Exposição na Galeria de Arte de 8 de Setembro a 28 de Outubro



Baixar 12.26 Kb.
Encontro26.07.2016
Tamanho12.26 Kb.

Nota à Imprensa | terça-feira, 4 de Setembro de 2012


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Exposição na Galeria de Arte de 8 de Setembro a 28 de Outubro

KarmaMudra”, de Vítor Pomar é inaugurada sábado


"KarmaMudra" do artista plástico Vítor Pomar é a exposição que o TMG inaugura na Galeria de Arte no próximo sábado, dia 8 de Setembro. Nesta exposição, refere o artista, é invocada «a dimensão simbólica que está presente em toda a actividade humana». A inauguração que contará com a presença de Vítor Pomar está marcada para as 18h00.

Vítor Pomar nasceu em Lisboa em 1949. Frequentou as Escolas de Belas-Artes do Porto e Lisboa (66-69). Emigrou para a Holanda em 1970, onde frequentou a Academia Livre de Haia e a Academia de Arte de Roterdão, onde completa estudos em 1973. Ensina serigrafia na Academia Livre de Haia. Trabalhou no quadro do Regulamento dos Artistas Plásticos (BKR) em Amesterdão entre 1976 e 1985. Utiliza no seu trabalho técnicas tão variadas como a fotografia a preto e branco, o cinema experimental em 16mm e Super 8 e o vídeo.


Estabelecido em Portugal desde 1985, funda e dirige a Associação cultural Casa-Museu Álvaro de Campos em Tavira. Frequenta o curso de Gestão das Artes dirigido pelos professores Joan Jeffri da Columbia University e Jorge Calado, no Instituto Nacional de Administração, 1989.

Viveu em Lisboa entre 90 e 95, período em que se ausentou longamente em viagens de estudo na Índia do Norte, junto de alguns grandes lamas tibetanos.


Actualmente vive e trabalha em Assentiz, Rio Maior. Está representado em diversas colecções, nomeadamente: Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, Caixa Geral dos Depósitos, Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação Casa de Serralves e Ministério das Finanças.

“KarmaMudra” ficará patente até 28 de Outubro. A Entrada é livre.


A exposição pode ser visitada de terça à sexta das 16h às 19h e das 21h00 às 23h, aos sábados das 15h às 19h e das 21h00 às 23h e aos domingos das 15h às 19h. A entrada é livre.
No Café Concerto, dia 7 de Setembro

Tripartida Poética

Na sexta, dia 7 de Setembro, a noite é de poesia no Café Concerto com a actividade "Tripartida Poética" com Américo Rodrigues, Daniel Rocha e Manuel A. Domingos. A sessão está marcada para as 21h30 e conta com os textos e as vozes dos três autores. De referir ainda que estará à venda no CC o último livro de cada um dos autores, a saber:"Acidente Poético Fatal", de Américo Rodrigues; "Refracções a três andamentos" de Daniel Rocha e " Teorias" de Manuel A. Domingos.


Exposição no Café Concerto, entre 11 e 30 de Setembro

Fado Singular”, de Kim Prisu

“Fado singular” é o título da exposição de pintura que Kim Prisu apresenta a partir de terça, dia 11 de Setembro, e até ao final deste mês no Café Concerto do TMG.

KIM PRISU (Joaquim António Gonçalves Borregana) nasceu em 1962, na aldeia da Dona (Sabugal). Foi levado aos nove meses para terras de França, onde fez a sua formação escolar em tecnologia e em Artes.

Nos anos 80, em Paris, Kim Prisu e Quim P. (Joaquim Pereira) dão origem ao conceito Nuklé-Art: Nuklé-Art actua num conceito de arte total (Figuração livre, Medias Peintres, Computer Art). Em 1996, Kim Prisu regressa a Portugal, instala-se no Pinhal Novo e recomeça um novo percurso na vida artística. Expôs, entre outros locais na Guarda, bienal de Coruche, bienal do Avante, Palmela, Setúbal, Biblioteca Museu da República e Resistência em Lisboa, Alhos Vedros, Museu do Sabugal.

“Fado Singular” tem entrada livre e pode ser visitada no horário de funcionamento do Café Concerto.


Cinema no Pequeno auditório, dia 12 de Setembro

Moonrise Kingdom”, de Wes Anderson

O Cineclube da Guarda e o TMG apresentam na próxima, quarta, dia 12 de Setembro o filme “Moonrise Kingdom” do realizador Wes Anderson.
Tudo se passa no Verão de 1965, numa pequena ilha da costa da Nova Inglaterra. Sam (Jared Gilman) e Suzy (Kara Hayward), ambos de 12 anos, sentem-se deslocados na comunidade onde vivem. Quando se conhecem, durante uma peça de teatro na qual Suzy actuava, apaixonam-se e passam a trocar arrebatadas cartas de amor. Um dia, resolvem deixar tudo para trás e fugir para um lugar desconhecido. O que não esperavam era que os pais de Suzy os perseguissem até ao fim do mundo. Uma comédia dramática genial.

O filme, classificado para maiores de 12 anos, passa às 21h30, no Pequeno Auditório. Nos principais papeis: Edward Norton, Bruce Willis, Bill Murray e Tilda Swinton.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Para mais informações, contactar:

Gabinete de Comunicação e Imagem

Culturguarda E.M. / Teatro Municipal da Guarda

Rua Batalha Reis, 12, 6300-668, GUARDA, PORTUGAL



Tel. 00351 271 205 240 • Fax. 00351 271 205 248

gci@tmg.com.pt

www.tmg.com.pt


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal