História questão 01



Baixar 316.45 Kb.
Página1/3
Encontro27.07.2016
Tamanho316.45 Kb.
  1   2   3
HISTÓRIA

Questão 01
Leia o texto abaixo com atenção.
Nossa forma de governo não se baseia nas instituições dos povos vizinhos. Não imitamos os outros. Servimos de modelo para eles. Somos uma democracia porque a administração pública depende da maioria, e não de poucos. Nessa democracia, todos os cidadãos são iguais perante as leis para resolver os conflitos particulares. Mas quando se trata de escolher um cidadão para a vida pública, o talento e o mérito reconhecidos em cada um dão acesso aos postos mais honrosos. [...] Usamos a riqueza como um instrumento para agir, e não como motivo de orgulho e ostentação. Entre nós, a pobreza não é causa de vergonha. Vergonhoso é não fazer o possível para evitá-la. Todo o cidadão tem o direito de cuidar de sua vida particular e de seus negócios privados. Mas aquele que não manifestar interesse pela política, pela vida pública, é considerado um inútil. Em resumo, digo que nossa cidade é uma escola para toda Hélade, e cada cidadão ateniense, por suas características, mostra-se capaz de realizar as mais variadas formas de atividade.
TUCÍDEDES. História da Guerra do Peloponeso. Brasília/São Paulo: UnB/Hucitec, 1986,
cap. 37-41, Livro II.
Com base neste texto do historiador ateniense Tucídedes e sobre história antiga ocidental, é CORRETO afirmar que:
01. Atenas era considerada um modelo de cidade para todo o Império Romano.

02. a riqueza mencionada por Tucídedes era vista como ingrediente necessário para projetar a cidade de Atenas no cenário do mundo antigo.

04. o texto evidencia que todos os cidadãos deviam interessar-se por política para não serem considerados inúteis.

08. a mobilização em busca de riqueza era mais importante para a democracia do que o debate político, visto que a riqueza era “... um instrumento para agir.”

16. os postos administrativos de destaque na cidade de Atenas estavam vinculados à quantidade de bens que o cidadão ateniense possuía.

32. de acordo com Tucídedes, os povos vizinhos de Atenas eram seus imitadores. Podemos concluir que, dada à proximidade geográfica, Esparta adotou este modelo.

64. pobreza e riqueza não podiam existir paralelamente na cidade de Atenas, razão pela qual devia haver um esforço para evitar a pobreza.



Questão 02
Leia o texto abaixo com atenção.
No século XVIII os limites territoriais entre as áreas coloniais portuguesas e espanholas na América ainda eram imprecisos e, apesar dos diferentes acordos assinados, houve conflitos entre os reinos ibéricos. Os lusitanos avançaram no território espanhol e incorporaram áreas que atualmente fazem parte da região sul do Brasil, atitude que desagradou as autoridades espanholas. Diante da situação, portugueses e espanhóis assinaram o Tratado de Santo Ildefonso, em 1777.
Sobre o referido Tratado, é correto afirmar que:
01. reafirmava os limites estabelecidos pelo Tratado de Madrid e as formas de demarcação dos mesmos.

02. estabelecia as normas do processo de permuta entre a Colônia do Sacramento e a região dos Sete Povos das Missões, que passaram a pertencer a Portugal.

04. tinha como objetivos estabelecer a paz e limites mais precisos entre as áreas pertencentes a Espanha e Portugal.

08. ao firmar o tratado, os portugueses perderam a Colônia do Sacramento e a área dos Sete Povos das Missões.

16. foi vantajoso para os lusitanos pois, além de manter o controle sobre a Colônia do Sacramento, agregava a região dos Sete Povos das Missões.

32. as demarcações realizadas tornaram os limites entre os territórios espanhóis e portugueses mais precisos e restabeleceram a paz entre os reinos.




Questão 03
Sobre a história da utilização de energia no Brasil, é correto afirmar que:
01. na década de setenta o mercado automotivo brasileiro recebia os primeiros carros movidos a álcool.

02. entre os séculos XVI e XIX utilizava-se no Brasil somente a energia hidráulica.

04. a Itaipu Binacional, que entrou em operação na década de setenta, fornece mais da metade da energia elétrica consumida no Brasil.

08. Florianópolis foi a cidade brasileira pioneira na utilização de energia elétrica com a inauguração da usina Rita Maria no século XIX.

16. os poços de petróleo descobertos no território nacional na década de quarenta transformaram, a partir de então, o Brasil num país autossuficiente em petróleo.

32. as primeiras descobertas de reservas petrolíferas nas rochas da camada pré-sal ocorreram no litoral brasileiro e foram anunciadas na primeira década do século XXI.





Questão 04
Leia o texto abaixo com atenção.
Durante cinco anos, a partir de 1865, Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai envolveram-se em um conflito armado com resultados trágicos para todos os participantes [...]. Alguns historiadores se referem às consequências da Guerra do Paraguai com a expressão genocídio americano.
MURARO, V. F. História de Santa Catarina para ler e contar. Florianópolis: Cuca Fresca, 2003. p. 68.
Com base no texto e sobre a Guerra do Paraguai, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).
01. As forças militares do Brasil, Argentina e Uruguai, numericamente superiores, encontraram pouca resistência das tropas paraguaias para detê-las.

02. Declarada a guerra, Santa Catarina, por sua posição estratégica, serviu de base de operações das tropas brasileiras.

04. O Batalhão dos Voluntários da Pátria foi reforçado com o recrutamento de escravos e imigrantes alemães.

08. Durante a Guerra do Paraguai, as forças navais paraguaias invadiram o porto de Laguna em busca de víveres.

16. Ao acolher os feridos nas batalhas, áreas da cidade do Desterro foram contaminadas e, a partir de então, as epidemias se tornaram frequentes na Ilha de Santa Catarina.

32. As causas da guerra foram econômicas, pois o Paraguai do século XIX era a maior potência da região porque tinha acesso privilegiado a vários portos marítimos.




Questão 05
Na última Copa do Mundo, na África do Sul, a mídia rendeu tributo a Nelson Mandela.
Em relação a Mandela e sobre a África do Sul, é CORRETO afirmar que:
01. a liderança de Mandela foi fundamental para combater o apartheid na África do Sul.

02. Mandela não conseguiu combater o apartheid, visto que ficou preso mais de 20 anos numa prisão em Soweto.

04. Mandela iniciou a política do apartheid na África do Sul, a qual se expandiu por todo o continente africano.

08. o apartheid foi uma política adotada por Mandela que reivindicava a ascensão dos negros aos cargos políticos na África do Sul.

16. a África do Sul notabilizou-se por ser um dos maiores produtores de diamantes do mundo.

32. a África do Sul foi palco da Guerra dos Bôeres, na qual os grupos étnicos locais, Utus e Tutsis, entraram em guerra fratricida.



Questão 06
A produção e a comercialização do açúcar foi uma das principais bases econômicas da colonização portuguesa no Brasil.
Sobre este tema, é CORRETO afirmar que:
01. o interesse dos portugueses em produzir açúcar no Brasil estava relacionado aos conhecimentos que estes acumularam por várias décadas com o cultivo da cana e a fabricação de açúcar nas ilhas atlânticas sob seu domínio.

02. as tentativas de ocupação francesa e depois holandesa, no Brasil, ocorreram, em primeiro lugar, em função das descobertas de minas de ouro no interior e, em segundo, devido à produção de açúcar no litoral.

04. a organização social das áreas canavieiras do Brasil gerou uma sociedade escravista em torno do complexo “casa grande e senzala”. Dessa forma, ao contrário da Europa, o Brasil não conheceu uma sociedade aristocrática.

08. a política mercantilista propunha a independência e a emancipação das colônias, o que causou profunda crise no sistema colonial português.

16. a grande quantidade de açúcar produzido no Brasil no período colonial tornava este produto pouco competitivo no mercado internacional, razão pela qual foi substituído pelo café como principal produto de exportação.

32. para desenvolver a economia açucareira, Portugal precisou recorrer a banqueiros e mercadores holandeses, os quais financiavam a instalação de engenhos, a aquisição de escravos, o transporte e a distribuição do produto na Europa.



Questão 07

Em relação à história de Santa Catarina, é CORRETO afirmar que:


01. durante a Revolução Federalista muitas lideranças políticas foram executadas na Ilha de Anhatomirim.

02. durante o governo Vargas, as colônias alemãs e italianas experimentaram expressiva consolidação em função do apoio dado pelo Estado Novo.

04. as indústrias alimentícias e o agronegócio se consolidaram em Santa Catarina, especialmente através da contribuição do latifúndio.

08. na história da arte destaca-se Victor Meirelles, autor do conhecido quadro “A Primeira Missa no Brasil”.

16. o político Nereu Ramos destacou-se no cenário nacional, colocando-se abertamente ao lado dos imigrantes alemães e seus descendentes.

32. considerando a sua pequena extensão territorial, a economia extrativista da madeira e da erva-mate foi inexpressiva para a economia catarinense.

64. a Oktoberfest de Blumenau tornou-se forte destino turístico, especialmente após a grande enchente de 1983 no vale do Itajaí-Açu.

Questão 08

Alta fertilidade humana, forte seleção biológica e ausência de oportunidades de emprego para os sem-terra teriam que ocasionar o apelo à migração numa desesperada luta pela sobrevivência. Assim, a grande região seca brasileira passou a ter o papel histórico de fornecer mão de obra barata para quase todas as outras regiões detentoras de algum potencial de emprego. Nordestinos de todos os recantos mobilizaram-se nas mais variadas direções, seguindo a vaga de cada época. Para a Amazônia, nos fins do século passado e início do atual. Para São Paulo, desde a década de 1930. Para Brasília, nos anos 60. Para o norte do Paraná e São Paulo, por todo o tempo, sobretudo depois da construção da estrada Rio-Bahia. Finalmente, para o norte de Goiás, às margens da Belém-Brasília, a Transamazônica e, para o sul do Pará, nos anos 70.
AB’SABER, Aziz Nacib. Sertões e sertanejos: uma geografia humana sofrida. Revista Estudos Avançados. São Paulo: IEA/USP, n. 36, p. 26-7, maio/ago. 1999.
Com base no texto acima e sobre a migração no Brasil, é CORRETO afirmar que:
01. fenômenos climáticos e ambientais conseguem interferir na história humana, originando movimentos migratórios e mudando o perfil de muitas comunidades.

02. a “indústria da seca” é uma expressão relacionada com a transferência de volumosos recursos públicos para as áreas afetadas pela seca no Nordeste, mas que não resolvem o problema da população atingida. Ao contrário, favorecem empreendedores que enriquecem com a referida indústria.

04. a partir dos anos 70, em função dos grandes investimentos governamentais no Nordeste, foi possível barrar os fluxos migratórios e, hoje, não se verifica mais migração de nordestinos para outras regiões do Brasil.

08. o norte do Paraná atraiu imigrantes nordestinos com mais intensidade nos anos 60, motivados pela cultura da soja, a qual exigia grande volume de mão de obra.

16. a modernização da agricultura no Brasil, com seguidas quebras de recordes de produção, tem exigido mais trabalhadores no campo, freando, assim, os movimentos migratórios para as cidades.

32. a transposição das águas do rio São Francisco é atualmente uma das maiores obras e visa, basicamente, regularizar o regime de águas, revitalizando o rio, com vistas a recompor seu equilíbrio ecológico.





Questão 09

A Anti-Slavery Internacional, organização não-governamental que atua no combate à escravidão no mundo contemporâneo, considerava que cerca de 25 milhões de pessoas eram vítimas do trabalho escravo em 2003. Dentre essas pessoas haveria trabalho infantil, exploração sexual e trabalhadores escravizados por dívida. Nesse mesmo ano, conforme a Comissão Pastoral da Terra (CPT), aproximadamente 25 mil pessoas estariam vivendo nessas condições no Brasil.
CATELLI JUNIOR, Roberto. História – Texto e Contexto. São Paulo: Editora Scipione, 2007. p. 268.
Sobre o tema escravidão, é CORRETO afirmar que:
01. a partir de 1888, com a Lei Áurea, foram criadas condições especiais para que os libertos pudessem ingressar no mercado de trabalho, especialmente no meio rural com a distribuição de terra a ex-escravos.

02. dada à tradição de liberdade, a população indígena no Brasil nunca pode ser submetida à escravidão, optando-se, então, pela compra de negros da África.

04. no Brasil do século XXI ainda existem pessoas que vivem em condições de escravidão, tanto em grandes fazendas quanto no meio urbano.

08. em função das políticas de inclusão adotadas no Brasil nos últimos anos, as diferenças salariais desapareceram quando comparados os salários entre brancos e negros.

16. hoje, a escravidão existente se relaciona diretamente a preconceitos étnicos e de cor, não tendo nenhuma relação com as condições sociais e a distribuição de renda.

32. conflitos entre as várias tribos no continente africano fizeram com que negros escravizassem outros negros, vendendo-os como mercadorias.





Questão 10

Disponível em: www.beneti.com.br/?p=29

Acesso em: 23 nov. 2010.

O quadro acima reproduzido – Guernica – de Pablo Picasso, datado de 1937, representa o bombardeio da força aérea alemã à pequena cidade de Guernica.


Em relação ao período entre as duas guerras mundiais (1919-1939), é CORRETO afirmar que:
01. foi um período de fortalecimento das ideias democráticas e liberais no ocidente.
02. nazismo e fascismo foram ideologias antagônicas que se formaram na Europa no período entre guerras.
04. forças militares alemãs testaram suas novas armas na Espanha, combatendo a favor das tropas do General Francisco Franco.
08. as diversas dificuldades que surgiram após o término da Ia Guerra, o avanço das ideias socialistas como reflexo da Revolução Russa (1917) e a crise do capitalismo internacional favoreceram o avanço de ideias e partidos totalitários.
16. as ideias republicanas foram vitoriosas em alguns países, com destaque para Portugal.
32. os sindicatos de trabalhadores, urbanos ou rurais, experimentaram importantes vitórias políticas nos países ibéricos.



GEOGRAFIA
Questão 11
Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) sobre a rede urbana catarinense.
01. A partir do século XIX, principalmente com a colonização estrangeira, o território catarinense viu surgir uma série de núcleos urbanos diferenciados.

02. As cidades teuto-brasileiras do Vale do Itajaí tiveram um crescimento linear e radial ao longo dos eixos paralelos aos cursos d’água. Os antigos caminhos estruturam hoje o sistema viário destes municípios.

04. Desde seu surgimento, as cidades catarinenses sempre tiveram uma população rural menor que a população urbana.

08. Considerando a hierarquia urbana brasileira, as cidades de Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó, em função dos serviços e infraestrutura oferecidos, são classificadas como Capitais Regionais.

16. A migração urbana-urbana, sobretudo da população das cidades da Mesorregião Serrana em direção às cidades da Microrregião do Tabuleiro, contribuiu significativamente para o aumento da favelização.

32. As cidades catarinenses de Florianópolis, Joinville e São José são consideradas modernas, principalmente porque se especializaram em determinados setores da economia.






Questão 12
A Geografia Política atual foca o interesse nos processos ligados às formas de gestão do território, examinando mais de perto as engrenagens da atividade estatal, formulando e pondo em prática políticas públicas territoriais.
Assinale a(s) proposição(ões) que caracteriza(m) de forma CORRETA o entendimento dos movimentos geopolíticos na atualidade.
01. A China pode ser considerada um novo ator nas relações econômicas, políticas e militares, desbancando os Estados Unidos como “polícia do mundo”.

02. As guerras travadas pelos Estados Unidos da América nos últimos anos (Iraque, Afeganistão etc.) têm surtido efeito positivo quanto à segurança mundial.

04. Qualquer sociedade em qualquer tempo histórico estabelece determinados modos de relação com seu espaço, ou seja, valoriza-o.

08. A União Europeia não tem medido esforços para a entrada da Turquia, pois este país é estratégico para as pretensões de expansão territorial da União Europeia na Europa e fora deste continente.

16. Na maioria dos Estados é a institucionalização do poder político que determina a fixação de limites entre as sociedades-nações; por conseguinte, os conflitos se tornam cada vez mais internacionais.

32. No mundo contemporâneo a dominação de um império não se dá apenas pela influência geográfica e/ou militar, mas também pela supremacia nas redes econômicas, pelos fluxos financeiros, pelas inovações tecnológicas, pelas trocas comerciais etc.



Questão 13
Brasil, mostra tua cara
Pesquisas apontam que a consolidação da democracia tem colaborado com sensíveis melhoras nos índices econômicos e sociais – mas falta muito para superar o velho carma da desigualdade.
Adaptado de: Dieguez, Flávio. Discutindo Geografia. São Paulo: Escala, p. 35, Ano 4, n. 20 [s.d].
Com relação ao exposto acima, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
01. A sociedade brasileira está se modernizando: avança especialmente no mundo virtual e, consequentemente, essas melhorias acessíveis a toda a população implicam melhorias na saúde e no saneamento básico.

02. A colonização de exploração é um fator a ser considerado na análise do processo de exclusão no Brasil. A segregação inicial entre colonizador e colonizado já implicava uma forma de exclusão.

04. No Brasil, com a distribuição mais justa da renda nos últimos anos, as pessoas mais jovens e com renda inferior a um salário mínimo passaram a ter mais acesso a consultas médicas e odontológicas junto à rede privada de saúde.

08. Atualmente, no Brasil, assim como em vários países do mundo, há, de forma geral, um inchaço do setor secundário (catadores de lixo, técnicos em informática etc.). Isto é, existe grande quantidade de trabalhadores sem nenhuma qualificação que vivem da economia formal.

16. A exclusão social pode levar à formação de verdadeiros estados paralelos em áreas dominadas pelo crime organizado, o que gera inúmeras formas de violência, que atingem parcela significativa da sociedade.

32. No Brasil, é comum o indivíduo chegar à idade adulta qualificado profissionalmente, pronto para ingressar na atual era técnico-científico-informacional.





Questão 14

O novo polígono de aglomeração industrial do Brasil e

principais polos tecnológicos














Uberlândia

Belo

Horizonte






São Carlos





Campinas

Santa Rita do Sapucaí








São José dos Campos


Maringá


São Paulo



OCEANO

ATLÂNTICO




Florianópolis




Porto Alegre









Adaptado de: DINIZ, C.C. Desenvolvimento poligonal no Brasil:

nem desconcentração, nem contínua polarização. In: ARAUJO,

Regina; MAGNOLI, Demétrio. Geografia: a construção do mundo

Geografia geral e do Brasil. São Paulo: Moderna, 2005. p. 296.


Com o auxílio do mapa acima e sobre o tema “indústria brasileira”, é CORRETO afirmar que:
01. os principais polos tecnológicos de Santa Catarina estão concentrados na zona fisiográfica do planalto serrano.

02. apesar de apresentar diversos polos tecnológicos, as aglomerações industriais no Paraná estão circunscritas às áreas de fronteira.

04. na região sul estendem-se concentrações industriais cada vez mais integradas às estruturas produtivas e financeiras do Sudeste.

08. as principais aglomerações de polos tecnológicos no estado de São Paulo concentram-se próximas à porção centro ocidental do estado.

16. há nítidos sinais da dispersão industrial, principalmente no estado de São Paulo. Em parte, essa dispersão industrial foi proporcionada pela guerra fiscal travada pelos estados e municípios de outras regiões brasileiras.



Questão 15
O continente africano estende-se aproximadamente entre os paralelos de 37º N e 35º S, o que significa que é atravessado praticamente no centro pela linha do equador.
Adaptado de: ARAUJO, Regina; MAGNOLI, Demétrio. Geografia: a construção do mundo – Geografia geral e do Brasil. São Paulo: Moderna, 2005. p. 528.
Sobre o continente africano, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
01. De acordo com a sua posição latitudinal, é possível identificar uma sucessão de domínios naturais como estepes, vegetação mediterrânea, florestas tropicais, florestas equatoriais, entre outros.

02. De modo geral, pode-se afirmar que as atividades econômicas do continente africano não são muito diversificadas, com limitado uso de inovações e afetando consideravelmente a renda das populações locais.

04. Considerando os seus extremos de latitude, o continente africano sofre a influência, sobretudo da massa tropical continental.

08. A pecuária no continente africano é bastante moderna, pois praticamente toda a produção é exportada para os exigentes mercados europeus.

16. A baixa expectativa de vida, a subnutrição e a fome estão relacionadas a catástrofes naturais e não à falência das estruturas de poder político.



Questão 16
A Terra pode ser compreendida como uma gigantesca máquina mantida pela energia solar, sua principal fonte de vida. [...] Os fluxos de energia circulam pelo ambiente terrestre, um enorme sistema subdividido em sistemas menores. Dentre os principais subsistemas naturais podemos destacar a litosfera, a hidrosfera, a atmosfera e a biosfera.
Texto adaptado de: KRAJEWSKI, Ângela Corrêa, et. al. Geografia: pesquisa e ação. São Paulo: Moderna, 2005. p. 28.

Sobre os subsistemas terrestres, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


01. A estrutura atual dos continentes apresenta quatro tipos de massas rochosas. O primeiro deles são os terrenos de consolidação muito antiga denominados de escudos.

02. Na zona superficial do mar, onde a luz é insuficiente para a realização da fotossíntese, a diversidade de seres vivos é pequena.

04. É na troposfera que ocorrem os fenômenos atmosféricos mais importantes para a manutenção da vida e dos fluxos de energia no sistema terrestre.

08. As transformações provocadas pelos agentes antrópicos, endógenos e exógenos que ocorreram na exosfera formaram concentrações de minérios na litosfera.

16. Um dos mecanismos que afetam a dinâmica natural da biosfera é a variação da temperatura por meio dos níveis atmosféricos de CO2 e vapor d’água.

32. De toda a água da Terra, aproximadamente 70% é considerada potável, de consumo imediato e suas maiores reservas estão restritas à zona glacial polar nos chamados países do Eixo Norte.




Questão 17
O processo de colonização da América define, de modo geral, as grandes desigualdades socioeconômicas da América Latina nos dias atuais.
Sobre a América Latina, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
01. Os europeus que ocuparam e colonizaram a América pertenciam a dois diferentes grupos linguísticos e culturais: os anglo-saxões e os latinos.

02. Na ocupação da América Latina a mecanização trazida pelos colonizadores não revolucionou o modo de produzir na agricultura, nem na indústria.

04. As necessidades de expansão territorial dos Estados Unidos visavam basicamente manter o domínio sobre os povos indígenas e latinos.

08. A qualificação de algumas cidades latino-americanas como “cidades globais” não as põe em situação de igualdade com as outras cidades da rede e nem mesmo entre elas próprias. Há uma hierarquia das cidades nessa rede.

16. A América Latina vive um momento de grande expansão internacional de suas empresas, contrariando a tese de que esta seria uma região extremamente pobre e sem condições de alavancar seus processos internos de desenvolvimento econômico.



Questão 18
A cobertura vegetal original do estado  de Santa Catarina compreende dois tipos de formação: florestas e campos. As florestas, que ocupavam 65% do território catarinense, foram bastante reduzidas por efeito de  devastação. As florestas nas áreas do planalto serrano apresentam-se sob a forma de florestas mistas de coníferas (araucárias) e latifoliadas e, na baixada e encostas da  Serra do Mar, apenas como floresta latifoliada. Os campos ocorrem como manchas dispersas no interior da floresta mista. Os mais importantes são os de  São Joaquim, Lages, Curitibanos e Campos Novos.

Texto adaptado de: ATLAS ESCOLAR DE SANTA CATARINA. Secretaria de Estado de

Coordenação Geral e Planejamento. Subsecretaria de Estudos Geográficos e
Estatísticos. Rio de Janeiro: Aerofoto Cruzeiro, 1991. p. 26.
Imagem disponível em:

Acesso em: 14 set. 2010.


Sobre o assunto acima, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
01. No sul do Brasil as formações de araucárias estão presentes em áreas cuja amplitude térmica é superior a 20 ºC, ou seja, em ecossistemas onde predomina o clima temperado continental.

02. De acordo com a imagem apresentada, conclui-se que se trata de uma formação arbustiva e caducifólia.

04. De acordo com o excerto, as formações aciculifoliadas subtropicais se concentram na zona fisiográfica do planalto serrano.

08. Santa Catarina, em função de suas condições edafoclimáticas, apresenta uma fitogeografia diversificada, como formações florestais, arbustivas e herbáceas.

16. Infere-se do excerto que o desmatamento no planalto serrano catarinense tem na expansão da pecuária leiteira uma de suas causas.
Questão 19

Sobre o Oriente Médio, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).


01. A Unesco, um órgão da Organização das Nações Unidas, declarou Jerusalém como Patrimônio Cultural da Humanidade, pois é uma área que apresenta elementos históricos importantes para diferentes sociedades monoteístas.

02. Os conflitos armados ocorrem no Oriente Médio, sobretudo por conta de reservas de petróleo e pela instabilidade política.

04. Devido ao clima desértico, que torna a área pouco adensada e urbanizada, há uma disputa por territórios mais ricos em recursos minerais.

08. Os atuais conflitos religiosos no mundo árabe estão associados sobretudo à expansão do Protestantismo como dogma do Cristianismo.

16. O petróleo encontrado na região é um fator de forte impulso ao desenvolvimento econômico e de melhorias no campo social, devido à justa distribuição de seus recursos.

32. Uma característica encontrada no Oriente Médio são os traçados artificiais das fronteiras, que os dominadores europeus definiram durante sua ocupação.




Questão 20
As transformações ocorridas entre meados do século XIX e as primeiras sete décadas do século XX foram fundamentais para a sociedade brasileira. No contexto desses eventos, criou-se, no ano de 1960, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que comemora seu cinquentenário neste ano de 2010. Além da formação acadêmica e profissional de milhares de jovens, a UFSC tem contribuído, através de concepções sempre inovadoras, para o bem-estar da sociedade catarinense e brasileira.

Sobre o Brasil e Santa Catarina, da década de 1960 aos dias atuais, é CORRETO afirmar que:


01. a conclusão da malha ferroviária integrando o Oeste catarinense a Florianópolis, na década de 1970, foi fundamental para o escoamento da produção agrícola daquela mesorregião.

02. Santa Catarina não foi poupada do turbilhão de adversidades da chamada década perdida dos anos de 1980. A recessão, em alguns anos, desacelerou a longa trajetória de crescimento que, apesar de cíclica, apresentou durante muito tempo taxas superiores à média nacional.

04. Brasília, assim como a UFSC, é cinquentenária. A função geopolítica de abrigar os órgãos do Estado brasileiro determinou o conjunto urbanístico da capital do Brasil.

08. no cenário pecuário catarinense e brasileiro, as décadas de 1960 e 1970 foram marcadas pelo incentivo à exportação da pecuária de corte, sobretudo dos rebanhos de caprinos e de ovinos.

16. na década de 1960, a reforma agrária do regime militar não contemplou a alteração da estrutura fundiária concentradora, mas a sua manutenção. O Estatuto da Terra criou mecanismos para a desapropriação dos latifúndios e dos imóveis improdutivos.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal