Era uma vez uma aldeia muito bonita; lá ninguém cortava árvores, nem havia lixo no chão



Baixar 5.19 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho5.19 Kb.
A Aldeia Verde
Era uma vez uma aldeia muito bonita; lá ninguém cortava árvores, nem havia lixo no chão.

No lago os peixinhos nadavam, muito contentes.

As pessoas viviam muito felizes.

Chegou lá um senhor que estava muito doente; o médico disse-lhe que, para ficar bom, não precisava de tomar remédios; precisava de respirar bem e podia ir viver para uma aldeia limpa e com muitas árvores.

Então o senhor, foi viver para a Aldeia Verde. Mas, esse senhor, tinha muito dinheiro e começou a construir muitas casas e derrubou muitas árvores. Fez casas junto ao rio e os peixes não conseguiam viver naquele rio. As pessoas que foram viver para lá, não sabiam e jogavam muito lixo para o chão e faziam fogos.

Então os meninos da escola da Aldeia Verde decidiram fazer uma reunião com a professora e com o presidente. Fizeram uns papéis e chamaram o senhor; disseram-lhe que queriam a aldeia com era dantes; com muitas flores, com muitas árvores e com os peixinhos do rio.

O presidente convidou o senhor a aprender a tratar da aldeia , com os meninos .

O senhor não quis e foi-se embora; a aldeia voltou a ser a Aldeia Verde.



Fim
História recontada pelos alunos da turma B, no âmbito do projecto “Semana Verde”.
EPE de Cuba Março 2007


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal