Janeiro de 2014 foi o quarto mês mais quente da História



Baixar 6.82 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho6.82 Kb.
Janeiro de 2014 foi o quarto mês mais quente da História
Temperatura combinada entre a superfície da Terra e do oceano foi de 0,65 graus Celsius acima da média do século XX...


Temperatura global ficou em 12,7 graus Celsius em janeiro, tornando o mês o quarto mais quente da
WASHINGTON - Janeiro de 2014 foi o quarto mais quente da História - levando em conta o início das medições, em 1880 -, segundo relatório divulgado pela Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA (Noaa). A temperatura média global - que combina a média da superfície da Terra e do oceano - foi de 12,7 graus Celsius, cerca de 0,65 graus Celsius acima da média do século XX.

No Brasil, o calor em janeiro foi um dos mais fortes em diversas regiões, batendo recordes em São Paulo, Porto Alegre e Rio. As temperaturas foram mais altas do que o normal em quase todas as regiões, com destaque para América do Sul, África, Oceania e algumas partes da Europa e da Ásia.

Ao mesmo tempo, outras regiões da Ásia e da Europa e grande parte dos Estados Unidos tiveram um dos invernos mais frios dos últimos tempos. Ao site “Weather Channel”, Deke Arndt, pesquisador do Centro de Pesquisa Nacional do Clima dos EUA, afirmou que mesma falando em aquecimento global, a tendência é que picos de frio sejam cada vez mais constantes.

- Nós vemos mais evidências de que vamos continuar a ter surtos de ar frio com a Terra continuando a aquecer - disse Arndt.

Enquanto o primeiro mês de 2014 foi considerado o mais frio desde 1994 em grande parte dos Estados Unidos, a média de temperatura no Alaska foi 15 vezes mais elevada do que o normal - passando de 1,1 graus Celsius para 16,4 graus Celsius. Em todo o Hemisfério Norte, a temperatura ficou 1,17 graus Celsius mais quente do que a média do século XX.

Desde maio de 2013, janeiro foi o novo mês consecutivo a entrar na estatística dos dez meses mais quentes desde 1880. No Sudeste do Brasil e centro-sul da África houve recorde de calor, com temperaturas de 0,5 a 1,5 graus Celsius mais quentes, contribuindo para o recorde de aumento de temperatura do Hemisfério Sul, de 1,13 graus Celsius acima da média.



O GLOBO - 21/02/14 (Adaptado)

Um Grande Abraço!!!

(Martilene M. Côrtes)


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal