IndicaçÃo nº 41, de 2008



Baixar 8.58 Kb.
Encontro20.07.2016
Tamanho8.58 Kb.



INDICAÇÃO Nº 41 , DE 2008

INDICO, nos termos do artigo 159 da XIII Consolidação do Regimento Interno, ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado de São Paulo, para que determine as providências necessárias, no sentido de que sejam transferidos recursos para que o Museu de Pesca de Santos, vinculado ao Instituto de Pesca, órgão da Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, possa implementar suas atividades científicas e culturais, consolidando sua importante contribuição nesses setores.



JUSTIFICATIVA

O Museu de Pesca de Santos, além de importante e representativo patrimônio histórico e arquitetônico, é reconhecido e identificado como uma vitrine da biologia marinha.


No local, os visitantes podem contemplar a diversidade de espécies encontradas no litoral, conhecer a arte caiçara e surpreender-se diante da tradicional ossada de baleia, que mede 23 metros de comprimento e pesa sete toneladas, entre outros atrativos que tornam obrigatória a visita ao equipamento.
Quem vai ao Museu tem muito com o que se encantar: a Sala de Pesca, o espaço do capitão, o submarino e muito mais. O esqueleto da baleia destaca-se na Sala dos Grandes Mamíferos Marinhos, cuja temática aborda a situação atual de baleias, leões-marinhos, lobos-marinhos, lontras-marinhas, golfinhos e focas, entre outros aspectos.
A exemplar dedicação dos profissionais responsáveis pela direção e pelos trabalhos do dia a dia do Instituto e do Museu deixam a certeza de que muito mais pode ser feito, caso haja disponibilidade de recursos.
Esta Indicação tem o objetivo de pleitear verbas que contribuam para que o Museu de Pesca de Santos possa implementar suas atividades científicas e culturais, assim como recuperar espaços e instalações que vêm sofrendo a ação do tempo. O Museu, na realidade, é considerado uma vitrine privilegiada das pesquisas e tecnologias desenvolvidas pelo Instituto de Pesca.
A inauguração do prédio data de 1909, para instalação da Escola de Aprendizes de Marinheiro. A edificação foi erguida no terreno que anteriormente fora área do Forte Augusto, que cruzava fogo com a Fortaleza da Barra, situada em Guarujá. Em 1931, a antiga escola cedeu lugar à Escola de Pesca do Instituto de Pesca, cujo gabinete de História Natural acabou se transformando em Museu de Pesca, com a chegada do esqueleto da baleia. Fechado em 1987 por causa das más condições do edifício, foi reinaugurado em 29 de junho de 1998, Dia de São Pedro, padroeiro dos pescadores.
Por todo esse histórico, tradição e importância do trabalho desenvolvido pelo Museu de Pesca de Santos é que apresentamos a presente Indicação, na certeza de que haverá pleno reconhecimento da necessidade de atendimento a este pleito.



Sala das Sessões, em
Deputada Maria Lúcia Prandi - PT


SPL - Código de Originalidade: 776506 130208 1722


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal