I – diagnóstico



Baixar 2.54 Mb.
Página5/23
Encontro18.07.2016
Tamanho2.54 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   23

I.5 – Demografia


No contexto metropolitano, o aspecto fundamental a ressaltar, do ponto de vista demográfico, é que os municípios de Contagem e Betim encontram-se na trajetória do vetor de expansão oeste da Região Metropolitana de Belo Horizonte, que se configurava já em 1991 e que se confirma com as informações da Contagem Populacional de 1996. O outro vetor de expansão metropolitano está no sentido norte, em direção a Vespasiano e Santa Luzia, conduzindo a uma provável conurbação futura com Sete Lagoas. O que é preocupante nestes vetores de expansão populacional é a simultânea formação ou adensamento de loteamentos irregulares e favelas que os acompanha.
Na Tabela 5.1 são apresentados os dados populacionais dos municípios da Região Metropolitana em 1980 e 1991, a área municipal total àquela época segundo a fonte IBGE (para os municípios emancipados mais recentemente a informação de área ainda não foi publicada) e também os indicadores de participação dos municípios em termos de área e montante populacional no conjunto metropolitano.

Tabela 5.1- População e Área dos Municípios e Alguns Distritos da



RMBH, Segundo a Situação Político-Administrativa emVigor em 1991-1980 e 1991


MUNICÍPIOS

ÁREA

POPULAÇÃO 1980

População 1991

Taxas de Crescimento




(km²)

%

Total

%

Urbana

Rural

Total

%

Urbana

Rural

Total

Urbano

RMBH

5.824

100

2.609.520

100

2.498.139

111.381

3.436.060




3.257.923

178.137

2,53

2,44

BELO HORIZONTE

335

5,75

1.780.855

68,24

1.775.082

5.773

2.020.161

58,79

2.013.257

6.904

1,15

1,15

Belo Horizonte

...




1.442.616




1.441.567

1.049

1.531.186




1.531.186

..

0,54

0,55

Venda Nova

...




338.239




333.515

4.724

488.975




482.071

6.904

3,41

3,41

BETIM

376

6,46

84.183

3,23

76.801

7.382

170.934

4,97

162.143

8.791

6,65

7,03

BRUMADINHO

634

10,89

17.964

0,69

8.611

9.353

19.308

0,56

11.583

7.725

0,66

2,73

CAETÉ

528

9,07

30.634

1,17

25.127

5.507

33.251

0,97

29.115

4.136

0,75

1,35

CONTAGEM

167

2,87

280.477

10,75

278.081

2.396

449.588

13,08

419.975

29.613

4,38

3,82

Contagem

...




113.941




111.545

2.396

225.540




195.927

29.613

6,40

5,25

Parque Industrial

...




166.536




166.536

..

224.048




224.048

..

2,73

2,73

ESMERALDAS

943

16,19

16.206

0,62

5.311

10.895

24.298

0,71

7.044

17.254

3,75

2,60

IBIRITÉ

145

2,49

39.970

1,53

27.429

12.541

92.675

2,70

91.193

1.482

7,95

11,54

IGARAPÉ

192

3,30

16.563

0,63

11.028

5.535

27.400

0,80

19.909

7.491

4,68

5,52

LAGOA SANTA

280

4,81

19.508

0,75

15.395

4.113

29.824

0,87

27.979

1.845

3,93

5,58

MATEUS LEME

385

6,61

18.657

0,71

12.108

6.549

27.033

0,79

19.580

7.453

3,43

4,47

NOVA LIMA

410

7,04

41.223

1,58

35.050

6.173

52.400

1,53

44.038

8.362

2,20

2,10

PEDRO LEOPOLDO

305

5,24

29.999

1,15

20.872

9.127

41.594

1,21

32.891

8.703

3,02

4,22

RAPOSOS

77

1,32

11.810

0,45

11.058

752

14.242

0,41

13.317

925

1,72

1,70

RIBEIRÃO DAS NEVES

157

2,70

67.257

2,58

61.670

5.587

143.853

4,19

119.925

23.928

7,16

6,23

RIO ACIMA

228

3,91

5.069

0,19

3.463

1.606

7.066

0,21

5.641

1.425

3,07

4,54

SABARÁ

317

5,44

64.204

2,46

58.145

6.059

89.740

2,61

74.757

14.983

3,09

2,31

SANTA LUZIA

229

3,93

59.892

2,30

51.813

8.079

137.825

4,01

130.186

7.639

7,87

8,74

VESPASIANO

116

1,99

25.049

0,96

21.095

3.954

54.868

1,60

35.390

19.478

7,39

4,82

Fonte: IBGE, Censo Demográfico de Minas Gerais, 1980 e 1991

A área considerada pelo IBGE para Betim e Contagem é de 376 km2 e 167 km2, respectivamente, sendo que o primeiro município é composto por um único distrito, enquanto o de Contagem é constituído por dois, o distrito-sede de Contagem e o do Parque Industrial. A Bacia de Vargem das Flores está integralmente inserida no distrito-sede de Contagem e pequena parte no segmento rural do distrito único de Betim. Estes municípios não sofreram alterações administrativas desde 1980, sendo que a comparabilidade dos seus dados ao longo do tempo não fica portanto prejudicada.


Apesar de ser territorialmente maior que o município de Contagem, Betim conta com menor população tanto em 1980 quanto em 1991, sendo de 84 mil habitantes no primeiro e 171 mil no segundo. Contagem apresenta em 1980 o montante de 280 mil habitantes, cerca de 3 vezes o registrado por Betim, atingindo 450 mil em 1991, mantendo ainda aproximadamente a mesma relação de tamanho face a seu vizinho.
Segundo a análise dos dados populacionais de 1980 e de 1991, os vetores de expansão urbana deslocaram-se para a periferia da Região Metropolitana durante a última década, principalmente nos sentidos norte e oeste. Os municípios de Betim e Contagem apresentaram ritmos acentuados de crescimento, em torno de 7% ao ano para o primeiro, que implica em duplicação do estoque populacional a cada dez anos, e de 4% para o segundo.
Deve-se ressaltar que dentro do município de Contagem as maiores taxas de crescimento populacional durante os anos 80 ocorreram no distrito-sede, onde está localizada a bacia de Vargem das Flores, e não no Parque Industrial. Portanto, as taxas de crescimento deste distrito superaram as apresentadas pelo conjunto do município, sendo a taxa de crescimento da população total maior do que a urbana, indicando a relevância da implantação rural de Nova Contagem no contexto do distrito e do município (em geral, as taxas de crescimento urbano são maiores do que as taxas de crescimento total). Tabela 5.1.
Pode-se observar que a taxa média de crescimento da população metropolitana caiu no início dos anos 90, porém ainda assim ela sofreu um incremento absoluto significativo de 400 mil pessoas no espaço de 5 anos , dos quais 70 mil em Belo Horizonte (a despeito de sua baixíssima taxa de crescimento), 80 mil em Betim e 40 mil em Contagem. Ou seja, em termos absolutos, o vetor oeste apresenta maior intensidade e expressão no contexto metropolitano. Figura 5.1
A taxa de crescimento populacional de Contagem decresce bastante face à década anterior, ao passo que a de Betim se mantém no patamar elevado, sofrendo incremento para quase 8% ao ano no início da década de 90. Deve-se ressaltar que os municípios de Esmeraldas e Ribeirão das Neves, limítrofes da Bacia ao norte, apresentam também taxas elevadas, entre 6,5% e 7% ao ano, no mesmo período. Conclui-se que a pressão exercida pelo crescimento populacional no entorno da Bacia está se acentuando face ao passado. A taxa de crescimento de Ribeirão das Neves já era alta durante os anos 80, mas comparativamente não se podia afirmar o mesmo para Esmeraldas. Tabela 5.2.

Figura 5.1

Vetores de Expansão Populacional da Região Metropolitana de Belo Horizonte - 1980 a 1996


Croqui sem escala

Tabela 5.2- População Total dos Municípios Componentes da RMBH e suas Taxas de Crescimento (% a.a.)- 1991/1996-Situação Político-administrativa de 1996







POPULAÇÃO TOTAL

TAXA DE

MUNICÍPIOS

1991

1996

CRESCIMENTO

(% a.a.)


Belo Horizonte

2020161

2091770

0,70

Betim

170934

249795

7,88

Brumadinho

19308

24257

4,67

Caeté

33251

34869

0,95

Confins

3183

4266

6,03

Contagem

449588

491268

1,79

Esmeraldas

24298

33935

6,91

Ibirité

78090

106773

6,46

Igarapé

15957

17893

2,32

Juatuba

9436

12326

5,49

Lagoa Santa

26641

30755

2,91

Mário Campos

5081

7247

7,36

Mateus Leme

17597

20712

3,31

Nova Lima

52400

56939

1,68

Pedro Leopoldo

41594

47299

2,60

Raposos

14242

14652

0,57

Ribeirão das Neves

143853

197147

6,51

Rio Acima

7066

7524

1,26

Sabará

89740

100570

2,30

Santa Luzia

137825

152682

2,07

São Joaquim de Bicas

11443

13107

2,75

São José da Lapa

6856

12198

12,21

Sarzedo

9504

12492

5,62

Vespasiano

48012

60536

4,74

RMBH

3436060

3801012

2,04

Fonte: IBGE, Censo Demográfico de Minas Gerais , 1991- Contagem Populacional de 1996
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   23


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal