Fisica-potierj. Pro. Br graciliano Ramos, grande expoente do romance regionalista



Baixar 11.21 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho11.21 Kb.

Prof. Potierj - “A FÍSICA ESTÁ NOS DETALHES “ - WWW.FISICA-POTIERJ.PRO.BR


Graciliano Ramos, grande expoente do romance regionalista



Graciliano foi um dos grandes nomes

da segunda geração do Modernismo

Graciliano Ramos nasceu no dia 27 de outubro de 1892, na cidade de Quebrangulo, sertão de Alagoas, filho primogênito dos dezesseis que teriam seus pais, Sebastião Ramos de Oliveira e Maria Amélia Ferro Ramos.

Participando de várias mudanças que a família realizou pelo Nordeste, tomou contato com diferentes locais do estado natal e de Pernambuco, retratados mais tarde como cenários de seus romances. Essa vida agitada prejudicou-lhe os estudos, pois teve que conciliar trabalho e atividade literária.

Foi escritor, revisor de jornal e diretor da Imprensa Oficial de Alagoas. Dedicou-se ao jornalismo, enquanto pôde viver no Rio de Janeiro, e aí trabalhou como revisor de A Tarde e Correio da Manhã. Quando regressou ao Nordeste em 1928, estabeleceu-se em Palmeira dos Índios, onde foi prefeito por dois anos.

É um dos grandes nomes da Segunda Geração do Modernismo brasileiro. Inscreve-se no segundo tempo do Modernismo (1930-1945), época de radicalização política e de tensões externas e internas (Stalin, Hitler, Mussolini, Franco, Salazar, Perón, Getúlio Vargas).

Grande expoente do romance regionalista, Graciliano apresenta estilo marcante, com textos secos. Suas principais obras são Vidas Secas e São Bernardo, que abordam temas como a seca, o coronelismo, a miséia e a força do povo nordestino.

Em 36, durante o Estado Novo, foi preso como subversivo, por intrigas políticas, sendo solto no ano seguinte. Desse período de prisão, nasceram as Memórias do Cárcere, obra publicada no ano de sua morte (incompleta, sem o último capítulo). Em janeiro de 1953, Graciliano Ramos é internado na Casa de Saúde e Maternidade S. Vitor, onde vem a falecer, vitimado pelo câncer, no dia 20 de março, às 5:35 horas de uma sexta-feira.



Bibliografia:

  • Caetésromance

  • São Bernardo – romance

  • Angústia – romance

  • Vidas Secas – romance

  • Infância – memórias

  • Dois dedos – contos

  • Insônia – contos

  • Memórias do cárcere – memórias

  • Viagem - impressões sobre a Tcheco-Eslováquia e a URSS.

  • Linhas tortas – crônicas

  • Viventes das Alagoas – crônicas

  • Alexandre e outros irmãos (Histórias de Alexandre, A terra dos meninos

  • pelados e Pequena história da República)

  • Cartas - correspondência pessoal.

  • Fontes: Releituras.com Bondan.pro.br TV Cultura - Alô Escola

Prof. Potierj - “A FÍSICA ESTÁ NOS DETALHES “ - WWW.FISICA-POTIERJ.PRO.BR

FISICA DO 2° E 3° GRAU – SOBRE RAIOS – PALESTRAS – DICAS PARA O VESTIBULAR –

ESPIRITISMO - MENSAGENS – OBRAS BÁSICAS – CURIOSIDADES - PALESTRAS


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal