IndicaçÃo nº 1486, de 2006



Baixar 10.5 Kb.
Encontro21.07.2016
Tamanho10.5 Kb.
INDICAÇÃO Nº 1486 , DE 2006


Indico, nos termos do artigo 159 da XII Consolidação do Regimento Interno, ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, que de digne determinar à Secretaria da Educação, a publicação, em Diário Oficial, do Programa Doadores de Amanhã, promovido pela Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo, para que seja dado conhecimento à toda a Rede Estadual de Ensino, pela sua relevância.
Justificativa

A Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo tem realizado determinadas ações junto à comunidade com o objetivo de esclarecer e conscientizar a população sobre a importância da doação voluntária de sangue e, conseqüentemente, estimular o aumento de doadores voluntários.

Para o ano de 2006, foram programadas algumas atividades neste sentido. Dentre elas, uma tem grande importância pelo seu caráter formativo: o Programa Doadores do Amanhã. Trata-se de um programa que poderá trazer, a médio e a longo prazo, resultados valiosos para a formação de cidadãos conscientes da sua responsabilidade social, especialmente por estar direcionado a alunos do ensino médio, atingindo jovens na faixa etária entre 15 e 18 anos, fase da vida em que os valores e conceitos do indivíduo estão em formação.

Em nosso país, não existe uma cultura de doação voluntária de sangue. Enquanto em alguns países europeus até 8% da população tem o hábito de doar sangue voluntária e regularmente, no Brasil, menos de 1,5% da população já o fez alguma vez na vida.E, quase sempre, a pedido de algum amigo ou familiar, considerada a doação vinculada ou de reposição. Muito provavelmente este fato se deve a questões culturais uma vez que a Europa, com sua longa história de guerras, em diversas ocasiões precisou da mobilização da sociedade.

No Brasil, as doações vinculadas estão em torno de 49%; ou seja, são feitas por pessoas que têm parentes ou amigos hospitalizados e que fazem a doação direcionada à seus pacientes. Isso não anula o caráter humanitário da doação; entretanto, não estimula a formação de doadores voluntários e de repetição.

Outros problemas enfrentados pela Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo são os preconceitos que terminam afastando dos bancos de sangue potenciais doadores. Crenças sem fundamento que continuam a ser passadas por gerações. Essa desinformação acaba atingindo, diretamente, os estoques dos bancos de sangue brasileiros que oferecem alto padrão de qualidade e condições tecnológicas e de higiene comparáveis às de países mais avançados do mundo.

Este panorama brasileiro necessita ser mudado. Diariamente, hospitais de todo o país

continuam necessitando de milhares de bolsas de sangue e ainda não existe um substituto para o sangue. Por isso, precisamos combater preconceitos, a desinformação e estimular um comprometimento maior por parte da população quanto ao suprimento da demanda por transfusão, sem que haja risco de falta de sangue, podendo comprometer o atendimento aos pacientes.

De acordo com essa realidade, Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo entende a importância de um trabalho de base para a mudança de comportamento da população com relação à doação de sangue a fim de se atingir um número sólido de doações, ao longo do ano, com a ampliação das doações voluntárias.

O Programa Doadores do amanhã enquadra-se neste contexto: o de disseminar na cultura brasileira o hábito da doação voluntária de sangue trabalhando a informação, a conscientização e a formação do jovem, que será o futuro doador.

A Fundação Pró-Sangue firma um compromisso com a Escola na qual os alunos participantes do programa ao completarem 18 anos, receberão em seu endereço ou email uma mensagem felicitando-os pela nova etapa de suas vidas e convidando-os a fazer sua primeira doação de sangue, além de incentivá-los a multiplicar a idéia da doação voluntária de sangue entre seus colegas e familiares.

O programa consistirá de uma visita de profissionais da FPS à escola inscrita no programa e uma visita de alunos das escolas participantes à Fundação Hemocentro de São Paulo, onde um profissional ajudará a eliminar dúvidas dos alunos.



Esta iniciativa da Fundação Pró-Sangue Hemocentro de São Paulo deve merecer o apoio de todos desta Casa e de toda a sociedade. Por esta razão, demonstrada a necessidade, a conveniência, a oportunidade e a relevância desta propositura, esperamos que nossa reivindicação obtenha sucesso junto ao poder público.



Sala das Sessões, em

Deputado Palmiro Mennucci - PPS


SPL - Código de Originalidade: 660748 120606 1113




Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal