

VINCENT-BUFFAULT, Anne. História das lágrimas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.
Sessões:

1ª (13/03) – Apresentação do curso; a temática da Antropologia das Emoções


2ª (27/03) – Perspectivas essencialistas

ABU-LUGHOD, Lila & LUTZ, Catherine. Introdução: emoção, discurso e política da vida cotidiana. In LUTZ, Catherine & ABU-LUGHOD, Lila (ed.) Language and the politics of emotion. New York: Cambridge University Press, 1990. (tradução para fins exclusivamente didáticos de Cláudia Barcellos Rezende).

SCHEFF, Thomas. The distancing of emotion in ritual. Current Anthropology, vol. 18, nº 3, pp. 483-505, sep. 1977.

HIATT, L.R. Your mother-in-law is poison. Man, vol.19, nº 2, pp. 183-198, jun. 1984.


3ª (03/04) – Perspectivas historicistas I

VINCENT-BUFFAULT, Anne. A troca de lágrimas e suas regras (31-57). In: História das lágrimas. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

ELIAS, Norbert. On human beings and their emotions: a process-sociological essay. Theory, Culture & Society, vol. 4, pp. 339-361, 1987.
Leitura complementar:

Delumeau, Jean. O historiador em busca do medo (11-37). In: História do medo no Ocidente. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.


4ª (10/04) – Perspectivas historicistas II

JACKSON, Stanley. Acedia: the sin and its relationship to sorrow and melancholia. In: KLEINMAN, Arthur & GOOD, Byron (ed.) Culture and depression. Berkeley: University of California Press, 1985.

GOOD, Mary-Jo & GOOD, Byron. “Introduction” and “Ritual, the state, and the transformation of emotional discourse in Iranian society”. Culture, Medicine and Psychiatry. Vol 12, nº 1, 1988.

5ª (17/04) – Perspectivas culturalistas I

OBEYESEKERE, Gananath. Depression, Budhism and the work of culture in Sri Lanka. In: KLEINMAN, Arthur & GOOD, Byron (ed.) Culture and depression. Berkeley: University of California Press, 1985.

LOURENÇO, Eduardo. Mitologia da saudade. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.


6ª (24/04) – Perspectivas culturalistas II

LUTZ, Catherine. The cultural construction of emotions. In: LUTZ, Catherine. Unnatural emotions. Chicago: The University of Chicago Press, 1988.

ROSALDO, Michelle. Toward an anthropology of self and feeling and The shame of headhunters and the autonomy of self. In SHWEDER and LEVINE (ed.) Culture theory: essays on mind, self, and emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1984.
7ª (08/05) – Perspectivas contextualistas I

ABU-LUGHOD, Lila. Shifting politics in Bedouin love poetry. In ABU-LUGHOD, Lila e LUTZ, Catherine (ed.) Language and the politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.

LUTZ, Catherine. Engendered emotions: gender, power, and the rhetoric of emotional control in American discourse. In LUTZ, Catherine & ABU-LUGHOD, Lila (ed.) Language and the politics of emotion. Cambridge: Cambridge University Press, 1990.
8ª (15/05) – Perspectivas contextualistas II

COELHO, Maria Claudia. Emoção, gênero e violência: experiência e relatos de vitimização. Revista Brasileira de Sociologia das Emoções, nº 5, vol. 13, abril de 2006.

REZENDE, Cláudia Barcellos. Mágoas de amizade: um ensaio em antropologia das emoções. Mana. vol.8, no.2, 2002.
9ª (29/05) – Filme e debate sobre o filme

10ª (12/06) – Emoções nos esportes I

ELIAS, Norbert & DUNNING, Eric. A busca da excitação. Lisboa: Difusão Editorial, 1992.
11ª (19/06) – Emoções nos esportes II

PIOT, Sophie. La pratique du sport em prison: entre controle institutionnel, moyen de resistance et preservation du sentiment d’etre-vivant. Esporte e Sociedade (www.esportesociedade.com), nº 7, jul/nov 2007.


12ª (26/06) – Emoções nos esportes III

TEIXEIRA, Rosana - Os perigos da paixão. São Paulo: Annablume, 2003.


13ª (10/07) – Emoções nos esportes IV: Perspectiva contextualista na emoção no esporte

ROJO, Luiz Fernando. Discursos sobre emoção entre atletas olímpicos brasileiros. Esporte e Sociedade. Disponível em: http://www.esportesociedade.com, nº.1, nov.2005.



ROJO, Luiz Fernando.
14ª Seminário I:

15ª Seminário II:


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal