Lição 13 29 de março de 2008 Declaração de Fidelidade



Baixar 26.27 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho26.27 Kb.

Lição 13


29 de março de 2008

Declaração de Fidelidade



HISTÓRIA BÍBLICA: 1 Reis 22; 2 Crônicas 17 a 21.

COMENTÁRIO: Profetas e Reis, capítulo 15.
PREPARANDO-SE PARA ENSINAR
I. SINOPSE

Esta lição enfoca a história de Josafá, um rei que procurou fazer o que era correto aos olhos de Deus. Durante os 25 anos de reinado de Josafá, ele guiou o povo de Deus fielmente pelos mesmos caminhos que seu pai, Asa, havia guiado. Josafá subiu ao trono durante um período de guerra; sendo assim, primeiramente iniciou uma reforma militar e fortificou as fronteiras. Ele também iniciou uma reforma religiosa e permaneceu firme contra a idolatria que pareceu assolar o povo de Deus em todas as gerações. Josafá estabeleceu uma escola móvel liderada por 16 professores bem treinados que ensinavam a Lei de Deus de lugar em lugar (2 Crônicas 17:7-9). O resultado de sua liderança foi paz interna e segurança (2 Crônicas 17:12 e 20:30).

Se Josafá apresentou alguma fraqueza, ela estava relacionada à sua busca por diplomacia. Ele desenvolveu o hábito de formar alianças com pessoas menos devotas a Deus do que ele. Primeiro, com Acabe; depois, com o filho de Acabe, Acazias; e, finalmente, com o outro filho de Acabe, Jeorão. Ao empenhar-se por fazer o que era correto, às vezes Josafá não julgava corretamente as más intenções dos outros, e Deus firmemente corrigiu essa tendência ao longo dos anos (1 Reis 22:44 e 2 Crônicas 18:1). Tudo aquilo que a maioria das pessoas consegue se lembrar a respeito dos reis de Israel geralmente pode ser resumido em uma sentença. O resumo da vida de Josafá é: “Como Asa, o seu pai, havia feito antes dele, Josafá fez o que o Senhor Deus considerava certo.” 1 Reis 22:43. A história categoriza os reis de Israel em dois grupos, bons e maus. Ao estudar a história desse grande rei de Israel, convide os alunos a refletirem acerca de qual sentença resumirá a vida deles.
II. OBJETIVOS

Os alunos deverão:

• Pesquisar as histórias principais da vida de um grande rei. (Saber)

• Lutar contra as tensões existentes entre a força e a fraqueza, o sucesso e o fracasso. (Sentir)

• Escolher viver uma vida determinada. (Responder)
III. PARA EXPLORAR

• Disciplinas espirituais

• Tentação (lidar com)

• Aprendizado por meio das falhas/erros


ENSINANDO
I. INICIANDO
Atividade

Encaminhe os alunos à seção da lição intitulada O Que Você Acha? Depois que tiverem concluído a atividade, discuta suas respostas.

Convide os alunos a compartilhar e explicar sua primeira resposta e o item que escolheram por último no exercício de classificação. Pergunte que elementos eles adicionariam à lista, a fim de torná-la mais abrangente.


Ilustração

Conte esta ilustração com suas próprias palavras:

Timóteo é um executivo de sucesso que sempre sai da mesa com um pouquinho de fome. Ele é capaz de comer até se satisfazer, mas um fato inesperado causou-lhe um impacto tão tremendo que ele nunca mais foi o mesmo. Ao caminhar atrasado para casa após sair do trabalho, deparou-se com um homem sentado na calçada vasculhando uma pilha de lixo. O mendigo limpou as larvas de algumas porções apodrecidas de comida e enfiou-as na boca com as mãos sujas. Timóteo, chocado pelo desespero daquele homem, prometeu nunca desfazer da comida. Timóteo não é perfeito, mas iniciou um programa em que serve sopa em sua comunidade e sempre atua como voluntário a fim de inspirar outros a contribuírem também. Algumas pessoas são guiadas por experiências pessoais que as impressionaram profundamente. Analise a vida de qualquer grande líder pelos eventos e pelas histórias que o tornou tão engajado. Há sempre histórias que claramente delimitam o que é certo e o que é errado, o que é bom e o que é mau.

Reflita sobre uma ocasião da experiência de Josafá que lhe causou um inesquecível impacto como líder. Assim que seu inimigo em batalha, o rei de Moabe, percebeu que estava perdendo, levou seu filho primogênito, que teria sido seu sucessor, para o topo do muro da cidade e o ofereceu em sacrifício como última tentativa de vitória (2 Reis 3:26 e 27). Presenciar tal fato deve ter causado uma impressão inesquecível na mente de Josafá. Tamanha imoralidade, ele decidiu, somente poderia ser vencida através de uma obediência firme e cuidadosa à Palavra de Deus.
II. ENSINANDO A HISTÓRIA
Uma Ponte para a História

Em suas próprias palavras, comente com os alunos o seguinte:

Alguma vez você já se perguntou qual é o segredo dos grandes heróis da fé? O que fez deles pessoas tão corajosas? Determinadas? Sábias? Comprometidas? Algumas das coisas boas que Josafá realizou podem ter resultado de uma consciência vívida daquilo que é correto, mas talvez muitas de suas decisões tenham sido o resultado do conhecimento do que era errado. Ao pesquisar a vida de Josafá, você notará um momento de fraqueza ou uma pequena brecha na armadura de seu caráter. Contudo, sua liderança foi predominantemente boa, correta e verdadeira. Confira essa história, mas também não deixe de estudar os vários eventos que aconteceram no reinado desse rei e observe a profundidade de sua devoção a Deus.


Aplicando a História (Para Professores)

Após ler com seus alunos a seção Estudando a História, use as perguntas a seguir, em suas próprias palavras, para discutir com eles.

• Qual você acha que é o verso principal da história dessa semana?

• Quais são as características mais nobres de liderança que você notou em Josafá?

• Qual pode ter sido uma das fraquezas de Josafá como líder?

• De que maneira você acha que o nome dele, “o Senhor julga”, é adequado a Josafá como rei?

• Josafá enfrentou um exército que era muito maior do que o dele, mas ele confiou no Senhor. Que postura Deus quer que tomemos ao enfrentarmos desafios além da nossa capacidade?


Apresentando o Contexto e o Cenário

Use as informações a seguir para elucidar a história para seus alunos. Explique em suas próprias palavras.

Josafá cometeu erros; porém, a maior parte de sua vida pode ser resumida como ele tendo sido fiel a Deus e aos Seus mandamentos. Sua história é narrada em, no mínimo, quatro capítulos inteiros em 2 Crônicas. Então, contar toda a história levará muito tempo.

1. Uma maneira de maximizar o tempo e fazer com que a classe se envolva seria usar uma estratégia de ensino conhecida por “quebra-cabeça”. Divida os alunos em grupos e dê uma ou mais das passagens bíblicas abaixo a cada grupo. Todos os grupos deverão ler e discutir o que leram e aprenderam das passagens que lhes foram dadas.

Em seguida, deixe que cada grupo conte o que entendeu aos outros, ou forme novos grupos em que permaneça em cada um uma pessoa do grupo original. Cada pessoa poderá explicar ao novo grupo o que aprendeu no grupo original. Dessa maneira, todos terão a oportunidade de estudar os pontos importantes da história e também participar.

2 Crônicas 17:1-6 Resumo Geral

2 Crônicas 17:7-10 Professores são enviados para instruir o povo acerca de Deus

2 Crônicas 17:11-19 A segurança e a prosperidade

2 Crônicas 18:1-34 A aliança de Josafá e Acabe contra Ramote-Gileade

2 Crônicas 19:4-11 A nomeação de juízes para a organização civil

2 Crônicas 20:16-29 A vitória de Josafá por meio da música

2. A história desta semana enfoca a liderança de Josafá e sua dependência de Deus. Observe o primeiro passo dado por esse rei fiel: “Josafá ficou com medo e orou a Deus, o Senhor, pedindo socorro.” 2 Crônicas 20:3. Ele foi determinado. Outro aspecto da liderança de Josafá é a maneira como o povo seguiu seu exemplo. Alguns dizem: “Se você quer saber se é um líder, veja se alguém o está seguindo.” A Bíblia afirma que: “Todos se reuniram para pedir socorro ao Senhor; de todas as cidades do país o povo veio a Jerusalém.” 2 Crônicas 20:4.

Josafá também foi um grande líder por causa de sua humildade. O rei admitiu a Deus: “Pois não somos bastante fortes para resistir a esse enorme exército que está avançando contra nós. Não sabemos o que fazer e olhamos para Ti, pedindo socorro!” 2 Crônicas 20:12. E, finalmente, Josafá agiu conforme suas convicções e “ordenou que alguns cantores vestissem roupas sagradas e marchassem à frente do exército, louvando a Deus.” 2 Crônicas 20:21. Essa foi apenas outra guerra vencida por Deus através da música! Como resultado, os inimigos, em sua confusão, “também acabaram se destruindo” (2 Crônicas 20:23). A vitória é um dos muitos momentos em que o envolvimento de Deus e Sua glória são inconfundíveis.

3. Infelizmente, a fiel herança de Asa e Josafá foi apenas um breve período de glória para o povo de Deus. Jeorão escolheu não seguir o mesmo caminho que seu pai e seu avô (2 Crônicas 21:12 e 13).
Dicas Para um Ensino de Primeira Linha

Menos é Mais

Uma estratégia de ensino que realmente faz o cérebro trabalhar é a síntese – o trabalho de misturar e unificar muitas idéias em um novo pensamento. Uma forma de fazer com que os alunos sintetizem é desafiá-los limitando o número de palavras que podem usar ou manter para expressar o pensamento em uma única frase. Por exemplo: “Se você tivesse que resumir a história da sua vida em uma frase, qual seria?” Essa atividade faz com que os alunos resumam um grande número de informações em apenas uma declaração significativa. Geralmente é bom dar-lhes tempo para escrever uma frase que resuma a vida deles e depois deixar que compartilhem o que escreveram com os colegas.


III. ENCERRAMENTO
Atividade

Convide cada aluno a responder a seguinte pergunta:

Se você se tornasse o líder de seu país e tivesse que impor cinco regras principais, quais seriam elas? Desenvolva a atividade permitindo que os alunos compartilhem sua lista de regras. A vida de Josafá teve muitos altos e baixos, mas, em sua maioria, o fiel rei viveu baseado em algumas regras principais das quais ele nunca abriu mão. Quais são elas?


Resumo

Comente com os alunos os seguintes pensamentos com suas próprias palavras:

Todos temos a chance de viver de tal maneira que possamos um dia obter uma frase positiva que resuma nossa vida. O que impressiona na vida de Josafá é a maneira pela qual ele permaneceu fiel a Deus, mesmo quando as suas falhas e erros foram evidentes a todos. Nas ocasiões em que as coisas iam bem, ele continuou a inovar e criar novas formas para melhorar a vida de Israel. Sua humildade e coragem constituíram uma declaração breve, porém verdadeira, acerca de sua vida: “Como Asa, o seu pai, havia feito antes dele, Josafá fez o que o Senhor Deus considerava certo.” 1 Reis 22:43. E, então? Quais são os princípios inegociáveis que guiarão sua vida? Acerca de quais valores você dirá hoje: “Não farei concessões.” Separe um tempo para refletir e orar sobre sua devoção a Deus.


[Box Especial]

Lembre os alunos sobre o plano de leitura, em que eles estudarão, na série O Grande Conflito, o comentário inspirado da Bíblia. A leitura correspondente a esta lição é Profetas e Reis, capítulo 15.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal