Ficha de identificaçÃO



Baixar 20.66 Kb.
Encontro25.07.2016
Tamanho20.66 Kb.
Currículo abreviado

Maria Estela Guedes

Lisboa, 31 de Maio de 2010


FICHA DE IDENTIFICAÇÃO

Maria Estela Pinto de Almeida Guedes nasceu em Britiande (Lamego/ Portugal), a 21 de Maio de 1947. Licenciou-se em Literatura pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

URL principal: http://www.triplov.com

E-mail principal: estela@triplov.com

Escritora. Membro da Associação Portuguesa de Escritores (APE), da Delegação Portuguesa da Associação Internacional de Críticos Literários, do Instituto S. Tomás de Aquino (ISTA), e do Centro Interdisciplinar de Ciência, Tecnologia e Sociedade da Universidade de Lisboa (CICTSUL).

Dirige o TriploV (www.triplov.com), um portal multidisciplinar, primacialmente dedicado ao estudo do Naturalismo e à divulgação de literaturas em língua portuguesa e espanhola.

Co-organiza, com José Augusto Mourão, em nome do TriploV, do CICTSUL e do ISTA, um colóquio anual que envolve participantes de áreas diversas (artes, religiões, ciências, letras), “Discursos e Práticas Alquímicas”, cuja 9ª edição teve lugar na Benedita a 29-30 de Maio de 2010.

Participou em vários programas de Rádio e Televisão. Tem publicadas várias centenas de títulos, em revistas e jornais. A maior parte da sua produção recente, e alguns textos antigos mais importantes, encontram-se em linha no TriploV.

A sua actividade desdobra-se por diversas áreas: poesia, ficção, teatro, ensaio literário e sobre História, Crítica e Filosofia das Ciências. Também tem tido alguma participação em exposições colectivas de artes visuais, e colaborou no CDRom de música brasileira, "Brincos do Mar e o Infinito..." , de Mário Montaut & Floriano Martins, com participação especial de Ana Lee. Caucaia/Ceará, 2007.

Dirige duas colecções de cadernos sobre temas do Naturalismo, “Lápis de Carvão” e “Naturarte”, na Apenas Livros Editora (Lisboa).

Tem desenvolvido projectos de cooperação com colegas espanhóis do CSIC (Madrid) e de várias entidades científicas brasileiras. Mantém acordo de cooperação literária entre o TriploV e revistas electrónicas brasileiras, como a “Agulha”, dirigida por Claudio Willer e Floriano Martins, e «Banda Hispânica», dirigida por Floriano Martins.

Currículo mais detalhado em:



http://www.triplov.com/estela_guedes/curriculo/index.html

ALGUNS LIVROS E PARTICIPAÇÃO EM OBRAS COLECTIVAS

- “Herberto Helder, Poeta Obscuro”. Moraes Editores, Lisboa, 1979. Literatura. Crítica literária. Em linha no TriploV.

-  “SO2” . Guimarães Editores, Lisboa, 1980.

- “Eco, Pedras Rolantes”, Ler Editora, Lisboa, 1983. Em linha no TriploV.

-  “Crime no Museu de Philosophia Natural”, Guimarães Editores, Lisboa, 1984.

- “Mário de Sá Carneiro”. Editorial Presença, Lisboa, 1985. Antologia e ensaio. Ensaio em linha no TriploV.

- “O Lagarto do Âmbar”. Rolim Editora, Lisboa, 1987.

-  “Ernesto de Sousa – Itinerário dos Itinerários”. Galeria Almada Negreiros, Lisboa, 1987. Colaboração e co-organização.

-  “À Sombra de Orpheu”. Guimarães Editores e Associação Portuguesa de Escritores, Lisboa, 1990. Ensaio e antologia de sonetistas.

- “Prof. G. F. Sacarrão”. Lisboa. Museu Nacional de História Natural-Museu Bocage, 1993.

- “Carbonários : Operação Salamandra: Chiogloça lusitanica Bocage, 1864”. Em colaboração com Nuno Marques Peiriço. Palmela, Contraponto Editora, 1998.

- José Álvares Maciel, romântico e naturalista. In: Diana Soto Arango, Miguel Ángel Puig-Samper y Mª Dolores González.Ripoll (Editores): “Científicos Criollos e Illustración”. Ediciones Doce Calles, Madrid, 1999.

- João da Silva Feijó, naturalista brasileiro em Cabo Verde. In: “As Ilhas e o Brasil”. Região Autónoma da Madeira, pp: 509-524, 2000. Em co-autoria com Luís Arruda.

- O gaio método.  In: "Portugal-Brasil: Memorias e Imaginarios", volume II, Grupo de Trabalho do Ministério da Educação para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 489-501. Em colaboração com Nuno Marques Peiriço.

- “Discursos e Prática Alquímicas”. Vol. I. Hugin Editores, Lisboa. 2001. José Augusto Mourão, Maria Estela Guedes, Nuno Marques Peiriço & Raquel Gonçalves, organizadores.

- “Discursos e Prática Alquímicas”. Vol. II. Hugin Editores, Lisboa. 2002. José Manuel Anes, Maria Estela Guedes & Nuno Marques Peiriço, organizadores.

- “Lápis de Carvão”. Apenas Livros Editora, Lisboa, 2005.

- “A_maar_gato”. Lisboa, Editorial Minerva, 2005.

“Ofício das Trevas”. Colecção Teatro no cordel, 2. Apenas Livros Lda, Lisboa. 2006.

- “À la Carbonara”. Lisboa, Apenas Livros Lda, Col. Lápis de Carvão, nº 8, 2007. Em co-autoria com J.-C. Cabanel & Silvio Luis Benítez Lopez.

- “A Boba”. Apenas Livros Editora, Lisboa, 2007

- Participação em “Antologia 2007 – Poetas na Surrealidade em Estremoz”. Ed. da Câmara Municipal de Estremoz, 2007.

-- “De tempos a tempos - Júlio Conrado. Antologia crítica, Antologia pessoal”. Lisboa, Roma Editora, 2007. Co-autoria.

- “Tríptico a solo”. São Paulo, Editora Escrituras, 2007.

- Participação em "Poem'arte - nas margens da poesia" (colectiva). III Bienal de Poesia de Silves, 2008, Câmara Municipal de Silves, pp. 127-132. Inclui CDRom homónimo, com poemas ditos pelos elementos do grupo Experiment'arte.

- Participação em “O reverso do olhar”, Exposição Internacional de Surrealismo Actual. Coimbra, 2008.

- "Vandelli e o Apocalipse" – In: "O Gabinete transnatural de Domingos Vandelli", catálogo de exposição no Museu de História Natural do Rio de Janeiro. Org. Paulo Bernaschina. Rio de Janeiro, 2008.

- “A poesia na Óptica da Óptica”. Lisboa, Apenas Livros Lda, Col. Naturarte, nº 9. 2008.

- Participação em “Os dias do amor - Um poema para cada dia do ano”. Antologia de poetas. Recolha, selecção e organização de Inês Ramos. Prefácio de Henrique Manuel Bento Fialho. Parede, Portugal. Ministério dos Livros Editores, 2009.

- “Chão de papel” . Apenas Livros Editora, Lisboa. 2009. Livro alusivo à Guiné-Bissau.

- “Geisers”. Bembibre, Ed. Incomunidade, 2009.

- O alfarrabista. In: «Há quanto tempo não lê poesia na cama? - Livro de Cabeceira». IV Bienal de Poesia de Silves, Silves, Escritaria.pt, 2010.

- “Quem, às portas de Tebas? – Três artistas modernos portugueses”. Editora Arte-Livros, São Paulo, 2010.

TEATRO

- Autoria do guião do espectáculo de multimedia “O Lagarto do Âmbar”. Rolim Levado à cena em 1987, no ACARTE, Fundação Calouste Gulbenkian, com direcção de Alberto Lopes e interpretação de João Grosso, Ângela Pinto e Maria José Camecelha.

- Autoria de “A Boba”. Apenas. Levado à cena em 2008 no Teatro Experimental de Cascais, com encenação de Carlos Avilez e interpretação de Maria Vieira. Em digressão em 2010.

EM PUBLICAÇÃO

- «A Obra ao Rubro de Herberto Helder». Livro de ensaios a sair com a chancela da editora Escrituras, de São Paulo, em Outubro de 2010.






©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal