Espectáculo que comemora os 812 anos da Guarda, dias 26 e 27 de Novembro no tmg a guarda e o seu universo poético revisitados por guardenses em dia de aniversário!



Baixar 11.44 Kb.
Encontro21.07.2016
Tamanho11.44 Kb.

Nota à Imprensa | Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Espectáculo que comemora os 812 anos da Guarda, dias 26 e 27 de Novembro no TMG
A Guarda e o seu universo poético revisitados por guardenses em dia de aniversário!

Música, dança, cinema, fotografia e vídeo misturam-se no espectáculo Comemorativo dos 812 anos da Guarda que estreia no sábado, dia 26 de Novembro (21h30) no Grande Auditório e sobe ao palco novamente no dia 27 (16h00). O espectáculo que revisita a poesia de escritores da Guarda - ou que a ela estão ligados - é dirigido por Américo Rodrigues e protagonizado por José Neves, actor residente do Teatro Dona Maria II. O espectáculo chama-se "Tão perto do puro azul do céu [A Guarda na Poesia]”.

«O ponto de partida deste espectáculo é de grande simplicidade: homenagear a Guarda através da poesia. Porém, também pode ser: homenagear a poesia através da Guarda.

O espectáculo (…) utiliza a poesia que se escreveu sobre a Guarda, por moradores ou forasteiros, para celebrar mais um aniversário da nossa cidade. Isto porque a Guarda tem apaixonado sucessivas gerações de poetas. Alguns deles, excessivos, vêem nela o “centro do mundo”. Pelo menos, o centro do seu mundo. Outros olham para ela com olhos críticos. Que também podem ser os da poesia.

Oito séculos de poesia.» — explica, no texto de apresentação do espectáculo, o Coordenador, encenador e co-guionista Américo Rodrigues.

Sempre com a poesia como pano de fundo, o espectáculo percorrerá textos de vários escritores guardenses ou com fortes ligações à cidade mais alta desde os tempos da fundação da cidade à contemporaneidade.

Alberto Dinis da Fonseca, Américo Rodrigues, António Godinho, António Monteiro da Fonseca, Augusto Gil, D. Sancho I, Eduardo Lourenço, João Bigotte Chorão, João Patrício, José Augusto de Castro, José Manuel S. Louro, José Monteiro, Ladislau Patrício, manuel a. domingos, Miguel Torga, Osório de Andrade, Pedro Dias de Almeida e Políbio Gomes dos Santos serão alguns dos autores revisitados neste espectáculo.

Em palco, para além de José Neves, que dará corpo e voz aos poemas, estarão artistas que vão da música à dança ou ao cinema.

Na música: o percussionista Marcos Cavaleiro, o guitarrista Rogério Pires, o pianista João Mascarenhas, o multi-instrumentista Kubik, o cantor Rui Pedro Dias, o projecto Assobio (César Prata e Vanda Rodrigues), o alaúde e a guitarra eléctrica de José Tavares, a voz de Helena Neves e o piano de Domenico Ricci.

No cinema, uma curta-metragem do realizador António Lopes. Na dança, a coreografia e a interpretação da bailarina Sara Vaz. Na fotografia, as imagens captadas por Armando Neves. A visão gráfica para um poema, do designer e especialista em tipografia Jorge dos Reis; e ainda os desenhos reactivos desenvolvidos por Mecca. Todos eles são guardenses ou apaixonados pela Guarda e vão estar juntos no espectáculo que comemora o 812º aniversário da cidade.

Trata-se de uma produção do Teatro Municipal da Guarda para a Câmara Municipal da Guarda. A selecção de textos é de António Godinho, que partilha também a co-autoria do guião deste espectáculo com Américo Rodrigues.
No final do espectáculo do dia 26 de Novembro (Sábado), o TMG organiza uma Jam Session no Café Concerto na qual participam alguns dos artistas envolvidos no espectáculo do Dia da Cidade. A entrada para a Jam Session é livre.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Na Galeria de Arte até 31 de Dezembro

Exposição “À luz do sol”, de Ana Pimentel
Até 31 de Dezembro, a Galeria de Arte do TMG tem patente a exposição: “À luz do sol” de Ana Pimentel.

A artista plástica vive e trabalha no Porto. É Licenciada em Artes Plásticas/Pintura, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, e foi Bolseira da Fundação Noesis de Barcelona em Teruel / Espanha. O Espaço, o Tempo e a Identidade são 3 factores importantes para a compreensão da sua obra. As suas pinturas cooperam com colagens de cores alegres e com efeitos de calor e luz. São obras que reaproveitam matérias num estilo de “artesanalidade” urbana e em cruzamento de culturas e de memórias (viagens, lugares e até cheiros). A referência à cultura tradicional portuguesa está patente na sua obra.

Entre 2004/2006, uma exposição itinerante do seu trabalho foi apresentada no Brasil em locais como o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro, o Museu do Pará, o Museu de Arte da Bahia e o Palácio das Artes de Belo Horizonte. Realizou mais de 30 exposições individuais, com destaque para as do Centro Cultural Calouste Gulbenkian (Paris, 2003), do Museu Amadeo de Souza-Cardoso (2010) e da Fundação Oriente (Macau, 2011).

A exposição tem entrada livre e pode ser visitada e pode ser visitada de terça à sexta das 16h às 19h e das 20h30 às 23h, aos sábados das 14h às 19h e das 20h30 às 23h e aos domingos das 14h às 19h.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Para mais informações, contactar:

Gabinete de Comunicação e Imagem

Teatro Municipal da Guarda

Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL



Tel. 271 205 240 • Fax. 271 205 248

gci@tmg.com.pt

www.tmg.com.pt


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal