Espetáculo: “Mosca” – “Moska”



Baixar 9.86 Kb.
Encontro04.08.2016
Tamanho9.86 Kb.

Espetáculo: “Mosca” – “Moska”


Grupo: Teatro Petra

Origem: Bogotá/Colômbia

Categoria: Espaço Alternativo

Gênero: Drama

Direção e dramaturgia: Fabio Rubiano Orjuela

Elenco: Alvaro García, Alberto Cardeño, Fernando García, Liliana Escobar, Mauricio Puentes, Bernardo García, Fabio Rubiano Orjuela Rodrigo Sánchez, Marcela Valencia

Treinamento em Esgrima Teatral: Juan Carlos García, Regina Gutierrez, Golpe de Gracia

Desenho e Construção do Ganso Avestruz: Guillermo Forero

Desenho e Construção de Espadas: Germán González

Sons em cena: Juan Carlos García

Iluminação: Teatro Petra

Figurinos: Elenco

Chefe de Produção: Marcela Valencia

Duração: 1h30

Classificação etária: 16 anos
A produção deste espetáculo não permite entrada após seu início

Contato


Marcela Valencia

(57 1) 608-9356 / (57) 315 347 0869



teatropetra@yahoo.com.mx

burlesca@hotmail.com

Fabio Rubiano O.

(57 1) 281-7747 / (57) 315 334 7542

elvientredelaballena@yahoo.com

O espetáculo

A peça é inspirada na tragédia “Tito Andrônico”, de Shakespeare, em que duas famílias se encontram para firmar uma trégua depois da guerra. Antes desse pacto há grandes cenas, estupros, enganos, promessas de amor, assassinatos, mutilações, vinganças.

Toda a história transcorre ao redor de três mesas dispostas em um largo corredor onde se come, se deflora, se dança ou se observa o bosque. O público se acomoda em grandes arquibancadas, dispostas dos dois lados dessas ações.

Além das três mesas, a cenografia é composta por um grande telão que envolve todos. Duas atrizes e sete atores interpretam todos os personagens. Os mecanismos utilizados para resolver tamanha quantidade de atrocidades não incluem recursos realistas nem efeitos especiais. Apesar de toda violência não pingará sobre a mesa uma só gota de sangue. Durante o processo de montagem os atores e atrizes encontraram em seus personagens muito mais recursos. E mais atrocidades.



O grupo

O Teatro Petra, fundado por Marcel Valencia e Fabio Rubiano, em 1985, é um dos grupos mais representativos das novas propostas teatrais da Colômbia. Seu espetáculo de estréia foi “El Negro Perfecto” em 1987.



Durante esses 19 anos de trabalho ininterrupto, o grupo ganhou três prêmios nacionais de dramaturgia, cinco bolsas de criação, dois prêmios de co-produção, duas bolsas de residência artística no exterior, reconhecimento e passagem por muitos festivais nacionais e internacionais. Suas obras foram traduzidas em inglês, francês, esloveno. Dentre os grupos de teatro experimental da Colômbia é o que mais atingiu um público devoto que segue atento suas montagens e propostas.

Atualmente desenvolve vários projetos de criação dramatúrgica, formação e montagem. Sua última obra “El Vientre de la Ballena” estreou no Festival Iberoamericano de Teatro de 2006 em co-produção com o Teatro Mladinsko da Eslovênia.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal