Jasmine era uma garota de 12 anos que morava em Nova York



Baixar 18.8 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho18.8 Kb.
A Herdeira

Jasmine era uma garota de 12 anos que morava em Nova York.

Ela sempre teve uma vida normal: ia à escola, saía com os amigos, ficava no computador, assistia TV, lia, dormia.

Um dia, sua vida mudou totalmente.

Tudo começou quando Jasmine estava na escola, assistindo à aula de matemática.

Ela estava atenta ao que a professora escrevia na lousa, quando começou a ver coisas estranhas: parecia que os números e as letras estavam se movimentando e formando uma imagem. A imagem parecia-se com uma aldeia.

Jasmine estava assustada, mas mesmo assim continuou a olhar para a lousa.

De repente, percebeu que as marcas de giz formaram uma figura monstruosa e horrível.

Assustada, balançou a cabeça e olhou novamente para a lousa. Por sorte, tudo tinha voltado ao normal.

Ela ficou aliviada e tentou prestar atenção à aula, mas não conseguia tirar um pensamento da cabeça: O que seriam aquelas imagens?

Na saída da escola, foi correndo falar com sua amiga Natália e perguntou:

- Natália, você percebeu alguma coisa estranha hoje, na aula de matemática?

- Não, por quê?

Jasmine ficou espantada. Como sua amiga não tinha visto aquelas imagens na lousa?

-Por acaso você dormiu na aula?

-Claro que não! Eu odeio matemática, mas também não chego ao ponto de dormir.

Ela olhou Natália, assustada. Estava prestes a contar para a amiga o que tinha visto, mas resolveu não dizer nada, pois ela não iria acreditar e ficaria falando que Jasmine era louca, doida e outras coisas.

-Ah... então está bom. – disse Jasmine, que se virou e foi andando.

-Ei! Espera ! – gritou Natália – Por que você me fez essas perguntas?

Jasmine parou de andar e se virou para Natália.

- Por nada. É só que a professora estava mais...hum...calma hoje.

- Calma? Eu não percebi nada de diferente.

- Ah... eu achei. Tenho que ir. Tchau!

- Tchau e até amanhã.

Jasmine foi procurar seu pai. Quando o encontrou, entrou no carro e foram embora.

Chegando em casa, entrou na cozinha e disse oi para sua mãe.

Quando passou perto do fogão, a chama que estava esquentando a panela começou a ficar maior.

Assustada, percebeu que estava sendo envolvida pela enorme chama de fogo.

Começou a gritar e quando percebeu estava em outro lugar.

Esse lugar era um castelo e nele havia uma mulher e um homem que disseram:

- Bem vinda, herdeira!

Jasmine levou um grande susto e disse:

- Eu? Herdeira? Do quê?

- Você é a herdeira do poder do fogo.

- Herdeira do fogo? Eu? Como assim?

O casal explicou à menina que há muitos anos , naquele lugar em que eles viviam, apareceu o dragão das trevas que acabou destruindo a aldeia inteira.

Ele propôs ao povo que ali vivia duas alternativas: quem ficasse do seu lado, ajudando-o a acabar com toda a dimensão, se tornaria seu escravo. Aqueles que não o ajudassem morreriam.

Alguns conseguiram escapar do terrível dragão, inclusive o casal.

Depois desse dia, começaram a procurar o herdeiro do fogo que um dia iria ser descoberto com a ajuda da chama do fogo.

Jasmine entendeu a história contada pelo casal e disse:

- Então eu sou a herdeira que deverá acabar com esse dragão? Como vou fazer isso?

- Com o seu poder do fogo.

- E como vou fazer isso? - perguntou ela, assustada.

- Nós vamos ensinar você.

As aulas começaram e Jasmine aprendeu que seus poderes eram controlados pelos seus sentimentos.

Depois de bem treinada, escalou uma alta montanha, onde ficava o dragão.

Chegando lá, ela o encontrou.

Ele estava observando a dimensão e disse:

- Daqui a pouco, tudo isso será meu.

- Não, se eu puder evitar. – disse Jasmine.

O dragão virou-se para a garota, riu e soltou uma enorme chama de fogo.

Ela correu e começou a ficar com medo e raiva.

Esses sentimentos fizeram com Jasmine liberasse uma chama ainda maior que atingiu o dragão.

Furioso, ele a atacou com sua calda e com isso ela caiu no chão.

Ele, achando-se vitorioso, disse:

-Você acha que com esse seu tamanho, iria me derrotar? Eu sou mil vezes mais forte que você. É uma boba que nem mesmo sabe controlar seus poderes. Fique aí caída no chão e morra.

O dragão virou as costas e foi embora dando altas gargalhadas.

A menina ficou furiosa com tudo que ouviu daquele monstro.

Percebeu que estava ficando cada vez mais forte. Seu corpo começou a esquentar e de suas mãos quentes saíram chamas enormes que atacaram o dragão pelas costas com muita força.

Sem conseguir reagir, virou-se para ela e, sem forças, caiu no chão, morto.

Jasmine não acreditava no que tinha feito.

Aos poucos a dimensão foi voltando ao normal e o povo feliz agradecia a menina pelo que tinha acontecido.

Jasmine precisava voltar para sua casa.

O casal lhe disse:

- Não se assuste se quando voltar para sua dimensão tudo estiver igual como se o tempo não tivesse passado.

Ela despediu-se de todos e voltou.

Chegando em casa, sua mãe perguntou-lhe:

-Por que você está toda suja?

- É que eu escorreguei na grama da escola e me sujei. Vou tomar um banho. Estou cansada e com fome.

Tudo voltou ao normal, como se nada tivesse acontecido, mas Jasmine vai guardar esse acontecimento para sempre.




Claudia Chiarello - 5ª série A


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal