IntroduçÃo arq to



Baixar 6.49 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho6.49 Kb.
INTRODUÇÃO

Arqto Wilis T. Miyasaka

Considerando diferentes contextos e programas arquitetônicos, como optar por um estilo na elaboração de projeto de interiores?

No período pré-industrial, as habilidades dos artesãos materializaram e formataram uma arquitetura entalhada e adornada. Diferentes regiões expressaram a história da diversidade técnico-cultural, possibilitando, hoje, distinguir características e classificar os vários estilos arquitetônicos.

Para os modernistas, no início do século passado, os adornos e entalhes eram incompatíveis com a nova era, ou seja, com os processos industrializados de produção. Assim, impôs uma nova arquitetura, cuja forma deveria ser o resultado natural da função, ou seja, a premissa funcionalista formata a novo desenho, puro e ausente de estilo.

Assim, surge a linguagem construtivista na arquitetura, embora, especialmente na construção civil, os processos industriais não tenham sido determinantes na forma do desenho moderno, já que, mesmo na Europa, a industrialização do setor era bastante incipiente. Havia, portanto, uma distância enorme entre o discurso moderno e a realidade produtiva do setor.

Propalando o desenho da forma “pura” e a superação da história dos estilos, os modernistas impuseram ao mundo todo o discurso moderno e criaram o estilo da era industrial. As formas geométricas puras foram os elementos utilizados na representação simbólica da produção industrializada e seriada. Ou seja, a forma arquitetônica, desde o período pré-industrial até hoje, além da função e da materialidade, sempre foram e continuam carregadas de significados.

Além da materialidade e da funcionalidade, a arquitetura também é uma construção simbólica que visa a identidade de reconhecimento com o público alvo. Exemplos: A sala de “estar” de uma residência comunica-se com o meio sócio-econômico-cultural das visitas que a freqüenta e, o “dormitório” do adolescente da mesma residência, é montado com outros signos, pois comunica com um público diferente. Uma loja de artigos esportivos tem uma linguagem totalmente diferente de outra que comercializa jóias finas...

Outro aspecto relevante da arquitetura de interiores diz respeito à flexibilidade de uso dos espaços em contraposição à concepção moderno-funcionalista. Para compreender os partidos projetuais que facilitam ou dificultam a apropriação de usos diferenciados, serão analisados os conceitos de lugares e os meios quentes e frios (meios de alta e baixa definição).

Fundamental também o domínio dos inúmeros tipos de combinação de cores, pois resultam comportamentos e efeitos completamente diferentes. Para tanto, além dos conceitos básicos (cores primárias, secundárias e terciárias, combinações complementares, análogas e monocromáticas) estudaremos os efeitos da saturação e luminosidade na formatação dos ambientes.



Finalmente, através da evolução dos modelos de gestão administrativa, analisaremos as mudanças na arquitetura, no design do mobiliário e no layout dos escritórios ao longo do século passado. Paralelamente, estudaremos a evolução tecnológica incorporada à edificação e seu impacto nos projetos dos edifícios de escritório. À partir da qualidade ambiental dos espaços de trabalho, estudaremos a integração da arquitetura com o paisagismo.

Este não pode ser visto como uma mera extensão e complemento dos espaços construídos mas como parte de um conjunto global que está presente desde a fase da implantação das edificações até sua finalização e gestão.
Catálogo: pdf -> aqi024
pdf -> ContribuiçÕes psicanalíticas acerca da posiçÃo subjetiva do adolescente na sua relaçÃo com o saber
pdf -> SoluçÃo de consulta nº 41, de 13 de julho de 2006
pdf -> Brevíssima Enciclopédia de Autores Açorianos
pdf -> Pré-diagnóstico da percepção de visitantes e empresas de turismo da região de Corumbá sobre a fauna do Pantanal
pdf -> Formação e rompimento dos laços afetivos
pdf -> O impacto da implantação da rastreabilidade bovina na pecuária de corte do Pantanal de Mato Grosso do Sul: limitações e oportunidades
pdf -> Política Pública de Defesa Civil Construção e fortalecimento
pdf -> Contabilidade gerencial
aqi024 -> Companhia dos cursos
aqi024 -> Disciplina: Projeto Arquitetônico: Estética e Estilos da Arte Profa. Gabriela Leandro Pereira Ementa Disciplina: Projeto Arquitetônico: Estética e Estilos da Arte


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal