Licenciatura e Bacharelado: a história que não se conta!!



Baixar 8.73 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho8.73 Kb.
Licenciatura e Bacharelado: A História que não se conta!!
Em março de 2004, são instauradas as novas diretrizes curriculares nacionais (DCN’s) para os cursos de Educação Física, o que acarretou na famosa divisão curricular, surgindo nesse momento dois cursos: licenciatura e bacharelado.
Mas como tudo isso começou?
Com as mudanças no mundo do trabalho, na década de 80 grupos privatistas da área idealizavam o campo não escolar como um novo campo de trabalho, tendo uma visão lucrativa e empreendedora da mesma, dessa forma entendendo a Educação Física apenas como um mercado das atividades físicas. Com essa idealização esses grupos privatistas (atual CONFEF/CREF’s) queriam a criação de um curso que viesse a suprir a demanda para a formação desse novo campo informal e precário que se “abria”. Após um tempo surge a Resolução 03/87 criando o bacharelado, que foi uma descaracterização epistemológica da área, na tentativa de assegurar o trabalho nos campos não-escolares, descaracterizando assim o trabalho pedagógico. Depois de longas discussões, anos mais tarde em 2004 ocorre a divisão do curso de Educação Física, sendo assim, aprovada as novas Diretrizes Curriculares Nacionais (07/2004). É relevante ressaltar que o sistema CONFEF/CREF’s teve grande influência para firmar essa divisão curricular, pois, seu interesse é apenas de mercado, isto é, com a formação dos bacharéis em Educação Física ele obriga que todos se filiem a ele para poder exercer a profissão. E ainda não contentes criaram falsas polêmicas em nossa área que foram e são reproduzidas cotidianamente, nos dizem que:

Os licenciados em Educação Física devem trabalhar somente na escola e os bacharéis no campo não escolar, isto é, clubes, academias, hotéis, etc.
Será que mentiram para nós? Concerteza!!!



O que o Movimento Estudantil de Educação Física defende?
Queremos a revogação das atuais DCN’s, para a formulação de um currículo amplo, que contemple o conhecimento da Educação Física que é a cultura corporal, uma formação que abranja o caráter pedagógico, técnico, político e social. Por isso o MEEF juntamente com a LEPEL traz a proposta da licenciatura ampliada, pautada em uma formação integral que garanta uma visão crítica e reflexiva da sociedade e da Educação Física.


Educação Física é uma só! Formação Unificada Já!


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal