FundaçÃo do abc fuabc concurso público para preenchimento de vagas e formaçÃo de cadastro reserva edital n° 03/2003



Baixar 126.01 Kb.
Página1/4
Encontro21.07.2016
Tamanho126.01 Kb.
  1   2   3   4
FUNDAÇÃO DO ABC - FUABC
CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE VAGAS E
FORMAÇÃO DE CADASTRO RESERVA


EDITAL N° 03/2003

A FUNDAÇÃO DO ABC – FUABC torna pública a abertura das inscrições, para o CONCURSO PÚBLICO, para preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva, em regime de CLT - Consolidação das Leis do Trabalho, para os empregos relacionados no Anexo I deste Edital, de acordo com as instruções especiais abaixo transcritas.                                    



INSTRUÇÕES ESPECIAIS

I - DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES

1. Os empregos, número de vagas, cadastro reserva, pré-requisitos, salários, formas de avaliação e taxas de inscrição são os estabelecidos no Anexo I do presente Edital e disponibilizados também na Internet no site: www.caipimes.com.br.

2. O telefone (0xx11) 4224-4834 estará à disposição dos interessados para o esclarecimento de eventuais dúvidas, até a divulgação do resultado final do Concurso, operando em horário comercial.

3. A validade do Concurso será de 1 (um) ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, a contar da data de sua homologação. Os candidatos aprovados poderão ser admitidos para os empregos existentes, para os que forem criados de acordo com a legislação específica e para os que se vagarem durante o prazo de validade do concurso, sob o regime da C.L.T.

4. O período de validade estabelecido para este Concurso Público não gera obrigatoriedade para a FUNDAÇÃO DO ABC - FUABC de aproveitar, neste período, todos os candidatos classificados. O aproveitamento dos classificados reger-se-á, exclusivamente, pelos procedimentos vigentes na FUABC.

4.1. O cadastro reserva, formado por candidatos excedentes à disponibilidade de vagas atuais, assegurará aos candidatos que dele fizerem parte, prioridade na contratação futura, decorrente da existência de vagas para os empregos colocados em concurso, no período de sua validade.

5. As provas serão realizadas na Região do Grande ABC.

II - DAS INSCRIÇÕES

6.As inscrições serão recebidas no período de 31 de março a 11 de abril de 2003, via Internet através do site www.caipimes.com.br e, exclusivamente, nas seguintes agências do Banespa S/A, na cidade de São Paulo, durante o horário de expediente bancário:

455  -  Jardim do Mar (São Bernardo do Campo) - Av. Lucas Nogueira Garcez, 950



195  -  Mauá - Rua Pref Américo Perrela, 65
644  -  Parque São Lucas (São Paulo) - Av. São Lucas, 104
653  -  Piraporinha (Diadema) - Av. Casa Grande, 2611
196  -  Riberão Pires - Rua Doutor Felício Laurito, 33
110  -  Santo André - Rua Senador Flaquer, 305
060  -  São Bernardo do Campo (Centro) - Rua Rio Branco, 326
109  -  São Caetano do Sul (Centro) - Rua Rio Grande do Sul, 247
577  -  São Mateus (São Paulo) - Av. Mateo Bei, 3286
244  -  Via Anchieta (São Paulo) - Via Anchieta, 2027
116  -  Vila Prudente (São Paulo) - Av. Paes de Barros, 3442

7. Para inscrever-se o interessado deverá:

7.1. No caso de Inscrição via Internet:

7.1.1. Consultar o Manual do Candidato no site www.caipimes.com.br, preencher a ficha de inscrição e emitir o boleto bancário.

7.1.2. Pagar a taxa de inscrição, nos termos do Edital que rege o Concurso, na rede bancária integrada de compensação, seguindo as instruções do site.

7.1.3. A inscrição via Internet, se confirmada, desobriga o candidato de entregar a Ficha de Inscrição nas agências bancárias credenciadas receptoras.

7.2. No caso de Inscrição na rede bancária:

7.2.1. Retirar, nas agências do Banespa S/A identificadas no item anterior, o Manual do Candidato contendo o Edital do Concurso Público e Ficha de Inscrição para pagamento da taxa de inscrição, portando Cédula de Identidade - RG, ou outro documento legal de identificação com foto, preencher a Ficha de Inscrição e pagar a taxa na agência Banespa receptora de inscrição, de acordo com o Anexo I do presente Edital.

7.2.2. Entregar, obrigatoriamente, a Ficha de Inscrição, devidamente preenchida, ao caixa, para fins de validação. O candidato que, mesmo efetuando o pagamento da taxa de inscrição, não entregar a Ficha de Inscrição ao caixa recebedor da taxa, não terá sua inscrição validada e não poderá participar do Concurso.

7.2.3. O candidato deverá manter em seu poder o comprovante de inscrição devidamente autenticado.

7.3. O pagamento da importância poderá ser efetuado em dinheiro ou cheque do próprio candidato.

7.4. O candidato não poderá, em hipótese alguma, requerer devolução da importância paga e/ou alteração do código referente a opção a que estiver se candidatando, mesmo que, posteriormente, seja constatado erro por parte do candidato, ao registrar o código da opção desejada.

7.5. O candidato deverá, no caso de inscrição por procuração, apresentar o instrumento de mandado, o documento de identidade do procurador e o pagamento da taxa de inscrição. Será exigida uma procuração para cada candidato no ato da inscrição, a qual ficará retida.

7.5.1. O candidato e o respectivo procurador respondem, civil e criminalmente, pelas informações prestadas na ficha de inscrição.

7.6. O candidato fará sua inscrição por códigos indicativos da opção de emprego, conforme Anexo I

8. O preenchimento correto da Ficha de Inscrição, assim como sua devolução na Agência Bancária receptora de Inscrição, será de total responsabilidade do candidato ou de seu procurador.

9. O candidato ao se inscrever, estará declarando, sob as penas da Lei, satisfazer as seguintes condições:

a)Estar de acordo tácita e integralmente com as condições estabelecidas neste Edital e nas instruções específicas das quais não poderá alegar desconhecimento;

b)Ser brasileiro nato ou naturalizado. Se estrangeiro, deverá comprovar a situação regular e permanente no território nacional, nos termos e atendidas as exigências contidas na legislação federal pertinente;

c)Estar no gozo dos seus direitos políticos;

d)Ter a idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data do encerramento das inscrições;

e)Quando do sexo masculino, estar quite com o Serviço Militar;

f)Não estar incurso na condição de acumulação ilícita de cargos públicos;

g)Não ter sido demitido por justa causa

h)Atender aos requisitos solicitados para o provimento dos empregos, de acordo com o Anexo I do presente Edital.

10. No ato da inscrição NÃO serão solicitados comprovantes dos requisitos legais contidos no Anexo I deste Edital e das exigências contidas no item 9 deste capítulo. No entanto, será automaticamente eliminado do cadastro de candidatos inscritos o candidato que não os apresentar no ato da admissão, na FUABC, sendo declarada nula a sua inscrição e todos os atos dela decorrentes.

11. Não serão aceitas inscrições por via postal, fac-símile, condicional e/ou extemporânea. Verificando-se, a qualquer tempo, o recebimento de inscrição que não atenda a todos os requisitos fixados, será ela cancelada.

III - DAS UNIDADES DE TRABALHO

12. Conforme item 7.6., os candidatos estarão se inscrevendo para o exercício de suas atividades, se classificados e convocados, em qualquer uma das unidades da FUNDAÇÃO DO ABC, ou para sua sede.

12.1. A FUNDAÇÃO DO ABC - FUABC determinará o local de trabalho do candidato classificado, obedecidas rigorosamente a lista de Classificação Final e as determinações contidas no iten 7.6.

12.2. Os locais de exercício de atividades são os seguintes:

   -  FUNDAÇÃO DO ABC – Faculdade de Medicina do ABC

   -  Convênios Mantidos pela FUNDAÇÃO DO ABC

    -  HOSPITAL DE ENSINO – São Bernardo do Campo

   -  HOSPITAL MUNICIPAL UNIVERSITÁRIO – São Bernardo do Campo

12.3. O candidato convocado que não se interessar pela vaga registrará sua posição em termo de desistência, sendo excluído da classificação.

IV - DAS FORMAS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS

13. A avaliação será realizada com base nos instrumentos identificados no Anexo I, de acordo com as exigências dos respectivos empregos: prova objetiva de conhecimentos básicos, prova objetiva de conhecimentos específicos, prova prática, e avaliação de potencialidade

13.1 O conteúdo programático relativo às provas de conhecimentos básicos, conhecimentos específicos, informações relativas às provas práticas, fazem parte integrante deste Edital (Anexo II).

14. As provas constantes da 1ª fase (conhecimentos básicos, conhecimentos específicos ou prova prática) serão avaliadas na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, sendo eliminatórias e classificatórias.

14.1. A prova prática destina-se a avaliar a experiência prévia do candidato e sua adequabilidade na execução das tarefas típicas do emprego. Será avaliada na escala de 0 (zero) a 100 (cem) pontos, tendo caráter eliminatório e classificatório, de acordo com as determinações do Anexo II.

15. Os candidatos serão avaliados e classificados pelo critério de tratamento estatístico dos pontos obtidos nas respectivas provas e fases e a lista de classificação final será resultante da aplicação do critério de Nota de Corte.

15.1. As Provas, em suas respectivas fases, serão estatisticamente avaliadas de acordo com o desempenho do grupo de cada opção a ela submetida. Considera-se grupo o total de candidatos inscritos em cada opção, presentes à prova.

15.1.1. Na avaliação das respectivas provas será utilizado o escore padronizado com média igual a 50 (cinqüenta) e desvio padrão igual a 10 (dez).

15.1.2. A nota da prova de cada candidato resultará da diferença entre o escore bruto e a média do grupo da opção, dividida pelo desvio padrão da distribuição, multiplicada por 10 (dez) e acrescida de 50 (cinqüenta).

15.1.3. O escore bruto corresponde ao número de acertos que o candidato obtém na prova.

15.1.4. A padronização das notas de cada prova tem por finalidade avaliar o desempenho do candidato em relação aos demais em cada opção. Na avaliação da prova, o programa de computação eletrônica:

·conta o total de acertos de cada candidato na prova;

·calcula a média e o desvio padrão, dos acertos de todos os candidatos de cada opção presentes à prova;

·transforma o total de acertos de cada candidato em nota padronizada, para isso, calcula a diferença entre o total de acertos da prova e a média de acertos do grupo, divide pelo desvio padrão, multiplica o resultado por 10 (dez) e soma 50 (cinqüenta)

                   _
           (A - X)
EP = _______ x 10 + 50
              s

15.1.5 A aplicação dos critérios de avaliação previstos neste item (avaliação estatística e nota de corte) será realizada da seguinte forma:

15.1.5.1. Os candidatos serão listados por ordem decrescente do valor da nota obtida em cada fase, de acordo com cada Opção.

15.1.5.2. A definição da quantidade de candidatos que comporá cada lista se dará pela somatória do número de vagas e do número de cadastro, conforme segue:

- Empregos que exigirem fase única de avaliação:

até o limite da somatória do número de vagas e cadastro reserva,

- Empregos que exigirem duas fases de avaliação:

1ª fase: até o limite de duas vezes a somatória,

2ª fase: até o limite da somatória.



V – AVALIAÇÃO DE POTENCIALIDADE

A segunda fase, identificada no Anexo I como AP, refere-se à dinâmicas de grupo que permitam identificar, no candidato, suas condições de adaptabilidade às atribuições dos empregos e às competências que lhe serão cometidas.



VI - DA FORMA DE AVALIAÇÃO DA PROVA PRÁTICA

16. A Prova Prática estará alicerçada, para os empregos que a exigirem de acordo com o Anexo I, com as atribuições de cada um deles. O Conteúdo programático da Prova Prática está identificado no Anexo II.

16.1. A Prova Prática será eliminatória e classificatória e será escalonada, para efeito de pontuação, de 0 (zero) a 100 (cem) pontos.

VII - DOS PROCEDIMENTOS

17. As provas serão realizadas na Região do Grande ABC, em locais, datas e horários a serem comunicados oportunamente por meio de publicação dos competentes Editais de convocação no DIÁRIO DO GRANDE ABC e Cartões de Convocação que serão encaminhados pelo Correio.

17.1. O envio dos Cartões tem caráter auxiliar na informação do candidato, não sendo aceita a alegação de não recebimento como justificativa de ausência ou de comparecimento em data, local ou horários incorretos, uma vez que a comunicação oficial dar-se-á através dos editais publicados no DIÁRIO DO GRANDE ABC e o candidato poderá ter ciência do local das provas, também, através do site www.caipimes.com.br

18. Não serão admitidas solicitações, anteriores ou posteriores, de aplicação de provas em local, dia e horário fora dos pré-estabelecidos.

19. Somente será admitido à sala de provas o candidato que estiver munido de Cédula Oficial de Identidade ou Carteira expedida por Órgão ou Conselho de Classe ou de Carteira de Trabalho e Previdência Social ou de Certificado de Reservista. Como não ficará retido, será exigida a apresentação do original, não sendo aceitas cópias, ainda que autenticadas. O documento deverá estar em perfeito estado de conservação, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato.

20. O candidato deverá comparecer ao local da prova pelo menos 30 (trinta) minutos antes da hora marcada, munido de cartão de identificação (comprovante de inscrição) e de um dos documentos citados no item anterior, caneta esferográfica azul ou preta, lápis preto n° 2 e borracha.

21. O candidato só poderá se ausentar do recinto de provas após 30 (trinta) minutos do início das mesmas. Em casos especiais, será acompanhado pelo fiscal.

22. Não haverá segunda chamada, seja qual for o motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato.

23. O candidato deverá assinalar suas respostas, na Folha de Respostas Definitiva, com caneta esferográfica de tinta preta ou azul, assinando-a.

24. Não serão computadas questões não assinaladas ou assinaladas a lápis ou que contenham mais de uma resposta, emenda ou rasura, ainda que legível.

25. Será excluído do Concurso o candidato que:

    a) apresentar-se após o horário estabelecido ou em local diferente do designado;

    b) não comparecer à prova seja qual for o motivo alegado;

    c) não apresentar o documento de identidade exigido;

    d) ausentar-se da sala de prova sem o acompanhamento do fiscal ou antes de decorridos 30 (trinta) minutos do início das provas;

    e) for surpreendido em comunicação com outras pessoas ou utilizando-se de livros, notas, impressos não permitidos ou calculadora;

    f) estiver portando ou fazendo uso de qualquer tipo de equipamento eletrônico de comunicação;

    g) lançar mão de meios ilícitos para a execução das provas;

     h) não devolver integralmente o material recebido, exceto a Folha de Respostas Intermediária;

  i) perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos;

  j) agir com descortesia em relação aos examinadores e seus auxiliares ou autoridades presentes.

26. O candidato ao terminar a prova entregará ao fiscal, seu caderno de questões, recebendo, neste ato, a Folha de Respostas Definitiva para transposição das respostas.

26.1. A Folha de Respostas Intermediária ficará em poder do candidato para posterior conferência do gabarito.

27. Em hipótese alguma haverá segunda chamada, vista, revisão de provas ou de resultados, em quaisquer das formas de avaliação, nas diferentes fases do concurso público, seja qual for o motivo alegado.

28. Por razões de ordem técnica, de segurança e de direitos autorais adquiridos, o IMES não fornecerá exemplares dos cadernos de questões a candidatos ou a Instituições de Direito Público ou Privado, mesmo após o encerramento do Concurso.

VIII - DA DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS, DA HABILITAÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO

29. Não serão divulgados resultados parciais para os empregos que exigirem duas fases de avaliação e os candidatos habilitados para a realização da Segunda Fase, quando houver, serão convocados através de listas organizadas por ordem alfabética, publicadas no DIÁRIO DO GRANDE ABC e divulgadas pela internet (www.caipimes .com.br) e pelo envio, pelo Correio, do Cartão de Convocação para realização das provas da Segunda Fase.

30. A nota final do candidato classificado será igual à soma total de pontos obtidos nas provas, em suas diferentes modalidades.

31. A classificação será única para cada emprego codificado.

32. Os candidatos serão classificados em ordem decrescente de nota final, em lista de classificação para cada opção.

IX - CRITÉRIO DE DESEMPATE

33. Na hipótese de igualdade de nota final, constituem-se, sucessivamente, critérios de desempate:

a) maior nota na primeira fase (prova escrita objetiva);

b) maior nota na segunda fase;

c) maior idade.



X - DA INTERPOSIÇÃO DE RECURSO

34. Em caso de irregularidade substancial insanável relativa aos atos do concurso público, caberá recurso que deverá ser dirigido a FUNDAÇÃO DO ABC , à Av Príncipe de Gales, 821  - Santo André - SP , no Departamento Pessoal, mediante protocolo.

35. O prazo de interposição de recurso será de 48 (quarenta e oito) horas após a realização de cada etapa e da divulgação dos respectivos resultados no Diário Oficial do Municiípio, tendo como termo inicial o 1° dia útil subseqüente.

36. O recurso deverá estar devidamente fundamentado, constando o nome do candidato, número de inscrição, emprego a qual se candidatou e endereço para correspondência.

36.1 O recurso interposto fora do respectivo prazo não será aceito, sendo considerada, para tanto, a data do protocolo.

37. Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Concurso da FUABC.

XI - DA ADMISSÃO

38. A admissão obedecerá rigorosamente a classificação obtida pelo candidato que será integrante de lista final de classificação.

38.1. A convocação para a contratação será feita através do Depto. Pessoal de cada unidade, por telegrama

39. A admissão do candidato decorrerá da assinatura de Contrato Individual de Trabalho com a FUABC, o qual reger-se-á pelos preceitos da Consolidação das Leis de Trabalho - C.L.T., não gerando, portanto, estabilidade ou direitos correlatos, assegurados aos servidores públicos municipais, regidos pela Lei 8.989 de 29/10/79.

40. A aprovação no Concurso Público não significa imediata admissão do candidato aprovado, a qual só será efetivada segundo os critérios de conveniência e oportunidade da FUABC, em decorrência de condições técnicas de trabalho e disponibilidade orçamentária.

41. A contratação será em caráter experimental, pelo período de 45 (Quarenta e cinco) dias, prorrogável por mais 45 (Quarenta e cinco) dias, ao término do qual, mediante resultado positivo de avaliação do período de experiência, o contrato poderá ou não se converter automaticamente em prazo indeterminado.

42. A admissão dos candidatos, ficará condicionada à classificação em todas as fases do concurso público e, por ocasião do processo de admissão, à apresentação dos seguintes documentos – ORIGINAIS E CÓPIAS:

42.1. Carteira de Trabalho e Previdência Social;

42.2. Cédula de Identidade;

42.3. Título de Eleitor e dois últimos comprovantes de votação da última eleição ou respectiva(s) justificativa(s);

42.4. Comprovante de Pessoas Físicas -CPF;

42.5. Comprovante de Inscrição no PIS/PASEP;

42.6. Certificado de Reservista ou Certificado de Alistamento Militar constando dispensa;

42.7. Se casado, Certidão de Casamento;

42.8. Certidão de Nascimento de filhos menores de 21 anos;

42.9. Caderneta de Vacinação de filhos menores de 14 anos;

42.10. Comprovante de escolaridade, de acordo com os requisitos legais, para cada cargo, destacados no anexo I;

42.11. Registro do respectivo Conselho Profissional, no caso de ser requisito legal, para o cargo, de acordo com o anexo I;

42.12. Anuidade quitada do exercício em curso do Conselho Profissional, conforme item anterior;

42.13. No caso dos médicos, título de especialista, consoante a especialidade médica escolhida na Inscrição;

42.14. Comprovante de Residência (conta de água, telefone ou energia elétrica);

42.15. Comprovante da faculdade para filhos universitários que tenham entre 18 e 24 anos;

42.16. Comprovante da última Contribuição Sindical para profissionais liberais, bem como comprovante de quitação da anuidade;

42.17. Carimbo na Carteira de Trabalho e Previdência Social INSS, designando dependência do pai, mãe ou da companheira;

42.18. Termo de guarda e certidão de nascimento do filho menor que estiver sob tutela;

42.19. Duas fotos 3x4, coloridas e recentes.

43. Não será fornecido ao candidato qualquer documento comprobatório de classificação no concurso público, valendo para esse fim, a homologação.

44. O candidato obriga-se a manter atualizado seu endereço junto à FUABC, durante o período de validade do concurso público.

45. Os candidatos que atenderem à convocação para a admissão e recusarem-se ao preenchimento de vaga, serão excluídos do cadastro, sendo o fato formalizado em Termo de Desistência.

46. Por ocasião da admissão, o candidato será submetido a exame médico e, quando houver necessidade, a exames laboratoriais de caráter eliminatório, para avaliação de sua saúde física e mental.

47. A inscrição do candidato implicará na tácita e integral aceitação das condições estabelecidas neste Edital e nas instruções específicas, das quais não poderá alegar desconhecimento.

XII - CANDIDATOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

48. De acordo com a legislação pertinente, serão destinados 5% dos empregos vagos a portadores de deficiência compatível com o exercício do emprego, desprezadas as frações menores que 5 (cinco).

48.1. Na hipótese de não ocorrer classificação de candidato portador de deficiência para ocupar vaga destinada para essa finalidade, a mesma será preenchida por candidato classificado na Lista Geral de Classificação Final.

49. Os candidatos portadores de deficiência deverão declarar, quando da inscrição, serem portadores de deficiência, especificando-a na própria ficha, e submeterem-se, quando convocados, a perícia médica a ser realizada por profissional de saúde da FUABC e que terá decisão terminativa sobre a qualificação do candidato como deficiente ou não, e o grau de deficiência capacitante para o exercício do emprego.

49.1. Consideram-se deficiências aquelas conceituadas na medicina especializada, de acordo com os padrões mundialmente estabelecidos.

49.2. Não serão considerados como deficiência visual os distúrbios de acuidade visual passíveis de correção.

50. As pessoas portadoras de deficiência participarão do Concurso em igualdade de condições com os demais candidatos no que se refere a conteúdo, avaliação, horário e local de realização das provas.

51. O candidato portador de deficiência, ou aquele que necessitar de condições especiais para a realização da prova, deverá solicitá-la, na própria ficha de inscrição disponível no posto de inscrição, no período de realização das inscrições.

52. O candidato cego ou amblíope deverá solicitar, na ficha de inscrição, a confecção de prova em Braile ou Ampliada especificando o tipo de deficiência e a(s) opção(ões) em que se inscreveu.

52.1. O candidato que não solicitar a prova especial no prazo mencionado não terá a prova preparada, seja qual for o motivo alegado, estando impossibilitado de realizar a prova.

52.2. Aos deficientes visuais (cegos), serão oferecidas provas no sistema Braile e suas respostas deverão ser transcritas também em Braile. Os referidos candidatos deverão levar para esse fim, no dia da aplicação da prova, reglete e punção. Aos deficientes visuais (amblíopes) serão oferecidas provas ampliadas, com tamanho de letra correspondente a corpo 24.

53. Obedecido os critérios estabelecidos neste capítulo, o candidato que se inscreveu como deficiente e que obteve classificação terá prioridade para admissão, obrigando-se para tal, requerer junto à FUABC, exame médico nos termos do item 48 no prazo de até 48 (quarenta e oito) horas da publicação da lista final de classificação.

53.1. O não cumprimento do que dispõe o “caput” deste item, por parte do candidato, desobriga a FUABC a lhe conceder a prioridade para admissão.

XIII - DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

54. A inexatidão das afirmativas contidas em documentos apresentados, ainda que verificadas posteriormente, eliminará o candidato do concurso público, anulando-se os atos decorrentes da inscrição.

55. Os atos relativos ao concurso público serão publicados, na íntegra, no DIÁRIO DO GRANDE ABC, não se aceitando justificativa para o desconhecimento dos prazos neles assinalados.

56. À FUABC é facultada a homologação parcial ou total do concurso público.

57. Decorridos 120 (cento e vinte) dias da homologação do concurso público e não se caracterizando óbice administrativo ou legal, é facultado a incineração das provas e demais registros escritos, mantendo-se, entretanto, pelo período de validade do concurso público, os registros eletrônicos a eles referentes.

58. À FUABC é facultada a anulação parcial ou total do Concurso Público, antes de sua homologação, se constatada irregularidade substancial insanável.

XIV - CRONOGRAMA PREVISTO

Atividade Período ou data previstos

Período de Recebimento das Inscrições 31 de março a 11 de abril de 2003

Realização da Primeira Fase (Prova Objetiva) 11 de maio de 2003

Publicação do Gabarito da Prova Objetiva, divulgação do resultado da Primeira Fase (Prova Objetiva) e Convocação para realização da Segunda Fase (Prova Prática) : 18 de maio de 2003

Realização da Segunda Fase (Prova Prática e Avaliação de Potencialidade) 25 de maio de 2003.

Divulgação dos Resultados Finais Até 31 de maio  de 2003

FUNDAÇÃO DO ABC - FUABC


ANEXO II - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
  1   2   3   4


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal