Em Busca da Sorte nas Estrelas George Vandeman



Baixar 25.75 Kb.
Encontro04.08.2016
Tamanho25.75 Kb.



7693
E STÁ ESCRITO

Em Busca da Sorte nas Estrelas

George Vandeman



O que você quando olha para as incontáveis estrelas agrupadas em suas galáxias a distâncias inimaginágeis no espaço negro e solitário? Apenas pontos distantes de luz ou algo mais?

Por séculos, as pessoas têm imaginado as figuras de criaturas exóticas lá no espaço. Figuras místicas como Gêmeos e Capricórnio parecem saltar lá dos céus. Lentamente, com os anos, esses signos astrológicos do zodíaco assumiram poderes de deuses. Pessoas passaram a acreditar que os astros de fato controlam os destinos humanos, que nossa vontade individual é levada de lá para cá pos distantes corpos celestes. Mas é claro, pensamos, ninguém acredita em tais coisas hoje. Talvez seja melhor pensarmos novamente.

Ônibus espaciais, inteligência artificial, cirurgia a laser, supercondutores. Estes são termos comuns da era em que vivemos. A nossa força dominante parece ser racional, científica e de progresso: o homem triunfando sobre o meio ambiente, tornando-se mestre do seu destino. Todavia, existe uma outra corrente inferior bem forte que corre contra a maré da alta tecnologia de hoje. É uma antiga crença que surgiu quando os homens se sentiam muito mais vulneráveis diante dos atemorizantes elementos e adoravam os astros. A crença na Astrologia.

A Astrologia não desapareceu em um passado supersticioso. Ainda continua conosco. Por incrível que pareça, nossa era secular atual é ainda mais suscetível que as eras anteriores no que diz respeito à fé nessa antiga atração pelas estrelas. Em 1976, uma pesquisa informou que o número de pessoas que levavam a Astrologia a sério podia atingir 32 milhões. Esse era o dobro do número calculado no início dos anos 70. A pesquisa também revelou 1uw 22% dos adultos americanos acreditavam na Astrologia e 24% liam uma coluna de astrologia regularmente. Você sabia que isso é muito mais do que os que lêem a Bíblia regularmente?

Sim, hoje, cerca de 1220 dos 1700 jornais diários americanos publicam seções de horóscopo e as revistas de astrologia que costumavam juntar poeira nas bancas, agora são vendidas aos milhões. Os fãs da Astrologia montaram uma rede de computadores que fornece horóscopo 24 horas por dia para duas mil universidades por todos os Estados Unidos.

Em um ano, uma grande editora chegou a vender 8 milhões de horóscopos em livros de bolso. Cursos de astrologia e outras artes ocultas são agora oferecidos em muitas faculdades e até em colégios. De fato, recentemente, o presidente da Junta de Educação da cidade de Nova iorque, sugeriu que a astrologia fosse levada em consideração para melhor entender o comportamento entre os alunos cujos signos conflitam.

Há pouco tempo, ficamos chocados com as afirmações de que nancy Reagan controlava a agenda do marido de acordo com o conselho dado por um astrólogo de São Francisco. O Presidente dos Estados Unidos, o líder do mundo livre, guiado em parte pelos astros?

A Astrologia está baseada na crença de que a atração do sol e da lua, os planetas e as estrelas de algum modo influenciam os assuntos humanos. muito é feito sobre as datas de nascimento e seus signos astrológicos correspondentes. As personalidades são supostamente fixadas por sermos nascidos sob Leão ou Escorpião.

Mas é claro, o ser humano ganha forma muito antes do nascimento, no momento da concepção, quando nosso formato genético é fixado por ocasião do parto, o puxão do obstetra tem muitas vezes mais força que o puxão de Marte...

Além do mais, o caminho do sol através do zodíaco, aquele cinturão de constelações astrológicoas, tem mudado através dos anos, porque a Terra oscila em seu movimento giratório, ela vem se afastando cada vez mais de seu itinerário astrológico cada ano.

Por exemplo, em junho último, quando segundo a astrologia o sol deveria estar na constelações de Câncer, exercendo sua influência, estava, na verdade, uma constelação acima, em Gêmeos. mas os horóscopos não estão apenas fora astronomicamente. Eles também falham quando testados objetivamente, provando ser tão acurados quanto um jogo de adivinhação.

Um físico examinou milhares de cientistas e poíticos superfamosos no mundo. Segundo a astrologia, aqueles nascidos sob certo signo têm mais chances de entrar para a ciência e para a política. Mas quando o físico checou as datas de nascimento daqueles cientistas e políticos, constatou que seus signos correspondentes eram iguais ao do público em geral. Imagine!

Um psicólogo da Universidade do Estado de Michigan em Lansing, obteve as certidões de centenas de casais que se casaram e se divorciaram durante 1967 e 1968, em Michigan. Ele descobriu que aqueles nascidos sob signos "compatíveis" casaram-se e divorciaram-se com a mesma freqüência daqueles nascidos sob signos "incompatíveis".

Outro cientista, um estatístico francês, decidiu ser minucioso. Ele examinou os signos do zodíaco, signos da lua, signos dos planetas, signos do meridiano celeste e signos ascendentes de mais de 15000 profissionais bem sucedidos. Qual foi o resultado? As correlações entre as profissões e as influências astrológicas não passavam de puro acaso. Mas o puro acaso é de fato a chave de muitos horóscopos. Esse é o segredo. Muitas descrições de personalidade são tão gerais que muitas pessoas verão alguma coisa de si mesma nelas. Predições genéricas como as do papagaio do realejo quanto a encontrar alguém especial ou tomar uma decisão importante sempre têm grandes chances de se realizar.

Veja, o cientista francês pôs um anúncio num jornal, no qual ele oferecia horóscopos personalizados grátis. 150 pessoas aceitaram. Para cada uma ele mandou a mesma informação e perguntou se a descrição se encaixava nelas. 94% disseram que se reconheceram nelas. E todas elas receberam o horóscopo de um assassino de massas. Mas, o mais incrível é que as pessoas ainda acreditam. não importa quão minuciosamente a astronomia destrua a base científica da astrologia. Não importa se as predições feitas pelas estrelas são completamente falhas. Não importa quão intercambiáveis se tornem os horóscopos, as pessoas ainda acreditam.

Dez mil astrólogos em tempo integral e 175000 em tempo parcial ainda comandam esse rentável negócio. Por quê? Por que esses signos do zodíaco se tornam tão influentes? Por que mais pessoas crêem na astrologia agora, segundo o astrônome Roger Culter, do que em qualquer época desde a Renascença?

De certo modo, devemos admitir que o apelo das estrelas é compreensível. A idéia de que poderia haver uma mensagem pessoal lá em cima no cosmo é atraente, especialmente numa era mecanizada e impessoal. As pessoas querem acreditr que não são apenas um espectro isolado no vasto universo. Elas anseiam por alguna conexão cósmica.

Queremos ser importantes e também ansiamos por algum meio de obter o controle sobre nossa vida caótica. Tanta coisa parece além de nosso controle hoje em dia, tantas forças nos vergem e nos arranham As estrelas prometem uma espécie de condição de controle. Se pudermos achar esse dia certo, esse momento e lugar de sorte, tudo vai ficar muito bom.

Bem, vamos ver o que as Escrituras têm a dizer sobre a promessa da astrologia de importância e controle. Você pode se surpreender em saber que na Bíblia a astrologia é vista como uma espécie de idolatria. De fato, o livro de Deuteronômio contém esta admoestação numa passagem proibindo a adoração de ídolos. Veja: "E não levantes os teus olhos aos céus e vejas o sol, a lua e as estrelas e sejas impelido a que te inclines perante eles e sirva àqueles que o Senhor teu Deus repartiu a todos os povos debaixo dos céus. Deuteronômio 4:19.

Por que deveríamos adorar coisas que o Todo-Poderoso criou e controla? Por que depositar nossa fé na criação em lugar do Criador? Vê? Isso não fazia sentido aos hebreus e certamente não faz sentido para nós, aqui no século vinte.

Entre os crimes de Manassés registrados na Bíblia, um dos reis mais idólatras de Israel, temos o que se encontra em II Reis 21:3: ... e se inclinou diante de todo o exército dos céus e os serviu."

Quando profetas como Sofonias alertaram o apóstata Israel do julgamento iminente de Deus, um grupo que se destacava era o dos adoradores das estrelas. E o profeta Jeremias chegou ao ponto de predizer um tempo em que até os ossos dos apóstatas seriam desenterrados e expostos aos elementos. Preste atenção ao que diz Jeremias 8:2: "Espalhá-los-ão ao sol, e à lua e a todo o exército do céu, a quem tinham amado, e a quem serviram, após quem tinham ido e a quem procuraram e diante de quem se tinham prostrado,"

Quem está sendo alertado do terrível destino? Aqueles que tinham procurado e se prostrado diante dos astros. Não consigo ver uma condenação mais clara da astrologia, e você? Obviamente a Bíblia não deixa lugar para nenhuma mensagem oculta nas estrelas.

ora, amigo, as estrelas não são apenas pontos de luz sem significado no vasto vácuo do espaço. Elas possuem uma voz. Elas falam conosco e o que elas dizem se encontra em Salmos 19:1 e 2: "Os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia e uma noite mostra sabedoria a outra noite."

Qual a declaração? Qual a sabedoria? É o louvor! Louvor para a glória de nosso Criadro. É a Ele que pertencemos. É Ele que pode nos guiar ao nosso destino mais alto. O profeta Isaías nos mostra uma valiosa retrospectiva. Ele nos insta em Isaías 40:26: "Levantai ao alto os vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas? Aquele que faz sair o seu exército de estrelas, todas bem contadas, as quais ele chama pelos seus nomes; por ser ele grande em força e forte em poder, nem uma só vem a faltar."

Quando olhamos para o céu estrelado, no que podemos nos confortar? No imensurável poder de Deus, em sua infinita capacidade, não nos falsos poderes de um signo do zodíaco.

O escritor de Provérbios também se junta a este coro que celebra as qualidades de Deus tornadas claras nos céus. Ele diz: "O Senhor con sabedoria fundou a terra, com inteligência estabeleceu os céus." Provérbios 3:19.

O que é que vemos brilhando lá em cima numa noite estrelada? A infinita sabedoria de Deus. É isso que vemos. Sua compreensão, é isso que vemos. É Ele que pode nos guiar e não as estrelas em si, as quais Ele chama pelos seus nomes. Portanto, as estrelas nos falam sim, mas a informação que elas nos dão é muito mais profunda do que qualquer frase do realejo. Elas nos falam sobre um Criador cuja sabedoria e poder estão disponíveis para nós aqui na Terra e isso me alegra.

A Bíblia nos diz que este mesmo Deus que fixou o céu, está interessado em nossos problemas e sonhos individuais. Sim, é Ele que pode colocar ordem em nossa vida desordenada. Ele pode criar sentido onde nós só vemos falta de sentido. Ora, o mesmo Salmo que nos fala dos céus declarando a glória de Deus, também nos fala sobre um modo em que Deus fala. E de fato é o modo primeiro, o modo principal em que Ele nos guia.

E qual é este modo? Vejamos o que diz Salmo 19:7: "A lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma. O testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices."

O mesmo Deus que coreografa os movimentos das estrelas em seus padrões perfeitos, nos deu também uma lei perfeita e confiável. Ela pode transformar até o humilde em sábio. Assim diz as Escrituras, é assim que Deus consegue trazer ordem e significado à nossa vida caótica. Sua lei. Ela nos mostra o melhor modo de viver. Ela nos guia através de escolhas moralmente confusas. Ela estabelece princípios que mostram como podemos atingir melhor o propósito de nossa vida.

A astrologia promete sorte, garante revelar o melhor dia para se fazer uma nova amizade, ela faz parecer que o sucesso é uma questão de se achar a circunstância adequada. Mas é claro, o sucesso na vida é muito mais que isso. Precisamos saber como fazer bons relacionamentos, como ser bom amigo, cônjuge e pai. Isso é o que traz o sucesso, não apenas alguma hora ou local supostamente adequados. Precisamos saber como conduzir nossos negócios segundo os princípios de Deus, de honestidade e justiça, segundo a Sua sabedoria. Isso é o que traz o sucesso, não um padrão qualquer nas estrelas. A astrologia é uma sabedoria forjada, uma fraude. A verdadeira mensagem é esta: comece a procurar a sabedoria de Deus e comece procurando a Sua lei perfeita, a lei descrita no Salmo 19 como "mais doce que o mel, mais preciosa que o ouro". Algumas pessoas imaginam que a lei de Deus irá prendê-las. Alguma vez você já ouviu isso? Elas temem que ela tire o prazer de suas vidas.

Como é diferente a atitude do poeta no Salmo 19:8: "Os preceitos do Senhor são retos e alegram o coração: o mandamento do Senhor é puro e ilumina os olhos."

Amigo, isto é uma promessa e tem um significado especial para aqueles que entraram num relacionamento pessoal com Deus através de Jesus Cristo. Os preceitos de Deus produzem alegria genuína. Aqueles que conhecem a Sua lei têm um brilho nos olhos. Sim, a luz estelar da grande sabedoria de Deus brilha em seus olhos.

Pare e pense! O Criador que lançou bilhões de estrelas dentro do imensurável espaço, iria sufocar o seu estilo? Aquele que mantém as galáxias na palma da mão vai querer tolher você? Não, claro que não!

A vida para qual Deus nos chama é tão ampla quanto os céus. Ele quer abrir diante de nós ilimitadas possibilidades. Nosso Criador é aquele que concede a vida em toda a sua abundância. Quão patéticas parecem as promessas da astrologia em comparação às de Deus... Quão triviais parecem suas adivinhações. Não precisamos buscar a sorte nas estrelas. Temos a sabedoria de Deus para nos segurar. Uma sabedoria que Ele graciosamente partilha conosco em Sua Palavra. Compete a nós descobri-las e colocá-las em prática.

Amigo, existe uma excelente razão para a lei de Deus nos trazer alegria, para colocar brilho em nossos olhos. Um versículo do Novo Testamento explica: "Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemão preparou para que andássemos nelas." Efésios 2:10.

Simples, mas profundo. Aqueles que aceitam Cristo como Salvador e recebem seu perdão se tornam parte especial da criação de Deus. Nos tornamos obras-primas. E para que fomos criados? Para fazer boas obras, para refletir as maravilhosas qualidade de amor, de paciência e da paz de Deus. Estas boas obras são o nosso destino como seres humanos. É como se elas estivessem lá fora para serem descobertas, esperando para serem experimentadas.

Gêmeos e Capricórnio não contêm os segredos, meu amigo. Seu propósito está escondido na Palavra de Deus. A palavra que contém a semente da vida em toda a sua abundância.

O que vemos quando olhamos as incontáveis estrelas agrupadas em suas galáxias? Vemos um Deus sábio e poderoso que se importa conosco. Nosso destino está ligado a Ele.

Podemos estar em casa sob os céus. Não temos que tentar buscar a sorte nas estrelas. Todas as estrelas são signos para aqueles que vêem nelas o seu Criador.




www.4tons.com

Pr. Marcelo Augusto de Carvalho


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal