Homens mentores



Baixar 0.64 Mb.
Página8/8
Encontro29.07.2016
Tamanho0.64 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8

3. Diga três razões para ter um orçamento:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4. Escreva um principio Bíblico que tenha que ver com o dinheiro:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5. Continue com seu bom trabalho em seu registro e devocional diário!

6. Leia todo o texto da próxima sessão e responda a cada uma das perguntas que vão ser discutidas.
TAREFA ÍNDICE DOZE
Dia 46

Salmos 46: ______________________________________________

________________________________________________________
Gálatas 1: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________

Día 47


Salmos 47:_____________________________________________

________________________________________________________


Gálatas 2: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________

Dia 48


Salmos 48:_______________________________________________

________________________________________________________


Gálatas 3: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
Dia 49

Salmos 49:_______________________________________________

________________________________________________________
Gálatas 4: _______________________________________________

________________________________________________________

Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

_______________________________________________________
Dia 50

Salmos 50: ______________________________________________

________________________________________________________
Gálatas 5: _______________________________________________

________________________________________________________

Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________

Que principio bíblico em relação a finanças escreveu?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
Gálata 2:20 estava em sua leitura diária a semana passada. Que impacto teve este versículo em sua vida?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


$$$ O DINHEIRO DOMINANTE $$$

I Timóteo 6:10-11: “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão”.


Tem sido traspassado com muitas dores ao perseguir ao dinheiro? O amor ao dinheiro tem causado uma luta em sua vida, obrigando –se a desviar –se da fé? O dinheiro e outras coisas deste mundo tem uma forte atração para converter –se em parte central de nossas vidas. Muito freqüentemente nos deixamos levar por uma mentira de que si tivessem mais coisas teríamos mais felicidade, paz e contentamento. Jesus deve ser o Senhor de cada área de nossas vidas, incluindo as finanças, e Ele a fonte de nossa paz, gozo e contentamento.
Mateus 6: 24: “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom”.
O dinheiro em si mesmo não é o problema. Quando lutamos com o amor ao dinheiro o verdadeiro problema é um problema de coração. Quem é o amo de nossas vidas? Estão nossos corações rendidos a Deus, permitindo –os que lhe dirija em todos os aspectos de nossas vidas?

Um amo ou senhor é o que dá ordens. O guia e motiva a aqueles que estão em sujeição a Ele. É Deus quem guia e motiva sua vida... ou é a busca de ganâncias materiais? Você faz o que faz porque sabe que isso é o que Deus quer ou porque parece a melhor maneira de fazer dinheiro?


Enquanto assistia a uma conferencia de pastores faz alguns anos, escutei um dos oradores fazer essa pergunta que chega até a alma. “se o dinheiro não fosse um problema”. Há algo que seria diferente em sua vida? Quase todos nós concordamos que nossas buscas ou esforços mudariam. Disse que gostaria de ser um escritor, mas tenho terror a morrer de fome e ver a meus filhos privados de suas necessidades básicas. É possível que nossa paixão por uma segurança financeira pudéssemos fazer perder a vontade de Deus em nossas vidas? Quem ou o que está guiando e motivando sua vida?
Há algo que seria diferente em sua vida se o dinheiro não fosse um problema?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Até que grau você luta com servir ao dinheiro antes que Deus?
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

O dinheiro é #1 Ambos Deus é #1

Entenda que há vezes em que devemos envolver em trabalhos que não apreciamos só para manter a prioridade de prover a nossa família. Deus não justifica a irresponsabilidade. Devemos sem embargo, com uma atitude de oração buscar o coração de Deus e darmos conta se temos comprometido e perdido a direção do Mestre ou se de fato temos sido presa da paixão pelas possessões.


MORDOMOS CUIDADOSOS

Gênesis 1:28: “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai – vos, e enchei a terra, e sujeitai –a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra”.


Desde o principio, Deus colocou o homem no planeta terra como um mordomo de todas as coisas que há aqui. Tudo pertence a Deus, mas confiou as nós administrar e cuidar Sua criação. Um termo que usamos freqüentemente na igreja é a palavra “mordomo”. Um mordomo é um administrador ou supervisor. Devemos ser bons administradores da criação de Deus.
Na área das finanças somos chamados a ser bons mordomos, cuidadores fieis da provisão de Deus. Devemos recordar que tudo é Dele e nos encarregou de administrar bem o que Ele nos tem dado. Mantemos uma perspectiva bíblica saudável quando recordamos que somos cuidadores fieis da valiosa provisão de Deus.
Servi em uma igreja local por sete anos no noroeste de Missouri. Os granjeiros me ensinaram muito acerca da fé e a mordomia. Um granjeiro de mais idade contou me do dia em que fez seu último pagamento final da hipoteca. (Isso é um assunto muito sério para os granjeiros!). Ele caminhou para o centro de seus campos e disse, “tudo é meu!” Tão rápido havia terminado de pronunciar aquelas palavras, sentiu o Espírito Santo respondendo, “isso foi também o que disse o último dono”. Lembre meu filho, tudo é meu.”O granjeiro caiu de joelhos e chorou. Suas lágrimas foram uma mistura de remorso e gratidão. Estava triste por sua arrogância e agradecido pela mão amável e amena de Deus ao colocar de novo todas coisas”.
Entende seu papel como mordomo?

_____ Sim _______ Um pouco _____ Não


Explique sua resposta:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


ERROS FINANCEIROS FATAIS

João 10:10: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundancia”.


Jesus veio para dar – nos vida em cada área de nossas vidas, incluindo nossas finanças. Se vamos a ser mordomos bons e frutíferos das coisas de Deus, não podemos permitir que o ladrão (Satanás) venha a roubar, matar r destruir incluso nossas possessões materiais.
Não quero que me mal interpretem ao dizer que Deus nos quer ricos. Não estou proclamando um evangelho de prosperidade financeira. Há um principio de produtividade e vida que se difunde na Bíblia. Seja que tenhamos pouco ou muito, Deus deseja que bom fruto provenha do que temos. Na área de nossas finanças devemos experimentar a realidade de “dar vida”, antes que a realidade de “consumir a vida”. O dinheiro e outras possessões materiais devem ser utilizados como ferramentas divinas para ver o reino de Deus estendido. O dinheiro pode prover de meios grandiosos para glorificar a Deus, também como satisfazer suas necessidades básicas humanas.
A realidade é que demasiados cristãos encontra –se eles mesmos em crises financeiras freqüentes. A duvida, a preocupação e a ambição (ansiar o que não temos) estão plagiando nossas atitudes e ações. Incluso lideres no ministério cristão tem sucumbido à pressão que o amor ao dinheiro exerce. Por que tantas pessoas caem e na escravidão financeira e desordem, conduzindo a frustração e improdutividade para o Senhor?
Em meus anos no pastorado tem observado várias causas de fracassos financeiros entre o povo de Deus. Aqui estão alguns dos quais ocorrem mais freqüentemente.
1. Fracassamos ao ter um orçamento. Um orçamento é um objetivo financeiro que nos mantém no rumo correto para alcançar metas divinas. Se tivermos um orçamento, mas não o ignoramos, não vamos ter uma melhor condição econômica. Se você quer caminhar em liberdade financeira o lugar para começar é você e sua esposa estabelecer um orçamento guiado por Deus e viver de acordo com ele.

Você tem um orçamento prático e realista?

____ Sim _____ Não _____ Um pouco
Vive de acordo com seu orçamento? Explique sua resposta:

_____ Sim ______ Não ____ Um pouco

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


  1. “Cobiçar as coisas que seus vizinhos tem ou amigos nos leva a muitos de nós a dificuldades financeiras. Queremos o último computador que recém acaba de sair no mercado, assim mesmo carros, Som ou qualquer coisa que tem nossos vizinhos. A pressão dos amigos não somente funciona nos adolescentes. Muito freqüentemente ignoramos nosso orçamento o que nos está dizendo o Espírito Santo porque estamos buscando manter as últimas modas e tendências”.

Conte acerca de uma compra recente que foi motivada por pressão de seus amigos, colegas ou vizinhos:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3. O mau planejamento afeta a muitos. Os impostos à propriedade vencem a cada ano, ainda assim muitos parecem estar surpreendidos quando há que paga –los. Seu carro necessitará de pneus novos algum dia. Porque escuto cristãos dizer, “estamos em um aperto econômico neste momento, mas tivemos que comprar pneus novos!” Podemos prever muitos gastos e dividir provisão para eles. Planeje com antecedência!

Discuta seu planejamento financeiro:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4. Você é um comprador impulsivo? Antes de concordar com um orçamento sempre saia da tenda com algo que não estava em minha lista. Quando a pessoa do tele mercado liga, é você propenso a fazer comprar sem premeditação? O gastar impulsivamente pode desordenar totalmente suas finanças.

Qual foi a última compra que fez sem medir as conseqüências?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5. Os cartões de crédito obtêm –se facilmente e são muito fácil de usar. A dúvida especialmente aquela contraída com um cartão de credito, é escravidão. A conta sempre vence –se. Se você não pode pagar o cartão de crédito m sua totalidade cada mês, deve considerar se é apropriado manter.

É o cartão de crédito um problema para você?

_____ Sim _____ Não


6. Discernir as necessidades dos desejos é uma luta para todos nós.

A chave para uma estabilidade financeira é a habilidade para distinguir as necessidades dos desejos. Tenho visto muitas pessoas passar mal ao não ter algo de comer para levar a mesa, mas mesmo assim mantêm sua atual conta de televisão a cabo ou vão regularmente ao McDonald’s. Você tem buscado diligentemente distinguir suas necessidades de seus desejos?


Você tem priorizado seu gasto?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


7. Hábitos pecaminosos podem causar estragos em sua saúde financeira. Comer em excesso, comprar drogas ilegais, as apostas, ou a pornografia são alguns hábitos pecaminosos que são custosos e que vão minando suas finanças familiares. Se fracassarmos ao usar as finanças segundo as direções bíblicas tais como dar os dízimos, podem trazer instabilidade financeira. O pecado tem um alto preço, seja espiritual ou material.
Há algum hábito pecaminoso que está minando seus recursos financeiros?
____ Sim _______ Não

Se responder sim, você pode falar acerca de sua resposta?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

8. Um dos mais maiores impedimentos para a liberdade financeira e a estabilidade é não colocar a vontade de Deus em primeiro lugar.


“Mas buscar primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas serão acrescentadas”. Mateus 6:33
Nos colocamos em um problema financeiro muitas vezes simplesmente porque não oramos previamente para tomar uma decisão econômica. Cada vez que ignoramos o conselho de Deus, nos tornamos vulneráveis a perdas econômicas.
Você pode contar uma história na qual você lamentou – se de uma decisão financeira por não ter orado?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


SOLUCIONANDO O COLAPSO FINANCEIRO

As soluções necessariamente relacionam –se com os problemas especificamente. Consideramos dez conselhos que nos levará a uma estabilidade financeira.



  1. Fixe um orçamento e viva de acordo com ele. Se você tem problemas de iniciar com o processo de orçamento, permita –me sugerir – lhe que você pode chamar a Conceitos Financeiros Cristãos Inc. ao 404-534-1000 e ordenar O organizador de Planejamento Financeira. Minha família tem funcionado firmemente com este sistema de orçamento com grande êxito. Assegure –se que seu orçamento seja realista e aceito mutuamente. Quando você fixa um orçamento desenvolvido, decida – se viver de acordo com ele. Será difícil disciplinar –se no começo, mas o guiará para uma larga liberdade financeira.

2. Só diga não a pressão de seus amigos ou colegas quando tem a ver com gastos não planejados. Não cobice nadas das coisas que seu vizinho tem e não sabote seu orçamento ao comprar o que seu vizinho tem.

3.Planeje com antecedência aqueles gastos maiores. Separamos $ 50 por mês para presentes de natal. Economizamos $ 100 por mês para impostos prediais e seguro. Reuni – me com uma dupla uma vez e sugeri que separassem $ 40 por mês para o seguro de seu carro. Disseram que não podiam dar –se a esse luxo. Perguntei – lhes se eles podiam dar – se o luxo de pagar $ 500 em 1 de janeiro quando a primeira parcela venceria. Admitiram que o pagamento do seguro sempre é colocado em último lugar nas prioridades financeiras e os obriga a viver dos cartões de credito. O credito não é a solução! O planejamento e dividindo a provisão dentro de nossos meios é a chave.

4. Nunca exceda seu orçamento. Resista as compras impulsivas. Tendo um orçamento fica mais fácil para eu dizer aos agentes de telemarketing que o que eles estão promovendo ou fazendo propaganda não se ajusta dentro do meu orçamento. Também me mantêm focado quando entro em uma loja.

5. Se você não pode controlar –se quando usa o cartão de créditos, então lhe sugiro que os destrua. A dívida é escravidão. Os cartões de crédito, não obstante, não são os problemas no fundo. A pessoa que assina um recibo é o problema. Usamos o cartão de credito o qual não tem honorário anual e não paga uma porcentagem por compra. Cada vez que usamos o cartão de credito o registramos em nosso talão de cheque e o tiramos de nosso balanço tal como se tivéssemos usado um cheque. Quando pago a conta do cartão de credito, não tenho nada que restar, não pago rendimento e recebo bônus mensal. Em um ano recebi um cheque de quase $ 200 por usar nosso cartão de credito. Tal como o dinheiro não é a raiz de todos os males, os cartões de credito não são a raiz de nossa escravidão financeira.

6. Prepare – se para a crise. Separe dinheiro para a reparação do carro, reparações caseiras, emergências médicas (incluindo dedutíveis do seguro), ou uma demissão do trabalho. Mudamos a transmissão de nosso furgão recentemente, já que havíamos separado $ 50 cada mês, pudemos dar um cheque para a reparação, evitando uma crise financeira. Permita –me sugerir – lhe uma meta de seis meses de salários em deposito protegendo em caso de uma demissão potencial. Ainda que não podemos antecipar cada crise, não devemos estar confiando em um mesmo e esquecer de nossa dependência em Deus, o bom planejamento para uma crise potencial é sabedoria.

7. Seja um comprador inteligente. Quando for fazer uma compra grande, tome seu tempo e faça sua tarefa. Consulte uma publicação financeira tal como Jornal do Consumidor. Recorde, o mais barato não é sempre p melhor. Pondere sua decisão. Não tenha medo de comprar um artigo de segunda mão. Geralmente, a maior margem de ganância está incorporado na compra de um artigo novo.

8. Priorize seu gasto segundo os princípios bíblicos. As necessidades estão antes que os desejos. Peça a Deus que lhe guie em suas finanças.

9. Arrependa –se de hábitos pecaminosos que estão lhe roubando sua estabilidade financeira. Busque conselho de seu pastor ou outro conselheiro espiritual a respeito de quanto por cento está usando em produtos que não estão glorificando à Deus. Pode ser que necessitem de ajuda para vencer hábitos destrutivos que estão destruindo sua segurança financeira.

10. Busque primeiramente o reino de Deus e sua justiça. Escutei a um pregador dizer uma vez que ele havia batizado muitos homens que testificaram uma total rendição a Cristo, mas nenhum deles foi batizado com sua carteira no bolso. Nenhum homem quer que sua carteira se molhe. O que o pregador quis dizer foi que muito freqüentemente viu uma falta de redenção total a Deus quando tem, a ver com as finanças. Não é uma tarefa fácil. Você recorda da história do jovem rico que veio a Jesus perguntando acerca da salvação? Dê uma olhada.

Mateus 19:16-26: “E eis que, aproximando –se dele um jovem, disse –lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna? E ele disse –lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos. Disse –lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho; Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo. Disse – lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda? Disse –l he Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá – o aos pobres, e terás um tesouro no céu: e vem e segue – me. E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou –se triste, porque possuía muitas propriedades. Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus. E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus. Os seus discípulos, ouvindo isto, admiraram –se muito, dizendo: Quem poderá pois salvar –se? E Jesus, olhando para eles, disse –lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível.”

Note o que os discípulos disseram, “Quem, pois, poderá ser salvo?” Eles estavam dizendo que a paixão pelas riquezas é uma luta pra todos nós. Ainda que muitos de nós nunca podemos ter riquezas ou ser considerados ricos, todos nós lutamos de vez em quando com nosso amor pelo dinheiro e outras coisas materiais. Buscando primeiramente o reino de Deus e Sua justiça é uma decisão diária que conduz à vida e à liberdade.
Dos dez conselhos sugeridos. Quantos você está atualmente praticando?

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10


Qual dos conselhos sugeridos você encontra mais proveito?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


DAÍ E VIVA!

Lucas 6:38: “Daí, e ser – vos – á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo”.

II Coríntios 9: 6 – 7: “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.”

Quando era um semeador de igrejas dirigi uma pesquisa em toda a cidade, batendo em mais de 2000 portas. Perguntamos as pessoas porquê eles pensavam, que a gente que não ia à ia a igreja. A resposta número dois foi, ”porque a igreja está sempre pedindo dinheiro!” É um comentário muito triste sobre a igreja que tem uma tremenda soma de pessoas e instituições que levantam fundos, ofertas especiais, ou fundos para construções que mantêm inundadas às pessoas com tantas petições. Mas também é trágico em nossos dias que a media que se dá à igreja é quase de um ao três por cento de nossas receitas, dependendo da pesquisa que você lê.


Dar é uma parte importante para manter uma atitude espiritualmente saudável para as finanças. A Bíblia tem muito que dizer a respeito de contribuir, incluindo uma exortação a dizimar fielmente.
UMA PALAVRA ACERCA DO DÍZIMO
Malaquias 3:10: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma benção tal até não haja lugar suficiente para a recolherdes”.
O que é dizimo e o que tem a ver com os cristãos de hoje em dia? A palavra dízimo está definida no Diccionario Bíblico de Unger.
Dízimo: Da palavra grega, dekate; um décimo. Na lei mosaica a décima parte de toda a produção, rebanhos e gado foram declarados santo para Jehová. Quando Malaquias disse: “traze todos os dízimos a casa do tesouro,” ele estava falando do dez por cento dos primeiros frutos do trabalho de um. A porcentagem bíblica não tem mudado. Jesus ratificou o dizimar em sua declaração aos fariseus:

Mateus 23:23: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas”.


Ainda que Jesus deu uma forte admoestação com respeito à negligência da justiça, misericórdia e fidelidade dos fariseus, Ele não estimulou a descuidar do básico, tal como dizimar. Jesus da um claro chamado a fazer qualquer coisa que façamos com um coração puro e um desejo de honrar a Deus primeiro.
Alguns parecem crer que dizimar terminou com o novo pacto e a graça. Em um sentido, sim. Os primeiros cristãos não só deram o dez por cento... deram tudo (Atos 2:45). Escutamos a desculpa em nossos dias, como aquela que diz “Não tenho que dizimar. Estamos abaixo da graça”! A graça nunca é desculpa para fazer menos. É um chamado a fazer mais... a uma norma ou estándar mas elevado. Jesus não veio a acabar com a lei, mas a cumpri – la (Mateus 5:17). Ele nos leva mais alem da lei. Ele nos desafia a dar mais de nós...a não dar nosso abrigo, mas também nossa camisa. Os dízimos é só o começo na arte de dar com alegria.

Dar é algo que alcancemos fazer, não é aquele que temos quem fazer. Vem de um coração agradecido do muito que temos recebido do Pai que nos ama, Deus. Recorde, a natureza de Deus é dar. “Por que de tal maneira amou Deus ao mundo, que ele deu”! Como aqueles que tem sido criados a sua imagem e quem esta sendo transformados à imagem de Seu Filho, nós também seremos vasos de uma generosidade cheia de gozo.


CONCLUSÃO
O fundo do problema com o dinheiro é um assunto do coração. Jesus disse, “Onde está teu tesouro, ali está teu coração também”. (Mateus 6:21). Onde está teu tesouro? Onde está teu coração? Estão suas finanças estabelecidas abaixo parâmetros bíblicos? Em tudo o que digamos e façamos seja nossa agradar a Deus e honra –lo... incluindo nossas finanças.

PRÓXIMA SESSÃO

Um dos gozos maiores para qualquer cristão é conduzir a alguém a Cristo. O coração enche - se temor só com o fato de apresentar o evangelho a um crente. Aquelas pessoas não têm a confiança devido à falta de um treinamento ou falta de conhecimento. Em nossa próxima sessão consideramos várias formas dinâmicas de dividir as boas novas de Jesus Cristo a outros.
A TAREFA

1. Você alguma ferramenta ou um formato evangelístico especifico para dividir o evangelho a outros? Sim é assim, descreva qual usa.


______ Sim _____ Não

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


2. Diga ao menos cinco pessoas não convertidas a quem você tem a oportunidade de ser testemunha para Cristo.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


3. Olhe em Atos 8:25-38. Quais foram as chaves para que o etíope encontrara a Cristo?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


4. Não desista de seu registro e devocional diários.

5. Leia toda sessão seguinte e responda cada pergunta que serão discutidas.


TAREFA ÍNDICE TREZE

REGISTRO DIÁRIO

Dia 51

Salmos 51:_______________________________________________



________________________________________________________
Gálatas 6: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
Dia 52

Salmos 52: ______________________________________________

________________________________________________________
Efésios 1: _______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
Dia 53

Salmos 53: ______________________________________________

________________________________________________________
Efésios 2: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________

Dia 54


Salmos 54:_______________________________________________

________________________________________________________


Efésios 3: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
Dia 55

Salmos 55: ______________________________________________

________________________________________________________
Efésios 4: ______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
SESSÃO 13

UMA FÉ QUE CONTAGIA

(VIVENDO O EVANGELISMO A PLENITUDE)

FOLHA DE TAREFA (PARA ANTES DE INICIAR A SESSÃO)

(DEVE SER PRESSNCHIDA QUANDO ESTIVEREM REUNIDAS)

Antes de discutir o conteúdo da lição, discuta estas perguntas que lhe farão refletir. Nas linhas, anote o que outras pessoas compartilharam com você. Assegure –se de iniciar e terminar sua reunião com uma oração.


REFLEXÕES PARA COMPARTILHAR

Conte a vez que você compartilhou de Cristo a outra pessoa. Você utilizou alguma ferramenta evangelística?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Tome um tempo para orar agora mesmo pelas pessoas não crentes em sua lista. Quais foram as chaves que o eunuco encontrará a Cristo em Atos 8: 25 – 38?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Diga um versículo ou uma verdade bíblica da leitura desta semana que fez alguma diferença em sua vida:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
APENAS UNS QUANTOS TRABALHADORES

Mateus 9:35-38: “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinado nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre os povo. E, vendo as multidões, teve grande compaixão delas porque andavam cansadas e desgarradas. Então, disse aos seus discípulos: A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara.”


Há milhões de pessoas no planeta terra que não conhecem a Jesus Cristo. E algumas dessas pessoas vivem a sua volta. Está disposto a ser um “obreiro da colheita” e ver aqueles que estão afligidos e oprimidos vir ao glorioso reino de Deus?
Porque a colheita é tão abundante e os obreiros são poucos? Consideremos umas quantas razões porque existe uma deficiência na força de trabalho.
1. Estamos tão ocupados trabalhando nos silos que não temos tempo de sair aos campos. A grande maioria de nossa vida crista gira ao redor da igreja e atividades com outros cristãos. A associação com outros cristãos é essencial, mas se nos mantêm longe dos campos que vão ser colhidos, haveremos perdido uma porção do plano de Deus.

Que porcentagem de seu tempo passa com pessoas não convertidas?

10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% 80% 90% 100%


  1. Temos perdido a mentalidade de trabalhar em equipe para a colheita. Nós mesmo nos vemos em competência com outras igrejas ou denominações antes que como uma equipe, trabalhando juntos para trazer mais obreiros à colheita. Esse espírito competitivo destrói a eficácia de nosso testemunho e trabalho.

Em minha época de estudante quando fui pastor de uma pequena igreja rural ao leste de Kansas. O trigo foi sempre um grande sucesso nessa área. Já que sempre necessitava de homens dispostos, trabalhei no silo com elevador mecânico durante a colheita. Pude observar ao granjeiro Brown ajudar o granjeiro Smith a recolher seu trigo colhido. Não havia duvida que era um trabalho em equipe já que a colheita foi abundante, e a temporada tão crítica. Devemos voltar a ser uma equipe como Corpo de Cristo e ver a obreiros adequados para a colheita.

Sua congregação tem uma mentalidade de equipe para a colheita ou um espírito de competência?

Que há de você? Explique sua resposta?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________




  1. Estamos tão exaustos com nossos próprios assuntos que temos pouco tempo ou energia para trabalhar nas searas. Quando Jesus enviou aos discípulos em duplas a proclamar o reino, Ele lhes disse que viajem leves (Lucas 10:4). Estamos tão sobrecarregados com dúvidas, carga de serviço, compromissos sociais, tarefas no lar, e assim sucessivamente, que não estamos livre para sair e compartilhar o reino de Deus.

Gostaria de ter tempo e estar disponível como um obreiro da colheita?

Discuta a sua resposta:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4. Temos perdido a compaixão pelos perdidos? Em verdade nos importa que aquelas pessoas que não são salvas ao nosso redor passe a eternidade no inferno? Jesus foi motivado por compaixão a sarar, expulsar demônios e proclamar as boas novas de salvação. Um coração compassivo nos impulsara para os campos que vão ser colhidos.

Até que grau você tem um coração compassivo por aqueles que não conhecem a Cristo? (10 é a maior pontuação)

0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

5. O pecado tem incapacitado a eficácia de muitos obreiros potenciais. Já que lutamos com a escravidão a algum pecado, é difícil proclamar efetivamente as boas novas de uma nova vida cheia de esperança.

Conheci a um pastor de jovens que estava secretamente afundado em bebedeiras. Uma noite dois de seus jovens o viram sair de uma fábrica de licores com uma caixa de cervejas. Desde essa noite aquele pastor de jovens já não tinha autoridade sobre aqueles jovens, nem com outros jovens da comunidade. Seu pecado o desqualificou de um serviço efetivo. (Pude contar com o gozo que depois aquele pastor se arrependeu, e pode vencer sua escravidão do álcool, e está agora proclamando com poder as boas novas de salvação nos campos de colheita)

Converse acerca de um pecado que o envolveu ineficaz ou inútil durante uma época de sua vida... ou quiçás lhe esteja afetando neste momento.

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6. Jesus disse que necessitamos “rogar ao Senhor das searas que envie obreiros a suas searas” Quiçás os obreiros são poucos porque não estão rogando o suficiente! Poderia ser que quando buscamos apaixonadamente ao Senhor da colheita a que envie obreiro. Ele responderá distribuindo ordens aos corações dos obreiros?

Quão freqüentemente pede a Deus que envie obreiro a Suas searas? (Circule a resposta mais apropriada)


Nunca Fiz uma vez Quando me lembro Freqüentemente
7. O temor nos detem de ir aos campos. Sempre oro quando saio a fazer evangelismo porta a porta. O problema é que algumas vezes oro para que ninguém esteja em casa! Nos sentimos inúteis, com pouco conhecimento, personalidade ou do poder espiritual para conduzir a alguém a Cristo. “Porque não nos tem dado Deus espírito de covardia, mas de poder, amor e de domínio próprio” (II Timóteo 1:7). Mesmo sabemos que Deus está com nós e Seu espírito nos guiará, todavia o medo nos detem.
Fale acerca da vez que o medo o reteve de compartilhar a Cristo com outra pessoa:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Pode pensar em outros obstáculos para ter uma equipe numerosa de obreiros para a colheita?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


EVANGELISMO AO ESTILO DE JESUS CRISTO

Mateus 9:35: “E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinado nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo”.


Fazer evangelismo não é de todo difícil! Simplesmente seguimos as pisadas de Jesus, contando as boas novas e atender as necessidades das pessoas. Alcançar as pessoas foi natural para Jesus, fluindo de Seu enorme coração cheio de compaixão. Os que são Dele, cheios de seu Espírito, refletirá Seu caráter, cuidando e convicção para um mundo perdido.
UM CRISTIANISMO QUE CONTAGIA

Atos 2:47: Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar “.

Atos 5:14: “E a multidão dos que criam no Senhor, tanto homens como mulheres, crescia cada vez mais”.
Deus bendizeu à igreja primitiva com tremendo crescimento. É claro que a chave para uma colheita abundante foi que os primeiros crentes não guardavam as boas novas para si mesmo. Estavam tão entusiasmados de Jesus, não era um assunto de ter desejos, e dizer “Bem, deveria estar testificando”.Era uma situação onde as pessoas não podiam parar de contar as boas novas. Jesus disse, ”Mas, o que sai da boca, procede do coração, e isso contamina o homem”. (Mateus 15:18). Os primeiros cristãos tinham corações tão cheios de Jesus que não podiam evitar falar de Jesus.

Quando estava na Universidade trabalhei em uma loja de sapatos de primeira classe que vendia sapatos caros. Eu havia comprado meus sapatos em uma loja onde era mais barato nessa mesma rua porque era estudante de universidade, e não podia dar –me o luxo de comprar nesta loja mesmo com desconto. Estada tendo problemas ao vender os sapatos. ( Na realidade, estava enviando as pessoas à outra loja onde davam descontos). Meu chefe chamou – me e disse, “Daryl, não estás vendendo muitos sapatos. Qual é o problema? E respondi, “Nossos sapatos são muito caros. Meu chefe deu –me um sermão acerca da qualidade de nossos sapatos e entoa disse –me. Você já provou um par de nossos sapatos? Na realidade não havia provado. Meu chefe tirou um par de sapatos de meu tamanho. Retirou os sapatos de meus pés e compreendi que meus pés estavam no céu. Caminhei pelos arredores e sentia –me como se tivesse flutuando no ar. Senti meus pés descansar, o que nunca havia percebido que ao comprar um par de sapatos. Meu chefe deu me aquele par de sapatos, e pronto converti me no melhor de todos os vendedores. Por tanto não podia para de contar para as pessoas com era bom aqueles sapatos.


Creio que se nos dar –nos conta plenamente quem é Jesus e tudo o que tem feito por nós, estaremos tão cheios Dele, que Ele sobreabunda em nossas vidas a cada dia.

É sua fé contagiosa? Explique sua resposta:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
O EVANGELISMO RELACIONAL

Lucas 19: 1 – 5: “E, tendo Jesus entrada em Jericó, ia passando. E eis que havia um chefe dos publicanos, e era rico. E procurava ver quem era Jesus, e não podia, por causa da multidão, pois era de pequena estatura. E, correndo adiante, subiu a um sicômoro para o ver, porque havia de passar por ali. E quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, viu – o e disse – lhe: Zaqueu, desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa.”


Jesus era em muito “uma pessoa de pessoa”. Ele nunca viu a uma pessoa como um projeto ou como simplesmente um branco de alcance evangelístico. Verdadeiramente interessava –se pelas pessoas. Encanta – me esta curta história de Zaqueu. Jesus o escolheu de entre a multidão, Ele o chamou por seu nome, e então foi a sua casa comer. Jesus disse: “Hoje a salvação chegou a esta casa!” Zaqueu converteu – se em um crente e um seguidor de Cristo devido ao interesse sincero que Jesus por ele.
O evangelismo em todo seu esplendor flui de uma relação. Ainda que as cruzadas, ministérios televisivos e o “frio chamado” a porta de uma pessoa, tem seu propósito em alcançar pessoas para Cristo, os meios mais efetivos de alcançar o mundo é alcançar aqueles que estão a sua volta. Esteja sempre disposto a construir relações com pessoas que não conhecem a Cristo.
Alguns atrás tive uma família de vizinhos que não conheciam a Cristo. Minha família e nossos vizinhos viviam perto da igreja onde servia. Quando dirigia –me ao serviço dominical pela manhã, os cumprimentava com um aceno de mão. Às vezes lhes visitavam por um momento e conversávamos. Também sai a pescar com o pai e seus quatro filhos. E assim cresceu uma profunda amizade. Tive a oportunidade de conduzir a toda a família aos pés de Cristo. O pai me disse uma vez depois de sua conversão, “Daryl, sou um cristão hoje porque você sempre esteve disposto a ser meu amigo e nunca me obrigaste a aceitar a Cristo por força”.
Mesmo que o evangelismo relacional leva tempo, o tempo é uma tremenda inversão no reino de Deus. Busque oportunidades para construir pontes de amor, e assim alcançar aqueles que Deus tem colocado ao seu redor. Interesse –se por eles de uma maneira sincera e genuína para semear a semente das boas novas em suas vidas e deixe o resto com Deus.
BUSCANDO SALVAR ALMAS TENDO UM ESPÍRITO DE SERVIÇO
Mateus 8: 1 – 9: “E, descendo ele do monte, seguiu –o uma grande multidão. E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar – me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou – o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra. Disse –lhe então Jesus: Olha, não digas a alguém, mas vai, mostra –te ao sacerdote, e apresenta a oferta que Moisés determinou para lhes servir de testemunho. E, entrando Jesus em Cafarnaum, chegou junto dele um centurião, rogando – lhe. E dizendo: Senhor, o meu criado jaz em casa, paralítico, e violentamente atormentado. E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde. E o centurião, respondendo, disse: Senhor, não sou digno de que entres debaixo do meu telhado, mas dize somente uma palavra, e o meu criado há de sarar. Pois também eu sou homem sob autoridade, e tenho soldados às minhas ordens; e digo a este: Vai e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu criado. Faze isto, e ele o faz”.
Nós também temos constantes oportunidades de servir em um mundo ferido, frustrado e confuso no qual vivemos. Tal como Jesus, podemos sarar a um coração destroçado, trazer esperança ao deprimido, alimentar ao faminto e ministrar sanidade e ajuda ao cansado e enfermo. Por compaixão alcançamos as pessoas com uma mão amiga e com a mão amiga e com a maravilhosa verdade do evangelho. Busque oportunidades de servir. De um vaso de água refrescante em nome de Jesus e só veja o que Deus faz com a semente que é semeada.
Quais oportunidades de serviço podem pensar fazer como individuo?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Quais são alguns dos projetos de serviço que sua igreja pode fazer para alcançar às pessoas?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


QUE HÁ DO EVANGELISMO “ENLATADO”?
Tenho topado com muitos cristãos que são afastados só pelo fato de pensar em algum instrumento preparado para fazer o evangelismo. Eles resistem –se a uma acercamento delineado para apresentar o evangelho. É possível ser sincero se é um discurso memorizado? Não seria mais efetivo só compartilhar seu coração? O evangelismo dever ser genuíno e compassivo. Deve fluir do coração. Mas a sinceridade não requer que devamos fazer todas as coisas improvisadamente. Sempre passo horas de preparação dedicada à oração antes de pregar um sermão, mas lhe garanto que o que compartilho desde o púlpito, ainda que é algo ensaiado (sim, prático o que prego), é genuíno e cheio de paixão.
Há muitas ferramentas boas para o trabalho evangelístico. Sugiro = lhe que visite sua livraria crista local e busque tratados ou folhetos desenhados para uma apresentação fácil da mensagem do evangelho.

É também útil, se não é imperativo, que você entenda das escrituras relacionadas à salvação se empenha em conduzir a alguém a Cristo. Recorde, é a verdade que faz as pessoas livres (João 8:32), não suas opiniões acerca de Cristo ou suas emoções acerca do Ele tem feito.


Não tenha temor de ter alguma ferramenta evangelística quando buscar alcançar às pessoas para Cristo. A experiência tem me ensinado que homens que não tem um método ou um plano para fazer evangelismos conduz muito poucas pessoas, se não é ninguém, aos pés de Cristo.
Você tem alguma ferramenta ou método evangelístico que use para compartilhar o evangelho a outras pessoas?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Quantas pessoas têm conduzido a Cristo?

___1 – 5 ____ 6 – 10 ____ 11 – 15 ____ 16 – 20 ___ 21 – 25 ___ More


CONCLUINDO

Uma das coisas mais emocionantes pra cada cristão é estar envolvido no evangelismo! Tal como os anjos se regozijam um pecador chega a conhecer ao Senhor, assim mesmo nosso coração se regozija quando temos o privilegio de apresentar a alguém a Jesus Cristo. Não permita que o medo o sentimento de incapacidade se cruzem em seu caminho. Deus irá com você e lhe dará poder para ser um obreiro das searas. Se lhe falta compaixão pelos perdidos, ore para que Deus os mova a ter compaixão por aqueles. Se lhe falta coragem para testificar as boas novas a outros, busque a força que Deus lhe outorgará. Você pode fazer todas as coisas através de Cristo que te fortalece. A colheita está pronta... ore a Deus para que envie os obreiros...e que permita que um desses obreiros seja você.

PRÓXIMA SESSÃO

Nossa próxima sessão é nossa sessão final. Vamos a considerar especificamente o que tem a ver com o discipulado ou aconselhamento a outra pessoa. Você receberá uma lista de recursos para treinar a um novo crente, também como recursos para um estudo posterior sobre temas que temos discutido em nossas catorze sessões juntas. Está pronto para sair à Grande Comissão de Cristo? “Ide... e fazei discípulos!”


A TAREFA

1. Escreva ao menos quatro homens aos que você em suas orações considerará oferece –lhes a oportunidade se ser discípulos.

_______________ ___________________

_______________ ___________________



  1. Que limitações você tem a respeito de ser mentor de outros homens?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
3. Estas são os cincos últimos de nosso registro diário e devocional. Demonstre que você é mesmo fiel!
4. Leia todo o material para a próxima sessão e responda cada uma das perguntas que vão ser discutidas.

TAREFA ÍNDICE CARTOZE

REGISTRO DIÁRIO

Dia 56


Salmos 56: ______________________________________________

________________________________________________________


Efésios 5: _______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Dia 57

Salmos 57:______________________________________________

________________________________________________________
Efésios 6: _______________________________________________

________________________________________________________


Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________
Dia 58

Salmos 58:______________________________________________

________________________________________________________
Filipenses 1:_____________________________________________

______________________________________________________

Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Dia 59

Salmos 59:______________________________________________

________________________________________________________
Filipenses 2:____________________________________________

_______________________________________________________

Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Dia 60

Salmos 60:_______________________________________________

________________________________________________________

Filipenses 3 e 4:_________________________________________

________________________________________________________
Notas e Oração

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


“Se vós permanecerdes em minha palavra,

sereis verdadeiramente meus discípulos;

e conhecereis a verdade e a verdade

os libertará”

JESUS CRISTO

SESSÃO 14

HOMENS MENTORES DE HOMENS

(FAZENDO DISCIPULOS)

Folha de Tarefa (para antes de iniciar a sessão)

(Deve ser preenchida quando estiverem reunidos)


Antes de discutir o conteúdo da lição, discuta estas perguntas que lhe farão refletir. Nas linhas, anote o que outra pessoas compartilhem com você. Assegure –se de iniciar e terminar sua sessão com uma oração.
REFLEXÕES PARA COMPARTILHAR
Tem em mente as quatro pessoas que considera um discípulo no futuro?

___ Sim _____ Não ____ Quiçás


Quem você tem em mente?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Quais são algumas das limitações em relação a ser mentor de outro homem?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


Em uma escala de 1 a 10 (10 é a maior pontuação). Como foi no decorrer do curso a leitura bíblica e registro diário?
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Discuta sua resposta:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
FAZENDO DISCIPULOS

Mateus 28: 18 – 20: “E, chegando Jesus, falou – lhes, dizendo: É – me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas nações, batizando –os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando –os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias; até a consumação dos séculos. Amém”.


Estas são algumas das palavras finais de Jesus justo antes que ascendesse ao céu. Jesus emitiu um mandamento a todos aqueles que professavam ser seus discípulos. Disse – lhe que se interessaram no negocio de fazer discípulos. Quão emocionante é ser parte do grande plano de Cristo para raça humana. Temos o gozo de ser um instrumento de Deus para apresentar a outros à pessoa de Jesus Cristo, para que crendo Nele possam ter vida eterna. Temos o privilegio de apresentar e proclamar os princípios do reino de Deus que Jesus viveu e ensinou. Fazer discípulos foi uma prioridade de vida para Jesus Cristo – e como aqueles que são Seus discípulos, façamos nossa prioridade também.
ANTES DE COMEÇAR
Quando comecei a grande aventura de discipular ou mentoriar a outro homem, leva em conta as palavras de Jesus em Suas ordens finais antes de partir. “Toda potestade me; é dada no céu e na terra”.Ele no envia em Sua autoridade. Fazer discípulos não é só uma boa idéia, é uma idéia de Deus. Não é uma invenção do intelecto humano, mas que nasce do coração de Cristo mesmo. Não podemos fazer discípulos em nossa frágil vontade humana ou em nossas próprias forças, mas na poderosa autoridade de Jesus Cristo.
Quando estava na Universidade, vivendo na residência estudantil, tínhamos alguns companheiros bagunceiros ao longo do corredor que constantemente faziam ruído. Pedi –lhes muitas vezes que se calam –se para que aqueles que estavam estudando. Ignoravam – me. No próximo semestre fui eleito como Assistente de Residência pelo Presidente da Universidade. Entregou – me a responsabilidade e a autoridade para manter a ordem na residência estudantil. Aproximei – me dos bagunceiros com um pedido de que fizesse silêncio com a palavra “pessoal de residência” impressa em minha camiseta. Rapidamente obedeciam. A autoridade fez uma grande diferença!
Quando discípula uma pessoa na vida e princípios da fé cristã, você tem a autoridade de Jesus Cristo detrás de você. Recorde, Ele lhe deu uma comissão. Você não está chamando aos homens a que lhe obedeçam, mas a obedecer a Cristo. Não está simplesmente apresentando suas opiniões da vida. Você está proclamando princípios bíblicos profundos dos caminhos e da vontade de Deus. A responsabilidade e autoridade descansam sobre você como resultado de suas ordens e o conteúdo de sua apresentação.
Outra coisa para recordar ao começar o discipulado, é que quando reúne –se com outro homem ou com vários homens, Jesus Cristo está no meio. Ele disse “Eu estou convosco todos os dias, até a consumação”.(Mateus 28:20). Ele prometeu que onde dois ou mais estivessem reunidos em Seu nome, Ele está ali no meio Deles. (Mateus18:20).
Não somente Cristo nos da autoridade para ser mentores de homens, Ele nos dá Sua mesma presença e poder. Os homens serão transformados pela revelação das verdades bíblicas e pela revelação das verdades bíblicas e pela realidade da pessoa de Cristo. Ele conhecerá, e todos os envolvidos crescerão.

EM SUAS MARCAS...PRONTO...FORA!

Mateus 28:19: “por tanto, ide, e fazei discípulos...”
Jesus perseguiu a homens para discipular. Ele escolheu doze discípulos na qual inverteria Sua vida e ensinos. Ainda que discipular é um processo de crescimento de duas vias, e pode ser por pedido da pessoa que quer ser discipulada, é apropriado perseguir a homens para discipular. Observe e aproxime –se de homens a quem sinta que o Espírito Santo está incitando a discipular. Sirva você mesmo a eles com um coração de servo para ajudar –lhes em seu crescimento como homens cristãos.
Quando considere a homens para discipular, a qualidade principal a buscar é o desejo. Ele quer crescer? Podem ter um número de defeitos de caráter, lutas com o pecado, ou ignorância das verdades bíblicas; mas se ele tem o desejo de crescer, você tem um candidato em potencia para o discipulado.
Quando perseguir uma relação de discipulado, faça possível para outra pessoa reunir –se com você. Esteja disponível para a pessoa ou pessoas a quem Deus tem colocado em seu coração para discipular. Reúna –se para café da manhã, almoçar ou quiçá uma noite por semana. Vale a pena fazer seu tempo de reunião conveniente, ainda que requeira algum sacrifício da sua parte e dos que estão sendo discipulados. O discipulado requer compromisso e fidelidade.
Quando concluir este curso, persiga uma relação de mentor com outra pessoa ou pessoas. Não espere alguém venha até você. Jesus disse,: ide!”.
Escreva os nomes das pessoas que voce tem em mente para discipular:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________


É O BATISMO UMA PARTE DISTO?

Mateus 28:19: “Batizando –os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”.


Os discípulos batizaram a novos discípulos. No evangelho de João diz: “Ainda que Jesus mesmo não batizava, (mas os seus discípulos),” Quando Felipe levou ao Eunuco a Cristo como está registrado em Atos 8, ele o batizou imediatamente depois da experiência da conversão enquanto permanecia na casa de Simão (Atos 9:18). Cornélio e sua casa foram batizadas imediatamente depois de que o Espírito Santo lhes havia sido compartilhado (Atos10: 47). O batismo é um ingrediente chave ao começo de uma relação de discipulado.
Há numerosas interpretações em relação a quando o batismo deveria ocorrer de que maneira e sobre quem deveria ser administrado, e quem tinha autoridade para batizar. Consulte a seu pastor sobre este tema e submeta –se ao seu conselho!

O assunto verdadeiro do batismo é o que este demonstra. É a imagem da redenção. O apóstolo Paulo escreveu em Romanos 6:4, “Porque somos sepultados juntamente com ele para morte pelo batismo, a fim de que como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim também nós andemos em nova vida.”O batismo retrata nossa morte ao “eu”em Cristo e sendo ressuscitado Nele para caminhar em nova vida. Quando encontrar homens para discipular, demande deles uma redenção total a Cristo.

Qual é sua interpretação do batismo?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O que significa?__________________________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Quem é um candidato para o batismo? ________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Quem tem autoridade para batizar? _________________________

________________________________________________________________________________________________________________

Como deveria ser realizado o batismo? ______________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
É TEMPO DE ENSINAR

Mateus 28:20: ensinando – os que guardem todas as coisas que os tenho mandado.


O papel principal no processo de discipulado é o ensino ou instrução. Jesus pegou cada oportunidade para apresentar os princípios do reino de Deus. O ensino nas sinagogas, nas praças, na orla do mar, nos campos de trigo e no mais alto das colinas. O mundo foi Sua sala de aula com a evidencia e circunstancias ao redor Dele como ferramentas de ilustração.
Jesus constantemente expôs sobre as escrituras, levando assuntos ou temas mais alem do que está escrito na lei a assuntos do coração. Ainda que o chamou às pessoas ao arrependimento e estrita aderência aos princípios do reino, Ele também proclamou o perdão maravilhoso e a graça de Deus. Também mostrou o potencial de uma vida abundante a cada aspecto de nossa existência. Dividiu sabedoria prática para os encontros diários que todos nós enfrentamos. Jesus foi um grande mestre acerca dos princípios de vida do reino de Deus, e também nós podemos ser.
Quando comprometer –se a discipular outro homem, não somente reúna –se e discuta temas da atualidade. Ensine –os a observar os mandamentos de Cristo. Seja diligente a apresentar a palavra de Deus com uma dieta constante para a pessoa que está discipulando, porque aquele será um verdadeiro alimento para sua alimentação espiritual.
Quando ensinar a Bíblia, use ilustrações entendíveis e contemporâneas para assistir à pessoa que esta sendo discipulada na aplicação da palavra. Não tenha temor de usar exemplos de sua própria vida para ilustrar verdades bíblicas – mesmo que fracasso.
Nestas sessões de Homens Mentores de Homens temos considerado princípios bíblicos para muitas áreas chaves da vida. Este é um bom lugar para começar em sua relação de mentor. Encontrará um apêndice ao final deste curso dando recursos sugeridos para um estudo posterior em cada um dos tópicos que temos discutido. Também encontrará uma lista de ferramentas especificamente desenhadas para discutir com outra pessoa. Quiçá quer considerar um curso de estudo bíblico simples ao culminar Homens mentores de Homens.

Sente –se preparado para ensinar um novo discípulo?

______ Sim _____ Não

Explique:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

FAZENDO DISCIPULOS COMO JESUS FEZ


Mateus 3: 13 – 14: Então veio Jesus da Galiléia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João opunha –se, dizendo. Eu careço de ser batizado por ti, e vens tua a mim?
Existem aspectos relacionados ao discipulado que Jesus compartilhou que foi mais além do ensino. Quando formos mentores de outros homens, consideremos o modelo de Jesus quem nos tem dado o exemplo.

1. Ele estava com eles: Jesus passou tempo, não somente com estes doze homens, mas com muitos deles que foram Seus discípulos. Ele caminhou com ele e comeu com eles. Sua relação foi mais além de um simples papel de ensino. Ele foi seu companheiro e amigo. Ser um mentor produz uma mudança de vida frutífera que fluirá de um interesse genuíno e amizade. Esteja disposto a passar um tempo dedicado exclusivamente com aquela pessoa que Deus lhe chamou para discipular.

Que tipo de tempo compromete –se a dar aqueles a quem vai discipular?

__Diário__Uma vez por semana __Uma vez por vez___quando der



  1. Ele os desafiou: Jesus não só exigiu em demasia a Seus discípulos com os princípios que ele ensinou. Ele desafiou – lhes com a vida que ele demando viver. Na cultura da vingança é dizer do “olho por olho”, ele os desafiou a ser servos humildes. Ele lavou seu pés e lhes ordenou a fazer o mesmo.

Não vacile em desafiar aquele a quem você discípula. O cristianismo não é fácil nem cômodo. Ser um discípulo de Jesus tem um preço que deve ser contado. Chame às pessoas a obedecer tudo o que Cristo tem ordenado.

Está disposto a ser um desafiador?

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Não é para mim Tentarei Certo!

3. Jesus foi um exemplo constante: alguns dos melhores sermões que Jesus deu tem poucas ou nenhuma palavra. Quando ele tocou ao leproso que foi expulso da sociedade e que provoca repugnância, com Suas mãos saradoras de compaixão os discípulos aprenderam uma lição de misericórdia e amor.

Quando conversou com a mulher samaritana junto ao poço, os discípulos viram as muralhas do preconceito cair. Lavando seus pés no aposento alto sua atitude falou muito a Seus discípulos acerca da humildade e serviço. Seja um exemplo para aqueles a quem discípula. Não simplesmente ensine princípios cristãos. Viva – os!

De um exemplo da forma em que você pode exibir princípios cristãos a pessoa que você discípula:

_______________________________________________________________________________________________________________



  1. Jesus orou por Seus discípulos: Jesus falou palavras poderosas que estão registradas no evangelho de Lucas: “Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; Mas eu roguei por ti, para que a tu fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos”. Alguma vez leu a bonita oração registrada em João capitulo 17, na qual Ele orou por Seus discípulos e por nós. Pergunte acerca de suas necessidades de oração e recorde seguir a pista aos resultados das orações.

Dê três boas razoes para ser diligente na oração por aqueles a quem você discipula:

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________



  1. Jesus fez seus discípulos responsáveis pelos princípios do reino que Ele proclamou: Jesus fez perguntas indagatorias para animar a Seus discípulos a permanecer no rumo correto. Quando muitos de Seus discípulos começaram a abandona –lo, Ele voltou – se aos doze e disse: Vocês também querem andar na verdade? (João 6: 66 – 67)

Os discípulos renovaram seu compromisso de seguir a Jesus. Que pergunta mais direta a que Jesus fez a Seus discípulos que estavam dormindo no jardim: “Não puderam velar comigo uma hora?”(Mateus 26-40). Jesus freqüentemente desafiou e chamou a Seus discípulos a dar conta porque a responsabilidade ajudou a Seus discípulos a estar no caminho correto.


De sua relação de amizade e confiança, dê oportunidade um ao outro que tem a ver com a responsabilidade. Sabendo que alguém está dirigindo a pedirmos que nós demos conta por nossos pensamentos e ações é motivação para que nos mantemos freqüentemente na fé.

Que tipo de perguntas de rendição de contas pode você fazer?

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
CONCLUSÃO

Você tem um seu coração um desafio e em suas mãos uma ferramenta. Você irá fazer discípulos? Encontre a homens que queiram crescer e comprometer – se a ser o mentor deles. Jesus tem dão Sua autoridade, Seu mandamento, e Sua mesma presença para o chamado ao discipulado. Anime –se! Você fará bem no poder de Jesus Cristo. Você pode fazer todas as coisas através de Cristo que lhe dará forças (Filipenses 4:13)! Una-se à emocionante aventura de fazer uma diferença eterna fazendo discípulos!


A TAREFA

IDE E FAZEI DISCIPULOS!

RECURSOS

Sessão 2: Que há de novo?
The Heart’s Desire: James Houston. Lion Publications.
The Search for Significance: Robert McGee. Word Publishers.
Self-Confrontation: John C. Broger. Nelson & Sons Publication.
Treasury of Christian Discipline: Richard Foster. Harper Collins Pub.
In the Grip of Grace: Max Lucado. Word Publishers.
Sessão 3: Caminhando na palavra
Knowing Scripture: R. C. Sproul. InterVarsity Press.
How to Study the Bible for Yourself: Tim LaHaye. Harvest House Pub.

You Mean the Bible Teaches That: Charles Caldwell Ryrie. Moody Press.


The Battle for the Bible: Harold Lindsell. Zondervan Publishing.
Hard Sayings of the Bible: Kaiser, Davids, Bruce & Brauch. InterVarsity Press.
Sessão 4: Apaixonado na oração
The Church Reigning Through Intercession: Leola Glass. Inspirational Pub.
Why Pray?: B. J. Willhite. Creation House.
The Believer’s Guide to Spiritual Warfare: Thomas B. White. Servant Pub.
Living the Lord’s Prayer: Everett Fullam. Ballantine Books.
Praying With Power: Lloyd John Ogilvie. Regal Books.
Sessão 5: Contando com o treinador
The Holy Spirit: Billy Graham. Word Publications.
Spirit Controlled Temperament: Tim LaHaye. Tyndale House Publications.
After the Spirit Comes: Roger Thomas. New Life Books.
Flame of Love: Clark H. Pinnock. InterVarsity Press.
God’s Empowering Presence: Gordon D. Fee. Hendrickson Publishers.
Sessão 6: Este Corpo a Igreja
The Body: Charles Colson. Word Publications.
Is My Church What God Meant It to Be?: Gary Hauck. Accent Books.
Unleashing the Church: Frank R. Tillapaugh. Regal Books.
The Purpose Driven Church: Rick Warren. Zondervan Publishing.
Acts: The Church Afire: R. Kent Hughes. Crossway Books.
Sessão 7: A Adoração Espiritual
Daring to Dance With God: Jeff Walling. Howard Books.
Real Men Worship: LaMar Boschman.
Exploring Worship: Bob Sorge.

Elements of Worship: Judson Cornwall.


Heart of a Worshipper: Judson Cornwall.

Sessão 8: Um Pai Fiel
Secrets of Staying In Love: Ruth Stafford Peale. Thomas Nelson Pub.
The Marriage Builder: Larry J. Crabb. Zondervan Publishing.
Secret Choices: Dr. Ed Wheat. Zondervan Publishing.
Love for a Lifetime: James Dobson. Questar Books.
Making Love Last Forever: Gary Smalley. Word Publishers.
Sessão 9: Um Pai Fiel
For Instruction in Righteousness: Pam Forster. Doorposts Publications.
Growing Kids God’s Way: Gary and Anne Marie Ezzo. Growing Families Intl.
1001 Ways to Introduce Your Child to God: Kathie Reimer. Tyndale House.
Growing A Healthy Family: Mike Yorkey, Ed. Wolgemuth & Hyatt Publishers.
The Father Connection: Josh McDowell. Broadman Press.
Sesão 10: O verdadeiro
Disciplines of a Godly Man: R. Kent Hughes. Crossway Books.
No More Excuses: Tony Evans. Crossway Books.
What Makes A Man: Bill McCartney, Ed. NavPress.
Go the Distance: Collection. Focus on the Family.
Guard Your Heart: Gary Rosberg.

Sessão 11: Meu Corpo- Seu Templo
Looking for Love in All the Wrong Places: Joe White. Living Books.
Wide My World, Narrow My Bed: Luci Swindoll. Multnomah Press.
The Masculine Journey: Robert Hicks. NavPress.
His Needs — Her Needs: Willard F. Harley, Jr. Baker Books.
Intended for Pleasure: Dr. Ed Wheat. Word Publications.
Sessão 12: Bases Financeiras Sólidas
Your Finances in Changing Times: Larry Burkett. World Wide Publications.
Escaping the Coming Retirement Crisis: Proctor & Benna. NavPress.
The Complete Guide to Managing Your Money: Larry Burkett. Inspirational.
Encouraging Good Stewardship: George Barna. Regal Books.
Sessão 13: Uma Fé que Contagia
Taking Our Cities For God: John Dawson. Creation House.
Gentle Persuasion: Joseph C. Aldrich. Multnomah Press.
Out of the Salt Shaker: Rebecca Manley Pippert. InterVarsity Press.
The Master Plan of Evangelism: Robert E. Coleman. Fleming H. Revell.
Conspiracy of Kindness: Steve Sjogren. Vine Books.
Sessão 14: Homens Mentores de Homens
Call to Discipleship: Juan Carlos Ortiz. Logos Books. 1975.
Experiencing God: Henry T. Blackaby and Claude King. LifeWay Press.
Maximized Manhood: Edwin L. Cole. Whitake House Publishers.
I Surrender: Patrick Morley. Wolgemueth & Hyatt Publishers.
The Man in the Mirror: Patrick Morley. Nelson Publishers.
Man to Man: Charles R. Swindoll. Zondervan Publishing.
Training Faithful Men: Bill Gothard. Institute in Basic Life Principles.
Point Man: Steve Farrar. Multnomah Books.
Catálogo: portugues
portugues -> Trigésimo segundo período ordinário de sessões oea/Ser. G 2 de junho de 2002 ag/doc. 4059/02 ad
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G
portugues -> Africanidades Escola Notre Dame 5ª sériesAeB 2011
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos cp/cajp-2289/05 re
portugues -> Enviados aos jovens em comunidades no seguimento de cristo
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos cp/cajp-2155/04 re
portugues -> Conselho permanente da oea/Ser. G organizaçÃo dos estados americanos csh/GT/ads-22/04 cor
portugues -> OrganizaçÃo dos estados americanos conselho Interamericano de Desenvolvimento Integral (cidi)
portugues -> A inserção dos fiéis leigos nas Novas Comunidades Cristãs
portugues -> Original: espanhol


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal