Gestão de pessoas e a responsabilidade socioambiental



Baixar 21.61 Kb.
Encontro26.07.2016
Tamanho21.61 Kb.


Ministério da Educação

Universidade Federal de Santa Maria

Centro de Ciências Sociais e Humanas

Departamento de Ciências Administrativas





GESTÃO DE PESSOAS E A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL


Código

CAD1047

Nome

GESTÃO DE PESSOAS E A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

Departamento

CIENCIAS ADMINISTRATIVAS

Carga horária

30 horas/semestre

Créditos

2

Cursos atendidos

501 - ADMINISTRACAO (DIURNO)
515 - ADMINISTRACAO(NOTURNO)



Objetivos

Discutir o papel estratégico da Gestão de Pessoas nas organizações frente aos desafios da responsabilidade socioambiental corporativa.

Ementa

GESTÃO DE PESSOAS E A RESPONSABILIDADE SÓCIOAMBIENTAL. COMPORTAMENTO, EDUCAÇÃO E ORIENTAÇÃO PARA A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL. INDICADORES E NORMAS.

Programa

UNIDADE 1: GESTÃO DE PESSOAS E A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

    1. O papel estratégico da Gestão de Pessoas nas organizações

    2. O conceito e os desafios da responsabilidade socioambiental corporativa

    3. O papel da gestão da gestão de pessoas frente aos desafios da responsabilidade socioambiental corporativa

    4. As novas configurações emergentes no contexto da gestão sustentável

UNIDADE 2: COMPORTAMENTO, EDUCAÇÃO E ORIENTAÇÃO PARA A RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL



    1. A gestão da diversidade e o desenvolvimento da competência social

    2. Educação socioambiental

    3. O comportamento coletivo e a participação em projetos de natureza socioambiental

UNIDADE 3: TEMAS EMERGENTES NO CONTEXTO DA RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

3.1. Indicadores e Normas


    1. As novas configurações emergentes no contexto da gestão sustentável socioambiental




Bibliografia

ALBUQUERQUE, Lindolfo. O papel estratégico de RH. Tese de livre-docência, FEA-USP,1988.

_______________________. In FISCHER, Rosa M. et al. As pessoas na organização. 2ª ed. São Paulo: Ed. Gente, 2002.

ALMEIDA, F. O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

ANDRADE, Adriana e ROSSETTI, José P. Governança corporativa: fundamentos, desenvolvimento e tendências. São Paulo: Atlas, 2004.

ASHLEY, P. et al. Ética e responsabilidade social nos negócios. São Paulo: Saraiva, 2002.

BARINI FILHO, Ulrico. Políticas e diretrizes de RH. In BOOG, Gustavo e BOOG, Magdalena. Manual de gestão de pessoas e equipes. Volume 1. São Paulo: Editora Gente, 2002.

BARON, R.A; SHANE, S. A. Empreendedorismo: uma visão de processo. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

BUFFARA, L. C. B; PEREIRA, M.F. Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social: um estudo de caso no grupo O Boticário. Revista de Ciências da Administração. V.5, n°9, janeiro-julho 2003, UFSC Florianópolis.

CAPRA, Fritjof. As conexões ocultas: ciência para uma vida sustentável. Tradução: Marcelo Brandão Cipolla. São Paulo: Editora Pensamento-Cultrix Ltda, 2002.

COHEN, Allan R.; FINK, Stephen L. Comportamento organizacional – conceitos e estudos de casos. 7ª ed. Rio de Janeiro: Campus, 2003.

COMISSÃO BRUNDTLAND. Comissão Mundial Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Nosso futuro comum. 2.ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1991.

DUTRA, J. S. Gestão de pessoas: modelos, processos, tendências e perspectivas. São Paulo: Atlas, 2002.

FBB, Fundação Banco do Brasil. Tecnologia social: uma estratégia para o desenvolvimento. Fundação Banco do Brasil: Rio de Janeiro, 2004. Disponível em:< http://www.oei.es/salactsi/Teconologiasocial.pdf>. Acesso em: 31 jul. 2008.

FBB, Fundação Banco do Brasil. Disponível em: < http://www.fbb.org.br>. Acesso em: 31 jul. 2008.

FERRELL, O.C.; FRAEDRICH, John; FERRELL, Linda. Ética empresarial. Rio de Janeiro: Reichmann e Afonso Editores, 2001.

LACOMBE, Francisco e HEILBORN, Gilberto. Administração: princípios e tendências. São Paulo: Saraiva, 2003.

LEISINGER, Klaus M; SCHMITT, Karin. Ética empresarial: responsabilidade global e gerenciamento moderno. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

MANZINI, Ezio e VEZZOLI, Carlo. O desenvolvimento de produtos sustentáveis. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2005.

MARRAS, Jean Pierre. Administração de recursos humanos: do operacional ao estratégico. São Paulo: Futura, 2000.

MELO NETO, Francisco P.; FROES, César. Gestão da responsabilidade social corporativa: o caso brasileiro. Rio de Janeiro: Qualitymark Ed., 2001.

POMI, Rugenia Maria. Indicadores de desempenho em gestão do capital humano. In BOOG, G. E BOOG, M. Manual de gestão de pessoas e equipes. Volume 1. São Paulo: Editora Gente, 2002.

ROBBINS, Stephen P. Comportamento organizacaional. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

SACHS, Ignacy. Qual desenvolvimento para o século XXI? In BARRÈRE, Martine (coord.). ABREU, Estela dos Santos (trad.). Terra, Patrimônio Comum: a ciência a serviço do meio ambiente e do desenvolvimento. São Paulo: Nobel, 1992.

SOCIALEDGE, By social entrepreneurship for social entrepreneurship. Socialedge a Program Of The Skoll, 2008. Disponível em: < http://www.socialedge.org/blogs/government-engagement/topics/Bill%20Drayton>. Acesso em: 28 mai. 2008.

VASSALO, C. Um novo modelo de negócios. Revista Guia de Boa Cidadania Corporativa. N° 728, 2004, São Paulo.

ZANELLI, José Carlos; BORGES-ANDRADE, Jairo Eduardo e BASTOS, Antonio Virgílio Bittencourt. Psicologia, organizações e trabalho no Brasil. Porto Alegre: Artmed,2004.




Bottom of Form 1
Bottom of Form 1



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal