FundaçÃo universidade federal de rondônia unir campus de porto velho programa da disciplina fundamentos e práticas do gerenciamento escolar



Baixar 8.97 Kb.
Encontro26.07.2016
Tamanho8.97 Kb.
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA - UNIR

CAMPUS DE PORTO VELHO

PROGRAMA DA DISCIPLINA FUNDAMENTOS E PRÁTICAS DO GERENCIAMENTO ESCOLAR

Somos seres da transformação e não da adaptação.

Paulo Freire

EMENTA:

Supervisão Escolar .O Supervisor e a relação entre Escola,o contexto Social,econômico e Político,Supervisor e a Organização do Trabalho na Escola.O Supervisor e o Planejamento;Procedimentos Metodológicos da Ação Supervisora;O Supervisor e a Avaliação Escolar.



I - Objetivo Geral




Possibilitar aos acadêmicos e acadêmicas as condições necessárias para a compreensão e análise crítica do trabalho da Coordenação Pedagógica no âmbito da escola, sistema e demais instituições para escolares, como instrumentos de intervenção na realidade educacional brasileira, com vistas a uma atuação cidadã.

II - Conteúdo Programático

Antecedentes históricos da Supervisão Escolar; A Supervisão na Lei 9394/96; O(A) Supervisor(a), a relação entre a escola e o contexto social, econômico e político. Da Supervisão Escolar para a Coordenação Pedagógica; A questão da hegemonia e a função supervisora; Coordenação Pedagógica e a função social da escola; O(A) supervisor(a) como intelectual orgânico; A Coordenação Pedagógica e a educação libertadora; Desafios atuais do(a) Coordenador(a) Pedagógico(a): meio ambiente, populações tradicionais da Amazônia, educação étnico-racial, direitos humanos e Pedagogia Social de Rua.

III - Critérios de Avaliação

A freqüência de no mínimo 75% nas aulas, estudos prévios dos textos, participação nas aulas, produção escrita individual (artigo científico) e apresentação coletiva de trabalhos.

IV - Referências

AGUIAR, Márcia Ângela. A questão da hegemonia e a função supervisora. In: ___________ Supervisão Escolar e Política Educacional. São Paulo: Cortez, 2000.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei 9294/96. Brasília: 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

LIBÂNEO, José Carlos. Que destino os educadores darão à Pedagogia? In: PIMENTA, Selma Garrido. (org.). Pedagogia, ciência da educação. São Paulo: Cortez,1996.

MIZIARA, Leni Aparecida Souto. (org.). A Coordenação Pedagógica e a sua importância para a ação-reflexão docente. Disponível em http://www.ichs.ufop.br/conifes/anais. acesso em 05/03/2008.

SÁ, Érica Aparecida de. (org.). Coordenação Pedagógica e processo ensino-aprendizagem: as evidências de um exercício acadêmico. Disponível em http://www.ichs.ufop.br/conifes/anais. Acesso em 05/03/2008.



SILVA JÚNIOR, Celestino Alves da. Prática e Supervisão ou a interminável luta da fada eficiência contra a bruxa burocrática. In: ALVES, Nilda. Educação e Supervisão: o trabalho coletivo na escola. 6. ed. São Paulo: Cortez,1996.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal