Homens mentores



Baixar 0.64 Mb.
Página7/8
Encontro29.07.2016
Tamanho0.64 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8

Divida algum pensamento ou comentário de sua leitura bíblica que tenha sido estimulo ou alento para você:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


MEU CORPO É DELE


I Coríntios 6: 19 – 20: “Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.”
A carta de Paulo à Igreja de Corinto possui mais comentários do que qualquer outra acerca de temas sexuais. Os cristãos em Corinto, parece que tinham alguns problemas nessa área. Paulo escreveu estas palavras a eles: “Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai”. (I Coríntios 5:1)
Há um par de teorias com respeito ao que foi a fonte da carnalidade em Corinto. Pode ter sido uma noção de uma “graça barata”. A graça barata permite a um dizer a si mesmo. “Não estou abaixo da lei mais... Deus me perdoará quando pecar.”Os cristãos do novo testamento também como os cristãos contemporâneos tem sido confundidos ao pensar que de algum modo a graça nos permite ser irresponsáveis com respeito ao pecado.
Outra teoria para os problemas em Corinto gira ao redor de uma má interpretação da relação do corpo e do Espírito. Parece haver sido essa a crença de que o que um faz com seu corpo tem pouco a ver com a condição espiritual. A essa crença é ao que Paulo refere-se de uma forma frontal com sua advertência, “Seu corpo é o templo do Espírito Santo”.”Seu corpo já não lhe pertence”.O que voce faz com o seu corpo é importante. Há uma relação vinculante entre o físico e o espiritual.

Enquanto discutimos de uma maneira sincera acerca de temas sexuais, começamos com esta premissa fundamental de que nosso corpo já não nos pertence. É dEle! Somo templo do Espírito Santo e nossa participação física afeta a nossa maturidade espiritual. Por tanto, glorifiquemos a Deus com nosso corpo. No que tem a ver com a atividade sexual, o que mais lhe agrada a Deus é glorificado e expressar Seu caráter e vontade.


Você crê que entende o conceito de que seu corpo é templo do Espírito Santo e o que você faça com seu corpo é importante?
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
Nem idéia Um pouco Entendo

O LEITO MATRIMONIAL


Hebreus 13:4: “Venerado seja entre todos o matrimonio e o leito se mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará”.
Desde que Deus apresentou Adão a Eva e os uniu como um, o matrimonio tem sido uma prioridade preciosa no coração de Deus. A união conjugal de um homem e uma mulher é um presente de intimidade, prazer e crescimento para ambos. O leito de que a Bíblia usa ilustrações maritais para descrever nossa relação com Deus através de Jesus Cristo deveria advertir –nos de quão importante o matrimonio é para Deus.
Na cultura americana é o matrimonio digno de honra? Cinqüenta por cento dos casamentos termina em divorcio. Dos cinqüenta por cento que permaneça junto. Quantos desfrutam uma relação intima e cheia de vida? O que pertencem a Cristo tem buscado manter a cama matrimonial sem mancha.

Consideremos algumas ações e atitudes que expressam honra ao matrimonio, promovendo uma cama matrimonial sem mancha sem pureza sexual.




  1. Vida Sexual Sacrifical

Efésios 5:25: “Maridos, amai vossas mulheres, assim como Cristo à igreja, e se entregou por ela”.


Homens, dizemos amar nossas esposas. Mas freqüentemente estamos dispostos à ama – lãs o suficiente para ser abnegados em nossa relação sexual? Quão freqüentemente colocamos nossos próprios desejos sexuais sobre as necessidades e desejos de nossas esposas? Tratamos de ser sensíveis e compreensivos com as diferenças masculinas – feminino quando se trata de posturas sexuais? Amando a sua esposa como Cristo amou à igreja significa buscar identificar sua humanidade e estar disposto a ofertar sua vida para enriquecer sua vida. Em poucas palavras, amor sacrifical significa colocar as necessidades de sua esposa na frente da sua.
A Bíblia nunca defendeu que as mulheres sejam objetos de nossa gratificação sexual, sem embargo os homens dolorosamente têm desonrado às mulheres considerando –as como objetos sexuais.
Há vários anos durante a chamada revolução sexual, escutei um reporte nas noticias de uma entrevista que havia sido realizado nos campos universitário. Perguntaram a estudantes universitários sexualmente ativos porque haviam decidido não esperar até o casamento para ter relações sexuais. Mais de noventa por cento das mulheres responderam: “porque eu i amo”. Entre os homens entrevistados, mais de noventa por cento disse: “porque eu gosto”. Seguramente vemos um contraste dramático.
Como homens, tendemos a ver uma relação sexual como algo que “fazemos” enquanto as mulheres o vê como uma expressão íntima e interpessoal. As mulheres “loucas por sexo” nos programas de televisão e filmes geralmente não existem. (Geralmente elas provem do esferográfico criativo de um roteiro feito por um homem).
As mulheres desejam segurança, afeto e comunicação o qual fomenta uma atividade sexual íntima. O fato pela qual a revista Playboy é a número um em vendas entre os homens, enquanto que Melhores Lares e Jardins é a revista número um para as mulheres, é uma clara reflexão de como os homens e as mulheres enfocam as relações sexuais de uma maneira diferente. Como cristãos, esforcemos –nos por alcançar um alto estándar e entregar nossas vidas sacrificialmente e honrar a nossas esposas ante pondo suas necessidades.
Diga de que forma um esposo pode expressar seu amor sacrifical por sua esposa em sua relação sexual:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


2. Consentimento Mútuo

Efésios 5:21: “Submetermos uns aos outros no temor de Deus”.

I Coríntios 7:4: “A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem – no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio, mas tem – no a mulher”.
Um livro que foi extremamente útil para Elaine e para mim quando recém nos casamos e éramos inexperientes em matéria sexual foi o livro do Dr. Ed Wheat, Intended for pleasure. Destinado para o prazer (só de ler o titulo me emocionei)
No livro do Dr. Wheat vi um grande respeito pela relação matrimonial com o sólido conselho em manter a cama matrimonial sem mancilla. Seu livro nos ajudou a ambos a ver a relação sexual como uma intenção de Deus para ter intimidade mutua e prazer.
Ainda que o sexo deve ser desfrutado plenamente. Há atividades sexuais que não são apropriadas inclusas no contexto do matrimonio? Um conselheiro matrimonial não – cristão me disse que ele cria que “qualquer coisa pode passar” sempre e quando ambas as partes consistam. Consideremos alguns princípios para uma vida sexual que honre a Deus e que honre ao cônjuge em nosso matrimonio.
O consentimento mútuo é um ingrediente importante para manter a pureza em nossa atividade sexual. Como uma regra, lhe animaria a evitar qualquer atividade que coloque a sua esposa emocionalmente e fisicamente incomoda. Não faça nada que possa degrada – la.
Como saber o que você faz para ela que a deixa incomodada? Pergunte – lhe! Falei uma vez com um casal que estavam lutando em sua relação sexual. Pela primeira vez, depois de vários anos de casamento, ela disse a seu esposo que a relação sexual era muito dolorosa para ela. Ele ficou surpreendido. Pensaram que você um problema médico que poderia ser corrigido. O problema no fundo, não obstante, foi que não havia existido a habilidade para discutir acerca de “sexo” em seu casamento. Perguntei a esposa o que lhe dava maior prazer. Perguntei se havia algo que a incomodava ou que faça sentir desonrada. A comunicação nos move a fazer um consentimento mutuo, a qual fomenta o respeito, a intimidade e o prazer no leito matrimonial.
Para os cristãos, sem embargo, o consentimento mutuo tem que a ver com mais de duas pessoas. Cristo está envolvido. Devemos submeter um ao outro no temor de Cristo. Não creio que “algo possa passar” sempre e quando ambos o consentem. Que tal ambos consintam trocar casais com os vizinhos? Que tal se você consente tortura física e outras perversões? Isso honra a Cristo? Quando falou do consentimento mutuo entre casais cristãos, estou falando de um acordo de três vias, com Cristo a cabeça.
Perguntou alguma vez a sua esposa se há algo que a faça sentir incomodada durante a relação sexual?

______ Sim ______ Não

Discuta:

________________________________________________________________________________________________________________


Há alguma coisa em sua vida sexual que poderia desonrar a Cristo?

_____ Sim ______ Não _____ Não estou seguro


Discuta:

________________________________________________________________________________________________________________


3. Abstinência mutua

I Coríntios 7:5: “Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai – vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência”.


Algumas vezes é apropriado concordar não ter relações sexuais no casamento. Na epistola aos Coríntios, Paulo a razão da devoção à oração. Que belo tempo dentro do casamento quando o esposo e a esposa estão intimamente unidos em oração para que concordem mutuamente abster –se de ter relações sexuais. Durante este “jejum” ou abstinência sexual o casal esta em um lugar onde se enfoca claramente nos propósito de Deus.

É a oração a única razão apropriada para acordar mutuamente abster –se de ter relações sexuais? Porque o sexo dentro do casamento é sagrado, abnegado e esta em submissão mútua, há ocasiões quando refrear de ter relações está justificado. Há uma razão depois do nascimento de uma criança nasce que é mutuamente sábio abster –se de ter relações. Pode haver outras expressões de atividade sexual, mas a relação provavelmente deveria ser evitada. Consulte seu médico se possui perguntas a respeito a quando retornar a atividade sexual normal. Recorde que sua esposa não somente tem experimentado um grande trauma físico, incluindo o hormonal, mas também um trauma emocional. Trazer honra à união matrimonial, é geralmente um bom tempo para concordar em abster – se mutuamente.


Há ocasiões quando ambos podem estar doentes, esgotados emocionalmente ou fisicamente o qual pode demandar um tempo mútuo e abster –se de ter relações sexuais.
A chave para um consentimento mútuo é uma comunicação saudável e um interesse sincero de um pelo outro. Os casamentos metem –se em problemas quando o esposo ou a esposa decide por si só quando ter relação sexual e quando não. A esposa não deve usar a abstinência sexual para castigar a seu marido como o programa de televisão tão freqüentemente mostra. O marido não deve tentar vingar –se de sua esposa negando a ter relações. Conheci um casal no qual o marido havia mudado para um quarto separado e disse a sua esposa que somente teria sexo quando ele fosse a ela. Ele estava “castigando” por algo que havia feito. A relação sexual é dividir intimamente em unidade. Essa unidade deve ser mutuamente desfrutada – e somente mutuamente excluída.

Indique às vezes em que seria apropriado abster –se de ter relações sexuais quando existe consentimento mútuo?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
4. Livre de fantasias

Provérbios 5:15-19: “Bebe água da tua fonte, e das correntes do teu poço. Derramar –se – iam as tuas fontes por fora, e pelas ruas os ribeiros de águas? Sejam para ti só, e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra –te com a mulher da tua mocidade. Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente”.


Você não necessita de estimulação sexual de outra fonte que não seja sua esposa. Quando a bíblia diz: “bebe a água de tua mesma cisterna, e a abundancia de seu próprio gozo” não está falando acerca da água. Está falando acerca da satisfação sexual. Você desonra a sua esposa e mancha o leito matrimonial quando convida à fantasia a prover de satisfação sexual.
A esposa que descobriu a adição de seu marido à pornografia está ferida e afligida pelo mesmo leito de que seu esposo prefere a imagem de outra mulher que a realidade de sua presença. Se sua vida sexual requer estimulação pornográfica para alcançar satisfação, permita –me animar – lhe a buscar conselho divino. Deus pretende que a esposa que Ele deu seja uma fonte de estimulo sexual.

Faz algum tempo antes que Elaine e eu nos comprometemos, lutar com a forma em que eu era sexualmente estimulado ao ver sua presença. Não estava seguro sem minha luta foi tentação, luxuria ou atração normal. Jejuei e orei e busquei conselho de Deus. Creio que com isto recordei destes versículos em provérbios, “suas caricias te satisfaçam em todo tempo, e em seu amor alegre –te sempre”.Ele estava me dando animo de que forma o bom sexo dentro do casamento ia ser. Dividi estes versos com Elaine (depois que estivemos comprometidos), e ela ruborizou –se. Eu lhe disse que estes versículos eram grandiosos. Eles me diziam a mim que encontraria meu deleite sexual nela e somente nela. Isto é exatamente a maneira que tem sido todos os anos de nosso casamento. Não necessito de alguma outra fonte que me dê satisfação!


Se você luta em encontrar satisfação sexual só em sua esposa, fale com ela acerca disto. Busque conselho divino junto. Mantenha seu casamento em um lugar de honra e mantenha seu leito matrimonial sem mancha.
5. Dedicado a Deus.

I Coríntios 6:20: “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”.


Um casamento que é honrado e não manchado é um casamento dedicado a Deus. Como os de Corinto, muito freqüentemente vemos o sexo como algo puramente físico, separado de nossa vida espiritual. Os dois estão diretamente conectados.
A relação sexual é um belo presente de Deus. Ele desenhou dessa maneira o corpo (masculino e feminino) para que exista um acoplar perfeito que produzirá um tremendo prazer físico. Ele fez algo grandioso! Tem sido a perversão do homem e a promiscuidade o que tem trazido dor e destruição.
Porque sua vida sexual é um presente de Deus, busque Seu conselho a respeito à maneira em que deve set todo o que Ele quer que seja. Ore a Deus juntos para que bendiga seu leito matrimonial e que lhe mostre como manter –lo livre de profanação. Homens, se seu leito matrimonial tem sido manchado, volte –se ao que pode perdoar e limpar. Ele lhe dará um novo começo!
Quando falamos de uma vida sexual dedicada a Deus há outro assunto que demandaria considera – lo. Muitos casais estão dizendo em não ter filhos. Tive a oportunidade de casar a um casal recentemente que os filhos não se ajustavam sem seus planos agora. Perguntei = lhes se haviam orado sobre este assunto. Responderam que não. Surpreendentemente o número de casais cristãos que oram para saber onde vão viver, que trabalho vão fazer, que carro comprar, mas consideram que não necessitam do conselho de Deus ao respeito ao controle de natalidade. Que seu leito matrimonial esteja totalmente consagrado a Deus, caminhando em total submissão a Ele.
Até que grau sua vida sexual está dedicada a Deus? (10 é a maior pontuação)
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

O SEXO E O HOMEM SOLTEIRO


É difícil para o homem solteiro em nossos dias escolher manter –se puro. Nossa cultura envia mensagens de auto –satisfação e estimulação. A homossexualidade é elevada a uma posição de normalidade; de fato é promovida ou alentada como um desenho de Deus. A pornografia na televisão, filmes e revistas incitam às fantasias sexuais que conduzem à luxuria, e a luxuria da passo a atividade sexual pecaminosa. Que deve fazer um solteiro cristão contra a corrente da promiscuidade sexual?
1. Permanecer na verdade!

O mundo promove uma mentira de que os estandartes ou normas de Deus para a atividade sexual é injusto e restritivo. A sociedade dá voz dizendo: “Deus não quer que nós nos divirtamos!”A verdade é que Deus tem colocado estandartes para guardamos a causa de Seu grande amor por nós. Ele tem colocado um obstáculo não para tomar nosso gozo, mas para garanti – lo.


Marcos e Angie havia saindo por vários meses antes que eles decidiram viver juntos. Pensaram que um período de prova seria bom para eles. Praticaram o “sexo seguro” cuidadosamente usando preservativo cada vez que tinham relações. Quando Angie não teve seu período ambos estiveram em Shock. O doutor confirmou suas dúvidas. Angie estava grávida. O que fariam? Ambos estavam na Universidade com uma carreira pela frente. Um bebê era um inconveniente nesse momento. Eles desejaram ter ouvido ao irmão de Marcos que lhes falou do desenho de Deus para uma relação. Ele lhe havia advertido que os preservativos têm uma taxa de erro de seis a uns quinze por cento, mas eles não acreditaram. Eles haviam deixado levar pela mentira do “sexo seguro”e pelos estandartes desta cultura.
Tantas mentiras mandam ou ditam em nossas decisões sexuais. O único sexo seguro é o sexo que está no contexto do compromisso marital.
Miguel tinha dezenove anos quando saiu do closet a respeito de seu estilo de vida homossexual. Sua família e amigos lutaram com o equilíbrio de manter seu amor por Miguel sem perdoar suas escolhas. Miguel exclamou a seus pais cristãos, “Deus me fez desta forma e vocês não querem que eu desfrute do que Ele me deu”.Dois anos mais tarde Miguel morreu de AIDS “.
Duas mentiras horrendas agilizaram a morte de Miguel. Um, que Deus o fez homossexual, e dois, que a razão pela qual não queriam que se envolve –se nesse estilo de vida foi porque alguém estava buscando priva – lo de toda diversão. A verdade foi que ele caiu em um pecado que tinha conseqüências perigosas e que finalmente levou a sua vida.

Meu coração sente empatia com os homens que lutam coma homossexualidade. Nunca passarei por alto qualquer forma de ataque a homossexuais e meu coração se aflige sobre a perda de jovens preciosos como Miguel. Mais mentiras, sem embargo, não é as respostas para aplacar nossas consciências. A verdade é que homossexualidade é pecado é o pecado sempre tem um preço.


2. Fuja do Pecado Sexual

Como homem solteiro deve proteger para manter –se puro. Aqui estão umas quantas sugestões para permanecer por cima de suas tentações sexuais.


  1. Seja fiel orando cada dia e lendo a Bíblia devocionalmente.

  2. Permaneça em boa companhia com outros cristãos.

  3. Tenha um amigo a quem possa dar contar, em quem você possa confiar.

  4. Tenha uma relação aberta com seu pastor.

  5. Evite filmes e revistas que o estimule sexualmente.

  6. Evite ter encontro muito longo a sós com o sexo oposto.

  7. Tenha princípios claros de quão longe pode chegar em uma relação.

Permanecendo sexualmente puro nos noventas e mais além, não é uma tarefa fácil para um homem solteiro. Você pode desfrutar a liberdade da pureza sexual pela fortaleza que Cristo lhe dará o apoio de outros cristãos em sua igreja.
Podem comentar outras formas de se proteger que um cristão solteiro pode empregar para manter –se sexualmente puro?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


UMAS PALAVRAS ACERCA DA MASTURBAÇÃO
Há tantos homens solteiros como casados que lutam com a masturbação. É pecado? É uma liberação normal da pressão sexual? O cristianismo está dividido neste assunto alguns dizem que a masturbação é pecado e aqueles que dizem que é uma conduta normal e que não deve ser deprimida. Também há, pois aqueles que são moderados e se encontram em algum lugar do meio.
É muito claro que quando a masturbação está acompanhada com luxuria e pensamentos perversos são pecaminosos. Quando um homem encontra –se habitualmente adepto à masturbação, havendo perdido o auto controle, é claro que este hábito não chega a cumprir os propósitos que Deus tem para ele. Quando um esposo encontra estimulação sexual de seu auto – estimulo antes que de sua esposa, perdeu –se de vista o desenho de Deus para sua satisfação sexual. Freqüentemente ações ou atitudes relacionadas com a masturbação não chega a cumprir as normas que Deus tem para nós. O que está acontecendo em seu coração e mente é o verdadeiro centro do problema enquanto à masturbação refere –se.
A masturbação é comum entre os homens. Culpa e frustração está unida à masturbação, especialmente entre homens cristãos. Peça a Deus para examinar seu coração com respeito a atitudes e ações associadas com a masturbação.
Quando você que acredita que a masturbação é pecado?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Em que circunstancia a masturbação seria aceitável?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


CONCLUINDO

O sexo é um tema difícil, especialmente para os homens. Estamos tão fascinados com isto. Nossos pensamentos sexuais e ações são freqüentemente campos de batalha espiritual. Recorde que o sexo é um presente de Deus que dever ser desfrutado no momento apropriado, com os princípios cristãos apropriados, no contexto do casamento. Encontrará grande deleite guardando os preceitos de Deus e Ele receberá toda a glória.

PRÓXIMA SESSÃO
O apóstolo Paulo escreveu que “o amor ao dinheiro é a raiz de todos os maus” (I Timóteo 6:10). A Bíblia tem muito que dizer acerca das finanças e como maneja –la adequadamente. Na próxima sessão vamos dar uma olhada em alguns princípios financeiros encontrados na palavra de Deus,

SESSÃO 12

BASES FINANCEIRAS SÓLIDAS

(TUDO PERTENCE A ELE!)

FOLHA DE TAREFA (PARA ANTES DE INICIAR A SESSÃO)

(DEVE SER PREENCHIDA QUANDO ESTIVEREM JUNTOS)


Antes de discutir o conteúdo da lição, discuta estas perguntas que lhe farão refletir. Nas linhas, anote o que outras pessoas compartilhem com você. Assegure –se de iniciar e terminar sua sessão com uma oração.
A TAREFA

1. Escreva uma definição da palavra dizimo:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


  1. Em sua opinião dar os dízimos é algo que os cristãos deveriam estar fazendo hoje em dia?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Catálogo: portugues
portugues -> Trigésimo segundo período ordinário de sessões oea/Ser. G 2 de junho de 2002 ag/doc. 4059/02 ad
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G
portugues -> Africanidades Escola Notre Dame 5ª sériesAeB 2011
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos cp/cajp-2289/05 re
portugues -> Enviados aos jovens em comunidades no seguimento de cristo
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos cp/cajp-2155/04 re
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos csh/GT/ads-22/04 cor
portugues -> OrganizaçÃo dos estados americanos conselho Interamericano de Desenvolvimento Integral (cidi)
portugues -> A inserção dos fiéis leigos nas Novas Comunidades Cristãs
portugues -> Original: espanhol


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal