Estrutura curricular (novo projeto pedagógico) licenciatura núcleo Específico de Geografia (20)



Baixar 2.45 Mb.
Página6/22
Encontro29.07.2016
Tamanho2.45 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   22



BIBLIOGRAFIA

CÂMARA, Gilberto et al. Anatomia de sistemas de informação geográfica. Campinas: Instituto da Computação/UNICAMP, 1996. 197 p. il.

CRÓSTA, Álvaro Penteado. Processamento digital de imagens de sensoriamento remoto. Campinas: IG/UNICAMP, 1993. 170 p.

DUARTE, Paulo Araújo. Cartografia básica. Santa Catarina: UFSC, 1988.

DUARTE, Paulo Araújo . Cartografia temática. Santa Catarina: UFSC, 1991.

FILHO. J. M. Elementos de cartografia técnica e histórica. v. 1. Belém. 1993.
______. Elementos de cartografia técnica e histórica. v. 2. Belém. 1997.
FITZ, Paulo Roberto. Cartografia básica. Canoas: La Salle, 2000. 171 p.
GERARDI, L. H. ; SILVA, B. C. N. Quantificação em geografia. São Paulo: DIFEL, 1981.

IBGE. Manuais técnicos em Geociências. Noções básicas de cartografia. Rio de Janeiro: IBGE, 1999.

______. Atlas geográfico escolar. Rio de Janeiro: IBGE, 2002.

JOLY, Fernand. La cartografia. Barcelona: Ariel, 1979.

­­­______. La cartografia – Tradução Tânia Pellegrini A cartografia. Ed. Papirus, 1990.

LOCH, Ruth E. Nogueira. Cartografia: representação, comunicação e visualização de dados espaciais. Florianópolis: UFSC, 2006. 313 p.: il.


MARTINELLI. M. Curso de cartografia temática. São Paulo: Contexto, 1991.

______. Gráficos e Mapas. Construa-os você mesmo. São Paulo: Ed. Moderna,1998.



______. Cartografia Temática. Caderno de Mapas. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003
OLIVEIRA, Cêurio de. Curso de cartografia moderna. Rio de Janeiro: IBGE, 1988.

______. Dicionário cartográfico. Rio de Janeiro: IBGE, 1987.

RAISZ, Erwin. Cartografia geral. Rio de Janeiro: Científica, 1969.

ROCHA, César Henrique Barra. Geoprocessamento: tecnologia transdisciplinar. Juiz de Fora: Ed. do Autor, 2000. 220 p. il.

SILVA, Ardemírio de Barros. Sistemas de informações geo-referenciadas: conceitos e fundamentos. São Paulo: UNICAMP, 1999. 236 p. il.

SILVA, J. X. da. Geoprocessamento para análise ambiental. Rio de Janeiro: J. Xavier da Silva, 2001, 228 p.

SOARES, Douracy; ALMEIDA, M. L. D. Elementos de cartografia com exercícios e trabalhos práticos aplicáveis às geociências. Salvador: AGB/Secção Regional da Bahia, 1972.

SUPERINTENDÊNCIA DE ESTUDOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA BAHIA. Mapa índice das folhas topográficas do estado da Bahia. Salvador: SEI, 2000.

TEIXEIRA A.L. de A.; CHRISTOFOLETTI, A. Sistemas de informação geográfica: dicionário ilustrado. São Paulo: HUCITEC, 1997.













Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____










UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

SECRETARIA GERAL DOS CURSOS





PROGRAMA DE COMPONENTES

CURRICULARES



COMPONENTE CURRICULAR










CÓDIGO




NOME

GEO 000




Estudo Integrado da Paisagem



CARGA HORÁRIA




MÓDULO




SEMESTRE VIGENTE

T

P

E

TOTAL




T

P

E













136




30

15

-









EMENTA

Conceitos, classificação e distribuição dos sistemas naturais. Estudo da paisagem, sob a perspectiva sistêmica. Estabelecer as diferentes abordagens metodológicas para o estudo da paisagem. Diagnóstico ambiental como instrumento para o planejamento regional. Estudo de caso. Trabalho de campo obrigatório.



OBJETIVOS

  • Analisar de modo global os fenômenos geográficos que compõe a paisagem de acordo com

sua estrutura, física, grau de hierarquização e organização antropica.

  • Estabelecer de maneira teórica as metodologias de Bertrand, Sotchava e Tricart na análise

dos sistemas naturais e de forma prática a aplicação de uma delas.

  • Capacitar o profissional na execução de trabalho integrado de cunho geográfico e de aplicação

ao planejamento regional.



METODOLOGIA



  • Aulas teóricas expositivas com utilização de recursos audio-visuais;

  • Aulas práticas para a produção do mapa das Unidades de Paisagem;

  • Excursão a campo de caráter obrigatório.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

PARTE TEÓRICA

  1. A geografia física (aplicada) de análise e de síntese;

2. A conceituação de Geossistema e Ecossistema;


3. As escalas taxonômicas de investigação da paisagem;
4. A paisagem sob a perspectiva sistêmica – a hierarquização;
5. A concepção de caráter ecodinâmica da paisagem;


  1. Caracterização dos atributos físicos da paisagem (geologia, relevo, clima, solos, recursos

hídricos e vegetação) e de ação antropica (uso da terra) sobre a área a ser estudada


  1. Roteiro metodológico;




  1. Avaliação;

O Trabalho de campo de 6 (seis) dias equivale a 08 horas/dia=48 horas.


PARTE PRÁTICA

1. Delimitação da área de estudo;




  1. Elaboração de perfil integrado: topografia, geologia, solos, fertilidade do solo, clima, vegetação, uso da terra e unidades de paisagem;




  1. Tratamento da base cartográfica, no Laboratório de Geoprocessamento e Cartografia

Digital;


  1. Elaboração do mapa de Unidades de Paisagem levando em consideração as

características geológica, geomorfológica, hidrográfica, solos, clima, vegetação e uso da

terra; no Laboratório de Geoprocessamento e Cartografia Digital;




  1. Elaboração do Roteiro Metodológico;




  1. Avaliação







BIBLIOGRAFIA

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. São Paulo: USP, 1971. 27 p. (Caderno de Ciência da Terra, No 13).

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. R. RAÉ GA, Curitiba, n.8, p. 141-152, 2004. Editora UFPR.

BERTRAND, G. et BERTRAND, C. Uma geografia transversal e de travessias: o meio ambiente através dos territórios e das temporalidades (Org.) PASSOS, M. M. dos; Maringá, Ed. Massoni, 2007. 332 p.

BRANCO, S. M. Ecossistema: uma abordagem integrada do meio ambiente. São Paulo: Edgrad Blucher, 1989.

CHRISTOFOLETTI, A. A aplicação da abordagem em sistemas na geografia física.

Revista Brasileira de Geografia. IBGE. Rio de Janeiro, 52 (2): 21-35, 1990.

GUERRA, A. J. T. & MARÇAL, M. dos S. Geomorfologia e Unidade de Paisagem, In: Geomorfologia Ambiental: Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2006, p 93 - 149.

MENDONÇA, F. Geografia Física: ciência humana?. São Paulo: Contexto, 1998.

MONTEIRO, C. A. F. O Geossistema: a história de uma procura. São Paulo: Contexto, 2000.

RODRIGO, C. A teoria Geossistêmica e sua contribuição aos estudos geográficos e ambientais, São Paulo: Revista do Departamento de Geografia, USP. 14, 2001. p.

69 – 77.


RODRIGUEZ, J. M. M. et. al. Análise da paisagem como base para uma estratégia de organização geoambiental: Corumbataí (SP). Geografia, Rio Claro, vol. 20(1): 81-129, 1995.

SCHNEIDER, M. de O. Proposta para hierarquização da paisagem no Domínio dos

Planaltos Aplainados do Brasil Central. Rio Claro. Boletim de Geografia Teorética,

UNESP, 15 (29-30): 104-111, 1985. Simpósio de Geografia Física Aplicada.

SOTCHAVA, V. B. O estudo de Geossistema. São Paulo: USP, 1977 (Métodos em

Questão, No 16).

TRICART, J. Ecodinâmica. Rio de Janeiro IBGESUPREN. 1997. 91 p.

OBS. A bibliografia específica é definida conforme a área de estudo selecionada para a elaboração do trabalho integrado, no estudo de caso.















Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____










UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

SECRETARIA GERAL DOS CURSOS





PROGRAMA DE COMPONENTES

CURRICULARES



COMPONENTE CURRICULAR










CÓDIGO




NOME

GEO 000




Geografia da Bahia



CARGA HORÁRIA




MÓDULO




SEMESTRE VIGENTE

T

P

E

TOTAL




T

P

E













136




30

15

-









EMENTA

Aspectos geoambientais do estado da Bahia. Os grandes contrastes regionais e suas características espaciais. Os diversos critérios de divisão regional aplicados ao estado. Estudo de caso. Trabalho de campo obrigatório.



OBJETIVOS

  • Analisar do espaço baiano, situando-o no contexto mundial, nacional, regional e intra-regional e, a ocupação e formação do espaço baiano;

  • Compreender a evolução político-administrativa e critérios de regionalização aplicados ao estado;

  • Entender os aspectos geoambientais, socioeconômicos, culturais, populacionais do estado;

  • Estudar os grandes contrastes regionais e suas características espaciais;

  • Estudar as cidades, os serviços e a organização funcional do espaço;



METODOLOGIA

Aulas expositivas; trabalho de campo com apresentação de relatório; seminários;



CONTEÚDO PROGRAMÁTICO




  1. CONSIDERAÇÕES GERAIS

1.1. A Bahia no Mundo, no Brasil e na Região Nordeste


  1. CARACTERÍSTICAS DO ESPAÇO BAIANO

2.1. Formação do espaço baiano

    1. Evolução político-administrativa: critérios de regionalização

    2. Aspectos físicos e ambientais: geologia, recursos minerais, bacias hidrográficas, relevo, solo, clima, vegetação, unidades de conservação e ocupação do espaço baiano

    3. As formações socioeconômicos e a organização do espaço

2.4.1. Características gerais da população

      1. A dinâmica populacional e a distribuição espacial: estrutura e crescimento, população urbana e rural, população absoluta e densidades demográficas

      2. As atividades econômicas: aspectos gerais, agropecuária, indústrias, comércio e turismo

      3. A rede urbana baiana, sua funcionalidade e hierarquia, Salvador e seu papel como metrópole (a cidade colonial, evolução urbana, Salvador atual)

      4. Temas culturais da Bahia

2.5. As grandes paisagens regionais e suas características geoambientais: o Litoral, o Semi-árido baiano, a Chapada Diamantina, os Chapadões Ocidentais (Gerais) e ocupação do espaço baiano



BIBLIOGRAFIA

ANDRADE, Manuel Correia de. A questão do território no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1995.

CALDEIRON, Sueli Sirena (Org.). Recursos naturais e meio ambiente: uma visão do futuro. Rio de Janeiro: IBGE, 1993.

CARLOS, Ana Fani A. (Org.). Novos caminhos da Geografia.São Paulo: Contexto, 2001.

CASTELLO, J. R.; KOCH, M. R.; OLIVEIRA, N.; SCHAFFER, N. O.; STROHAECKER, T. M. (Org.). Fronteiras na América Latina: espaços em transformação. Porto Alegre: UFRGS, 1997.

CASTRO, I. E.; GOMES, P. C. da C.; CORRÊA, R. L. (Org.). Questões atuais da reorganização do território. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

CORRÊA, Roberto Lobato. Região e Organização espacial. São Paulo: Ática, 1998.

______.Trajetórias geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

COSTA, Wanderley Messias da. O Estado e as políticas territoriais no Brasil. São Paulo: Contexto, 1988.

DINIZ, José A.F.; DUARTE, A.C. A região cacaueira da Bahia.

RODRIGUES, Adyr B. (Org.). Turismo e geografia: reflexões teóricas e enfoques regionais. São Paulo: Hucitec, 1996.

ROSS, Jurandyr I. Sanches (Org.). Geografia do Brasil. 4 ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2001.

SANTOS, Milton. A rede urbana do Recôncavo. Salvador, 1959.

SILVA, Sylvio Bandeira et all. Urbanização e metropolização no estado da Bahia. Salvador: Edufba, 1989.

SUPERINTENDÊNCIA DE ESTUDOS ECONÔMICOS E SOCIAIS DA BAHIA. Evolução territorial e administrativa do estado da Bahia: um breve histórico. Salvador: SEI, 2001.

______. Qualidade ambiental do Recôncavo e regiões limítrofes. Salvador: SEI, 1987.

______. Mapa índice das folhas topográficas do estado da Bahia. Salvador: SEI, 2000.

VIANA FILHO, Luiz. Petroquímica e industrialização da Bahia. Salvador, 1954.













Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____










UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

SECRETARIA GERAL DOS CURSOS





PROGRAMA DE COMPONENTES

CURRICULARES



COMPONENTE CURRICULAR










CÓDIGO




NOME







Geologia Básica




CARGA HORÁRIA




MÓDULO




SEMESTRE VIGENTE

T

P

E

TOTAL




T

P

E













102






















EMENTA

DISCIPLINA APROVADA NA 269ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO DEPARTAMENTO DE GEOQUÍMICA (PROGRAMA A SER ENVIADO) – OFÍCIO 011 /2004




OBJETIVOS







METODOLOGIA





CONTEÚDO PROGRAMÁTICO







BIBLIOGRAFIA















Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____










UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

SECRETARIA GERAL DOS CURSOS





PROGRAMA DE COMPONENTES

CURRICULARES



COMPONENTE CURRICULAR










CÓDIGO




NOME

MAT 015




Complementos de Matemática Complementos de Matemática I (CONFORME CONSTA NO PROGRAMA)



CARGA HORÁRIA




MÓDULO




SEMESTRE VIGENTE

T

P

E

TOTAL




T

P

E













102

90






















EMENTA

Funções do 1º e 2º graus, funções exponenciais e logarítmicas. Logaritmos decimais. Noções de análise combinatória e binômio de Newton.



OBJETIVOS

Fornecer os pré-requisitos necessários à Estatística.



METODOLOGIA

- Aulas expositivas.



CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  • Conjuntos: operações com conjuntos; cardinalidade; produto cartesiano. Diagramas.

  • Conjuntos numéricos: principais conjuntos numéricos; operações;

  • Função do 1º grau: estudo da reta, equações, inequações e sistemas;

  • Função do 2º grau: estudo do trinômio do 2º grau; inequações;

  • Função exponencial e função logarítmica; aplicações;

  • Logaritmos decimais;

  • Análise combinatória: Arranjo, Permutação e Combinação Simples;

  • Binômio de Newton.

BIBLIOGRAFIA

IEZZI, Gelson. Matemática. Vol. I e II;

ANTAR NETO E OUTROS. Coleção Noções de Matemática. Vol. 1, 2 e 4.














Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____










UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

SUPERINTENDÊNCIA ACADÊMICA

SECRETARIA GERAL DOS CURSOS





PROGRAMA DE COMPONENTES

CURRICULARES



COMPONENTE CURRICULAR










CÓDIGO




NOME

MAT 021




Estatística I – B (CONFORME CONSTA NO PROGRAMA)



CARGA HORÁRIA




MÓDULO




SEMESTRE VIGENTE

T

P

E

TOTAL




T

P

E













68

75






















EMENTA

Aspectos preliminares do trabalho estatístico. Séries estatísticas e representação gráfica. Médias. Separatrizes. Principais medidas de dispersão. Conceitos, teoremas e leis de probabilidade.



OBJETIVOS

Proporcionar aos alunos o conhecimento teórico-prático aos tópicos do programa para uso nas situações relacionadas com a sua área de estudo ou em disciplinas afins.




METODOLOGIA

Aulas expositivas seguidas de exercícios de aplicação com uso de equipamentos convencionais e eletrônicos, bem como de listas de exercícios distribuídas aos alunos.



CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

  1. Apresentação de dados

    1. População e amostra;

    2. Fases do trabalho estatístico;

    3. Tipos de séries estatísticas;

    4. Arredondamento de números;

    5. Principais tipos de representação gráfica.

  2. Medidas de posição

    1. Média aritmética;

    2. Média geométrica;

    3. Média harmônica;

    4. Moda;

    5. Separatrizes.

  3. Medidas de dispersão

    1. Amplitude total;

    2. Desvio-quartílico;

    3. Desvio-médio;

    4. Desvio padrão e variância;

    5. Variável reduzida.

  4. Cálculo de probabilidades

    1. Experimento aleatório, espaço amostral e eventos;

    2. Conceito clássico de probabilidade, probabilidade estatística;

    3. Axiomas e teoremas da teoria das probabilidades;

    4. Lei multiplicativa e lei aditiva das probabilidades;

    5. Acontecimentos dependentes e independentes;

    6. Variáveis aleatórias;

    7. Distribuições discretas: Binomial e Poisson;

    8. Distribuições contínuas: Normal.



BIBLIOGRAFIA

AZEVEDO, Amílcar de e CAMPOS, Paulo Henrique Borges de. Estatística Básica.

CARRET, Henry. A Estatística na Psicologia e na Educação.

CASTRO, Lauro Sodré Viveiros de. Pontos de Estatística.

CUNHA, Ezequiel S. Estatística Descritiva na Psicologia e Educação.

HOEL, Paul G. Estatística Elementar.

NICK, Eva. Estatística.

NUNES, Mário Ritter. Noções Práticas de Estatística.

SPIEGEL, Murray. Estatística.

TORANZOS, Fausto. Estatística.

WECORMECK, Thomas C. Técnica de la Estadistica Social.














Assinatura e Carimbo do Chefe do Departamento

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____






Assinatura e Carimbo do Coordenador do Curso

Programa aprovado em reunião plenária do dia ____/____/____



Catálogo: twiki -> pub
pub -> Núcleo de Defesa do Meio Ambiente de Goiânia 15ª Promotoria de Justiça
pub -> Ministério público do estado de goiá
pub -> Ormísio Maia de Assis
pub -> Exmo. Sr. Dr. Juiz de direito da vara cível da comarca de itajaí sc sos fundação Mata Virgem
pub -> Docente: Dr. José Manuel E. Valença a informática na saúde
pub -> Neros textuais emergentes no contexto da tecnologia digital
pub -> A consciência como fator preponderante na construção das grandes teorias para a humanidade
pub -> Trabalho De Informática Jurídica «A criptografia» Universidade do Minho. Maio de 20005
pub -> Universidade do Minho Licenciatura em Direito Informática Jurídica Técnicas Criptográficas—Cifras Docente
pub -> Realizado por: Henrique Fernandes da Cunha Nº. 34531 Cristina Laura Silva Ferreira Nº. 31625 Mafalda Joana Saraiva Magalhães N


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   22


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal