Francisco Cândido Xavier Religião dos Espíritos Estudos e dissertações em torno da obra



Baixar 496.51 Kb.
Página1/29
Encontro31.07.2016
Tamanho496.51 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29
www.autoresespiritasclassicos.com

Francisco Cândido Xavier
Religião dos Espíritos
Estudos e dissertações em torno da obra

O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec


Ditado pelo Espírito

Emmanuel



Constable

A Cadeia Pier



Conteúdo resumido


Esta obra compõe um conjunto de quatro volumes cuja finalidade é consultar a essência religiosa da Codificação Kardequiana, ou seja, tecer comentários e reflexões em torno das quatro primeiras obras básicas da Doutrina Espírita, cujo relacionamento é apresentado a seguir:

  • Religião dos Espíritos » O Livro dos Espíritos

  • Seara dos Médiuns » O Livro dos Médiuns

  • O Espírito da Verdade » O Evangelho segundo o Espiritismo

  • Justiça Divina » O Céu e o Inferno

Os comentários expostos nestas obras nos convidam à reflexão sobre a nossa responsabilidade diante do Espiritismo, em sua feição de Cristianismo redivivo.

O objetivo final desse conjunto de obras é reafirmar a necessidade crescente do estudo sistematizado da obra de Allan Kardec – alicerce da Doutrina Espírita –, a fim de que mantenhamos o ensinamento espírita indene da superstição e do fanatismo que aparecem, fatalmente, em todas as agremiações com tendência ao exotismo e à fantasia.



Sumário


Religião dos Espíritos 8

1
Se tiveres amor 10

2
Aborto delituoso 11

3
Tentação e remédio 13

4
Memória além-túmulo 15

5
Beneficência esquecida 16

6
Alienação mental 18

7
Ao redor do dinheiro 20

8
Cadinho 22

9
Mais 24

10
Examina a própria aflição 26

11
Pureza 28

12
Sobras 30

13
Dizes-te 31

14
Censura 33

15
Renascimento 34

16
Mediunidade e dever 36

17
Jesus e humildade 38

18
Herança 40

19
Corrigir 42

20
Carrasco 44

21
Obterás 46

22
Ante falsos profetas 48

23
Sofrimento e eutanásia 50

24
Reencarnação 52

25
Muito e pouco 54

26
Na Terra e no Além 56

27
Palavra aos espíritas 58

28
Desce elevando 60

29
Versão prática 62

30
Orientação espírita 64

31
Veneno 66

32
O obreiro do Senhor 68

33
Oração e provação 70

34
Responsabilidade e destino 72

35
Mensageiros divinos 74

36
O homem inteligente 76

37
O Guia real 77

38
Perseguidos 79

39
Amanhã 81

40
Servir a Deus 83

41
O caminho da paz 85

42
Nós mesmos 87

43
Examinadores 89

44
Na grande barreira 91

45
Esquecimento e reencarnação 93

46
Trabalha servindo 95

47
Contradição 97

48
Suicídio 99

49
O homem bom 101

50
Pena de morte 103

51
Felicidade e dever 105

52
A mulher ante o Cristo 107

53
Sexo e amor 109

54
Jovens 111

55
Sonâmbulos 113

56
Ante o Além 115

57
Fenômeno mediúnico 117

58
Ante os que partiram 120

59
Fenômeno magnético 122

60
Estranho delito 125

61
Doenças escolhidas 127

62
Ao sol do amor 129

63
Na grande transição 131

64
Meditemos 133

65
Reencarnação e progresso 135

66
Abençoa 137

67
Materialistas 139

68
Materialismo 141

69
Diante das tentações 143

70
Na hora da crise 145

71
Justiça e amor 147

72
Essas outras crianças 149

73
Amigos 151

74
Campanha na campanha 153

75
Em plena prova 155

76
Jesus e atualidade 157

77
Oração no dia dos mortos 159

78
Pluralidade dos mundos habitados 161

79
Abnegação 163

80
Doutrina Espírita 165

81
Professores diferentes 168

82
O outro 170

83
Se desejas 172

84
Cada hora 174

85
No grande minuto 176

86
Dominar e falar 178

87
Contigo 180

88
O teste 182

89
Simpatia 184

90
Louvor do Natal 186

91
Tempo e serviço 188





Religião dos Espíritos


Leitor amigo:

Temos aqui um livro diferente.

Nem literatura, nem artifício.

Nem propaganda, nem exegese.

Simples comentário em torno da substância religiosa de “O Livro dos Espíritos”, em cujo texto fixou Allan Kardec a definição da Nova Luz.

Desde muito, aspirávamos a realizá-lo, e isso, com a permissão do Senhor, nos foi possível, no curso das 91 sessões públicas para estudo da Doutrina Espírita, a que comparecemos, junto de nossos companheiros uberabenses, no transcurso de 1959, na sede da Comunhão Espírita Cristã, nesta Cidade.

Em cada reunião, o texto para exame foi escolhido pelos nossos irmãos encarnados e, depois de apontamentos verbais entre eles, tecemos as modestas anotações aqui expostas, nem sempre nos restringindo, diante de circunstâncias especiais e imprevistas, ao tema em estudo.

Algumas foram publicadas em “Reformador”, revista da nossa venerável “Federação Espírita Brasileira”, e algumas outras nos jornais “A Flama Espírita” e “Lavoura e Comércio”, folhas da cidade de Uberaba.

Reunindo, porém, a totalidade de nossas humildes apreciações, neste volume, fizemos pessoalmente integral revisão de todas elas, assinalando-as com a ordem cronológica em que foram grafadas e na pauta das perguntas e respostas que “O Livro dos Espíritos” nos apresentava.

Não temos, pois, outro objetivo que não seja demonstrar a nossa necessidade de estudo metódico da obra de Kardec, não só para lhe penetrarmos a essência redentora, como também para que lhe estendamos a grandeza em novas facetas do pensamento, na convicção de que outros companheiros de tarefa comparecerão à liça, suprindo-nos as deficiências naturais, com estudos mais altos dos temas renovadores trazidos ao mundo pelo apóstolo de Lião.

E aguardando por essas contribuições, na sementeira da fé viva, cremos poder afirmar, com o título deste volume, que o primeiro livro da Codificação Kardequiana é manancial tão rico de valores morais para o caminho humano que bem pode ser considerado não apenas como revelação da Esfera Superior, mas igualmente como primeiro marco da Religião dos Espíritos, em bases de sabedoria e amor, a refletir o Evangelho, sob a inspiração de Nosso Senhor Jesus-Cristo.

EMMANUEL

Uberaba, 29 de janeiro de 1960.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal