Introdução 03 População 05



Baixar 435.77 Kb.
Página1/4
Encontro22.07.2016
Tamanho435.77 Kb.
  1   2   3   4

Mercados



informação global





Índice

Introdução 03




1. População 05

2. PIB – Produto Interno Bruto 06

2.1 Crescimento do PIB 06

2.2 Distribuição do PIB por Comunidade Autónoma 07

2.3 PIB per capita 07

2.4 PIB per capita em Paridade de Poder de Compra (PPC) 08


3. Rendimento Disponível Bruto per capita das Famílias 09
4. IPC – Índice de Preços no Consumidor 09
5. Taxa de Desemprego 10
6. Competitividade 10
7. Investimento 11

7.1 Investimento de Portugal em Espanha 11

7.2 Investimento de Espanha em Portugal 13

8. Comércio Externo 14

8.1 Principais Comunidades Autónomas Exportadoras 14

8.2 Principais Comunidades Autónomas Importadoras 15


9. Trocas Comerciais com Portugal 16
10. Endereços de Internet 26
Anexo 1 - Mapas Resumo 28

Anexo 2 - Endereços Aicep Portugal Global 29

Nota prévia: sempre que no documento se menciona “exportação” e “importação” estamos a referir-nos naturalmente a “expedições” e “chegadas”, atendendo a que se trata de comércio intracomunitário.

Introdução


O Reino de Espanha é constituído por 17 Comunidades Autónomas e duas cidades autónomas (Ceuta e Melilla no Norte de África), com diferentes graus de autonomia. A Constituição espanhola estabelece a descentralização gradual do poder central para as regiões, situação que tem um impacto significativo a nível político e administrativo no país. Espanha é um dos Estados mais descentralizados da Europa.
Depois da transição da gestão dos sistemas de saúde e educação para as regiões em 2002-2003, ficando apenas de fora a segurança social (principalmente as pensões), os Governos Regionais gerem, actualmente, a maior fatia do orçamento público.

Cada Comunidade está dividida em Províncias – 50 no total – formadas por grupos de Municípios, cada um com o seu Conselho Municipal, Comarcas e ainda numerosas entidades locais (cerca de 15.000).

Estas 17 Comunidades são bastante diferentes em diversas perspectivas: história, cultura, língua e condições económicas.




Comunidade autónoma

Província

Andaluzia

Almería, Cádiz, Córdoba, Granada, Huelva, Jaén, Málaga, Sevilha

Aragão

Huesca, Teruel, Zaragoza

Canárias

Las Palmas de Gran Canaria, Santa Cruz de Tenerife

Cantábria

Cantábria

Castela e Leão

Ávila, Burgos, León, Palencia, Salamanca, Segovia, Soria, Valladolid, Zamora.

Castilla-La Mancha

Albacete, Ciudad Real, Cuenca, Guadalajara, Toledo

Catalunha

Barcelona, Gerona, Lérida, Tarragona

Comunidade de Madrid

Madrid

Comunidade Foral de Navarra

Navarra

Comunidade Valenciana

Alicante, Castellón, Valencia

Extremadura

Badajoz, Cáceres

Galiza

La Coruña, Lugo, Orense, Pontevedra

Ilhas Baleares

Ilhas Baleares

La Rioja

La Rioja

País Basco

Álava, Guipúzcoa, Vizcaya

Principado de Astúrias

Astúrias

Região de Múrcia

Múrcia

Mapa


Principais Indicadores Económicos



 

2009

2009

2009

2009

2007

2009

2009

 

População

PIB p.m. pç.corr.

PIB p/c pç.corr.

Taxa Cresc. PIB

PIB em PPC

Taxa Desempr.

IPC

 

Milhões Pessoas

Milhões Euros

Euros

%

UE 27=100

%

%

Andalucía

8,3

142.874

17.485

-3,6%

82,0

26,3

0,6

Aragón

1,3

32.473

24.639

-4,4%

116,0

13,3

0,8

Asturias

1,1

22.736

21.523

-3,7%

97,0

14,2

0,7

Baleares

1,1

26.327

24.510

-3,8%

114,0

19,5

0,8

Canarias

2,1

41.411

19.867

-4,2%

93,0

26,9

-0,4

Cantabria

0,6

13.480

23.343

-3,5%

106,0

12,6

1,0

Castilla y León

2,6

55.982

22.314

-3,4%

102,0

14,2

0,7

Castilla-La Mancha

2,1

35.040

17.208

-3,3%

83,0

19,2

0,5

Cataluña

7,5

195.403

26.831

-4,1%

124,0

17,0

1,2

Com.Valenciana

5,1

101.608

20.259

-4,3%

96,0

22,6

0,8

Extremadura

1,1

17.609

16.301

-2,0%

73,0

21,3

0,5

Galicia

2,8

54.686

19.995

-3,0%

89,0

12,9

0,9

La Rioja

0,3

7.825

24.754

-3,6%

113,0

13,7

0,5

Madrid

6,4

189.060

30.029

-3,2%

137,0

14,7

0,9

Murcia

1,4

27.018

18.619

-3,4%

87,0

22,5

0,6

Navarra

0,6

18.246

29.598

-2,5%

133,0

10,5

0,5

País Vasco

2,2

65.493

30.703

-3,5%

137,0

11,8

1,0

España

46,7

1.051.151

22.886

-3,6%

106,0

18,8

0,8

Portugal

10,6

166.128*

15.646*

-2,7%

75,3

9,5

-0,9

Fontes: Espanha; INE Espanha, Portugal: aicep Portugal Global Lisboa (*) 2008

1. População
A população de Espanha atingiu, em 1 de Janeiro de 2009, 46,7 milhões de habitantes.
A Comunidade mais povoada é a Andaluzia, com mais de 8 milhões de habitantes, seguida pela Catalunha (7,5 milhões), por Madrid (6,4) e pela Comunidade Valenciana (5,1). A Comunidade de Madrid regista o valor mais alto de densidade populacional, com mais de 780 habitantes por km2, seguida a grande distância, pelo País Basco e as Ilhas Canárias (cerca de 300 habitantes por km2), e pela Catalunha (cerca de 230 habitantes por km2). No extremo oposto, as Comunidades com menos de 30 habitantes por km2 são Aragão, Castela e Leão, a Extremadura e Castilla-La Mancha.
Portugal tem 10,6 milhões de habitantes, e uma densidade populacional de 115 habitantes por km2.
População por Comunidades Autónomas (2009)

Fonte: INE

Unidade: Milhões de pessoas
Por capitais de Províncias, Madrid, com mais de 3 milhões de habitantes, é a cidade mais povoada, seguida por Barcelona com 1,6 milhões de habitantes, Valência (mais de 800.00 pessoas), e Sevilha (mais de 700.000 habitantes).
No que se refere à “colónia portuguesa”, encontram-se registadas pelo INE espanhol 140.870 pessoas, das quais 14,5% reside na Galiza, 12,5% na Catalunha, 11,9% em Madrid, 11,3% em Castela e Leão, 8,2% na Andaluzia e 6,7% no País Basco.

2. PIB – Produto Interno Bruto


2.1 Crescimento do PIB em 2009
Em 2009, de acordo com os dados divulgados em Fevereiro de 2010 pelo INE, a economia espanhola sofreu a recessão mais profunda da sua história recente, registando uma quebra da actividade económica de -3,6%. No mesmo ano, Portugal registou uma contracção do PIB de -2,7%.
As previsões oficiais do Governo 2010-2013 (anunciadas em Junho 2009), apontam para uma evolução do PIB de -0,3% em 2010, prevendo, a partir de 2011, uma fase de recuperação mais sólida da economia que se deverá intensificar em 2012-2013, de +1,8%, +2,9% e +3,1%, respectivamente.
Apresentamos, seguidamente, a primeira estimativa sobre o crescimento do PIB por Comunidades Autónomas em 2009 (divulgada em Março de 2010).
Taxa de crescimento do PIB (2009)

Fonte: INE Contabilidad Regional de España


No ano 2009, todas as Comunidades Autónomas registraram taxas de crescimento negativas. As comunidades autónomas da Extremadura (–2,0%), da Navarra (–2,5%), a da Galiza (-3%) são as economias regionais em que se verifica um menor decréscimo de actividade.
As regiões que verificam uma recessão mais acentuada são Aragão (–4,4%), a Comunidade Valenciana (–4,3%), as Ilhas Canárias (–4,2%) e a Catalunha (-4,1%).

2.2 Distribuição do PIB por Comunidade Autónoma


Em 2009, a Catalunha foi, em termos absolutos, a Comunidade que mais contribuiu para o PIB nacional, com cerca de 19% do total. Seguiram-se as Comunidades de Madrid (18%), da Andaluzia (cerca de 14%), destacando-se, também, a Comunidade Valenciana (cerca de 10%).
Distribuição do PIB por Comunidade Autónoma (2009)

Fonte: INE “Contabilidad Regional de España


O peso relativo de cada Comunidade Autónoma, no conjunto da economia espanhola, não sofreu grandes alterações entre os anos de 2000 e 2009.
2.3 PIB per Capita
Em 2009, o Produto Interno Bruto médio per capita espanhol atingiu 22.886 euros. No entanto, a situação nas Comunidades Autónomas é muito diferente. Enquanto que o Pais Basco e Madrid apresentaram uma média de 30.703 euros e 30.029 euros por habitante, respectivamente, a Extremadura atingiu, apenas, 16.301 euros por habitante.
Em 2008, informação disponível à data da realização de este estudo, Portugal apresentou um PIB per capita de 15.646 euros por habitante.
Com valores superiores à média espanhola encontramos oito Comunidades Autónomas, nomeadamente o País Basco, Madrid, Navarra, a Catalunha, La Rioja, Aragão, as Baleares, e a Cantábria.

PIB per capita (2009)


  1   2   3   4


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal