Em busca de voluntários: 3m cria estratégia para ampliar rede de voluntariado



Baixar 12.71 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho12.71 Kb.



EM BUSCA DE VOLUNTÁRIOS:

3M CRIA ESTRATÉGIA PARA AMPLIAR

REDE DE VOLUNTARIADO
Ações envolvem desde campanha de adesão até a revisão de sua política

para o voluntariado
Arrastões internos para divulgar o Grupo de Voluntários 3M e fomentar a participação, prêmio Boa Ação, criação de comitê e reuniões mensais de duas horas de duração, com capacitação para voluntários e apresentação institucional de pelo menos três organizações não governamentais. O objetivo? Ampliar em 30% sua rede de voluntários que atualmente conta com 450 funcionários. A 3M do Brasil, empresa de tecnologia diversificada reconhecidamente inovadora e pioneira nos mercados onde atua, parece alastrar estes adjetivos como princípios em todos os segmentos em que se insere.
Tudo começou mesmo em 1978, com um grupo de funcionários que desenvolvia atividades com a 3a idade no Lar dos Velhinhos na cidade de Campinas. Desde então, a empresa apóia as ações, disponibilizando recursos financeiros e materiais. Em 1994, a 3M inovou ao delinear uma política para o voluntariado, impulsionada pela atuação informal que já existia e pelo clima de bem estar organizacional que proporcionava. Dez anos se passaram e a empresa, mediante pesquisa com os funcionários, avaliou que o plano atingiu um estado de maturação, sendo necessário, portanto, não só uma revisão da política, mas de ações efetivas que resultassem em motivação e ampliação do trabalho voluntário.
“Precisávamos de um looping”, define a gerente de Relações Públicas e Marketing Corporativo da 3M, Carmella Carvalho. Mas por que toda esta mobilização? A iniciativa pontua bem o que representa para a empresa o apoio institucional às ações voluntárias. Entre os valores corporativos da 3M está o de contribuir para o desenvolvimento de uma qualidade de vida melhor nas comunidades, com a prática de ações de boa cidadania, respeitando o meio ambiente físico e social. Para a empresa, o funcionário que desenvolve ações voluntárias torna-se um profissional mais comprometido com seu trabalho e com o meio onde vive. “A cooperação e a boa vontade no ambiente profissional se refletem também no trabalho voluntário,  o que contribui para que a pessoa exerça suas atividades profissionais motivada,  reforce o seu espírito de equipe e de liderança,  além de permitir a conquista, em longo prazo, de melhores resultados para a empresa”, complementa Carmella.  
A pesquisa com os funcionários revelou uma situação muito comum no que diz respeito ao voluntariado: há interesse em desenvolver o trabalho, mas não se sabe onde e o que se pode fazer. A partir do diagnóstico, a 3M formatou o Comitê do Voluntariado, com coordenação de um profissional da alta direção. Esta equipe tem a missão de encorajar e dar suporte às ações voluntárias. Em contrapartida, a 3M irá promover e disseminar conceitos de voluntariado aos interessados, disponibilizar os recursos organizacionais para encontros sobre o tema, liberar quatro horas semanais ao funcionário para o exercício do trabalho voluntário, fornecer suporte financeiro ou em produto, para os projetos submetidos à apreciação do Comitê de
Voluntariado, entre outras ações. O Comitê, por sua vez, traçou estratégias que incluem a criação de uma Campanha de Adesão, a reformulação do Prêmio Boa Ação (com premiação das quatro melhores projetos no final do ano) e a reestruturação da Política do Voluntariado. Cabe a este Comitê analisar os projetos sugeridos pelos funcionários por meio de formulário e disponibilizar recursos.
A nova Política para o Voluntariado prevê ainda a realização de reuniões mensais que envolvem capacitação e participação de ongs para a exposição de seus trabalhos. Com isso, a 3M pretende apresentar a seus funcionários, oportunidades para o exercício do trabalho voluntário. A primeira reunião aconteceu em julho, com palestra da diretora de Relações Institucionais do Centro de Voluntariado de São Paulo, Anísia Sukadolnik, que reforçou a necessidade de uma mudança de foco do trabalho voluntário, do mero assistencialismo para a criação de uma nova “cultura de cidadania”. Estiveram presentes também as entidades assistenciais Sociedade Humana Despertar de Sumaré, o Grupo Primavera que atua no Jardim São Marcos e Cidade dos Meninos, ambos de Campinas.

Projetos e Programas Sociais da 3M


As ações voluntárias na 3M estão organizadas em programas e projetos, como o 3M Preserve o Meio por Inteiro focado em educação ambiental, as Visitas Mágicas e os projetos Cidade dos Meninos e Educação para o Trabalho com o Centro de Educação Especial Egydio Pedreschi e a APAE. Em 2003, a empresa destinou R$ 1,8 milhão para seus projetos sociais. As ações já beneficiaram direta ou indiretamente milhares de pessoas. Em 1997,  a multinacional foi eleita pela Federação das Entidades Assistenciais de Campinas (Feac) como a empresa mais solidária da região. Em 2001, pelo quarto ano consecutivo, foi finalista do prêmio ECO,  conferido pela Câmara Americana do Comércio, e teve seus projetos  sociais reconhecidos pela Revista Exame – Guia de Boa Cidadania 2000, 2002 e 2003;  como um dos 10 projetos sociais mais importantes do país.
Sobre a 3M

A 3M é uma companhia de tecnologia diversificada com vendas globais de US$ 18,2 bilhões em 2003, atendendo clientes em quase 200 países. Oferece cerca de 50 mil itens, desenvolvidos a partir de 38 plataformas tecnológicas. Seus produtos são utilizados em torno de 40 segmentos de mercado. No Brasil, a empresa iniciou suas atividades em 1946, em Campinas, interior de São Paulo. Atualmente, possui cerca de 2.500 funcionários, em três unidades industriais (Sumaré, Ribeirão Preto e Itapetininga), e filiais de vendas em todo o País, além de comercializar mais de mil produtos básicos, dos quais derivam 25.000 itens. Em 2003 seu faturamento bruto foi de R$ 1,2 bilhão. Site: www.3m.com.br



Contato: Mendes & Nader Comunicação  (19) 3258 4707 Julho 2004

Ana Claudia de Siqueira (anaclaudia@mendes-nader.com.br)

3M do Brasil  (19) 3838 7789

Lúcia Ziliotti (llziliotti@mmm.com)





©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal