Juiz de Fora



Baixar 16.82 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho16.82 Kb.
A História

Gracinha conheceu o Circo Mágico Tihany em Campos dos Goytacazes/RJ. Era secretária da Consulex Advogados Associados, sociedade entre 5 advogados conceituados em Campos. Uma amiga A chama para ir ao Circo e com muita má vontade ela vai, pois não gostava de circo. Ao ver este circo pela primeira vez, ficou fascinada. Soube que ele viajava pelo mundo todo. Empolgada pelo fato de viajar procurou saber para onde o circo ia depois de Campos. Wander, o bilheteiro, a amiga dela conheceu deu a informação de que ia para Juiz de Fora. Não disse nada nem a ele, mas já pensava em ir atrás daquele circo. Ele é mineiro e amigo dela até hoje.

Depois da informação obtida de Wander, pediu as contas ao Dr. Francimar e seguiu para Juiz de Fora. Lá chegando encontrou o circo já desarmando a lona para seguir viagem, rumo a outro destino. Perguntou aos rapazes com quem deveria falar para seguir com o circo e eles lhe mostraram o Loly, filho do Sr. Franz Czeisler, o Tihany. Apresentou-se e falou que gostaria de trabalhar no circo. Ele lhe perguntou o que ela queria exatamente do circo, e ela falou que faria qualquer coisa, pois seu desejo era viajar, conhecer outros países. Ele lhe mandou com uma carta de apresentação para Brasília onde deveria se apresentar ao coreógrafo José Antonio Escoboza (falecido, tem filho na América Central e é seu amigo).

Chegando a Brasília procurou o coreógrafo que rapidamente lhe fez um teste para o ballet. Estreiou em Goiana (que era a próxima cidade da rota). Foi manequim (tinha apresentação especial, pois ainda não sabia a coreografia, pois não era bailarina profissional). E justamente por não ser bailarina profissional, ficou muito tempo nesta posição no ballet. Aos poucos foi se acostumando e aprendendo as manobras para assistente de mágica (partner). Apresentou-se em quase todas as mágicas do Tihanny, inclusive na mais importante da época que era “La mujer Serruchada” = a mulher cortada ao meio. Também fez parte da coreografia inicial dos palhaços (quarenta bailarinas vestidas de palhaço; ela descia numa bola pendurada por um cabo de aço, junto com mais duas bailarinas); fez parte do Opening (ballet da abertura), do romano, do chinês e do ballet final. Enfim, quase todos os números do Tihanny com ballet e mágica depois de muito esforço e dedicação aos ensaios, que eram diários, por mais de quatro horas.

Viajou por toda América do Sul (capital), menos Chile. E numa rota de volta de Lima – Peru conheceu o pai de seu primeiro filho, que era morador de San Miguel de Tucumán norte da Argentina. Por ele deixou o circo e ficou morando em Tucumán por dois anos. Foram quatro anos de circo Tihanny e dois de Argentina, depois dos quais voltou à sua cidade Natal para ter seu primeiro filho, pois estava grávida de seis meses quando retornou ao Brasil.

Hoje, ainda é amiga de todos que conheceu no Circo: tem dois amigos em Buenos Aires, sendo um médico oncologista e uma professora de dança do Teatro Colón em Buenos Aires. Tem amigos e parentes de seu filho mais velho em Tucumán, dentre estes uma repórter da Gazeta de Tucumán e um estilista famoso em toda Argentina.

No Brasil, tem uma ex-colega de ballet que é pedagoga e diretora de escola, e mora em Niterói. Ainda no Rio de Janeiro, ficou um dos primeiros bailarinos de sua época, que dá aulas de ioga para terceira idade.

Outra amiga, brasileira, voltou ao Brasil recentemente, depois demorar 30 anos na Argentina, onde se formou e tem agora duas clínicas de podologia no Esp. Santo (uma em Vitória e outra em Vila Velha). O marido dela é argentino e médico.

No circo, ficaram também vários amigos que ainda trabalham, inclusive um dos coreógrafos. O Loly (filho de Tihanny e responsável por sua entrada no circo) e esposa, moram nos Estados Unidos.

Tem atualmente todos em um dos seus sites de relacionamento que fez especialmente para os amigos daquela época. Nele recordam os momentos mais felizes de sua vidas, dos quais têm muitas saudades. Todos, estão numa faixa etária entre 50 e 60 anos e são bem realizados, pois fizeram e fazem o que gostam de fazer.

Atualmente, com 61 anos, dá aulas de matemática na Escola Monsenhor Elias Tomasi, há 21 anos. Fez faculdade de matemática, tem duas pós graduações e um início de mestrado em Assunção, Paraguay que ainda não terminou. Do circo ficou também o espanhol que fala e escreve fluentemente.

Tem três filhos também formados: Pablo, advogado, funcionário da prefeitura de Mimoso, Adair, professora de português/inglês e João professor de biologia. Recentemente Pablo lhe deu uma linda netinha, agora com 2 anos e ganhou medalha de ouro no campeonato de jiu jitsu no dia 27 de julho no Rio de Janeiro, realizado no Tênis Clube da Tijuca, Rio de Janeiro, também matéria do Mimoso Online e da Gazeta Online na época.

Quanto ao Circo Mágico Tihanny atual Tihanny Espetacular está agora em Maceió, Alagoas. Quando estiver mais próximo pretende visitá-lo para rever os amigos que lá deixou.

A turnê dele no Brasil para ano de 2011/2012: Belém, Manaus, São Luis, Teresina, Recife, Fortaleza, Natal, Aracaju, Maceió, Salvador. De Salvador em diante ainda não se sabe a rota.



Mosaico com as principais apresentações: Carnaval em Mar del Plata (1973)- Ballet Final – Ballet de Abertura (Open)- Chinês – Romano - mágicas



Ballet Final – Maria da Graça é a 6ª da direita para a esquerda (de pluma azul)



Com a amiga Eliomar, que é pedagoga e diretora em Niterói, nos bastidores do circo, fantasiadas com o palhaço do Ballet de Abertura - Mar del Plata – Argentina



Com a amiga Eliomar, nos bastidores do circo – Uruguaiana – Rio Grande do Sul- Março de 1974



A Revista com programa do circo em 1974 – Lima Peru



La Seruchada – Maria da Graça em pé, ao final da mágica, descendo da caixa. Ao lado o Sr. Tihany com 52 anos de idade. Hoje ele está com 95 anos e não trabalha mais. O atual espetáculo Abrakadabra é comandado pelo novo mago: Mr Richard Tihany mas não tem mais a Seruchada (duas mulheres cortadas ao meio ao mesmo tempo) que era o espetáculo mais famoso da época.



Maria da Graça Soares – Gracinha Professora (Escola Monsenhor Elias Tomasi – Mimoso do Sul/Es, aos 61 anos

CIRCO TIHANY SPECTACULAR 2012

 

Divulgação



O Circo Tihany Spectacular está com temporada prevista para janeiro de 2012 em Maceió

A boa novidade para o início do novo ano é a vinda do maior circo da América Latina à Maceió, o Tihany Spetacular, que está em turnê pelo Brasil com o espetáculo Abrakadabra. Considerado um dos melhores do mundo, chegando a ser classificado com o mesmo nível do Cirque du Soleil, Tihany está com data prevista para passar dois meses em terra alagoana, com início de temporada para o dia 13 de janeiro até março de 2012 e uma estrutura montada no terreno ao lado do Hiper Bompreço do bairro Farol.

A curiosidade do nome do circo se dá pela cidade natal do fundador Franz Czeisler, que nasceu na cidade de Tihany, no norte da Hungria. Sem vir ao Brasil há mais de dez anos, a companhia circense costuma realizar as apresentações em diversos países com uma megaestrutura, principalmente no México, Argentina e Estados Unidos.



A trupe, com um elenco composto por 76 artistas de 25 países, viaja com 200 toneladas de equipamentos e uma frota de 100 veículos, para levar à população uma apresentação de duas horas com magia, humor, malabarismo, contorcionismo e ilusionismo, na qual lembra bastante a produção da Broadway e todo o glaumor de Las Vegas.

Veja mais fotos abaixo:








 


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal