Governo do estado de são paulo secretaria da cultura programa Oficinas Culturais anuncia nova programação na região de Araçatuba



Baixar 120.2 Kb.
Encontro30.07.2016
Tamanho120.2 Kb.


GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO


SECRETARIA DA CULTURA




Programa Oficinas Culturais anuncia nova programação na região de Araçatuba
Atividades serão realizadas em espaços cedidos pelas Prefeituras e por instituições culturais, em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado
O Programa Oficinas Culturais já definiu a programação do próximo trimestre na região de Araçatuba, que a partir de abril oferecerá 35 atividades artísticas, sendo 24 na cidade de Araçatuba, em novos espaços. Dentre os destaques da, estão o show do rapper Rashid, que acontece no dia 6 de junho na Praça João Pessoa, como parte da programação do #ENCONTROCSR: Imersão na Cultura Hip Hop, que acontece de 4 a 7 de junho em vários locais da cidade.
A programação contará ainda com oficinas e workshops em diversas linguagens artísticas, peças teatrais, entre outras atrações, agora promovidas em novos locais, cedidos pela Prefeitura e por instituições, em parceria com a Poiesis. São eles: Casa da Cultura Adelino Brandão, Teatro Paulo Alcides Jorge, Casa da Cultura Adelino Brandão, Teatro Municipal Castro Alves, Praça João Pessoa, Zoológico Municipal de Araçatuba e Parque da Fazenda do Estado.
Na região, os municípios de Auriflama, Bilac, Birigui, Buritama, Mirandópolis, Pereira Barreto, Piacatu e Santo Antonio do Aracanguá também recebem atividades das Oficinas. Como já acontecia, neste trimestre elas continuam sendo realizadas em espaços de parceiros. A atividade “O Catira: Ciclo de estudos sobre cultura tradicional e contemporaneidade”, que teve início em março, por exemplo, continua neste trimestre envolvendo programação integrada em várias cidades.
Em Araçatuba, o Projeto Backstage: Iluminação Técnica para shows e espetáculos” acontece de 27/4 a 3/6 na Casa de Cultura Adelino Brandão, que também recebe a oficina de ilustração “Desenho de observação no espaço urbano” de 7/5 a 11/6. Já o Parque da Fazenda do Estado terá atividades sobre processo de criação de esculturas, de 4 a 7/5. No Teatro Paulo Alcides Jorge, haverá workshop sobre produção e gerenciamento de políticas públicas no dia 6/5 (confira a programação completa abaixo).
PROGRAMAÇÃO COMPLETA
ARAÇATUBA
PROJETO BACKSTAGE: ILUMINAÇÃO TÉCNICA PARA SHOWS E ESPETÁCULOS

Coordenação: Markinhos Silva

27/4 a 3/6 – segundas, terças e quartas-feiras – 19h às 22h

Público: interessados em geral, com ou sem experiência, a partir de 18 anos

Inscrições: 7 a 22/4

Seleção: carta de interesse para o e-mail silviorusso@oficinasculturais.org.br

20 vagas

Local: Casa da Cultura Adelino Brandão: Rua Duque de Caxias, n° 29, sala 12 - Centro – Araçatuba (SP)


Realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura de Araçatuba, o curso abordará fundamentos, técnicas, normas e ética da função de técnico de luz. Por meio de teoria e prática, o participante conhecerá o processo de montagem, manutenção e preparação do sistema de iluminação para shows e espetáculos.
Markinhos Silva, iluminador técnico, há dez anos acompanha as turnês do músico Jorge Ben Jor. Atualmente, além de coordenar atividades formativas com essa temática, é consultor da empresa Star Light Iluminação.

OFICINA DE ILUSTRAÇÃO: DESENHO DE OBSERVAÇÃO NO ESPAÇO URBANO

Coordenação: Maayan Fogel e Amanda Stuck

7/5 a 11/6 – quintas-feiras - 19h às 22h | sábado – 9h às 12h (exceto 4 e 6/6)

Público: interessados em artes visuais, a partir de 14 anos

Inscrições: 7/4 a 6/5

Seleção: primeiros inscritos

20 vagas

Local: Casa da Cultura Adelino Brandão: Rua Duque de Caxias, n° 29, sala 12 - Centro – Araçatuba (SP)


Por meio de técnicas de ilustração e conceito de desenho de observação, a atividade abordará a interação das artes plásticas com o espaço urbano. Teórica e prática, a oficina pretende apresentar as principais características da criação artística ao ar livre, seja retrato, locação ou documental. Os participantes produzirão suas próprias obras, que posteriormente serão expostas e reunidas em um catálogo coletivo de cartões postais.
A israelense Maayan Fogel é artista plástica e graduada em Design pelo departamento de Comunicação Visual da Bezalel Academy of Art and Design, de Jerusalém. Com sua participação no projeto "Como Ilustrar o Amor em Quatro Línguas", teve seus desenhos exibidos e publicados em Israel, Ucrânia, Alemanha e Coréia. No Brasil, trabalha na criação e confecção de figurinos e cenários para espetáculos de teatro, além de coordenar atividades formativas de artes visuais.
Amanda Stuck é performer e psicóloga. Artista multidisciplinar atuou em intervenções urbanas e espetáculos de teatro e dança. Recentemente, participou como cantora e percussionista no show "Os Elementais", do acreano Rodolfo Minari.
ARTES PLÁSTICAS / DANÇA

PROJETO DE RESIDÊNCIA: PRESENÇAS LÍQUIDAS

Coordenação: Néle Azevedo e Marina Tenório


Presenças Líquidas consiste em uma instalação integrada a uma perfomance de dança, reunindo o trabalho da artista plástica Néle Azevedo e da coreógrafa e dançarina Marina Tenório. Por meio do processo de experimentações com esculturas de corpos humanos feitas em gelo e da pesquisa de movimentos corporais da intérprete, este projeto abre ao público interessado uma residência artística que abordará as principais linguagens utilizadas na obra, colocando em discussão as questões teóricas e práticas levantadas por essa proposta. Ao final, o resultado será compartilhado em duas apresentações da instalação/performance.
Parcerias:

ProAC – Programa de Ação Cultural

Secretaria Municipal de Cultura de Araçatuba

Prefeitura Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade



ABERTURA DO PROCESSO DE CRIAÇÃO DAS ESCULTURAS

Coordenação: Néle Azevedo

4 a 7/5 - segunda a quinta-feira - 19h às 21h

Público: interessados em artes plásticas e instalação, a partir de 18 anos

Inscrição: 7 a 22/4

Seleção: carta de interesse para o e-mail silviorusso@oficinasculturais.org.br

10 vagas

Local: Parque da Fazenda do Estado: Avenida Dr. Alcides Fagundes Chagas, n° 222 - Aviação - Araçatuba (SP)


A atividade será realizada por meio da fabricação das esculturas em gelo que serão utilizadas durante as apresentações da instalação/performance. O participante conhecerá o processo de criação da obra, da ideia à concepção, passando por questões conceituais referentes às noções de escultura, e de como esses conceitos influenciaram a trajetória de alguns artistas e suas próprias.
Néle Azevedo, mestre em Artes Visuais pela UNESP, já atuou como docente universitária, ministrou palestras, participou de congressos e teve publicações especializadas em Londres, Espanha e Alemanha. Com uma carreira internacional de sucesso, realizou intervenções urbanas, exposições individuais e coletivas, passando por países como Peru, Irlanda, Chile, Holanda, Itália, Portugal entre outros. Em 2013, coordenou residência artística no Instituto Sacatar do Brasil, na Bahia. Recentemente, como parte das comemorações do centenário da Primeira Guerra Mundial, concebeu a instalação "Monumento Mínimo", em Birmingham, com cinco mil esculturas em gelo, considerada um dos maiores eventos da Inglaterra no período.
WORKSHOP DE DANÇA CONTEMPORÂNEA

Coordenação: Marina Tenório

4, 5 e 6/5 – segunda, terça e quarta-feira - 19h às 21h

Público: interessados em expressão corporal, dança e performance, a partir de 18 anos

Inscrição: 7 a 22/4

Seleção: carta de interesse para o e-mail silviorusso@oficinasculturais.org.br

10 vagas

Local: Casa da Cultura Adelino Brandão: Rua Duque de Caxias, n° 29, sala do Ballet Municipal - Centro – Araçatuba (SP)


O worKshop abordará o trabalho corporal a partir da investigação do movimento. A atividade pretende provocar a discussão sobre o conceito de corpo utilizado no processo, por meio de vivência que proporcionará ao participante maior proximidade com a criação da coreografia a ser executada durante a instalação/performance.
Marina Tenório é coreógrafa, diretora, atriz, dançarina e tradutora. De origem russo-brasileira, é formada em teatro pelo diretor Anatóli Vassíliev, na Rússia, e mestre em coreografia pela HZT/Ernst Busch, em Berlim. Ganhou o prêmio Rumos Itaú Dança para desenvolver o projeto “Não-Visíveis-Paisagens”. Trabalhou no grupo de dança “Do Tantsa”, dirigido pelo coreógrafo e dançarino japonês Min Tanaka. Em 2013, realizou a coreografia “Lava Entropia”, no Konzerthaus de Berlim. No ano seguinte, dirigiu a encenação do espetáculo de balé “As Criaturas de Prometeu”, de Beethoven, na Filarmônica de Moscou. Atualmente, ministra cursos para atores a partir da técnica de análise por meio da ação desenvolvida pela escola russa.
INSTALAÇÃO/PERFORMANCE

8 e 9/5 - sexta-feira e sábado - 20h

Classificação etária: livre

40 lugares por sessão

Local: Parque da Fazenda do Estado: Avenida Dr. Alcides Fagundes Chagas, n° 222 - Aviação - Araçatuba (SP)
Apresentação do resultado da residência artística coordenada por Néle Azevedo, em uma instalação/performance que pretende refletir a ligação entre a vida e a morte, o efêmero e o permanente. No espaço, esculturas fundidas em gelo se esvaem em estado de suspensão. Simultaneamente, o corpo vivo e dançante da performer Marina Tenório é transformado com a experiência do derretimento, que acontece ao som da trilha sonora criada por Tiago de Mello e sob a luz desenhada por Mirella Brandi.

ARTES INTEGRADAS / ARTES URBANAS

#ENCONTROCSR: IMERSÃO NA CULTURA HIP HOP
A Oficina Cultural Silvio Russo promove a primeira edição do encontro anual de Casas do Hip Hop do estado de São Paulo. Durante quatro dias, a cidade será sede de atividades de formação e difusão que vão abordar a cultura hip hop, propondo uma reflexão sobre passado, presente e futuro.
Parcerias:

Secretaria Municipal de Cultura de Araçatuba

Secretaria Municipal de Participação Cidadã de Araçatuba

Secretaria Municipal de Esportes de Araçatuba

Sesc Birigui

Casa do Hip Hop de Diadema

Lalucci Filmes

Pork’s Bar


Programa:

WORKSHOP: A HISTÓRIA DO HIP HOP

Coordenação: DJ DanDan

4/6 – quinta-feira – 14h às 18h

Público: produtores, artistas, fazedores da cultura hip hop e demais interessados a partir de 16 anos

Inscrição: 7/4 a 3/6

Seleção: primeiros inscritos

80 vagas

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, nº 29 – Centro – Araçatuba (SP)

Para se inscrever clique aqui.

O workshop abordará conceitos, história e gestão da cultura hip hop, a partir da relação entre passado e presente. Por meio da apresentação de exemplos bem sucedidos e das principais dificuldades enfrentadas pelo movimento, a atividade pretende provocar no participante uma visão engajada sobre o futuro dessa cultura.


DJ DanDan é parte da cultura hip hop desde que ela teve seu início no Brasil na= década de 1980. Participou da consolidação das Oficinas de Hip Hop, pioneiras na América Latina, e da fundação da Casa de Hip Hop de Diadema e Zulu Nation Brasil. Em 2012, criou com os DJ’s Nyack e Marco a festa Discopédia, voltada para a valorização do vinil. Atualmente, além da festa, atua como MC e DJ nas turnês do cantor Criolo, com quem fundou, em 2006, a Rinha dos MC’s.

DISCOTECAGEM: DJ DANDAN

4/6 – quinta-feira – 23h

Classificação etária: 18 anos

Distribuição de ingressos na sede da Oficina Cultural Silvio Russo: 25/5 a 3/6

300 lugares

Local: Pork’s Bar: Rua Aguapeí, n° 1884 – Jardim do Prado – Araçatuba (SP)


Em uma noite de celebração aos elementos MC e DJ, DanDan fará uma discotecagem com seus vinis e sets de samba-rock, soul e rap.
DJ DanDan, é parte da cultura hip hop desde que ela teve seu início no Brasil, durante a década de 1980. Participou da consolidação das Oficinas de Hip Hop, pioneiras na América Latina, e da fundação da Casa de Hip Hop de Diadema e Zulu Nation Brasil. Em 2012, criou com Emicida e DJ Marco a festa Discopédia, voltada para a valorização do vinil. Atualmente, além da festa, atua como MC e DJ nas turnês do cantor Criolo, com quem fundou, em 2006, a Rinha dos MC’s.

SHOW: VERSO E ANTIGUIDADES

Coletivo Produtto Paralelo

5/6 – sexta-feira – 23h

Classificação etária: 18 anos

Distribuição de ingressos na sede da Oficina Cultural Silvio Russo: 25/5 a 3/6

300 lugares

Local: Pork’s Bar: Rua Aguapeí, n° 1884 – Jardim do Prado – Araçatuba (SP)
A fusão entre a poesia de Renato Subverso e a essência rap e vinil do projeto "Novas Antiguidades", da dupla DJ Dipper Beats e Marcelo Arquitetto, resulta em uma performance que reverencia a cultura hip hop. Por meio dos elementos Beatbox, DJ e MC, o show apresenta a interação entre literatura e novos samplers de clássicos da música rap nacional.
O Coletivo Produtto Paralelo foi fundado em Diadema, com o objetivo de difundir a cultura hip hop por meio de seus produtos artísticos e culturais. Composto por Renato Subverso, Marcelo Arquitteto, DJ DanDan, Janaína Teodoro, Gbox, Lews Barbosa, Slim Rimografia, DJ Dipper Beats, Henrique Jonas, MC Rodrigo Tuchê, Murphy-jay e Tiago RedNiggaz, atualmente é responsável pela circulação de projetos de difusão, como o show "Verso e Antiguidades".
CICLO DE ESTUDOS SOBRE A REDE DE CASAS DO HIP HOP

Coordenação: Renato de Souza

6 e 7/6 – sábado e domingo – 9h às 12h

Público: membros de Casas do Hip Hop e demais interessados a partir de 16 anos

Inscrição: 7/4 a 3/6

Seleção: carta de interesse para o e-mail silviorusso@oficinasculturais.org.br

25 vagas

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, nº 29 – Centro – Araçatuba (SP)

Para se inscrever clique aqui.

O ciclo pretende abordar temas referentes à atuação das Casas do Hip Hop no estado de São Paulo, definindo ações conjuntas e de fortalecimento. Por meio da apresentação de metas para consolidação oficial da rede, serão levantadas questões que vão de seu regimento interno à articulação entre as Casas.


Renato de Souza é arte-educador e graduando em Letras. Como MC, sob o pseudônimo de Renato Subverso, fundou o grupo Trovadores e é membro do Coletivo Produtto Paralelo. Em 2008, foi eleito representante nacional do Hip Hop pela Comissão Nacional dos Pontos de Cultura. Elaborou e aprovou projetos culturais em importantes editais, como Funart e ProAC, com destaque para o Circuito Estadual da Rinha dos MC’s, em 2010. Atualmente, é coordenador da Casa do Hip Hop de Diadema.

WORKSHOP: ELABORAÇÃO DE PROJETOS E CAPTAÇÃO DE RECURSOS NA CULTURA HIP HOP

Coordenação: Elton Santos (DJ Preto El)

6/6 – sábado – 13h às 19h

Público: produtores e gestores culturais, artistas, fazedores da cultura hip hop e demais interessados a partir de 16 anos

Inscrição: 7/4 a 3/6

Seleção: primeiros inscritos

80 vagas

Local: Teatro Paulo Alcides Jorge - Rua Armando Sales de Oliveira, s/nº – Bairro Bandeiras – Araçatuba (SP)

Para se inscrever clique aqui.

O workshop pretende apresentar alternativas de captação de recursos e desenvolvimento de projetos dentro do mercado atual. Serão abordados crowdfunding, editais e leis de incentivo nos âmbitos municipal, estadual e federal, com destaque para aqueles voltados à cultura hip hop. Na prática, os participantes criarão um projeto fictício para determinado edital.


Elton Santos é produtor cultural e tradutor. Há mais de 10 anos organiza eventos, elabora e aprova projetos em leis e editais, além de ser responsável pela produção executiva de discos. É idealizador do evento “Singela Homenagem Hip Hop” que acontece anualmente desde 2009, e já contou com nomes como Afrika Bambaataa. Participou da 23ª Bienal Internacional do Livro, produzindo o artista GOG. Como DJ Preto El, lançou, em 2013, o álbum "De Volta à Essência". Atualmente, coordena e dirige sua empresa Margem Entretenimento.
SHOW: RASHID

6/6 – sábado – 20h30

Público: livre

Local: Praça João Pessoa - Centro – Araçatuba (SP)


A apresentação celebra os sucessos lançados ao longo da carreira do rapper, do primeiro EP, “Hora de Acordar”, ao mais recente, “Confundindo Sábios”. Com suas rimas sobre superação, política, amizade e amor, o show "Gratidão" traz Rashid acompanhado de seu parceiro DJ Mr. Brown, em uma performance de legítima representação da cultura hip hop e o elemento rap.
Rashid é considerado hoje um dos maiores nomes do rap nacional. Aos 26 anos, o rapper já ganhou destaque em batalhas de rimas, lançou quatro mixtapes, criou sua própria marca, recebeu indicações ao Video Music Brasil nas categorias “Artista Revelação” e “Hit do Ano”, participou de eventos como Virada Cultural, Circuito Cultural Paulista e o maior festival de música independente do mundo, SXSW, além de realizar parcerias com Kamau, Rael, Flora Matos entre outros. Em 2012, ao lado de Emicida e Projota, deu vida ao projeto “Os Três Temores”, que viajou em turnê pelo país. Atualmente, circula com o show “Gratidão” e prepara o lançamento de seu primeiro álbum.

WORKSHOP: MERCADO E EMPREENDEDORISMO

Coordenação: Evandro Fióti

7/6 – domingo – 14h às 18h

Público: produtores culturais, artistas, fazedores da cultura hip hop e demais interessados a partir de 16 anos

Inscrição: 7/4 a 3/6

Seleção: primeiros inscritos

80 vagas

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, nº 29 – Centro – Araçatuba (SP)

Para se inscrever clique aqui.

A atividade abordará os principais fatores que definem o atual mercado da cultura hip hop, levando em consideração aspectos como história, movimento e economia criativa. Por meio de exemplos práticos, o workshop pretende provocar o lado empreendedor de cada participante.


Evandro Fióti é um dos nomes mais promissores do atual mercado da música independente no país. Há cinco anos, criou com seu irmão Emicida o selo musical, gravadora e produtora Laboratório Fantasma, responsável pela carreira, além de Emicida, do rapper Rael. Em 2014, foi um dos curadores da Virada Cultural Paulista. Atualmente, por meio de sua empresa, desenvolve também a loja virtual que trabalha o merchandising de artistas como Ogi, Criolo e Caetano Veloso.

AUDIOVISUAL

PROJETO FÊNIX DE AUDIOVISUAL
O Projeto Fênix de Audiovisual, iniciado em novembro de 2014, é composto por atividades de formação e difusão cultural. Fênix Cinema foi a primeira sala de exibição aberta em Araçatuba, em 1918: em homenagem a esse marco do cultural local, o Projeto Fênix, em parceria com o Sesc, realiza uma série de ações preparatórias com o objetivo de criar o 1° Festival Audiovisual da cidade.
Programa:

OFICINA DE ROTEIRO

Coordenação: Rodrigo Batista

15 a 20/6 – segunda a sexta-feira – 19h às 22h30 | sábado – 9h às 12h e 13h às 16h30

Público: videomakers, escritores, estudantes de comunicação e artes, diretores e interessados em geral a partir de 16 anos

Inscrições: 7/4 a 10/6

Seleção: carta de interesse para o e-mail silviorusso@oficinasculturais.org.br

20 vagas

Local: Casa da Cultura Adelino Brandão: Rua Duque de Caxias, n° 29, sala 02 - Centro – Araçatuba (SP)


Por meio de teoria e prática, a atividade abordará os principais fundamentos da dramaturgia audiovisual. A partir do estudo de desenvolvimento de personagens e estruturas narrativas, a oficina apresentará a relação entre roteiro e os elementos que envolvem a criação cinematográfica, como montagem, concepção e trilha sonora. Cada participante vivenciará o processo criativo de um roteirista, através da escrita de uma obra de curta-metragem.
Rodrigo Batista, graduado em audiovisual pela USP, é mestre em roteiro pela Northwestern University, de Chicago. Na mesma universidade, atuou como professor assistente. Trabalhou como roteirista e editor de vídeo em importantes produtoras, como Mixer e Itinerante Filmes. Na Moovie, montou o trailer dos filmes "Muita Calma nessa Hora" e "Bruna Surfistinha". Atualmente, desenvolve novo roteiro do longa-metragem "Mara Tara-Pedaços da Carne", produzido pela Kinoosfera Filmes.

FOTOGRAFIA

OFICINA DE ENSAIO FOTOGRÁFICO: CONCEITO, NARRATIVA E EDIÇÃO

Coordenação: Rogério Ghomes

29/5 a 27/6 – sextas-feiras - 19h às 22h (exceto 5 e 19/6) | sábados - 9h às 14h (exceto 6 e 20/6)

Assessoramento individual dos participantes – sextas-feiras – 17h30 às 18h30 (exceto 5 e 19/6)

Público: fotógrafos profissionais ou amadores a partir de 18 anos

Inscrições: 7/4 a 22/5

Seleção: portfólio de 8 a 12 imagens (enviar para: silviorusso@oficinasculturais.org.br, com o assunto “Portfólio: Rogério Ghomes”)

15 vagas


Local: Casa da Cultura Adelino Brandão: Rua Duque de Caxias, n° 29, sala 02 - Centro – Araçatuba (SP)
Teórica e prática, a oficina apresentará conceitos, temáticas e diferentes abordagens que definem os limites poéticos entre a documentação fotográfica e a elaboração de um ensaio autoral expressivo. Durante a atividade, cada participante produzirá seu próprio ensaio.
Rogério Ghomes é doutorando em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP e especialista em Fotografia pela UEL. Além da docência no curso de Design Gráfico da UEL, é coordenador de pós-graduação em Fotografia, Vídeo e Direção de Arte na Unopar. Expôs no Brasil, exterior e possui obras em acervos como MAM-SP, Coleção Pirelli MASP e McLaren, em Londres.

GESTÃO CULTURAL

WORKSHOP: PRODUÇÃO E GERENCIAMENTO DE POLÍTICAS PÚBLICAS

Coordenação: Neusa Fleury

6/5 - quarta-feira - 9h30 às 12h30

Inscrições: 7/4 a 5/5

Público: produtores e gestores culturais, artistas, estudantes e demais interessados, a partir de 18 anos

Seleção: primeiros inscritos

30 vagas

Local: Teatro Paulo Alcides Jorge: Rua Armando Sales de Oliveira, s/nº – Bairro Bandeiras – Araçatuba (SP)


O workshop abordará a abrangência da área de trabalho da cultura, do ponto de vista do desenvolvimento de políticas públicas nos municípios e legislações de incentivo e fomento. A atividade pretende provocar uma reflexão acerca da prática da ação cultural e seu impacto na sociedade.

Neusa Fleury é gestora cultural há mais de 15 anos. Desde 1996, acumula experiências na Administração Pública ao ocupar o cargo de Secretária de Cultura nos municípios de Santa Cruz do Rio Pardo e Ourinhos. Neste, foi responsável pela criação de eventos, prêmios e importantes mecanismos de incentivo à cultura.



WORKSHOP: CONHECENDO LEIS DE INCENTIVO À CULTURA

Coordenador: Evandro Ferreira

6/5 - quarta-feira – 13h30 às 16h30

Público: produtores e gestores culturais, artistas, estudantes e demais interessados a partir de 18 anos

Inscrição: 7/4 a 5/5

Seleção: primeiros inscritos

30 vagas

Local: Teatro Paulo Alcides Jorge: Rua Armando Sales de Oliveira, s/nº – Bairro Bandeiras – Araçatuba (SP)


A atividade apresentará os mais difundidos mecanismos de fomento à cultura, como Lei Rouanet, ProAC e SICONV – Sistema Nacional de Convênios. O conteúdo será abordado por meio de didática prática e funcional que envolverá as principais etapas da elaboração de um projeto, facilitando a identificação do participante com sua realidade.
Evandro Ferreira é pós-graduado em Gestão de Projetos. Em atividade na área cultural há 10 anos, possui experiência prática em pesquisa, elaboração de projetos e captação de recursos.

LITERATURA

OFICINA INTERGERACIONAL: LITERATURA DE AUTORIA FEMININA

Coordenação: Lélia Almeida

23 a 25/4 – quinta e sexta-feira - 19h às 22h30 | sábado – 9h às 12h e 14h às 19h

Público: interessados em literatura, artes, comunicação, filosofia, ciências humanas e sociais, a partir de 16 anos

Inscrições: 7 a 22/4

Seleção: primeiros inscritos

20 vagas

(Local em definição)


A atividade abordará a relação entre literatura e sociedade, por meio da fusão de duas gerações com experiências distintas. A partir de provocações acerca da crítica literária feminista e da literatura de autoria feminina, propostas pela autora espanhola Carmen Martín Gaite, a oficina pretende refletir o impacto que a arte da palavra possui na transformação sociocultural do indivíduo. Os participantes produzirão seus próprios textos, que serão publicados posteriormente em livro virtual.
Lélia Almeida, escritora e tradutora, é mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Possui mais de dez livros publicados, entre eles "O Amante Alemão", vencedor do Prêmio Açorianos de Literatura 2013. Trabalhou na Coordenação Nacional do Projeto Mulheres da Paz e desenvolveu consultoria de promoção dos Direitos Humanos para órgãos, entidades e organizações, como a UNESCO. Atualmente, mantém seus blogs "Mujer de Palabras" e "Mulheres Ventaneras", além de publicar em periódicos eletrônicos, como Wall Street International Magazine, Sul21 e Digestivo Cultural.

TEATRO

NÚCLEO DE RESIDÊNCIA ARTÍSTICA: CIA. DO BLEFE

Coordenação: Mauro Júnior

29/4 a 28/11 – quartas-feiras - 13h às 17h e 19h às 22h | sábados – 9h às 12h e 13h às 17h (exceto 2/5 e 6/6)

Público: artistas de teatro e estudantes de artes

Inscrições: 7 a 21/4

Seleção: carta de interesse e currículo breve

20 vagas

Para se inscrever clique aqui.


Fundada em Araçatuba por Mauro Júnior, seu diretor artístico, a Cia. do Blefe pretende promover prática e reflexão do fazer teatral através de diálogo, troca e intercâmbio entre artistas da região. O projeto nasce com o espetáculo "Braseiro", texto de Marcos Barbosa, e abertura de um Núcleo de Residência Artística para acompanhamento de cada etapa de seu processo de montagem e circulação. Serão vinte vagas divididas em três laboratórios: direção, intepretação e direção de arte e iluminação. A área de residência de cada participante será definida no processo de seleção.
Mauro Júnior, diretor, ator, iluminador, professor, pós-graduado com título de especialista em Direção Teatral pela Escola Superior de Artes Célia Helena, e graduado com ênfase na mesma área pela Universidade Federal de Ouro Preto, foi aluno especial do mestrado em Artes Cênicas pela ECA/USP. Atualmente, é docente no Curso Técnico em Arte Dramática do SENAC Araçatuba, ministra aulas na Pós-Graduação em Pedagogia do Teatro e da Dança na cidade de Bauru, e atua como Orientador Artístico do Projeto Ademar Guerra.

(Local em definição)



MÚSICA

SHOW: A MÚSICA DE HERMETO PASCOAL

Trio Olho D’Água

16/4 – quinta-feira – 20h

Classificação: 12 anos

200 lugares

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, nº 29 – Centro – Araçatuba (SP)


O compositor Hermeto Pascoal é considerado um dos maiores gênios em atividade da música instrumental. Em tributo à obra do músico, por meio da apresentação de arranjos originais e releituras de clássicos, o show trará seu irreverente repertório, marcado que é pela inusitada mistura de ritmos.
O Trio Olho D'Água, nome da cidade natal de Hermeto Pascoal, é composto pelos instrumentistas Fernando Barbosa, Marcelo Santiago e Felipe Almeida. Reconhecidos por seus trabalhos solos na região de Araçatuba, unem-se para homenagear aquele que até hoje influencia não só suas carreiras, mas de uma legião de admiradores.

TEATRO

ESPETÁCULO: MARIAS DA LUZ

Cia. Teatral As Graças

Direção: André Carreira

18/4 – sábado – 16h

Público: livre

Local: Zoológico Municipal de Araçatuba, s/n° – Bairro São Joaquim – Araçatuba (SP)


A partir de depoimentos reais de mulheres moradoras do Parque da Luz de São Paulo, a peça retrata o estado de degradação física e humana a que pode chegar uma pessoa. Três personagens distintas veem seus caminhos cruzados por uma situação em comum: o abandono. Desde sua estreia, em 2013, a montagem circulou por mais de cinco regiões brasileiras e ganhou o prêmio de "Melhor Espetáculo em Espaço não Convencional" pela Cooperativa Paulista de Teatro. A apresentação faz parte de circulação pelo Programa de Ação Cultural - ProAC, do Governo do Estado de São Paulo.
A Cia. Teatral As Graças é formada pelas atrizes Daniela Schittini, Eliana Bolanho, Juliana Gontijo e Vera Abbud. Em 20 anos de carreira, o grupo ganhou reconhecimento com o Projeto Circular Teatro, que transforma um ônibus em palco, e pelos premiados espetáculos “Nas Rodas do Coração”, “Clarices”, “Tem Francesa no Morro” e “Poemas para Brincar". A cada montagem, o coletivo convida diferentes diretores para condução do trabalho, como Ednaldo Freire, Kleber Montanheiro, Regina Galdino, Vivien Buckup, Cibele Forjaz, Leris Colombaion e, mais recentemente, André Carreira.

ESPETÁCULO: O SENHOR DAS CHAVES

Solo de Alexandre Roit

Direção: Pedro Pires

31/5 – domingo – 19h

Classificação: livre

200 lugares

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, n° 29 – Centro – Araçatuba (SP)
O espetáculo apresenta um atrapalhado velho marinheiro que, em meio a contos de pescador, vai retomando a memória aparentemente perdida. Aos poucos, reconhece a si mesmo nas histórias, reveladas através de um baú com instrumentos musicais, pedaços de cordas e tecidos. A montagem é fruto de uma pesquisa de aproximadamente cinco anos, apoiada em mais de duas décadas de dedicação ao estudo e à prática do teatro interativo. Em "O Senhor das Chaves", que recebeu duas indicações ao Prêmio FEMSA de Teatro (“Melhor Ator” e “Melhor Texto Original”), o público tem sua imaginação provocada, tornando-se também narrador e personagem. A apresentação faz parte de circulação pelo Programa de Ação Cultural - ProAC, do Governo do Estado de São Paulo.
Alexandre Roit é premiado ator e produtor cultural. Fundou, ao lado de Hugo Possolo, o grupo de teatro Parlapatões, Patifes & Paspalhões. Durante os onze anos em que integrou o grupo, produziu e atuou em todos os espetáculos relativos ao período. Seu primeiro trabalho solo, "Pelada na Rua", percorreu países como França, México, Venezuela e Argentina. Em parceria com Ney Piacentini, criou e coordenou a Mostra Latino-Americana de Teatro de Grupo, realizada pela Cooperativa Paulista de Teatro, durante suas oito primeiras edições. Atualmente, dedica-se ao projeto Condomínio Cultural Mundo Novo, que visa a criação de um complexo multidisciplinar na Vila Anglo Brasileira, em São Paulo, e circula com o espetáculo "O Senhor das Chaves".

ATIVIDADES EXTERNAS E NA REGIÃO
CULTURA TRADICIONAL E CONTEMPORANEIDADE
O CATIRA: CICLO DE ESTUDOS SOBRE CULTURA TRADICIONAL E CONTEMPORANEIDADE
O ciclo promove a reflexão sobre a inserção da cultura tradicional no contexto contemporâneo, abordando questões como resgate, preservação, renovação, alteridade, trocas e influências mútuas. Entre março e junho, a programação é composta por ações efetivas com a temática do Catira, e compreendem discussões, encontros, oficinas e apresentações da dança em Araçatuba, Buritama, Pereira Barreto e Piacatu. Com o apoio da Lalucci Filmes, o videomaker Rogério Scaramal documentará as atividades do ciclo para o curta-metragem “Catirando – Panorama do Catira na Região de Araçatuba”, que será disponibilizado on-line a partir de 30 de junho.
Parcerias:

Secretaria Municipal de Cultura de Araçatuba

Prefeitura Municipal de Buritama

Prefeitura Municipal de Pereira Barreto

Prefeitura Municipal de Piacatu

Centro de Tradições Culturais de Araçatuba

Lalucci Filmes

Casa Caiada Produções


Programa:
PAINEL: CATIRA E RESGATE DA TRADIÇÃO CULTURAL

Debatedores: Edson Fontes, Tião Camargo, Fernanda Colli, Hélio Consolaro e Cláudia Colli

19/3 – quinta-feira – 19h às 21h

Público: educadores, pesquisadores, agentes da cultura popular, dirigentes municipais, produtores culturais e demais interessados no tema

200 lugares

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, 29 – Centro – Araçatuba


O Catira será o fio condutor deste debate, no qual os convidados compartilharão experiências e reflexões sobre a importância do resgate das tradições para a promoção e salvaguarda da cultura popular na contemporaneidade.
Edson Fontes é responsável por um dos principais grupos de catira do Brasil: Os Favoritos da Catira. Em atividade há mais de 30 anos, o grupo de Guarulhos é referência nacional em cultura popular.
Tião Camargo é um dos fundadores e atual presidente do Clube da Viola de Bauru, que desenvolve projetos de valorização da tradição cultural. Defensor da cultura popular há mais de 30 anos, criou a rádio web Saudade Sertaneja.
Fernanda Colli é diretora artística e produtora do grupo de catira Novos Araçás, de Araçatuba. Coordena o Ponto de Cultura Catira na Escola e ministra atividades de formação que resgatam manifestações folclóricas da região.
Hélio Consolaro é professor, escritor e atual Secretário Municipal de Cultura de Araçatuba.
Cláudia Colli é presidente do Centro de Tradições Culturais de Araçatuba, que reúne catira, folia de reis, violeiros, seresteiros, comitivas e berranteiros. Sua atuação na defesa da cultura popular originou o grupo de catira Novos Araçás, inseriu o município no circuito da Queima do Alho e vitalizou a sede do Centro.

APRESENTAÇÃO DE CATIRA: GRUPO DO CLUBE DA VIOLA

19/3 – quinta-feira – 21h

200 lugares

Classificação: livre

Local: Teatro Municipal Castro Alves: Rua Duque de Caxias, 29 – Centro – Araçatuba


O grupo de catira do Clube da Viola de Bauru é composto por 12 integrantes. A entidade, voltada à cultura caipira, foi fundada há 25 anos e mantém o Ponto de Cultura Acordes da Viola.

OFICINA CATIRANDO: FORMAÇÃO DE GRUPOS DE CATIRA

Coordenação: Fernanda Colli
Esta oficina, a ser realizada em Buritama, Pereira Barreto e Piacatu, abordará história, tradição, técnicas, passos e música do Catira, e tem o objetivo de incentivar a formação de novos grupos do gênero na região. As coreografias criadas pelos participantes no decorrer dos encontros serão apresentadas na Mostra Catirando em Araçatuba, no dia 21 de junho.
Fernanda Colli é diretora artística e produtora do grupo de catira Novos Araçás, de Araçatuba. Coordena o Ponto de Cultura Catira na Escola e ministra atividades de formação que resgatam manifestações folclóricas da região.
Informações gerais:

Público: agentes da cultura popular e demais interessados a partir de 14 anos

Seleção: primeiros inscritos

30 vagas por município


Programa por cidade:
BURITAMA

21/3 a 20/6 – sábados – 9h às 12h (exceto 4 e 18/4, 2/5 e 6/6)

Inscrições: 10 a 20/3

Local: Anfiteatro Elídio Rodrigues: Praça Dom Lafaiete Líbano, 16 – Centro


PEREIRA BARRETO

20/3 a 19/6 – sextas-feiras – 19h às 22h (exceto 3 e 17/4, 1/5 e 5/6)

Inscrições: 10 a 19/3

Local: Casa da Cultura Aristeu Custódio Moreira: Rua Dermival Franceschi, s/n° – Centro


PIACATU

21/3 a 20/6 – sábados – 14h às 17h (exceto 4 e 18/4, 2/5 e 6/6)

Inscrições: 10 a 20/3

Local: Piacatu Clube: Avenida Tiradentes, 633 – Centro

ENCONTRO COM ANTÔNIO FILOGÊNIO: PRÁTICA DE PRESERVAÇÃO DA CULTURA POPULAR
Antônio Filogênio apresenta seu trabalho de resgate da cultura popular desenvolvido na região de Piracicaba. No formato de bate-papo com o público, Filogênio discorre sobre suas experiências e conversa sobre as dificuldades na preservação dessa cultura, propiciando orientação aos interessados em formar ou retomar um grupo de catira.
Antônio Filogênio, pós-graduado em Ensino de Filosofia e mestre em Educação, é professor universitário e funcionário da Prefeitura de Piracicaba, na Biblioteca Pública Municipal e Centro de Documentação, Cultura e Política Negra. É membro do Projeto Casa de Batuqueiro, que promove a preservação e a prática do Jongo, Samba-Lenço e Batuque de Umbigada.
Informações gerais:

Público: participantes da “Oficina Catirando: Formação de Grupos de Catira”, educadores, pesquisadores, agentes da cultura popular, dirigentes municipais, produtores culturais e demais interessados a partir de 14 anos

Seleção: primeiros inscritos

30 vagas por município


Programa por cidade:
BURITAMA

11/4 – sábado – 9h às 11h

Inscrições: 10/3 a 10/4

Local: Anfiteatro Elídio Rodrigues: Praça Dom Lafaiete Líbano, 16 – Centro


PEREIRA BARRETO

10/4 – sexta-feira – 19h às 21h

Inscrições: 10/3 a 9/4

Local: Casa da Cultura Aristeu Custódio Moreira: Rua Dermival Franceschi, s/n° – Centro


PIACATU

11/4 – sábado – 14h às 16h

Inscrições: 10/3 a 10/4

Local: Piacatu Clube: Avenida Tiradentes, 633 – Centro

MOSTRA CATIRANDO E APRESENTAÇÃO DO GRUPO NOVOS ARAÇÁS

21/6 – domingo – 10h

Atividade aberta

Local: Praça João Pessoa – Centro – Araçatuba


A Mostra Catirando apresenta as coreografias criadas pelos participantes da “Oficina Catirando: Formação de Grupos de Catira”, realizada nas cidades de Buritama, Pereira Barreto e Piacatu. Após a exibição dos resultados das oficinas, o evento culminará com a apresentação do grupo de catira Novos Araçás. Referência nacional para catireiros e apreciadores do gênero, Novos Araçás participou de grandes eventos – como a Festa do Peão de Barretos e o Festival Internacional do Folclore de Olímpia – e do programa “Viola, Minha Viola”, da TV Cultura. No último ano, figurou entre os principais grupos de catira do Brasil no livro e DVD “Catira – Uma Tradição de 450 Anos”, da Fundação Cultural de Uberaba.

ATIVIDADES NA REGIÃO
AÇÕES REGIONAIS INTEGRADAS
ARTES PLÁSTICAS

WORKSHOP DE PAPEL MACHÊ: DO RESÍDUO AO PROCESSO DE CRIAÇÃO

Coordenação: Mára Cristina Malaquias


Teórica e prática, a atividade abordará a funcionalidade reciclável e ambiental do papel machê para a criação de obras artísticas, utilitárias, decorativas e educacionais. Por meio do estímulo à exploração da versatilidade dos materiais disponíveis, o workshop pretende desenvolver no participante sua sensibilidade artística diante de poucos recursos.
Mara Cristina Malaquias é graduada com ênfase em Artes Visuais e pós-graduada em Arte, Educação e Terapia. Há mais de 15 anos, ministra aulas de artes plásticas em ateliês e expõe suas obras em salões da região de Araçatuba, Goiás e Mato Grosso do Sul. Durante três edições consecutivas (1999, 2000 e 2001), foi vencedora do Mapa Cultural Paulista.
Informações gerais:
Público: interessados em geral a partir de 12 anos

Seleção: primeiros inscritos

20 vagas por cidade
Programa por cidade:
AURIFLAMA

12, 19 e 26/6 – sextas-feiras – 13h às 17h

Inscrições: 7/4 a 11/6

Local: Centro Cultural Profª. Nilda Maraldi de Oliveira Sbroggio - Rua João Pacheco de Lima, s/nº – Centro – Auriflama (SP)


SANTO ANTÔNIO DO ARACANGUÁ

12, 19 e 26/6 – sextas-feiras – 18h às 22h

Inscrições: 7/4 a 11/6

Local: Departamento Municipal de Cultura: Rua Papa João XXIII, 214 – Centro – Santo Antonio do Aracanguá (SP)



TEATRO

WORKSHOP: INTRODUÇÃO À MAQUIAGEM TEATRAL

Coordenação: João Mendes


A atividade abordará a importância da maquiagem cênica no processo de montagem de um espetáculo e seu impacto na construção da personagem. O workshop pretende apresentar história, conceitos e realizar exercícios práticos de técnicas de criação. Será disponibilizada uma apostila digital para cada participante.
João Mendes é graduado em Educação Artística, com habilitação em Artes Cênicas. Iniciou sua carreira há mais de 15 anos e, desde então, fundou, dirigiu e atuou em grupos de teatro nas cidades de Bauru e Cafelândia. Atualmente, dedica-se à coordenação de atividades formativas de iniciação e maquiagem teatral em prefeituras e instituições, como SENAC.
Informações gerais:
Público: interessados a partir de 14 anos

Seleção: primeiros inscritos

20 vagas por cidade
Programa por cidade:
BILAC

13, 14 e 15/5– quarta, quinta e sexta-feira – 18h às 22h

Inscrições: 7/4 a 12/5

Local: Centro Cultural e Educacional Prof°. João Chaim Rezek Filho: Rua Sete de Setembro, n° 645 – Centro – Bilac (SP)


BIRIGUI

20, 21 e 22/5 – quarta, quinta e sexta-feira – 18h às 22h

Inscrições: 7/4 a 19/5

Local: Centro de Referência da Juventude: Rua Roberto Clarck, n° 236– Centro – Birigui (SP)



MIRANDÓPOLIS
MÚSICA

SHOW: CIGARROS INDIOS

Banda Cigarros Indios

23/5 – sábado – 20h

Público: livre

Local: Clube Atlético Mirandópolis: Rua Senador Rodolfo Miranda, n° 1610 – Centro – Mirandópolis (SP)
O show é composto por um repertório de rock internacional e versões do gênero para músicas brasileiras. Num flerte com o jazz, a MPB e o funk, apresenta releituras improváveis que passam por Maria Rita, Marisa Monte e podem chegar até a agressividade visceral de Jimi Hendrix.
A formação da banda Cigarros Indios traz Ainê Mendonça (voz e gaita), Herivelto Medeiros (contrabaixo), Tico (bateria) e Ricardo Storti (guitarra e backing vocal). Fundada em Araçatuba no ano de 2012, é reconhecida pela ousadia do repertório e sucesso de sua turnê, que já circulou por instituições como SESC e SESI.

Rua Mauá, 51 – Luz - São Paulo/SP PABX: (11) 3339-8000



CEP: 01028-900 www.cultura.sp.gov.br


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal