História Oral: Teoria e Metodologia



Baixar 11.53 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho11.53 Kb.
Seminario de Doctorado: “História Oral: Teoria e Metodologia”

Profesor: Dr. Marcos Fábio Freire Montysuma (Universidade Federal de Santa Catarina)


Carga Horaria: 36 horas

Inicio: 9 de noviembre de 2010

Días y horarios: 9, 10, 11, 15, 16, 17, 22, 23, y 24 de noviembre de 17 a 21 hs.

Aulas: 9, 10 (aula 8)

11, 15, 16 (aula 6)

17, 22, 23, 24 (aula 8)

INTENSIVO

Tel. 4433-5925 / 4432-0606, interno 105. E-mail: comunicaciones.posgrado@filo.uba.ar

Ementa/sumário:

Desenvolver uma reflexão acerca do trabalho do historiador e da utilização de entrevistas orais, privilegiando o debate da memória e as múltiplas relações com outras fontes documentais.

Objetivos:

Esta disciplina visa refletir acerca dos instrumentos teóricos e metodológicos que orientam as discussões em forma e significado na História Oral, envolvendo elaborações da memória; bem como relações éticas para com a narração, interpretação e significado nos relatos obtidos através das fontes orais; bem como possibilidades de análise de aspectos técnicos e questões relativas à elaboração de roteiro básico para entrevistas, de história de vida e temática, normas de transcrição e edição e carta de cessão.

Programa:

1º ENCONTRO

- Memória Individual em Bérgson

TEXTO: Bergson, Henri. Matéria e Memória. Ensaio sobre a relação do corpo com o

espírito. São Paulo. Martins Fontes, 1990. (existe tradução para o español)

2º ENCONTRO:

- Memória Coletiva em Halbwachs

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

TEXTO: Halbwachs, Maurice. A memória coletiva. São Paulo, Vértice/Revista dos

Tribunais, 1990. (existe tradução para o español)

ENCONTRO

- Memória Social em Pollak

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

TEXTO: Pollack, Michel. Memória, esquecimento, silêncio. In: Estudos Históricos, Rio

de Janeiro, n. 3. Memória. (existe tradução para o español)

-----------. Memória e Identidade Social. In: Estudos Históricos, Rio de Janeiro, n. 10, 1992. (existe tradução para o español)

4º ENCONTRO

- As diversas perspectivas de memória em Le Goff

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

TEXTO: GOFF, Jacques le. História e memória, Campinas, Editora da UNICAMP, 1990. (existe tradução para o español)

5º ENCONTRO

- Questões Teóricas e Metodológicas das Entrevistas Orais: a construção do documento

- Uma história da militância na metodologia da história oral

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

TEXTO: Montysuma, M. Um encontro com as fontes em História Oral In Estudos Ibero-

Americanos. PUCRS, v.XXXII, n 1. p. 1-225 junho de 2006. Porto Alegre: EDIPUCR.

(páginas 117 a 125).

PORTELLI, Alessandro. Forma e significado na História Oral. A pesquisa como um

experimento em igualdade in Revista Projeto História nº 14, fev.1997. p. 1-279. (existe tradução para o español)

EDUC. São Paulo.

________ . Sonhos Ucrônicos: memórias e possíveis mundos dos trabalhadores, in

Revista Projeto História nº 10, Programa de Estudos Pós-Graduação em História e do

Departamento de História, PUC/SP, SP, EDUC, 1993.

_________ . O que faz a história oral diferente, igualdade in Revista Projeto História nº

14, fev.1997. p. 1-279. EDUC. São Paulo. (existe tradução para o español)

_________ . A filosofia e os fatos – Narração, interpretação e significado nas memórias

e nas fontes orais. Tempo, Vol 1, nº 2, dezembro de 1996, p.59-72. Ed. Relume Dumará.

Rio de Janeiro.

6º ENCONTRO

- Os usos da metodologia da História Oral no Brasil

- Dimensões Técnicas das Fontes Orais em Projetos de História

- Construção de acervos de fontes orais

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

TEXTOS:


Alberti, Verena. História Oral. Rio de Janeiro: Editora da FGV. 1990.

Ferreira, Marieta de Moraes & Janaina Amado.(Org.) Usos & Abusos da História Oral.

Rio de Janeiro. Fundação Getúlio Vargas Editora, 1996.

Teixeira, Carlos Corrêa. Seringueiros e Colonos em Rondônia: Formas de Vida,

Modificações Ecológicas e Visões de Natureza in Margem - Revisitando o Brasil.

São Paulo, EDUC, FAPESP, 1997.

7º ENCONTRO

- Discussão das pesquisas dos alunos a partir das leituras apresentadas no seminário

- Avaliação e Encerramento das atividades.

E-mail: mmontysuma@gmail.com



Para anular su suscripción ingrese a http://listas.filo.uba.ar/cgi-bin/mailman/listinfo/listaclio. Para enviarnos una información hágalo a listaclio@listas.filo.uba.ar, sin adjuntos por favor. Para cualquier otra consulta, escríbanos a clio@filo.uba.ar


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal