I congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia e III congresso da Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica



Baixar 154.95 Kb.
Encontro25.07.2016
Tamanho154.95 Kb.
Correspondência entre as secções temáticas do

I Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia e

III Congresso da Associação Portuguesa de Filosofia Fenomenológica



III Congresso da AFFEN

I Congresso Luso-Brasileiro de Fenomenologia

Secção 1

A Fenomenologia perante as ciências modernas: crise, refundação, fundamentação



Secção 2

Fenomenologia e Ciência



Secção 2

Reconfigurações do mundo-da-vida: cognição, técnica, acção, estética



Secção 5

Fenomenologia e Estética



Secção 3

Homem e Sociedade: mundo-da-vida, facticidade e normatividade



Secção 3 ou 4

Fenomenologia e Ética

Fenomenologia e Política


Secção 4

Fenomenologia e Epistemologia das ciências humanas



Secção 1

Fenomenologia e Hermenêutica



Secção 5

Razão e Natureza: mundo-da-vida e razão teórica



Secção 2

Fenomenologia e Ciência



Secção 6

Fenomenologia e Epistemologia das ciências naturais e exactas



Secção 2

Fenomenologia e Ciência





NOVAS SECÇÕES TEMÁTICAS QUE RESULTAM

DA JUNÇÃO DOS DOIS CONGRESSOS

I. O Fenómeno “Ciência”

II. Mundos: Estético, Prático, Teórico

III. Factos e normas: Ética, Direito e Política

IV. Hermenêutica e Ciências Humanas

V. Mundo-da-vida e razão teórica

VI. A Fenomenologia como Gnosiologia, Lógica e Metafísica

VII. Fenomenologia, Psicologia e Psicoterapia

1.º DIA – 5 DE DEZEMBRO (1st DAY – 5th OF DECEMBER)

Abertura: Pedro Alves

(ANFITEATRO III)



124 - Zeljko Loparic

Universidade de Campinas, São Paulo - Brasil



A pergunta pelo ser e a fenomenologia

75 - Lester Embree

Florida Atlantic University, Boca Raton, Florida – Estados Unidos



The Category of Attitude in the Phenomenology of Culture


MANHÃ (MORNING)





moderador: José Luís Brandão da Luz moderadora: Isabel Matos Dias moderador: José Manuel dos Santos

(SALA 2.13) (SALA DE MESTRADO) (ANFITEATRO III)



20 - José Luís Brandão da Luz,

Universidade dos Açores – Portugal



A fenomenologia e a nova orientação do estudo da natureza

90 - Maria da Luz Pintos

Universidade Santiago de Compostela – Espanha

Actitude natural”, intercorporeidade e empatía emocional no “munda da vida”. Análise fenomenolóxica


1 - Acílio Estanqueiro Rocha

Universidade do Minho – Portugal



Para uma Hermenêutica da “Conversação Europeia”



93 - Mário Jorge Carvalho

Universidade Nova de Lisboa – Portugal



Husserl e o problema da fundação platónica das ciências

16 - Antonino Firenze

Universidade Pompeu Fabra, Barcelona – Espanha



Munda-de-la-vida, intercorporeidade, tierra: Merleau-Ponty y la fenomenologia

116 - Sébastien Laoureux

Universidade de Namur – Bélgica



Monde de la vie et posture épistémologique du sociologue phénoménologue. A partir d’Alfred Schütz

5 - Alberto Marcos Onate

Unioeste (PR) – Brasil



Pode a filosofia tornar-se ciência estrita?


77 - Lucy Carrillo Castillo,

Universidad de Antioquia, Medellín – Colombia



La solución husserliana al problema mente-cuerpo

30 – Edmilson Alves de Azevedo
Universidade Federal da Paraíba – Brasil

Lebenswelt - Ação e compreensão em Alfred Schütz

66 - José Arlindo Aguiar Filho

Universidade Federal de Pernambuco – Brasil


A crise e a renovação da ciência: o caminho do mundo da vida


52 - Guillermo Perez la Rotta

Universidad del Cauca. Popayán – Colombia.



Historia, tiempo y cuerpo en Merleau-Ponty


118 - Urbano Ferrer

Universidad de Murcia – Espanha



La comprensión en las ciencias humanas: Max Weber

107- Ricardo Leon Lopes

Universidade Federal de Campina Grande – Brasil

Análise do conceito de ‘intencionalidade’ (parágrafo 84) da obra Ideias relativas a uma fenomenologia pura e uma filosofia fenomenológica de Edmundo Husserl

44 - Fernando Fragozo

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil



Transcendentalidade e mundaneidade: a analítica existencial como paradoxo

31 - Fábio Caprio Leite de Castro

Universidade de Liège - Bélgica. 


A experiência normativa e o paradoxo ético em Morale et Histoire de Jean-Paul Sartre



TARDE (AFTERNOON)


moderadora: Florinda Martins moderador: José Manuel Martins

(ANFITEATRO III) (SALA DE MESTRADO)




45 - Fernanda Henriques

Universidade de Évora – Portugal



A Hermenêutica de Paul Ricoeur: uma forma de pensar entre o dado irrecusável e o universal possível



117 - Tito Cardoso e Cunha
Universidade da Beira-Interior - Portugal
A crítica como avaliação estética

8 - Alexandre de Oliveira Torres Carrasco

Universidade Federal de São Paulo/EPM – Brasil

Natureza e história em Merleau-Ponty – metafísica e política nas Aventuras da dialética



57 - Isabel Matos Dias

Universidade de Lisboa – Portugal



(título a anunciar)

18 - Ariane P. Ewald

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil



Crónicas folhetinescas: aporte para um ‘’fenomenologia social’’

91 - Mariana Larison

Universidad de Buenos Aires/ Université Sorbonne, Paris 1 – Argentina


Merleau-Ponty entre lo imaginario y lo real





68 - José Domingues

Universidade da Beira Interior



O diálogo na hermenêutica de Gadamer


92 - Marisa Forghieri

Universidade Anhembi Morumbi -Laureate International Universities – São Paulo – Brasil



Nietzsche, arte e estética




96 - Nadja Hermann

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul



Experiência estética e sentido ético




Moderadora: Fernanda Henriques

(ANFITEATRO III)




50 – Miguel Garcia Baró

Universidade Complutense Madrid - Espanha



El interés de la edición original de las investigaciones lógicas

28 - Daniel Giovannangeli

Phénoménologies, Liège – Bélgica



Derrida et le temps phénoménologique


2.º DIA – 6 DE DEZEMBRO (2nd DAY – 6th OF DECEMBER)

Moderador: Fernando Belo

(ANFITEATRO III)



60 - Javier San Martín

Universidade Nacional de Educação a Distancia – Madrid – Espanha



Racionalidad de base y fundamentación de las ciencias: la segunda objeción de el Origen de la geometría

34 - Emmanuel Carneiro Leão

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil



Fenomenologia como imagem


MANHÃ (MORNING)





moderador: Urbano Mestre Sidoncha moderador: Tito Cardoso e Cunha moderador: Luisa Portocarrero

(ANFITEATRO III) (SALA 2.13) (SALA DE MESTRADO)




38 - Florinda Martins

Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa



Uma fenomenologia das ciências a partir das indecisões de Descartes

49 - Gabriela Castro

Universidade dos Açores - Portugal



A função da imaginação na tríplice mímesis de Ricoeur


70 - José Silveira de Brito

Universidade Católica de Braga – Portugal



Será possível uma ética global?

115 - Rui Sampaio Silva

Universidade dos Açores – Portugal



Gadamer, Mcdowell e o naturalismo da segunda natureza

63 - João Tiago Pedroso Lima

Universidade de Évora – Portugal



Fenomenologia e limites do humano: repercussões do pensamento fenomenológico de M. Dufrenne para além da experiência estética

125 - Zamara Araújo dos Santos

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia e Unicamp – Brasil



No horizonte de uma política da Terra: um encontro de fronteiras entre as concepções de Husserl e Heidegger e as análises de Deleuze e Guattari.


9 - Alex Fabiano Jardim

Universidade Estadual de Montes Claros, Minas Gerais – Brasil



A recepção e a crítica de Gilles Deleuze à fenomenologia de Husserl na obra Lógica do sentido

47 - Francesco Napoli

Universidade Federal de Ouro Preto – Brasil



Arte e existência: o caráter artístico da toda a atividade humana a partir de Luigi Pareyson

102 - Osvaldo Freitas de Jesus

Universidade Presidente António Carlos / Universidade Federal Uberlândia – Brasil



Existência, cotidianidade e o ser-aí

18 - Ariane Ewald /65 - Jorge Coelho Soares

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil



O jovem Marcuse e a fenomenologia

62 - Joaquim Carlos Araújo

Escola Secundária de S. João da Talha, Loures – Portugal

Breve ensaio de imaginação (neuro)estética


96- Nadja Hermann

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Brasil



Ética: a aprendizagem da arte de viver


21 - Carlos Diógenes Tourinho

Universidade Federal Fluminense – Brasil



O problema da intencionalidade: da objectividade imanente em F. Brentano à consciência transcendental na fenomenologia de E. Husserl

122 - Warley Kelber Gusmão de Andrade

Universidade do Estado da Bahia – Brasil



O carácter ‘fenomenológico’ da filosofia bergsoniana




TARDE (AFTERNOON)


moderador: Cassiano Reimão moderadora: Irene Borges Duarte moderador: André Barata

(SALA DE MESTRADO) (ANFITEATRO III) (SALA 2.13)




111 – Róbson Ramos dos Reis

Universidade Federal de Santa Maria – Brasil



Hermenêutica da natureza e Biologia, em Ser e Tempo e nos Conceitos Fundamentais da Metafísica

40 – Francesc Pereña

Universidade de Barcelona – Espanha



Individuación en Husserl i Heidegger

105 - Pedro M. S. Alves

Universidade de Lisboa – Portugal


É a Realidade um objecto fenomenológico?

82 - Luiz Roberto Gomes

UNITRI, Uberlândia – Brasil



Mundo da vida, racionalidade e ciência: o sentido fenomenológico do conceito de Lebenswelt na teoria social de Jürgen Habermas

99 - Nythamar de Oliveira

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – Brasil



World, Subjectivity, and Meaning: Husserl, Heidegger,

and the Transcendental Semantics of the Lebenswelt


23 – Carlos Morujão

Universidade Católica de Lisboa – Portugal



Será a fenomenologia uma ciência da "Ichlosen Subjektivität"?


46 – Flávio Beno Siebeneichler

Universidade Gama Filho/Rio de Janeiro – Brasil



A racionalização do mundo da vida como pedra de toque da teoria do agir comunicativo

97 - Willis Santiago Guerra Filho


Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Universidade Estadual do Ceará – Brasil

Necessidade e conseqüente possibilidade de um pensamento filosófico pós-metafísico e onto-teo-lógico: o pensamento possibilista, possibilitador de salvação

56 - Irene Pinto Pardelha

Bolseira FCT/FSE, Universidade de Lisboa – Portugal


Regresso ao Lebenswelt ou como trazer a transcendência à reflexão


113 - Rogério José Schuck.

Univates, Centro Universitário – Brasil



A base fenomenológica gadamariana diante da apropriação da tradição em ‘Verdade e Método’

13 – André Macedo Duarte

Universidade Federal do Paraná, UFPR – Brasil



Heidegger e a obra de arte como acontecimento histórico-político


17 - Antonio Augusto Videira

Universidade Estadual do Rio de Janeiro – Brasil



Hermenêutica e Filosofia da Ciência Natural: Seria possível uma reconcialição promovida pelos Science Studies?





121 - Wagner Félix

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil



As disposições do estranhamento em conexão com a ideia do habitar na obra de Martin Heidegger

80 - José Ruiz Fernández

Bergische Universität Wuppertal



El concepto del mundo de la vida y su problemática contribución a una aclaración fenomenológica de la ciencia empírica



Moderador: Mário Jorge Carvalho

(ANFITEATRO III)



110 - Roberto Walton

Universidade de Buenos Aires – Argentina



El mundo como horizonte y continente

43 - Fernando Belo

Universidade de Lisboa – Portugal



Da re(pro)dução. A fenomenologia como filosofia com ciências


3.º DIA – 7 DE DEZEMBRO (3rd DAY – 7th OF DECEMBER)

Moderador:

(ANFITEATRO III)



48 - François de Gandt

Universidade Lille III – França



Husserl et le tissu de l’experience (les synthèses passives)

Evocação de Gustavo de Fraga
(Mesa: Pedro Alves, Manuel Cândido Pimentel, Carlos Morujão, José Luís Brandão da Luz)



MANHÃ (MORNING)





moderador: Olivier Feron moderador: Pedro Alves moderador: Carlos Morujão moderador: Mafalda Blanc

(SALA DE MESTRADO) (ANFITEATRO III) (ANFITEATRO IV) (SALA 2.13)




12 – André Barata

Universidade da Beira Interior – Portugal



O problema da naturalização da fenomenologia

55 - Irene Borges Duarte

Universidade de Évora – Portugal



Gestell e Gestalt. Fenomenologia da configuração técnica do mundo em Heidegger

24 - Cassiano Reimão

Universidade Nova de Lisboa – Portugal



A problemática da pessoa, em P. Ricoeur – perspectivas fenomenológicas

7 - Alexandre Franco Sá

Universidade de Coimbra – Portugal



(título a anunciar)


119 - Urbano Mestre Sidoncha

Universidade da Beira Interior – Portugal



(título a anunciar)


86 - Maria Aparecida Viggiani Bicudo

- M.S. Maurício Rosa

UNESP - Universidade Estadual Paulista, São Paulo - Brasil



Munda-da-vida. Desafios postos pela virtualidade do ciberespaço

54 - Helena Barroso Catalão

Universidade Católica de Braga – Portugal



A (Im)possibilidade de um «Rosto» para a Fenomenologia - Considerações sobre a visão violenta da Filosofia Ocidental em Emmanuel Lévinas

10 - Ana Maria Lopez Calvo de Feijoo

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil



Kierkegaard e o despontar da sociedade de massa: uma análise fenomenológica



81 - Luiz Damon Santos Moutinho

Universidade Federal do Paraná – Brasil



A ideia de fundação na fenomenologia de Merleau-Ponty

25 - Célida Godina

Colegio de Filosofía de la Benemérita Universidad Autónoma de Puebla – México



Los conflitos éticos de la tecnociencia y las exigencias del mundo de la vida

2 - Adão José Peixoto

Universidade Federal de Goiás – Brasil


Fenomenologia, ética e educação





100 - Odílio Alves Aguiar

Universidade Federal do Ceará – Brasil



Política e finitude em Hannah Arendt

120 - Vanessa Furtado Fontana

Unioeste (PR) –Brasil



Clarificação das ciências dogmáticas no idealismo fenomenológico de Husserl

Maria Carmen López Sáenz

Uned, Madrid



Mundo de la vida y pasividad del sueño


3 - Adriano Correia

Universidade Federal de Goiás – Brasil



A vitória do animal laborans e o ocaso da política na modernidade


108 - Richard Theisen Simanke

Universidade Federal de São Carlos, SP – Brasil



Um ponto cego no programa de naturalização da fenomenologia: o conceito de natureza

103 - Paulo Alexandre e Castro

Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa – Portugal



De Heidegger a Zizec: metafísica da prótese ou arte, técnica e poiésis na experiência mediada do sujeito-suposto-existir







TARDE (AFTERNOON)





moderador: Carlos Morujão moderador: João Tiago Lima moderador: Urbano Sidoncha

(SALA 2.13) (ANFITEATRO III) (SALA DE MESTRADO)




88 - Maria Luísa Couto Soares

Universidade Nova de Lisboa – Portugal



Intencionalidade e referência: entre Frege e Husserl

78 - Lucrécia Rovaletti

Universidade de Buenos Aires – Argentina



Personalidad borderline, temporalidad cíclica y afectividad originaria



67 - José Heleno

Instituto Politécnico de Tomar – Portugal



Mundo e Finitude em Heidegger



112 - Rodrigo Gouvea
Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil

À procura de uma noção compartilhada de fenomenologia à margem do movimento fenomenológico



109 - Roberto Novaes de Sá

Universidade Federal Fluminense – Brasil



Fenomenologia, Ciência e Psicologia: a restrição de sentido da existência contemporânea e as práticas psicoterapêuticas


101 - Olivier Feron

Universidade de Évora – Portugal



(título a anunciar)

76 - Lúcio Lourenço Prado

Unesp/Marília – Brasil



Husserl, Frege e Mill: psicologismo e antipsicologismo lógico

123 - Yolanda Cintrão Forghieri

Universidade de São Paulo – Brasil



Perspectiva Fenomenológica da Psicologia: a personalidade


71 - Juan Patricio Cornejo Ojeda

Universidad de Los Lagos, Calama – Chile



Ser y Realidad


39 – Francisco Conde Soto

Universidade de Barcelona



Concepto, sentido y valoración global de la fenomenología de Edmund Husserl como teoría del conocimiento


35 - Enilda Rodrigues de Almeida Bueno

Universidade Estadual de Goiás, Universidade Federal de Goiás, Conselho Estadual de Educação de Goiás – Brasil



A fenomenologia e a ressignificação do trabalho docente

95 - Miguel Santos Silva

Universidade Católica de Lisboa – Portugal



(título a anunciar)




6 - Alessandro Gemino

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil



27 - Crisóstomo Nascimento

Universidade Federal Fluminense – Brasil



Prolegômenos sobre algumas contribuições da fenomenologia para uma tentativa de fundamentação pós-metafísica da clínica psicoterápica

26 - Cintia Martins Dias

Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil



Metafísica, ciência e pensamento



Moderadora: Irene Borges Duarte

(ANFITEATRO III)



4 - Agustín Serrano de Haro

Consejo Superior de Investigaciones Científicas – Espanha



Forma el dolor parte del munda de la vida? Pro y contra Michel Henry?

29 - Dieter Lohmar

Arquivos Husserl de Colónia - Alemanha



(título a anunciar)


4.º DIA – 8 DE DEZEMBRO (4th DAY – 8th OF DECEMBER)

Moderador: Isabel Matos Dias

(ANFITEATRO III)



89 - Maria Luísa Portocarrero

Universidade de Coimbra – Portugal



Facticidade, normatividade, e tradução na filosofia de H.-G. Gadamer

106 - Ramón Rodriguez


Universidade Complutense, Madrid – Espanha

(título a anunciar)



MANHÃ (MORNING)





moderador: André Barata moderador: Alexandre Franco Sá moderador: Luís Umbelino

(ANFITEATRO III) (ANFITEATRO II) (ANFITEATRO IV)




84 - Marcia Sá Cavalcante Schuback

Södertörns University College, Estocolmo – Suécia



Pensar é esboçar: indicação formal e a experiência artística da forma

11 - Ana Paula Loreiro de Sousa

Universidade Autónoma – Portugal



A Fenomenologia da experiência jurídica em Portugal: Luís Cabral de Moncada

33 - Elsa Oliveira Dias

PUC/SP


O não-mental em Heidegger e na psicanálise de Winnicott

61 - José Manuel Martins

Universidade de Évora – Portugal



Forma vs. Percepção: uma reconstrução do debate Merleau-Ponty / Malraux em Le langage indirect et les voix du silence

98 - Nuno Coelho

Universidade Conselheiro Lafaiete – Brasil



O Humano como tarefa: a dimensão ética, jurídica e política da vida conforme idéias infinitas


14 - Andrés Antunez

Universidade de São Paulo – Brasil



72 - Kleber Duarte Barreto

Universidade Paulista – Brasil



Acompanhamento terapêutico: configurações do mundo-da-vida?

18 - Ariane Ewald / 42 - Fernanda Garcia

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil



Sartre e a fenomenologia da experiência ética: literatura como expressão

15 - Ângela Maroja

Universidade Federal do Pará – Brasil



Normatividade e mundo da vida: perspectivismo e ceticismo de segundo grau

41 - Fátima Caropreso

Pesquisadora Colaboradora da Universidade Estadual de Campinas, SP – Brasil



Merleau-Ponty e a psicanálise: uma revisão da crítica ao inconsciente freudiano

32 - Eloisa Nogueira Aguiar

Universidade Estácio de Sá – Campus Resende/RJ – Brasil



A radicalização da fenomenologia em Jean-Paul Sartre

66 - José Arlindo Aguiar Filho

Universidade Federal de Pernambuco – Brasil



Fenomenologia como paradigma de restruturação da ciência jurídica

74 - Leopoldo Fulgencio

Universidade Católica de Campinas – Brasil



O conceito winnicottiano de experiência

114 - Rúbia Lúcia Oliveira

Universidade Federal de Ouro Preto – Brasil



A especificidade da obra literária segundo Jean-Paul Sartre

22 - Carlos Belvedere

Universidad de Buenos Aires / Universidad Nacional de General Sarmiento – Argentina



La fenomenologia social y sus tareas

64 - João Paulo F. Barretta

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – Brasil



O conceito de experiência em Freud e a sua crítica à luz da fenomenologia hermenêutica de Heidegger


73 - Leandro Lelis Matos

Universidade Estadual do Ceará – Brasil


Sartre e a fenomenologia da temporalidade









TARDE (AFTERNOON)


moderador: moderador: José Manuel dos Santos moderador: Fernando Belo

(ANFITEATRO IV) (ANFITEATRO III) (ANFITEATRO II)



59 - Jacinta Turolo Garcia

Universidade do Sagrado Coração em Baúru, São Paulo, Brasil



Presença feminina no período inicial da fenomenologia – Edith Stein

83 - Mafalda Blanc

Universidade de Lisboa – Portugal



A fenomenologia da experiência espiritual

79 - Luís Umbelino

Universidade de Coimbra



Ideias directrizes para uma somatologia

87 - Maria João Coelho

Universidade Nova de Lisboa – Portugal



Do coração, lugar de excelência de fragilidade afectiva, ao Sentimento como dimensão ontológica de reconstituição humana

85 - Marco Casanova

Universidade Estadual do Rio de Janeiro – Brasil



Mundo e historicidade: Heidegger e o projeto da ontologia fundamental em Ser e Tempo

126 - Adriana Verissimo Serrão

Universidade de Lisboa – Portugal



Opacidade e limite na antropologia de Helmut Plessner

18 - Ariane Ewald

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Brasil



Ciência, mito e magia: uma fenomenologia do discurso da medicalização da sociedade

58 - Itamar Soares Veiga

Universidade de Caxias do Sul – Rio Grande do Sul – Brasil



Elementos da filosofia analítica da linguagem redirecionados a uma abordagem existencial

53 - Graciela Ralón de Walton

Universidad Nacional de San Martín – Argentina



Corporalidad y acción responsiva

32 - Eloisa Nogueira Aguiar

Universidade Estácio de Sá – Campus Resende/RJ – Brasil



A fenomenologia existencial sartreana e a refundação da psicologia

Adelino Cardoso
Centro de Filosofia, Universidade de Lisboa
“Proto-psicologismo” de Antoine Arnauld

104 - Paulo Roberto Monteiro de Araújo

Universidade Mackenzie, São Paulo – Brasil



Heidegger e o problema da naturalização do homem




Michael Marder
Universidade de Toronto
What is living and what is dead in attention? Alertness and distraction in Husserl and Pessoa

19 - Aurélio Alves Ferreira

Professor da PUC-Minas (Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais)



O lugar do humano em Heidegger


Moderador: Olivier Feron

(ANFITEATRO III)



51 - Gerard Pradelle

Universidade Lyon II – França



Tout est-il mathématisable?

69 - José Manuel Santos

Universidade da Beira Interior – Portugal



A invisibilidade da técnica. Sobre o mundo da vida segundo Blumenberg



LEGENDA:

PALESTRAS (40 minutos)

CONFERÊNCIAS (30 minutos)

COMUNICAÇÕES (20 minutos)







©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal