Fraternitas port. Vol. XLIV. N



Baixar 36.77 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho36.77 Kb.
FRATERNITAS

Port. Vol. XLIV. Nr. 173 - OFM Roma - Email: fraternitas@ofm.org - 01. 02. 2011


Oitavo Centenário da Fundação da Ordem das Irmãs pobres de Santa Clara
“Está ainda vivo o eco da celebração da fundação da Primeira Ordem Franciscana e agora estamos todos já voltados para o ano 2012, a fim de dar graças ao Senhor pelos 800 anos da consagração de Clara, na Porciúncula. Não é uma comemoração de um passado glorioso, mas um evento que se faz memória, a fim de colher da própria história posterior um impulso para renovar a vontade de servir à Igreja. Chamadas pelo Espírito a fim de seguir Cristo pobre, crucificado e ressuscitado, vivendo o santo Evangelho na obediência, sem nada de próprio e em castidade, sede guardas do carisma clariano, mulheres consagradas que interagem com o mundo, contemplando os sinais que o Espírito semeia e difunde na história. Ao auscultar Deus, falai ainda hoje ao coração dos varões e das mulheres de nosso tempo com a linguagem do amor, cujas palavras penetram na raiz da existência habitada por Deus”. (Da carta da Conferência dos Ministros gerais da Primeira Ordem e da TOR)
Pedido de material para celebrações litúrgicas
Caríssimos Irmãos Ministros, o Senhor vos dê a Paz!

O Definitório geral decidiu instituir a Comissão Litúrgica OFM dentro da Comissão da vida contemplativa da Ordem.

O objetivo é confiar a essa Comissão a tarefa de preparar um Missal e um Lecionário das celebrações dos Santos de toda a Ordem e das Clarissas, para o uso dos frades da Ordem e para as necessárias versões aos vários idiomas nacionais.

Além do Missal e do Lecionário, o Definitório pediu à Comissão que também aprontasse um Suplemento da Liturgia das Horas e um Ritual para as várias celebrações e principais momentos da vida e da oração nas Províncias e Fraternidades.

Pensamos que a possibilidade de usar textos litúrgicos comuns a toda a Ordem possa contribuir, de maneira significativa e eficaz, na formação de uma mentalidade comum de celebração litúrgica, de memória dos Santos e Beatos, próprios da rica e secular tradição da Ordem, a oferecer um instrumento para valorizar adequadamente e acompanhar os vários momentos mais importantes da vida da Fraternidade e dos Irmãos.

Pedimos, por isso, a todos vós a necessária colaboração no recolher o material já existente nas Províncias e Conferências. Sois convidados a enviar o material de vosso conhecimento e que esteja à vossa disposição, possivelmente aprovado por competente autoridade, ou seja, pela Congregação do Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos sobre:

-Formulários de Missas de Santos e de Beatos (1ª Ordem, 2ª Ordem, 3ª Ordem Regular e Secular), pertencentes a vossa Província, em língua latina e/o em língua nacional.

-Textos do próprio da Liturgia das Horas (Hinos, Antífonas, Responsórios, Leituras , etc.) dos Santos e Beatos que pertencem à vossa Província.

-Eventuais celebrações e ritos que podem fazer parte do Ritual da Província ou da Conferência.

Tal material deverá chegar às mãos de Fr. Júlio César Bunader, Definidor geral e Presidente da Comissão Litúrgica, na Cúria geral, até o dia 31 de maio de 2011: e-mail: jbunader@ofm.org. Ao agradecer pela vossa colaboração, na espera interessada pelo material que cortesmente enviareis à Cúria geral, vos saúdo e vos desejo de coração Paz e Bem.



Fr. José Rodríguez Carballo, OFM, Ministro geral

Irmã morte
No dia 19 de dezembro de 2010, às 9h30min, Fr. John Abela partiu para a Casa do Pai. Três semanas antes, havia tido infarto e baixara no hospital S. Pedro, em Roma. A insuficiência cardíaca provocou insuficiência renal. A isso se somaram outras complicações: diabete, retenção de líquido nos pulmões e pressão muito baixa.

Fr. John tinha 56 anos de idade. Nasceu em 1954, na cidade Rabat (Malta), fez a primeira profissão em 1972 e foi ordenado sacerdote em 1978. Pertenceu à Província franciscana de S. Paulo Apóstolo, em Malta. Estudou Teologia em Jerusalém. Grande trabalhador, colaborou em diversas campanhas arqueológicas, na Jordânia, com Fr. Michelle Piccirillo. Além disso, acompanhou grupos de peregrinos aos Lugares Santos. Desde 1997, trabalhava, com grande competência e dedicação, na Secretaria de Comunicações, na Cúria geral OFM, em Roma, da qual era Diretor. De caráter gentil, estava sempre pronto a vir ao encontro de confrades em dificuldades e dos que o procuravam.



Os funerais de Fr. John foram celebrados no dia 20 de dezembro, às 17h30min pelo Ministro geral, na presença de 60 concelebrantes, na Cúria geral, em Roma. Em seguida, seu corpo foi levado a Malta, onde moram sua mãe e seu irmão. Repouse na Paz do Senhor, confrade Fr. John Abela! Muito obrigado pela sua presença e seu serviço na Cúria geral!
O Projeto Amazônia
A Assembleia da UCLAF, reunida no Paraguai, no mês de agosto de 2010, refletiu amplamente sobre o Projeto Amazônia e enviou breve documento, com propostas, ao Definitório geral, que o examinou no Tempo Forte de setembro, julgou-o bom, mas necessitado de maior solidez. Mesmo sabendo muito bem que muitos aspectos do Projeto serão bem mais esclarecidos pela experiência, com observações e reflexões da Fraternidade inserida na realidade amazônica, o Definitório recomendou avançar segundo estes passos: 01. Criação de uma comissão (Fr. Júlio César Bunader, Fr. Mássimo Tedoldi, Fr. Joseph Rozansky e Fr. Nestor Inácio Schwerz, coordenador) encarregada de individuar modos e meios para informar e envolver toda a Ordem no Projeto; 02. Envio de Carta do Ministro geral aos Ministros provinciais, Custódios e Presidentes das Conferências, a fim de lhes pedir que coloquem à disposição do Projeto algum frade da UCLAF, até junho; 03. Prever um itinerário de formação, acompanhado e orientado pelo Conselho Diretivo da UCLAF, para os Frades designados, em duas etapas: um período de inserção nas presenças já existentes, com acompanhamento de um missionário, e outra etapa de formação mais sistemática; 04. Criação de uma Fraternidade nova para iniciar, e pela qual reforçar o conjunto das presenças já existentes e construir, a partir de dentro, o Projeto integral e articulado da missão na Amazônia, com ampla rede de colaboração e solidariedade; 05. Colocar na agenda tal Projeto para o encontro dos Vicariatos, confiados à Ordem, que acontecerá na Cúria geral, em setembro próximo; 06. Nesse meio-tempo, o Conselho Diretor da UCLAF deverá sublinhar estes aspectos: o local da Fraternidade, o sustento econômico, as modalidades e responsabilidades para os processos formativos de novos missionários, etc.
Polônia – “Viver o Evangelho”: nova coleção em língua polonesa

No dia 1° de novembro de 2009, em Varsávia, aconteceu uma jornada de estudo sobre: «Esta é a vida segundo o santo evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo». Dedicada aos aspectos formativos e pastorais das Regras franciscanas, a 800 anos da aprovação da Proto-Regra, a jornadas foi promovida pelos três Centros Franciscanos existentes na Polônia (Centro Franciscano para a Europa Oriental e Ásia do Norte, OFM; Instituto Franciscano di Łódź, OFMConv; Centro de Espiritualidade “Honoratianum”, OFMCap) e patrocinada pela Conferência dos Ministros provinciais franciscanos da Polônia.


Esses centros cuidaram da publicação dos Atos, em um volume, com o título: “Reflexões sobre as Regras Franciscanas”. Com tal volume, que contém também outro material (por ex., Discursos de João Paulo II e de Bento XVI; Conferências precedentes à jornada de estudo do dia 1° de novembro sobre o carisma e sobre as Regras Franciscanas, Regras em língua polonesa de S. Francisco, de Santa Clara, da TOR e da OFS), os editores queriam iniciar nova coleção “Viver o Evangelho”, com a finalidade de oferecer ulterior instrumento de reflexão e estudo, a fim de fazer emergir hoje “os tesouros” escondidos nas Regras franciscanas e no carisma franciscano.
Promulgação de Decretos
Nas últimas semanas, o Santo Padre Bento XVI, recebendo em audiência Sua Eminência Reverendíssima o Cardeal Ângelo Amato, S.D.B., Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, autorizou a Congregação a promulgar dois Decretos referentes a Causas encaminhadas pela nossa Postulação geral.

O primeiro Decreto, autorizado no dia 10 de dezembro de 2010, diz respeito ao reconhecimento do martírio dos Servos de Deus Antônio (no século: Michele Faúndez López), Sacerdote professo da Ordine dos Frades Menores, nascido em La Hiniesta (Espanha), no dia 23 de julho de 1907, e Bonaventura (no século: Baltasar Mariano Muñoz Martínez), Clérigo da Ordem dos Frades Menores, nascido no distrito de Santa Cruz (Espanha), no dia 7 de dezembro de 1912, além de Pietro Sanchez Barba, nascido em Llano de Brujas (Espanha), no dia 1 de julho de 1895, e Fulgenzio Martínez García, nascido em Ribera de Molina, no dia 14 de agosto de 1911, Sacerdotes da Terceira Ordem Secular de São Francisco de Assis, párocos, mortos por ódio à fé, durante a perseguição religiosa na Espanha, em 1936.

O segundo Decreto, de 14 de janeiro de 2011, refere-se, ao invés, ao milagre atribuído à intercessão da Venerável Serva de Deus Antônia Maria Verna, Fundadora do Instituto das Irmãs da Caridade da Imaculada Conceição de Ivrea, nascida em Rivarolo Canavese (Itália), no dia 12 de junho de 1773 e ali falecida no dia 25 de dezembro de 1838. Ao louvor de Cristo. Amém!
México - Encontro dos Arquivistas provinciais
De 2 a 5 de dezembro, a Biblioteca Franciscana da Universidade das Américas-Puebla celebrou um Simpósio Internacional: “Ciência e Cultura entre dois mundos. Fontes documentárias e diferentes interpretações”. Entre os relatores participaram diversos arquivistas: Rocio Cazares Aguilar e Francisco Mejía com a conferência: A Biblioteca Franciscana de S. Gabriel Cholula; Celina Lertora Mendoza com Arquivos e manuscritos: obras franciscanas. Fundo reservado da Biblioteca Nacional do México; Ana Maria Ruiz Martin: Arquivo histórico da Província de S. Pedro e S. Paulo de Michoacan; Pedro Gil Munoz: Arquivo histórico da Cúria geral OFM: História, conteúdos, instrumentos de trabalho e projetos; Abel Pacheco: Situação e projeção do Arquivo de S. Francisco de Lima; Luís Carlos Mantilla: Manuscritos franciscanos da Colômbia; Marco Antônio Ballesteros: Manuscritos da Província de S. Francisco e Santiago de Jalisco e Zacatecas; Francisco Morales y Rosario G. Paez Flores: Os manuscritos franciscanos da B.N. do México e do Instituto Nacional de Antropologia e História; Lorenzo Calzavarini não esteve presente mas enviou a sua palestra: O Colégio da Propaganda Fide de Tarijia no processo de independência do Rio de la Plata.

Nos momentos livres, puderam dialogar sobre o planejado encontro dos arquivistas no ano 2014. Mas perceberam a urgência de colocar já no site do Web da Ordem o arquivo histórico OFM, com a história, conteúdos, instrumentos de trabalho e projetos; e, entre esses, pôr o link de todos os arquivos provinciais no link do Arquivo histórico da Ordem, e estudar o modo de introduzir os registros de alguns arquivos provinciais na página Web da Ordem e no link do Arquivo histórico.


Marcalivor franciscano


  • Hrvatski Franjevački Biografski Leksikon (Dicionário Biográfico Franciscano Croato), Hoško Emanuel – Kapitanović Vicko (Urednici), Leksikografski zavod Miroslav Krleža i Vijeće

franjevačkih zajednica Hrvatske i Bosne i Hercegovine, Zagreb 2010, 590 p.

Longos preparativos e grande esforço produziram um excelente manual enciclopédico, que recolhe cerca de 1000 verbetes de Membros da Ordem Franciscana, que, com sua ação, deram válida contribuição à Ordem franciscana, à Igreja, às comunidades, à arte e ciência. O dicionário contém dados biográficos, pertença à Ordem e região, formação, funções, além dos méritos principais, seguindo a ordem cronológica, a partir da chegada dos Franciscanos a Croácia. A cada franciscano é reservado um lugar no dicionário, em base a critérios ligados à atividade e não tanto à pertença a uma Ordem – assim estão igualmente apresentados Frades menores, Convetuais, Capuchinhos e Frades da Terceira Ordem Regular, além das Irmãs franciscanas – o que torna esse dicionário uma obra completa, fazendo assim aparecer o grande papel que Franciscanos e Franciscanas tiveram no território croato, no curso da História.



  • Interpreting Francis and Clara of Assisi from the middle ages to the present (Interpretando Francisco e Clara de Assis, desde a Idade Média até hoje), editado por Constant J Mews e Claire Renkin, apresentado no dia 8 de dezembro de 2010, na Biblioteca St. Paschal, Yarra Theological Union, Box Hill, Melbourne, o livro mostra como a visão original de Francisco e Clara foi interpretada no curso dos séculos. De fato, através da vida dos discípulos, na Idade Média, ou através da simpatia dos homens da era moderna ou pela admiração dos nossos contemporâneos – como o artista australiano Arthur Boyd – o volume faz emergir o caráter permanente de sua mensagem e de seu exemplo. Uma longa lista de colaboradores – entre os quais há escritores ilustres da história franciscana, conhecidos a nível internacional, da literatura e artes visuais, inclusive os que foram chamados a viver o ideal franciscano – contribuíram na produção dessa fonte preciosa para a história franciscana. Encomende-a no endereço eletrônico: info@broughtonpublishing.com.au


Grandes/pequenas notícias


  • O encontro dos frades que trabalham na Cúria Romana: No dia 16 de dezembro de 2010, o Ministro geral convidou para Cúria geral os frades que, por algum título, trabalham na Santa Sé. Após significativo e fraterno encontro de apresentação e conversa com o Ministro e o Definitório geral, os participantes do encontro partilharam com a Fraternidade da Cúria a celebração das Vésperas, o jantar e recreação vespertina.

Os confrades da Ordem que trabalham na Cúria Romana são 8: 1 deles, na Segnatura, 1 no Tribunal da Rota Romana, 1 na Congregação para a Doutrina da Fé, 1 na Congregação para a Evangelização dos povos, um na Secretaria do Estado, 1 na Congregação para os Bispos; 1 na Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica;, 1 na Penitenciaria Apostólica. São bem 14 os outros confrades, inclusive o Ministro geral, que, por vários títulos, colaboram nos organismos da Cúria Romana. Como escrevia o Ministro geral no convite aos confrades “o trabalho na Santa Sé constitui um modo privilegiado de sermos súditos e sujeitos aos pés da mesma Santa Igreja, como pede a Regra que todos professamos”.

  • Máster Internacional em CIÊNCIAS DO AMBIENTE E DA EMPRESA é um curso acadêmico multidisciplinar projetado pela Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Antonianum (PUA), que se serve da colaboração das próprias estruturas acadêmicas, em colaboração com outras instituições universitárias e entidades de pesquisa, a fim de enfrentar a grande temática ambiental, ao nível internacional. Para ler tudo. Leggi tutto.

  • Máster em Formação – perspectiva franciscana: O Instituto Franciscano de Espiritualidade da Pontifícia Universidade Antonianum oferece, cada ano, um máster em formação franciscana, na língua italiana. O objetivo dessa formação para formadores da família franciscana é oferecer conhecimento teórico e prático dos princípios e das dinâmicas do percurso formativo, com especial referência à antropologia franciscana. Desde 2007 até hoje, 19 frades menores participaram do Máster em formação e quase todos estão ainda trabalhando na formação inicial. Quanto aos custos, horários e descrição dos cursos, consulte o site web: http://www.antonianum.eu/

  • Encontro dos Ministros provinciais e Custódios, eleitos recentemente: De 17 a 28 de janeiro de 2011, aconteceu na Cúria geral o encontro anual dos Ministros provinciais e Custódios, eleitos recentemente. Estiveram presentes 19 Minsitros e Custódios. Muitas e variadas contribuições foram oferecidas pelos relatores sobre animação, governo e administração das Fraternidades provinciais e das Custódias. Os participantes puderam encontrar-se pessoalmente com o Ministro geral e Definidores, além de conhecer o trabalho realizado na Cúria geral pelos vários Secretariados e Escritórios. Vejam: http://www.ofm.org/

  • ITF – O Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis (Brasil) comunica que aceita reservas para Cursos em 2011. O ITF também oferece o curso de especialização “Máster em Evangelização”, dimensão tida como Prioridade na Ordem. O Máster é proposto a todas as Províncias interessadas. Vejam: www.itf.org.br/. Para outras informações: secretaria@itf.org.br

  • Doação da edição alemã das “Fontes franciscanas” ao Papa Bento XVI. Durante a audiência geral de 22 de dezembro de 2010, Fr. Leonardo Lehmann OFMCap, um dos editores, entregou ao Santo Padre Bento XVI o volume “Franziskus-Quellen”. Muito feliz, o papa declarou: “Já possuo a edição italiana. Agora posso ler os textos também na versão alemã”.

  • Festa da PUA e do Grande Chanceler, 18 de janeiro de 2011. A festa anual da Pontifícia Universidade “Antonianum” e do Grande Chanceler fui unida, neste ano, ao Congresso Internacional sobre «Ecumenismo como fundamento da Paz». Promovido pela Pontifícia Universidade Antonianum, o Instituto de Estudos Ecumênicos de Veneza e do Centro Pro Unitate dos Frades Franciscanos da Expiação, o Congresso começou no dia 17 de janeiro e concluiu-se com Mesa redonda e saudações do Ministro geral e Grande Chanceler, Fr. José R. Carballo.

  • Seminário de estudo, organizado pela Escola Superior de Estudos Medievais e Franciscanos, Frate Francesco, revista de cultura franciscana, por ocasião da publicação Il Processo di canonizzazione di san Bernardino da Siena, foi organizado por Letizia Pellegrini, Ed. Quaracchi, Roma 2010, sexta-feira, dia 25 de março de 2011, às 15h30min, na Pontifícia Universidade Antonianum, aula A. Web: www.antonianum.eu/medieval.htm - E-mail: sssmf@pua.antonianum.eu



Agenda do Ministro geral
02 de fevereiro, participa, no Vaticano, da celebração do Dia da Vida Consagrada.

07-11 de fevereiro, participa do Capítulo da Federação Russa, na Cúria geral (Roma).

14-19 de fevereiro, participa no Seminário sobre Vida Religiosa, na USG (Roma).

23-28 de fevereiro, visita a Província da Sagrada Família (Egito) e os frades da Fundação no Sudão.
Portadores do Dom do Evangelho
A missão de evangelizar pertence a toda a Igreja, não somente aos ministros ordenados. Na diversidade dos ministérios, todos os cristãos são chamados a responder ao convite do Senhor, que envia a anunciar a Boa Nova do Reino. Uma correta compreensão de Igreja reconhece na comum condição batismal o fundamento dos diferentes carismas e ministérios. Por isso, nós, Frades menores, nos sentimos chamados a promover a partilha de nossa missão com os leigos, qual ato de autêntica restituição do Evangelho, dom de Deus para toda a sua Igreja. Assim, os leigos exercitam seu direito e dever de manter, praticar e professar a fé transmitida. O leigo é evangelizador por direito próprio, não por graciosa concessão, nem a título de suplência para vir em socorro de nossas carências de pessoal. Consequentemente, nós devemos entrar numa “conversão eclesiológica”´, que nos faça superar a mentalidade clerical que ainda prevalece entre alguns irmãos. Um modelo de Igreja que se baseasse unicamente sobre o sacerdote e sobre o missionário clérigo não permitiria uma evangelização partilhada, pois essa implica a disponibilidade em renunciar a certas seguranças e a ceder espaços de poder e de protagonismo. Por isso uma total restituição seria um sinal concreto do Espírito: a nós, Frades menores, compete a tarefa de ser inventores proféticos do sinal (n.25).

FRATERNITAS - OFM – Roma

Redator: Robert Bahčič – Tradutor: Fr. Plácido Robaert, OFM

Internet: http://www.ofm.org/fraternitas Email: rbahcic@ofm.org

­­­­­­­­­___________________________________________________________________________________________________

Regula et vita Minorum Fratrum haec est, scilicet Domini nostri Jesu Christi sanctum Evangelium observare (RB I,1)




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal