I nfância hospitalizada e literatura infantil: os encantos de sylvia orthof nas bordas da formaçÃo leitora



Baixar 6.58 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho6.58 Kb.
I

NFÂNCIA HOSPITALIZADA E LITERATURA INFANTIL: OS ENCANTOS DE SYLVIA ORTHOF NAS BORDAS DA FORMAÇÃO LEITORA

Glaucia Silva de Moura(Mestranda PPGEDUC/UNEB/CAPES)

E-mail: glauciauneb@yahoo.com.br

Eudes Mata Vidal(Mestrando PPGEDUC/UNEB)

E-mail: eudesamigo28@gmail.com


RESUMO
O projeto de pesquisa intitulado “Infância Hospitalizada e Literatura Infantil: os encantos de Sylvia Orthof nas bordas da formação leitora” selecionado para o Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade/PPGEduc da Universidade do Estado da Bahia - UNEB, Campus I tem suas raízes em minha experiência acadêmica quando agente de leitura do projeto de extensão Rodapalavra, que se constitui em um grupo de formação de leitores. Essa referida pesquisa realiza uma investigação acerca do contexto das crianças hospitalizadas e no que concerne a formação de leitores no ambiente hospitalar, através dos estudos da literatura de Sylvia Orthof, renomada autora infantil brasileira. A escolha pela autora aconteceu durante contações de histórias realizadas com crianças no setor de oncologia e cardiopatia do hospital Santa Isabel em Salvador. As leituras versavam entre clássicos da literatura infantil, contos e poesias. Dentre muitas questões com as quais me deparei no decurso dessa experiência, uma, especialmente, chamou a atenção: a preferência pelos textos de Orthof por parte das crianças e de muitos pais/acompanhantes. Não obstante, o objetivo do projeto que era a formação de leitores percebia que havia um deleite diferenciado quando se contava as histórias de Orthof. Os textos desta autora se destacam pela presença marcante do nonsense e da comicidade, transformando a leitura em uma grande diversão. Dessa maneira, será feito um histórico do atendimento educacional a essa parte da infância. Tendo como objeto de estudo entender como se constrói a narrativa de Sylvia Orthof para contribuir com a formação leitora de crianças em contexto hospitalar. No entanto, é preciso refletir acerca das políticas públicas educacionais para essa infância hospitalizada, já que o Conselho Nacional de Educação define que entre os educandos com necessidades educacionais especiais, aqueles que apresentam dificuldades no acompanhamento das atividades curriculares por limitações e condições específicas de saúde. Assim, será feito uso das narrativas orais das crianças hospitalizadas para perceber através da fala dos entrevistados como a literatura de Orthof contribuiu para a sua constituição enquanto leitores e como acontece o processo escolar hospitalar, já que em Salvador a escola hospitalar já se apresenta como uma realidade através da rede municipal de ensino. A pesquisa (auto) biográfica será o caminho metodológico que dará conta desse estudo, através de pesquisa empírica, recorrendo a recursos metodológicos contemporâneos como blogs e também à contação de histórias, diários e entrevistas narrativas. A fundamentação teórica se apoiará, principalmente, nos estudos de Philipie Ariès sobre a história social da infância e da família, nas pesquisas sobre criança hospitalizada e escolas hospitalares de Eneida Fonseca Simões, na abordagem de Ricardo Burg Ceccim sobre escuta sensível pedagógica e na literatura infantil de Sylvia Orthof. Assim, com esse estudo está sendo possível perceber que mesmo provenientes de diferentes contextos sócio-culturais, essas crianças tem possibilidades de aprendizagem como qualquer outra criança em condição não hospitalizada, podendo se constituir como sujeitos ativos no processo de leitura desde que garantidas as condições pedagógicas necessárias a uma mediação entre as crianças no ambiente do hospital e a força da Literatura Infantil.
Catálogo: acer histedbr -> jornada -> jornada9 -> files
files -> Karl marx: consideraçÕes acerca de seu pensamento
files -> Lazer e currículo: um olhar sobre o curso de educaçÃo física da universidade do estado do pará entre 1999-2008
files -> 1 tema: formaçÃo docente 1 autora: michelly karla maria fernandes chaves
files -> A historiografia em construçÃo nos processos de ensino e pesquisa da história da educaçÃo no brasil
files -> Autor: Aparecida Luvizotto Medina Martins Arruda
files -> O flâneur visita a Escola Normal de Piracicaba/sp em 1913
files -> Autora: kelly cristina campones c0- autora: maria isabel nascimento história, trabalho e educaçÃO: relaçÕes do senai ponta grossa neste contexto ponta grossa
files -> EducaçÃo para o trabalho e para a civilizaçÃo no pará da virada do século XIX para o XX
files -> A educaçÃo do corpo e o método natural de georges hebert nas décadas de 30 e 40. 1
files -> Discussões sobre a institucionalidade do senac/pa na amazônia paraense


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal