Justificativa: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão



Baixar 330.87 Kb.
Página1/4
Encontro01.08.2016
Tamanho330.87 Kb.
  1   2   3   4

50299188 - Administrador

QUESTÃO Nº 03

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 06

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

50299188 - Advogado I

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 14

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: Diante do exposto no enunciado a solicitação dessa questão pede a referência da alternativa

incorreta, o que se encaixa perfeitamente na alternativa D, já que ela defende a popularidade da Presidente da

Argentina Cristina Kirtchener devido a queda da inflação em mais de 25% por ano, o que na verdade foi entre 8 a 10%.

QUESTÃO Nº 23

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: A regra é a inércia, mas há exceções, como conceder Habeas Corpus de ofício, razão pela qual a

opção E está errada ao afirmar que nunca o juiz assim agirá.

QUESTÃO Nº 25

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: É pacífico na doutrina e jurisprudência pátrias a possibilidade das pessoas jurídicas impetrarem

Habeas Corpus, sempre em favor de pessoa física, haja vista o objeto do Writ ser a liberdade física, o direito de ir, vir e

permanecer (direito ambulatório), impensável para pessoas fictícias (jurídicas). Mas há uma diferença entre legitimidade

ativa (que é amplíssima, podendo, em tese, até uma criança, um doente mental, um preso, um estrangeiro, enfim,

qualquer pessoa - inclusive jurídica - impetrá-lo), mas a legitimidade passiva (beneficiário) é exclusiva de pessoa física.

Isso pode ser visto em diversos livros de Direitos Constitucionais, em artigos da internet e em jurisprudência de tribunais.

QUESTÃO Nº 26

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: Vide artigo 154, I, da Constituição Federal - somente a União pode criar novo imposto (competência

legislativa residual), eis que Estados e Municípios já receberam seus impostos e não podem instituir novos; Estados

possuem competência legislativa suplementar (remanescente, residual), como regra, mas não nesta matéria (instituir

imposto novo), que, excepcionalmente, é Federal exclusivamente.

50399188 - Analista Jurídico

QUESTÃO Nº 03

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 06

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 18

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: Muitos dos livros de história insistem na versão de que o nome "farrapos" ou "farroupilhas", dado aos

revolucionários gaúchos, teve origem nas roupas que estes vestiam - gastas e esfarrapadas. No entanto, a verdade é




bem outra. A denominação é, mesmo, anterior à Revolução Farroupilha, e era utilizada para designar os grupos liberais

de idéias exaltadas.

Fonte: http://www.riogrande.com.br/revolucao_farroupilha-b498.html

QUESTÃO Nº 22

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: Qualquer pessoa (Vide Gilmar Mendes, Curso de Direito Constitucional, Editora Saraiva, 2007, página

509) está habilitada a impetrar habeas corpus, inclusive a jurídica, pois se até mesmo crianças e adolescentes,

estrangeiros, doentes mentais, presos, em tese podem, por que não a pessoa jurídica? (vide Uadi Lammego Bulos,

Curso de Direito Constitucional, Editora Saraiva, 2007, página 567). A legitimidade ativa é ampla, haja vista o direito de

ir, vir e permanecer (direito ambulatório) ser mais importante que a mera formalidade de atuação. É a primeira liberdade,

indispensável para se vivenciar as demais (liberdade de expressão, de crença, opção sexual, etc.). “Alguém”, como dito

na Constituição Federal de 1988, é sempre ser humano, que é sempre pessoa física; assim, o paciente do habeas

corpus nunca poderá ser outra pessoa que não a física.

QUESTÃO Nº 30

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: Gabarito oficial está de acordo com o artigo 31, III, da Lei 8.987/1995. Já o item “d” está errado, pois

Encampação” acontecerá na hipótese interesse público superveniente à concessão do serviço público, quando for mais

conveniente à própria Administração Pública prestar o serviço diretamente, através de lei autorizativa específica, e não

por atraso, que seria caso de “Caducidade” ou mesmo extinção do contrato. Vide artigos 37 e 38, §1º, I, II e III, e 44,

§único da Lei 8.987/1995.

QUESTÃO Nº 34

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: O artigo 791, III, do Código de Processo Civil é bem claro em dizer que quando o devedor não possui

bens penhoráveis será caso de “suspensão”, e não de “extinção” da Execução. A alternativa “a” está errada, pois, apesar

da primeira parte da afirmação está correta (“Não se extingue a execução, mesmo se o credor aquiescer ao pedido de

parcelamento do débito”), o final da oração incorre em erro crasso, pois afirma que se o devedor não possuir bens

penhoráveis, será caso de extinção da Execução, quando, na verdade, seria caso de “suspensão”.

QUESTÃO Nº 35

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: São inversamente proporcionais a essencialidade do produto e a sua respectiva carga tributária, isto é,

quanto mais essencial o produto menos tributado será, restando incorreta a alternativa “a”, pois a mesma afirma o

contrário.

QUESTÃO Nº 37

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: A regra é que a União institua contribuições sociais (art.149, CF), mas há a exceção prevista no

mesmo artigo 149,§ 1º, da Constituição Federal:“Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios instituirão contribuição,

cobrada de seus servidores, para o custeio, em benefício destes, do regime previdenciário de que trata o art. 40, cuja

alíquota não será inferior à da contribuição dos servidores titulares de cargos efetivos da União.”(Redação dada pela

Emenda Constitucional nº 41, 19.12.2003). Daí ser incorreto afirmar que só a União pode instituir contribuições sociais,

pois o caput do artigo 149 dá à União exclusividade para vários tipos de contribuições, mas permite aos demais entes

federados a possibilidade de instituir contribuições de seus respectivos servidores.

50499188 – Assistente Social I

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 21

RESULTADO DA ANÁLISE: Alteração do gabarito alternativa D

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca altera o gabarito da questão.

Art. 4º A assistência social rege-se pelos seguintes princípios:

I - supremacia do atendimento às necessidades sociais sobre as exigências de rentabilidade econômica;




II - universalização dos direitos sociais, a fim de tornar o destinatário da ação assistencial alcançável pelas demais

políticas públicas;

III - respeito à dignidade do cidadão, à sua autonomia e ao seu direito a benefícios e serviços de qualidade, bem como à

convivência familiar e comunitária, vedando-se qualquer comprovação vexatória de necessidade;

IV - igualdade de direitos no acesso ao atendimento, sem discriminação de qualquer natureza, garantindo-se

equivalência às populações urbanas e rurais;

V - divulgação ampla dos benefícios, serviços, programas e projetos assistenciais, bem como dos recursos oferecidos

pelo Poder Público e dos critérios para sua concessão.

50699188 - Bibliotecário I

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

50799188 - Biólogo

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 27

RESULTADO DA ANÁLISE: Alteração do gabarito alternativa D

JUSTIFICATIVA: Erro na publicação do gabarito.

QUESTÃO Nº 37

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA:

Fonte I:

MANEJO DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS ATERROS SANITÁRIOS

www.mp.go.gov.br/portalweb/hp/9/docs/rsudoutrina_01.pdf

Página 31

Reaproveitamento e tratamento – que agrega, nesta etapa, ações corretivas, objetivando a valorização dos resíduos e a

redução de impactos ambientais. Reciclagem, reutilização, recuperação, ou compostagem são formas de

reaproveitamento ou tratamento dos resíduos.

Fonte II:

Engenharia Ambiental – UTFPR

RESÍDUOS SÓLIDOS E LÍQUIDOS: enfoque em microrganismos

MICROBIOLOGIA AMBIENTAL

Resíduos sólidos: Aterros Sanitários

Aterros sanitários são considerados como um solução prática e relativamente barata de

disposição final de resíduos urbanos e industriais - inclusive de resíduos que poderiam ser reciclados;

Estes locais devem ser impermeabilizado e operados adequadamente, caso contrário constitui-

se em um fator de poluição ambiental e contaminação do solo, das águas e do ar;

O item C não é correto pois quem realiza a remoção de sólidos em suspensão, materiais flutuantes (óleos, graxas) e

parte da matéria orgânica em suspensão dos resíduos produzidos pelo homem é o tratamento físico do tratamento

primário dos resíduos líquidos e não o aterro sanitário.


50899188 - Contador I

QUESTÃO Nº 03

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 06

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

50999188 - Enfermeiro I

QUESTÃO Nº 02

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial.

JUSTIFICATIVA: O autor utiliza a vírgula para marcar o compasso do poema.

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 17

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial.

JUSTIFICATIVA: O enunciado solicita os países que fazem fronteira com a região sul do Brasil.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº24

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial.

JUSTIFICATIVA: A supervisão de enfermagem hoje tem como uma de suas principais finalidades, centralizar a

administração da equipe.

.

QUESTÃO Nº 25

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 29

RESULTADO DA ANÁLISE: Alteração do gabarito alternativa C

JUSTIFICATIVA: Erro na divulgação do gabarito.

A cefaleia pós raqui, ou pós raquianestesia é uma cefaleia por hipotensão liquórica, ou seja, por baixa da pressão interna

do crânio, a pressão intracraniana. A cefaleia por hipotensão liquórica pode ocorrer por outras causas que não a

raquianestesia. A chamada raqui ou raquianestesia é um tipo de anestesia que é feita para muitos procedimentos

cirúrgicos, incluindo cirurgias ortopédicas, cesarianas, curetagens, cirurgias ginecológicas, urológicas, vasculares.

QUESTÃO Nº 32

RESULTADO DA ANÁLISE: Mantido gabarito oficial

JUSTIFICATIVA: A questão trata-se de uma ação imediata diante de um tratamento dialítico de como se deve proceder.

O aumento do volume peritoneal durante a diálise pode comprometer a expansão diafragmática e desencadear restrição

respiratória importante (dispneia severa), devendo-se reduzir imediatamente essa barreira mecânica pela aspiração do

líquido.

QUESTÃO Nº35

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº36

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.


51099188 – Engenheiro Civil

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

51199188 – Engenheiro Florestal

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

51299188 - Fisioterapeuta I

QUESTÃO Nº 04

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.

QUESTÃO Nº 20

RESULTADO DA ANÁLISE: Anular

JUSTIFICATIVA: Devido ao erro de editoração da questão, a banca anula a questão.
  1   2   3   4


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal