Fortuna crítica – 1976 Lúcio Flávio – o passageiro da agonia



Baixar 11.06 Kb.
Encontro01.08.2016
Tamanho11.06 Kb.
Fortuna crítica – 1976_Lúcio Flávio – o passageiro da agonia (Hector Babenco) [l]
A realidade em cena. Veja, 8 março 1978.

A violência real no cinema. Folha de São Paulo 12 março 1978

ARAÚJO, Inácio. Cinema de boca em boca: escritos sobre cinema. Organização e pesquisa Juilano Tosi. São Paulo: Imprensa Oficial, 2010. 712 p

ARCO E FLEXA, Jairo. Pesadelos. Veja, 26 outubro 1977. Pp. 85 e 86.

AUGUSTO, Sérgio. vilões e vilões. isto é, 1 março 1978, pp. 52.

AZEREDO, Ely. Vivendo a mote. Jornal do Brasil 11 novembro 1977.

BERNARDET, Jean-Claude. Historiografia clássica do cinema brasileiro : metodologia e pedagogia. Apresentação de Eduardo Peñuela Cañizal. Säo Paulo : Annablume, 1995. 203 p.

BERNARDET, Jean Claude. Lúcio Flávio, filme policial à brasileira. Última hora, 22 fevereiro 1978.

BERNARDET, Jean Claude. Lúcio Flávio, um motivo para falar de repressão. Isto é, 22 março 1978.

CAKOF, León. Lúcio Flávio : de crápula a herói. diário da noite, 27 fevereiro1978.

Cinema aproveita o tema do "esquadrão ". O estado, 7 janeiro 1978.

E agora, Adirley.  Filme Cultura, n. 60, p. 92-93, jul-set. 2013

EWALD FILHO, Rubens. Lúcio Flávio, um merecido sucesso. o estado de São Paulo, 3 março 1978.

FABRIS, Mariarosaria. Trajets de violence: entre littérature et cinéma. Rennes, 2007. 12 p. 


Capítulo do livro La Littérature Brésilienne Contemporaine (em francês), org. por Rita Olivieri-Godet e Andrea Hossne. 

FASSONI, Orlando. A discussão da violência. Folha de São Paulo 9 março 1978.

FERREIRA, Jairo. Um filme sobre Flávio e sua agonia. Folha de São Paulo 12 agosto 1977

FREITAS, Almir de, LAUB, Michel. O cineasta dos sobreviventes. Bravo!, v. 6, n. 67, p. 20-33, abr. 2003

FUSER, Fausto. Uma gota de verdade no oceano das mentiras. Movimento, n 141, 13 março 1978.

Heroi de olhos verdes morre no fim do filme. Em tempo, n5, 20 a 31 março 1978.

Lúcio Flávio, o passageiro da agonia. Jornal do Brasil 14 abril 1978.

MILARÉ, Sebastião. Passageiro da agonia.  Artes:, v. 13, n. 51, p. 24, mar.-abr. 1978

MOURÃO, Maria Dora, BACQUÉ, Laure, CAETANO, Maria do Rosário (org). Jean-Claude Bernardet: uma homenagem. Textos de Djalma Limongi Batista e outros. São Paulo: Cinemateca Brasileira; Imprensa Oficial, 2007. 196 p.

MOURÃO, Maria Dora Genis. O papel da montagem em filmes policiais: considerações preliminares. São Paulo, 1979. 148 p. Dissertação de mestrado apresentada à ECA.USP sob orientação do Prof.Dr. Eduardo Peñuela Cañizal.

NEVES, Paulo. O que vai pelos estúdios do Rio. Cinema em Close-Up, v. 3, n. 14, p. 40, 1977SADOUL, Georges. Dicionário de filmes. Tradução de Marcos Santarrita e Alda Porto. Porto Alegre: L&PM, 1993. 487 p. XAVIER, Ismail. Cinema político e gêneros tradicionais : a força e os limites da matriz melodramática. Revista USP, n. 19, p. 115-21, jul.1993-jan.1994

NOGUEIRA, Lisandro. Cinema e jornalismo: Lúcio Flávio, o passageiro da agonia, a representação do jornalista no cinema brasileiro. In: SOCINE Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema. Estudos de cinema Socine VII. São Paulo : Annablume, 2006. p. 353-359. 

NOGUEIRA, Lisandro. Cinema e jornalismo: o melodrama em Hector Babenco. In: LYRA, Bernadette, MONZANI, Josette (org). Olhar: cinema. São Paulo; São Carlos: Pedro & Paulo Editores; CECH-UFSCAR, 2006. p. 115-124.

O fantasma de Lúcio Flávio contra o Esquadrão da morte. Movimento, n 140. 6 março, 1978.

Para lembrar. Veja, 9 de março de 1977.

PELLI, Ronaldo. Seja marginal... no cinema.  Revista de História da Biblioteca Nacional, v. 6, n. 68, p. 23, maio 2011

PEREIRA, Edmar. Emoção, e reflexão, alternadas impecavelmente. Jornal da tarde, 4 março 1978.

SOARES, Mariza de Carvalho, FERREIRA, Jorge (org). A História vai ao cinema : vinte filmes brasileiros comentados por historiadores. Prefácio Silvio Tendler; textos de João José Reis e outros. Rio de Janeiro: Record, 2001. 268 p.

SOUZA, Percival de. Esta história de Lúcio Flávio daria outro filme. Jornal da tarde, 29 abril 1978.

SOUZA, Percival de. Um belo filme, com uma história que ainda não acabou. Jornal da tarde, 7 março 1978.



XAVIER, Ismail. La estructura melodramatica en el cine de los años 80. In: FESTIVAL INTERNACIONAL DEL NUEVO CINE LATINOAMERICANO, 11, 1989, La Habana. Memoria: Cine latinoamericano años 30-40-50. Mexico: UNAM, 1990. p. 173-88. 


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal