Faculdade novos horizontes



Baixar 336.75 Kb.
Página1/12
Encontro31.07.2016
Tamanho336.75 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


FACULDADE NOVOS HORIZONTES

Programa de Pós-graduação em Administração

Mestrado


INOVAÇÃO E APRENDIZAGEM NAS ORGANIZAÇÕES:

Um estudo de caso em uma empresa de tecnologia


Alessandra Costa Salles

Belo Horizonte

2010

A


lessandra Costa Salles

INOVAÇÃO E APRENDIZAGEM NAS ORGANIZAÇÕES:

Um estudo de caso em uma empresa de tecnologia


Dissertação apresentada ao curso de Mestrado Acadêmico em Administração da Faculdade Novos Horizontes, como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Administração.


Orientadora: Profª. Drª. Cristiana Fernandes De Muÿlder
Linha de Pesquisa: Tecnologias de Gestão e Competitividade
Área de Concentração: Organização e estratégia

Belo Horizonte

2010

A

GRADECIMENTOS


À minha querida orientadora Cris, pela paciência, carinho, amizade e psicologia.
Ao Dr. Alex Moreira, que, compartilhou o seu tempo, conhecimento e material para esta pesquisa.
À D. Flávia, minha mãe, que sempre orientou a primeiro arranjar o problema e depois agradecer.
Ao meu pai, Sr. Rubens, pelo orgulho que sempre demonstrou por sua filha encarar esse desafio.
À fiel e “legal” companheira Deizinha, pelo incansável apoio, amizade e carinho de todas as horas.
Aos irmãozinhos de alma, Rafa e Dani, pela amizade, pelo perdão sempre concedido e por estarem sempre presentes.
Á Mirian Márcia, por sonhar junto, dar a mão e não dizer não.

Aos amigos Gui e Dênio, que sempre mostraram que era possível.


Á Marina Patrus, que na hora da decisão abriu uma porta viabilizando minha entrada.
Ao Marcos Pêgo que permitiu as saídas às sextas e que pudesse realizar a pesquisa na Engetron.
Aos amigos e companheiros diários da Engetron, pelo apoio e disponibilidade.
Aos meus antepassados, muito obrigada!


Aprender é mudar posturas.

Platão
R


ESUMO

O cenário empresarial atual revela crescente competição e concorrência entre as organizações, o que demanda constantes mudanças e inovações, as quais podem ser alcançadas por meio de investimento em aprendizagem. Tal alternativa é utilizada por diversas organizações que visam manter vantagem competitiva. Esta dissertação aborda o tema “Aprendizagem e inovação” e se propõe a elucidar a questão “Como se dá o processo de aprendizagem e inovação na empresa Engetron na visão dos funcionários?”, constituindo nisso seu o objetivo principal. Para tal, realizou-se um estudo de caso de natureza qualitativa e descritiva, com trabalhadores ligados diretamente ao setor de Produção da Engetron. As fases da pesquisa atendem aos objetivos específicos de: 1) Identificar a contribuição aprendizagem formal e informal para a inovação de produtos na Engetron; 2) Identificar os modos de conversão de conhecimento percebidos pelos empregados do modelo de Nonaka e Takeuchi; 3) Analisar a relação percebida pelos empregados entre aprendizagem e inovação na empresa. A Engetron atua no mercado há 34 anos e atualmente é uma indústria de no-breaks. Foram realizadas entrevistas utilizando roteiro semiestruturado com 9 funcionários do setor produtivo que atuam na empresa há mais de dez anos. Os funcionários reconhecem a diferença de aprendizagem formal e informal e percebem a importância de ambas as formas de aprender como um modo de obter sucesso na execução de suas atividades. Foram identificados os quatro modos de conversão do conhecimento propostos por Nonaka e Takeuchi e também foi possível demonstrar a importância percebida pelos funcionários da aprendizagem para a inovação na empresa pesquisada. Portanto, pode-se perceber que ocorre entre os entrevistados a aprendizagem formal e a aprendizagem informal. Consequentemente, ocorre a geração de conhecimento com foco na inovação dos processos e produtos da Engetron.
PALAVRAS-CHAVE: Aprendizagem organizacional. Inovação. Gestão do conhecimento. Competitividade.

A

BSTRACT

The current business scenery reveals growing competition between the organizations, that sues Constant changes and innovations which can be reach through investment and learning. This alternative is used for several organizations that aim to keep competitive advantage. This dissertation broaches the theme “Learning and innovation” and it proposes to elucidate the question “How the process of learning and innovation happens, in the Engetron company, on employees view?”, constituting, in this, its main objective. For this, it realized a case study of qualitative and descriptive nature, with workers directly connected to the sector of production of Engetron. The phases of the research attend to the specific objectives of: 1) To identify the contribution of the formal and informal learning for the innovation products on the Engetron; 2) To identify the ways of conversion of knowledge, of the model from Nonaka and Takeuchi, perceived by the employees. 3) To analyze the relation, between learning and innovation, perceived by the employees, on the company. The Engetron has been acting on market for 34 years and, currently, it is an industry of no-breaks. Interviews were realized using semi-structured outline with 9 employees of productive sector that have acted, on company, for more than ten years. The employees recognize the difference of formal and informal learning and they perceive the importance of both of the ways of learn how a way of to obtain success on the execution of their activities. The four ways of conversion of the knowledge, proposed by Nonaka and Takeuchi, were identified and also, it was possible to demonstrate the importance of the learning for the innovation, perceived for the employees, on the researched company. Therefore, it can perceive that the formal and informal learning occur among the interviewed. Consequently, it occurs the generation of knowledge with focus in the innovation of the processes and products from Engetron.
Key-words: Organizational learning. Innovation. Knowledge Management. Competitivity.

L

ISTA DE FIGURAS




Figura 1 – Estrutura da base de conhecimento organizacional. 22

Figura 2 – Comparação entre Dados, Informação, e Conhecimento 23

Figura 3 – Quatro modos de conversão do conhecimento 24

Figura 4 – Dimensões da inovação 29

Figura 5 – Relação da invenção com a inovação e a solução criativa .........Error: Reference source not found

Figura 6 – Inovação e compromentimento com recursos Error: Reference source not found

1 INTRODUÇÃO 10

1.1 Objetivos 13

1.1.1 Objetivo geral 13

1.1.2 Objetivos específicos 13



2 REFERENCIAL TEÓRICO 16

2.1 Aprendizagem 17

2.2 Inovação 26

2.3 Aprendizagem e Inovação 33



3 METODOLOGIA 43

3.1 O método da pesquisa 43

3.2 Unidades de análise e de observação 44

3.3 Operacionalização da coleta de dados 45



4 A EMPRESA 47

5 APRESENTAÇÂO E ANÁLISE DOS RESULTADOS E DISCUSSÕES 49

5.1 Caracterização dos respondentes 50

5.2 Quanto à aprendizagem formal e informal para a inovação 52

5.4 Relação percebida entre aprendizagem e inovação 64



6 CONSIDERAÇÕES FINAIS 74

REFERÊNCIAS 78

APENDICE A 84

APÊNDICE B 88


S

UMÁRIO



1

INTRODUÇÃO 10

1.1 Objetivos 13

1.1.1 Objetivo geral 13

1.1.2 Objetivos específicos 13

2 REFERENCIAL TEÓRICO 16

2.1 Aprendizagem 17

2.2 Inovação 26

2.3 Aprendizagem e Inovação 33



3 METODOLOGIA 43

3.1 O método da pesquisa 43

3.2 Unidades de análise e de observação 44

3.3 Operacionalização da coleta de dados 45



4 A EMPRESA 47

5 APRESENTAÇÂO E ANÁLISE DOS RESULTADOS E DISCUSSÕES 49

5.1 Caracterização dos respondentes 50

5.2 Quanto à aprendizagem formal e informal para a inovação 52

5.4 Relação percebida entre aprendizagem e inovação 64



6 CONSIDERAÇÕES FINAIS 74

REFERÊNCIAS 78

APENDICE A 84

APÊNDICE B 88

  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   12


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal