Lazer e Cultura



Baixar 17.46 Kb.
Encontro03.08.2016
Tamanho17.46 Kb.
Lazer e Cultura
O IPT oferece infra-estruturas desportivas para a prática de futebol, basquetebol, futebol salão, ténis e volei de praia. Para se utilizar estas instalações é necessário ter o cartão SAS-IPT.

O espírito associativo dos nossos estudantes levou à criação, no ano 2000, da Tuna Templária (tuna académica). É uma tuna masculina na qual são tocados diversos instrumentos. A Tuna Templária tem feito actuações em diversos locais do país e no estrangeiro já tendo ganho diversos prémios. No âmbito da tuna têm sido organizados diversos festivais internacionais de tunas em Tomar e foi gravado um cd que já vai na sexta edição. Em 2001 foi também criada uma tuna feminina que também já ganhou diversos prémios. Na Escola Superior de Abrantes foi criado, em 2000, um grupo musical, apelidado ESTAtuna.

Todos os anos, no mês de Maio, é celebrada, durante uma semana, a Queima das Fitas. Este evento é a semana dos estudantes e inclui diversos eventos tais como uma cerimónia religiosa, o desfile dos estudantes, baile, concertos de música, entre outros.
Cultura
Tomar tem diversas actividades culturais. O Cineteatro Paraíso, localizado na baixa, oferece a possibilidade de ser assistir a peças de teatro, concertos de música e cinema.

No Convento de Cristo também ocorrem com alguma frequência algumas peças de teatro e jantares medievais.

Os amantes de arte deverão visitar os museus e a galeria da Câmara Municipal onde decorrem diversas exposições ao longo do ano. Os Lagares d’el Rei também costumam albergar diversos espectáculos musicais e de dança.
Festas Locais
A Festa dos Tabuleiros é a principal festa da cidade e tem lugar de 4 em 4 anos, na primeira semana de Julho. É um evento grandioso dedicado ao Espírito Santo que envolve vários meses de preparação e atrai a Tomar cerca de 500 000 visitantes. São preparados centenas de Tabuleiros decorados com flores de papel e pão. Esses tabuleiros são transportados à cabeça de mulheres vestidas de branco, cada uma delas acompanhada por um homem vestido com calças pretas, camisa branca e gravata da cor da faixa usada pela da mulher. Assim, é feita uma procissão que percorre diversas ruas da cidade.

A Feira de Santa Iria ocorre por volta do dia 20 de Outubro, todos os anos, e é dedicada a Iria, santa padroeira de Tomar. Esta festividade inclui uma feira popular e uma procissão que, tem como objectivo, chegar ao rio Nabão e aí depositar flores, de modo a marcar o local onde a santa foi atirada, após ter sido sacrificada.


O Congresso das Sopas é um evento gastronómico que ocorre todos os anos, no mês de Maio, no qual se podem degustar diversos tipos de sopas deliciosas que são confeccionadas por restaurantes locais.

Locais de interesse a visitar


Tomar atrai milhares de turistas todo o ano dada a sua imensa variedade de monumentos e a sua beleza natural.

  • Castelo e Convento de Cristo: Magnifica mistura de estilos de arte e arquitectura do séc. 12 ao séc. 16. É o principal monumento da cidade e um dos mais importantes de Portugal. Foi declarado património mundial da humanidade pela UNESCO, em 1983. Foi a sede da Ordem dos Templários e, posteriormente, da Ordem de Cristo.

  • Igreja de Santa Maria dos Olivais: Igreja de estilo gótico (séc. 13), foi construída como o cemitério dos Cavaleiros Templários. D. Gualdim País, fundador da cidade, foi enterrado na igreja e o seu túmulo original, datado de 1195 com inscrições góticas, encontra-se ainda aí preservado.

  • Sinagoga de Tomar: Tomar tem a sinagoga medieval mais bem conservada de Portugal. Foi construída em meados do século 15. O seu interior é bastante interessante, apresentando um estilo gótico com abóbadas e colunas com capitéis clássicos. Desde 1939, alberga o pequeno Museu judaico Abraão Zacuto, que contem peças relacionadas com a história judaica em Portugal.

  • Igreja de S. João Baptista: Esta igreja é a principal igreja de Tomar e está localizada na praça principal de Tomar, a Praça da República, em frente à Câmara Municipal de Tomar (edifício do séc. 17) e à estátua de D. Gualdim Pais. A igreja foi construída entre o séc. 15 e 16 e tem diversos detalhes artísticos interessantes, tais como o portal gótico, a torre manuelina com um relógio do séc. 16, as colunas decoradas da nave central e diversos painéis pintados, por volta de 1530, por um dos maiores pintores renascentistas portugueses, Gregório Lopes.

  • Capela de Nossa Sra. Da Conceição: Capela construída entre 1532 e 1540, de puro estilo renascentista, começada por João de Castilho e acabada por Diogo de Torralva. A sua arquitectura é uma das mais notáveis obras do inicio do estilo renascentista em Portugal.

  • Igreja e Convento de Santa Iria: Localizada junto à margem superior do Rio Nabão. Este edifício, de inícios do séc. 16 tem um portal e altar renascentista e alguns detalhes de estilo manuelino.

  • Centro Histórico: O centro histórico de tomar é digno de ser visitado. Aqui pode-se encontrar uma vasta colecção de monumentos e atracções naturais tais como o rio, açudes, o jardim do Mouchão e detalhes arquitectónicos de estilo renascentista.


Museus
Os museus mais importantes são:

  • Museu dos Fósforos – com uma colecção composta por 50 000 itens, uma das maiores da Europa.

  • Museu de Arte Contemporânea – contém trabalhos de diversos artistas contemporâneos portugueses tais como Almada Negreiros, Vespeira e Cutileiro. A colecção do museu foi doada pelo Professor José Augusto França.

  • Museu judeu português Abraão Zacutoinstalado na sinagoga, este museu é um importante testemunho da presença da cultura judaica no país e no mundo.


Viver em Abrantes
  • Castelo/Fortaleza de Abrantes: Antigamente Abrantes teve uma importância estratégica, nomeadamente durante a Reconquista Cristã (séc. 12). O castelo e fortaleza são um marco da importância histórica da cidade. Foi construído por D. Afonso Henriques e utilizado para fins militares até ao séc. 20. As muralhas albergam a Igreja de Santa Maria que aloja o Museu Dom Lopo de Almeida no qual se podem encontrar achados arqueológicos, azulejos mouriscos, túmulos e estátuas dos sécs. 15 e 16.

  • Igreja da Misericórdia: Esta igreja tem um magnífico portal renascentista e diversas pinturas atribuídas a Gregório Lopes (1490-1550).

  • Igreja de São João Baptista: Construída no séc. 12, remodelada no séc. 14 e 16, possui uma fachada maneirista. O seu interior é composto por três naves cujo tecto está coberto por painéis de madeira e folha de ouro.

  • Igreja de S. Vicente: Esta igreja foi construída no séc. 13, totalmente restaurada no séc. 16, no reinado de D. Sebastião. A fachada principal é maneirista e encontra-se incompleta. Esta igreja, de estilo maneirista, tem três naves, nove altares e azulejos do séc. 18. Os painéis de azulejo, alusivos ao navio de S. Vicente, as peças renascentistas e diversos artefactos têm um significativo valor artístico.

  • A barragem de Castelo de Bode e o parquet náutico da Aldeia do Mato oferecem a possibilidade de desfrutar do rio e de praticar desportos aquáticos e andar de barco.

  • A região é famosa, em termos gastronómicos, pelos seus doces típicos, principalmente a palha de Abrantes e as tigeladas, feitos com açúcar e gemas de ovos.



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal