Homenagem especial



Baixar 45.72 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho45.72 Kb.



HOMENAGEM ESPECIAL

50 ANOS SEM MARILYN

Domingo 5 de agosto » A partir das 14h
Loura, voluptuosa, provocante e fatal, dona de um olhar penetrante, sorriso sempre pronto, com uma voz sussurrante e sedutora, Marilyn tinha tudo. Mas quem poderia imaginar que a sua imagem seria tão cultuada meio século após a sua morte?
Norma Jeane Baker começou como modelo revelando algumas das suas qualidades para revistas como a Playboy (foi capa do primeiro número) e como atriz em pequenos, mas inesquecíveis papéis secundários. Com um contrato assinado, a Fox lapidou este diamante e rapidamente a atriz ofuscou as concorrentes, fascinou executivos dos estúdios e deslumbrou o público. Marilyn Monroe entrava em cena.
Ela foi protagonista de sucessos, fracassos e escândalos, o que provocou tantas lágrimas na intimidade quanto risos em público. Cantou para um presidente norte-americano em pleno mandato o “parabéns pra você” mais sugestivo, criticado e depois imitado; procurou o amor em uma longa lista de amantes e maridos famosos; e “foi para a cama” com inocentes gotas de Chanel N°5.
Cinquenta anos depois da sua trágica e misteriosa morte, esta personalidade única continua viva na memória do mundo. Por isso o TCM faz uma grande homenagem a este mito que oferece uma variedade de imagens marcantes e inesquecíveis, com direito à saia que voa e mostra pernas lindas, sorrisos insinuantes e olhos ingenuamente abertos.
Suspirar é humano. Marilyn é divina.
Dom 05/08

14h00 l Nunca Fui Santa / Bus Stop (1956)

15h40 l Como Agarrar um Milionário / How to Marry a Millionaire (1953)

17h20 l O Príncipe Encantado / The Prince and the Showgirl (1957)

19h25 l O Mundo da Fantasia / There’s No Business Like Show Business (1954)

21h40 l O Pecado Mora ao Lado / The Seven Year Itch (1955)

23h40 l Os Homens Preferem as Loiras / Gentlemen Prefer Blondes (1953)

01h30 l O Inventor da Mocidade / Monkey Business (1952)


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


ESTREIA MINISSÉRIE



ANJOS ASSASSINOS

Sábado 18 / Domingo 19 » 19h30
Em 1863 foi travada a maior batalha em terras norte-americanas, e uma das mais sangrentas de toda a história: Gettysburg. O exército confederado iniciou a sua queda nesta jornada épica de três dias sangrentos, coroada pelo ataque desastroso ao Cemetery Hill, um esforço valente mas sem sentido, avançando em campo aberto a 1.200 metros das trincheiras inimigas. Gettysburg significou literal e simbolicamente o auge e o fim do ideal (romântico e obsoleto) que o Sul representava.
O cinema transformou esse ideal em mito com produções como O Nascimento de uma Nação (1915) ou E o Vento Levou (1939). Décadas mais tarde a televisão recriou as jornadas épicas da batalha que mudou o rumo da história com realismo e uma superprodução na minissérie Anjos Assassinos. Baseada no livro ganhador do Pulitzer The Killer Angels, de Michael Shaara, com as interpretações excelentes de Martin Sheen, Tom Berenger e Jeff Daniels entre outros atores, e filmada nos mesmos campos onde os enfrentamentos reais aconteceram, esta minissérie ilustra de modo fascinante as estratégias, os erros e o heroísmo que contribuíram para os resultados da Guerra Civil dos Estados Unidos. O ciclo Minisséries TCM apresenta em agosto outra grande produção do gênero: Anjos Assassinos, um espetáculo emocionante.
REPRISE

Sábado 25 de agosto » 14h

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



ESPECIAL DIA DOS PAIS

Domingo 12 de agosto » A partir das 14h
Sente-se confortavelmente e prepare-se para compartilhar um dia de puro cinema com o seu pai e os heróis de ação de vocês. Um pai que resgata seu filho das selvas do Vietnã, uma corajosa vitória por nocaute e alguém capaz de comer 50 ovos… a melhor tarde de cinema para que nenhuma geração saia do sofá. De Paul Newman a Mel Gibson, de Gene Hackman a Sylvester Stallone. Este ano, você não terá que se preocupar com o presente do seu pai, o TCM se encarregará disso.
Dom 12/08

14h00 l Rebeldia Indomável / Cool Hand Luke (1951)

16h10 l Rocky II - A revanche / Rocky II (1948)

18h10 l Mad Max - Além da Cúpula do Trovão / Mad Max: Beyond Thunderdome (1952)

20h05 l De Volta Para O Inferno / Uncommon Valor (1983)
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



ESPECIAL DE CINEMA



AO RESGATE

Sábados de agosto » 22h
A tensão mais insuportável, a luta contra o tempo e a vida pendendo por um fio… Desde o início, a fórmula do “resgate no último minuto” é uma das ferramentas mais eficazes do cinema para nos deixar aflitos, em alguns dos momentos de suspense mais tensos e inesquecíveis que já passamos na frente da tela.
Com o passar do tempo e com a maturidade do cinema, nem tudo depende mais do herói sempre pronto para resgatar uma heroína atada aos trilhos do trem e nem da chegada, no último minuto, da Sétima Cavalaria. As coisas serão ainda mais antagônicas quando o cinema se concentrar nas incertezas e na psicologia das vítimas e seus carrascos.
O TCM testa seu coração e sua mente com as tramas mais tensas de cativeiros e sequestros. Será que conseguirão juntar o dinheiro do resgate? Pedirão uma prova de vida? O tempo está correndo e ninguém sabe a quem recorrer. Mas não tema: Roman Polanski e Harrison Ford (Busca Frenética – 1988), Mel Gibson e Ron Howard (O Preço de Um Resgate – 1966), Clint Eastwood e Kevin Costner (Um Mundo Perfeito – 1993) e até Walter Matthaw (O Seqüestro do Metrô – 1974) estarão aqui para ajudá-los.
Sáb 04/08

22h00 l O Preço de um Resgate / Ransom (1996)


Sáb 11/08

22h00 l Um Mundo Perfeito / A Perfect World (1993)


Sáb 18/08

22h00 l Busca Frenética / Frantic (1988)


Sáb 25/08

22h00 l O Sequestro do Metrô / The Taking of Pelham One Two Three (1974)


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -


ESTREIA 5ª TEMPORADA



ARQUIVO X

Segunda a quinta » 21h
Enquanto mais perguntas surgem, mais verdades incríveis chegam ao TCM com a quinta temporada de Arquivo X. Mulder e Scully continuam desenterrando os segredos mais bem guardados dos X-files, a seção criada em 1946, na qual o FBI sepultou os casos confidenciais relativos a acontecimentos paranormais. Continuamos mergulhando nos mistérios e conspirações de uma série que, a esta altura, já é um clássico da TV, porque… a verdade está lá fora.

REPRISE


Segunda a quinta » meia-noite

Terça a sexta » 11h
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

30 ANOS


HOMENAGEM A HENRY FONDA

Sábado 11 de agosto » A partir das 14h
Talvez ninguém tenha encarnado o bem na tela como Henry Fonda fez durante cinco décadas. Olhar transparente - mas que de repente podia refletir uma fúria indignada -, andar ereto e digno - que Ford usou de maneira definitiva na apresentação do seu Tom Joad em As Vinhas da Ira (1939) - e uma voz suave que revela um homem sem cinismo. Estas qualidades se destacam não só em As Vinhas da Ira, mas também em seus outros dois filmes assumidamente preferidos: Consciências Mortas (1943) e Doze Homens e uma Sentença (1957).
Em 1968, em Aconteceu no Oeste, Sergio Leone conseguiu dar outro tom ao faroeste (talvez o mais surpreendente de sua extensa lista de perversão do gênero) ao convidar Henry Fonda para o papel do assassino de olhar mais cruel e frio que já nos apavorou no cinema. O star-system nunca tinha sido tão subvertido como nesta corajosa iniciativa de Leone e Fonda.
Trinta anos após a sua morte, o TCM homenageia este grande ator que na vida pessoal soube manter as suas convicções, como faziam os seus personagens, e se tornou um dos maiores mitos do cinema: Henry Fonda.
Sáb 11/08

14h00 l Consciências Mortas / The Ox-Bow Incident (1943)

15h15 l Vinhas da Ira / The Grapes of Wrath (1940)

17h30 l Era Uma Vez No Oeste / Once Upon a Time in the West (1968)

20h20 l Doze Homens e uma Sentença / Twelve Angry Men (1957)
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

100 ANOS DO NASCIMENTO

GENE KELLY

Quarta 22 de agosto » A partir das 14h
Os anos 50 foram anos dourados para os musicais, luxuosos e maravilhosamente escapistas. Gene Kelly deu vida a essa magia. Animando qualquer objeto e enchendo-o de vida, nos musicais com ele a realidade nos sorri e sai para dançar conosco.
Gene Kelly dançou com o seu próprio reflexo, com um desenho animado, um cachorro, uma estátua e um edifício em construção; dançou com um barco em um porto do Caribe, um jornal, uma lata de lixo, patins e, é claro, com um guarda-chuva e uma rua molhada que convidava a levitar.
Em agosto, 100 anos depois do seu nascimento (imagina-se que ele já veio ao mundo esperneando com estilo), o TCM homenageia Gene Kelly, o homem que redefiniu a dança na tela, dando a ela uma inspiradíssima sensibilidade, muita vitalidade e um sorriso de um milhão de dólares.
Qua 22/08

14h00 l Sinfonia em Paris / An American in Paris (1951)

16h00 l Os Três Mosqueteiros / The Three Musketeers (1948)

18h10 l Cantando na Chuva / Singin’ in the Rain (1952)


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -



45º ANIVERSÁRIO



BONNIE & CLYDE – UMA RAJADA DE BALAS

Segunda 13 de agosto » 22h
Bonnie Parker e Clyde Barrow foram – para a lenda, pelo menos – Robin Hood modernos, gângsteres da era da metralhadora e da Grande Depressão que assaltaram os impopulares bancos do sul empobrecido dos Estados Unidos.
A história deles foi filmada várias vezes: Fritz Lang, Nicholas Ray e Joseph Lewis, entre outros, exploraram ou homenagearam o casal que virou mito. Provavelmente porque Bonnie e Clyde eram dois criminosos jovens e atraentes, na gangue Barrow o sex appeal favoreceu a lenda. Warren Beatty e Faye Dunaway entraram com loucura e glamour na dose certa, com duas interpretações únicas na história do cinema. Arthur Penn dirigiu o filme dando uma ênfase especial à violência, conseguindo que desde a alegria temerária do primeiro roubo (em que Beatty e Dunaway começam a brilhar no papel desses assaltantes de bancos comicamente malvados) o público seja invadido por um sentimento de ansiedade e, finalmente, de rejeição: tanto pelo destino inevitável dos nossos heróis como pela violência dos seus atos inicialmente divertidos e glamourosos.
A história do filme foi complicada como a dos seus personagens, mas neste caso com final feliz. Inicialmente desprezada pelo estúdio e ignorada pelo público, esta obra transgressora da moral (contrariando o Código Hays) e da estética (influenciada pela forma livre e improvisada da Nouvelle Vague, o roteiro foi originariamente oferecido a François Truffaut e Jean-Luc Godard) finalmente conquistou um enorme sucesso popular e virou lenda em Hollywood, como Bonnie e Clyde.

As imagens inclusas neste documento têm fins meramente promocionais.



O TCM não outorga nem autoriza a reprodução ou uso delas fora deste documento.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal