Emanoel araúJO



Baixar 16.14 Kb.
Encontro22.07.2016
Tamanho16.14 Kb.

EMANOEL ARAÚJO


EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1959- Santo Amaro da Purificação – Bahia


1960- Colégio Estadual da Bahia – Bahia
1961- Biblioteca Pública de Salvador – Bahia
1962- Galeria Macunaíma – Rio de Janeiro / II Festival de Arte Universitária – Belo Horizonte
1963- Galeria Aremar – Campinas – São Paulo
1964- Galeria USIS – Bahia
1965- Galeria Bonino – Rio de Janeiro / Galeria Astréia – São Paulo / Galeria Querino – Bahia
1966- Galeria Bonino – Rio de Janeiro
1967- Hakusuisha Gallery – Osaka – Japão / Galeria Guignard – Belo Horizonte
1968- Museu de Arte da Bahia – Bahia
1969- Galeria Guignard – Belo Horizonte/ Galeria Bonino – Rio de Janeiro
1970- Galeria Documenta – São Paulo
1972- Galeria Bonino – Rio de Janeiro
1973- Galeria Oscar Seráphico – Brasília – Distrito Federal
1975- Brasilian American Cultural Institute – Washington DC – EUA / Galeria Bonino – Rio de Janeiro
1976- Galeria Arte Aplicada – São Paulo / Galeria Arte Memória – Belo Horizonte
1977- Galeria IAB – Porto Alegre/ Galeria Oscar Seráphico – Brasília – Distrito Federal
1978- Caixa Econômica Federal – São Luiz do Maranhão
1979- Galeria Bonino – Rio de Janeiro/ Galeria Cristina Faria de Paula – São Paulo / Museu de Arte da Bahia – Bahia / Galeria Pousada do Carmo – Bahia
1980- Gravura Brasileira – Galeria Guignard – Porto Alegre – RS
1981- Museu de Arte de São Paulo – São Paulo/ 1.ª edição do livro O construtivo Afetivo de Emanoel Araújo
1983- Galeria Skultura – São Paulo / 2.ª edição do livro O construtivo afetivo de Emanoel Araújo
1984- Galeria Cessar Aché – Rio de Janeiro
1985- Escritório de Arte da Bahia – Bahia
1986- Galeria Cessar Aché – Rio de Janeiro
1987- MASP “Esculturas em grandes formatos” / Galeria Skultura – São Paulo
1988- G.R.N. Namdi Galleries Inc. Detroit – MI – EUA
1989- Manhattan East Gallery of Fine Arts – New York – EUA
1990- 30 Anos – Galeria Skultura – São Paulo/ NR Galeria de Arte – Salvador – Bahia
1991- Fundação Calouste Gulbenkian – Lisboa – Portugal
1992- Galeria ACBE – Gravadores Baianos – Bahia
1993- Museu Banespa – SP – Clube Transatlântico – São Paulo
1996- Galeria Nara Roesler – São Paulo – “Esculturas e relevos”
2000- Galeria Amparo 60 – Recife – PE– “Emanoel Araujo – relevos”

EXPOSIÇÕES COLETIVAS

1963- II Concurso Latino Americano de Gravura / Casa de Las Americas – La Habana – Cuba / XII Salão Paulista de Arte Moderna – Galeria Prestes Maia – São Paulo


1964- XII Salão Paulista de Arte Moderna – Galeria Prestes Maia – São Paulo / I Exposição da Jovem Gravura Nacional – MAC/USP – exposição itinerante – Campinas, Curitiba, Florianópolis, Belo Horizonte, Blumenau.
1965- Gravadores Contemporâneos do Brasil – Casa La Paz – Cidade do México – México / XVI Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro – RJ
1966- II Exposição da Jovem Gravura Nacional – MAC – São Paulo
1967- XI Bienal Internacional de São Paulo – São Paulo – SP / II Salão de Arte Contemporânea de SP – Campinas – São Paulo / II Salão de Arte Moderna do Espírito Santo – Vitória – ES/ II Exposição da Jovem Gravura Nacional – MAM – Rio de Janeiro
1968- IV Salão de Arte Moderna do Distrito Federal – Brasília – DF / XXII Salão Municipal de Belas-Artes – MAM – Rio de Janeiro / XVI Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro – RJ / II Salão Esso de Artistas Jovens – MAM – Rio de Janeiro / XVII Salão Nacional de Arte Moderna – Rio de Janeiro / II Bienal Latino Americana do Chile – Santiago / II Exposição da Jovem Arte Contemporânea – MAC/USP
1969- I Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo / XVIII Salão Nacional de Arte Moderna – Rio de Janeiro / II Exposição da Jovem Arte Contemporânea de Porto Alegre – RS / III Salão de Ouro Preto – Ouro Preto – Minas Gerais / IV Festival de Arte de Ouro Preto – Minas Gerais
1970- Brasilianische Tage – Ingelheim am Rheim – Alemanha/ XIX Salão Nacional de Arte Moderna – Rio de Janeiro / II Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo
1971- Panorama de Arte Atual Brasileira – MAM São Paulo
1972- III Bienal de Gráfica de Firenze – Itália
1973- Gallery 119 – Tel Aviv – Israel
1974- Arte Gráfica Brasileño de Hoy – Exposição itinerante – Madri, Paris, Lisboa, Buxelas / III Bienal de San Juan del Grabado – Porto Rico – San Juan – EUA
1975- VI Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo/ Art Graphique Brésilien – Museu Galliera – Paris – França
1976- Arte Aplicada – MASP/ XIII Bienal Internacional de São Paulo – “Sala Brasilia” – São Paulo
1977- IV Salão Nacional daCaixego (Caixa Econômica do Estado de Goiás) / Festival de Arte e Cultura Negra – Lagos – Nigéria / III Panorama da Arte Atual Brasileira – São Paulo / Visão da Terra – MAM – Rio de Janeiro / Arte Atual de Iberoamerica – Madri – Espanha
1978- Panorama da Escultura Brasileira – MAM – São Paulo / “The Original and its Reproduction” – Filadélfia, Pensilvânia e Washington DC– EUA
1980- Gravura Arte Maior – Museu Carlos Costa Pinto – Bahia / Gravadores Contemporâneos do Brasil – Buenos Aires – Argentina / II Artistas da Bahia – Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará / Bienal Internacional de Cracóvia – Polônia
1981- Gravadores Contemporâneos do Brasil – Estoril – Portugal / Panorama da Escultura Brasileira – MAM– São Paulo
1984- Fundação Bienal de São Paulo –SP – “Tradição e ruptura” / Exposição de Arte Asiática (artista convidado) – Tóquio – Japão
1985- Panorama – MAM– São Paulo / “Destaque da Arte Contemporânea Brasileira” – São Paulo
1988- Uptown/Downtown – Gallery Art 54 – Soho – Nova York – EUA / “A mão afro-brasileira” – MAM – São Paulo
Introspectives – Contemporary Art by Americans and Brasilians of African Descent – The California Afro American Museum – Los Angeles – USA Faculty 1 – The Leonard Davis Center – Department of Art the City College of New York – EUA
1990- Introspectives – The Bronx of the Arts – Nova York – EUA / 50 Anos de Securit – Quatro Artistas – MIS – São Paulo e Rio de Janeiro
1993- “Candelária Urgente – Chamada Geral” – itinerante /“Aviação e Arte”– TAM Aeroporto de Congonhas – São Paulo – SP / Artistas Brasileiros na Criação do Incer – Fundação Bienal de São Paulo / 450 Anos da Chegada dos Portugueses no Japão – Museu de Arte Brasileira – FAAP – São Paulo
1995- Escultura-litogravura – Comemoração aos 442 anos da cidade de São Bernardo do Campo – Teatro Cacilda Becker
1996- “At The Foreground of Paths” Nova York – EUA
1997- “Sampa Visila La” Gallery Hours – EUA
1998- “Arte Arte Salvador 450 Anos – Maria Adair – Bahia
1999- Exposição Coletiva em Paris – Nara Roesler – Paris – França

PRÊMIOS

1966- Prêmio da II Exposição Jovem Gravura Nacional – MAC – São Paulo


1967- Prêmio de Isenção do Júri do XVI Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro – RJ
Grande Medalha de Prata do II Salão de Arte Contemporânea de Campinas – São Paulo
1969- I Prêmio – III Salão de Ouro Preto – Minas Gerais
Referência ao Mérito, II Exposição da Jovem Arte Contemporânea MAC – São Paulo
Prêmio de Cartaz Aquisição do I Salão Paulista de Arte Contemporânea
1970- I Prêmio de Gravura do II Salão Paulista de Arte Contemporânea
Prêmio Resumo JB – Jornal do Brasil – Rio de Janeiro
Prêmio de Melhor Cartão de Natal – Museu Nacional de Belas-Artes – Rio de Janeiro – RJ
Prêmio Odorico Tavares – Bahia
1972- Medalha de Ouro da III Bienal de Gráfica do Ano de Firenze – Itália
1973- Prêmio de Melhor Gravador do Ano – Associação dos Críticos de Arte (APCA)
1974- Estados Unidos da América do Norte – Depto. do Estado – convite para visitar o país
1977- Grande Prêmio de Gravura no III Panorama de Gravura e Desenho do MAM– São Paulo
1981- Prêmio de Melhor Escultor no Panorama de Escultura e Objeto do MAM– São Paulo
1983- Prêmio de Melhor Escultor do Ano – Associação Paulista de Críticos de Arte de São Paulo – APCA
1988/9- Convidado Como “Distinguished CUNY Visiting Professor of Art – Of the
City College of the City University of New York” – Nova York – EUA
1995- Membro convidado da Comissão dos Museus instituída pelo Ministério da Cultura – Governo Federal – Brasília – DF
1996- Membro convidado do Conselho Federal de Política Cultural – Ministério da Cultura – Governo Federal – Brasília – DF
1997- Prêmio Ministério da Cultura – Patrimônio e Memória – Memorial da América Latina – São Paulo
1998- Prêmio Ciccilio Matarazzo – Associação Brasileira dos Críticos de Arte
Prêmio – Melhor Exposição do Ano – Curador (“Universo Mágico do Barroco”)
Associação Paulista dos Críticos de Arte de São Paulo
1999- Prêmio Multicultural Estadão – Jornal O Estado de São Paulo – Território Expandido – São Paulo
Menção Especial na ABCA – Associação Brasileira dos Críticos de Arte – “Universo Mágico do Barroco” – Fiesp – Curador da exposição


TRABALHOS EM MUSEUS E INSTITUIÇÕES

Dirigiu e instalou o novo Museu de Arte da Bahia – 1981 a 1983


Museu de Arte Moderna – Rio de Janeiro
Fundação Rockfeller – Nova York – EUA
Museu Austin – Austin – Texas – EUA
Museu de Arte Moderna de Firenze – Itália
County Museum – Los Angeles – Califórnia – EUA
Museu de Arte Contemporânea – São Paulo
Museu de Sidney – Austrália
Universidade Kansai – Japão
MASP – São Paulo
Museu de Arte de Brasília – Distrito Federal
Palácio do Itamaraty – Brasília – Distrito Federal
Museu Nacional de Belas-Artes – Rio de Janeiro
Museu Brennand – Recife – Pernambuco
Museu de Pernambuco – Pernambuco
Exerceu por dez anos a função de diretor da Pinacoteca do Estado de São Paulo, de 1992 a 2002.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal