Lista 01 – eletrostática professor márcio 01



Baixar 43.98 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho43.98 Kb.
LISTA 01 – ELETROSTÁTICA

PROFESSOR MÁRCIO

01 - (FUVEST SP/2011) A lei de conservação da carga elétrica pode ser enunciada como segue:

a) A soma algébrica dos valores das cargas positivas e negativas em um sistema isolado é constante.

b) Um objeto eletrizado positivamente ganha elétrons ao ser aterrado.

c) A carga elétrica de um corpo eletrizado é igual a um número inteiro multiplicado pela carga do elétron.

d) O número de átomos existentes no universo é constante.

e) As cargas elétricas do próton e do elétron são, em módulo, iguais.



02 - (UFTM/2011) A indução eletrostática consiste no fenômeno da separação de cargas em um corpo condutor (induzido), devido à proximidade de outro corpo eletrizado (indutor).

Preparando-se para uma prova de física, um estudante anota em seu resumo os passos a serem seguidos para eletrizar um corpo neutro por indução, e a conclusão a respeito da carga adquirida por ele.

PASSOS A SEREM SEGUIDOS:

I. Aproximar o indutor do induzido, sem tocá-lo.

II. Conectar o induzido à Terra.

III. Afastar o indutor.

IV. Desconectar o induzido da Terra.

CONCLUSÃO:

No final do processo, o induzido terá adquirido cargas de sinais iguais às do indutor.

Ao mostrar o resumo para seu professor, ouviu dele que, para ficar correto, ele deverá

a) inverter o passo III com IV, e que sua conclusão está correta.

b) inverter o passo III com IV, e que sua conclusão está errada.

c) inverter o passo I com II, e que sua conclusão está errada.

d) inverter o passo I com II, e que sua conclusão está correta.

e) inverter o passo II com III, e que sua conclusão está errada.

03 - (UESPI/2011) Uma pequena esfera condutora A, no vácuo, possui inicialmente carga elétrica Q. Ela é posta em contato com outra esfera, idêntica a ela porém neutra, e ambas são separadas após o equilíbrio eletrostático ter sido atingido. Esse procedimento é repetido mais 10 vezes, envolvendo outras 10 esferas idênticas à esfera A, todas inicialmente neutras. Ao final, a carga da esfera A é igual a:

a) Q/29

b) Q/210

c) Q/211

d) Q/10

e) Q/11


04 - (UFRN/2010) Uma nuvem eletricamente carregada induz cargas na região imediatamente abaixo dela, e essa região, por sua vez, também se eletriza.

A figura que melhor representa a distribuição de cargas no interior da nuvem e na região imediatamente abaixo desta é:


a)
b)

c)

d)

05 - (UFF RJ/2010) A figura representa quatro esferas metálicas idênticas penduradas por fios isolantes elétricos.

O arranjo está num ambiente seco e as esferas estão inicialmente em contato umas com as outras. A esfera 1 é carregada com uma carga elétrica +Q.

Escolha a opção que representa a configuração do sistema depois de atingido o equilíbrio.
a)

b)

c)

d)

e)
06 - (UNESP/2010) Um dispositivo simples capaz de detectar se um corpo está ou não eletrizado, é o pêndulo eletrostático, que pode ser feito com uma pequena esfera condutora suspensa por um fio fino e isolante. Um aluno, ao aproximar um bastão eletrizado do pêndulo, observou que ele foi repelido (etapa I). O aluno segurou a esfera do pêndulo com suas mãos, descarregando-a e, então, ao aproximar novamente o bastão, eletrizado com a mesma carga inicial, percebeu que o pêndulo foi atraído (etapa II). Após tocar o bastão, o pêndulo voltou a sofrer repulsão (etapa III). A partir dessas informações, considere as seguintes possibilidades para a carga elétrica presente na esfera do pêndulo:

Somente pode ser considerado verdadeiro o descrito nas possibilidades

a) 1 e 3.

b) 1 e 2.

c) 2 e 4.

d) 4 e 5.

e) 2 e 5.

07 - (PUC SP/2010) Considere quatro esferas metálicas idênticas, separadas e apoiadas em suportes isolantes. Inicialmente as esferas apresentam as seguintes cargas: QA = Q, QB = Q/2, QC = 0 (neutra) e QD = --Q. Faz-se, então, a seguinte sequência de contatos entre as esferas:

Distribuição inicial das cargas entre as esferas

I- contato entre as esferas A e B e esferas C e D. Após os respectivos contatos, as esferas são novamente separadas;

II- a seguir, faz-se o contato apenas entre as esferas C e B. Após o contato, as esferas são novamente separadas;

III- finalmente, faz-se o contato apenas entre as esferas A e C. Após o contato, as esferas são separadas.

Pede-se a carga final na esfera C, após as sequências de contatos descritas.

a)

b) Q


c)

d)

e)

08 - (UFTM/2010) Na época das navegações, o fenômeno conhecido como “fogo de santelmo” assombrou aqueles que atravessavam os mares, com suas espetaculares manifestações nas extremidades dos mastros das embarcações. Hoje, sabe-se que o fogo de santelmo é uma consequência da eletrização e do fenômeno conhecido na Física como o “poder das pontas”. Sobre os fenômenos eletrostáticos, considerando-se dois corpos, é verdade que

a) são obtidas cargas de igual sinal nos processos de eletrização por contato e por indução.

b) toda eletrização envolve contato físico entre os corpos a serem eletrizados.

c) para que ocorra eletrização por atrito, um dos corpos necessita estar previamente eletrizado.

d) a eletrização por indução somente pode ser realizada com o envolvimento de um terceiro corpo.

e) um corpo não eletrizado é também chamado de corpo neutro, por não possuir carga elétrica.



09 - (UFAL/2010) Um estudante dispõe de um kit com quatro placas metálicas carregadas eletricamente. Ele observa que, quando aproximadas sem entrar em contato, as placas A e C se atraem, as placas A e B se repelem, e as placas C e D se repelem. Se a placa D possui carga elétrica negativa, ele conclui que as placas A e B são, respectivamente,

a) positiva e positiva.

b) positiva e negativa.

c) negativa e positiva.

d) negativa e negativa.

e) neutra e neutra.



10 - (UFRR/2010)

Promovendo o atrito entre dois objetos eletricamente neutros e idênticos, A e B, haverá a eletrização dos mesmo devido a transferência de elétrons de um para o outro, essa é a chamada eletrização por atrito. Suponha que a eletrização ocorra em A. Ao tocar devidamente com o objeto A em um terceiro objeto C, também eletricamente neutro, haverá transferência de elétrons, chamada de eletrização por contato. Após afastar os objetos A e C, e sabendo que os mesmo são idênticos, comparando suas cargas finais podemos afirmar que a carga elétrica em C é.

a) Menor que a carga de B

b) Igual a carga de B

c) Maior que a carga de A

d) Menor que a carga de A

e) Metade da carga de A

11 - (UNIOESTE PR/2010) Quando se fricciona uma régua de plástico em um casaco de lã ou um pente de plástico nos cabelos secos, consegue-se atrair para a régua ou para o pente pedacinhos de papel, palha, fiapos de tecidos etc. Este fenômeno é denominado eletrização por atrito ou triboeletrização. Em relação à triboeletrização considere as afirmações abaixo:

I. O casaco de lã e a régua de plástico ficam eletrizados com cargas elétricas de mesmo sinal.

II. Para que os pedacinhos de papel sejam atraídos para a régua de plástico eles devem estar eletrizados também.

III. Os pedacinhos de papel são atraídos somente quando a régua ou pente de plástico forem carregados com cargas positivas.

IV. Os pedacinhos de papel exercem uma força elétrica de menor intensidade sobre a régua de plástico. É por isso que a régua não é atraída pelos pedacinhos de papel.

Em relação às afirmações, assinale a alternativa correta.

a) Apenas as afirmativas I e II estão corretas.

b) Apenas a afirmativa III está correta.

c) Todas as afirmativas estão corretas.

d) Apenas as afirmativas II, III e IV estão corretas.

e) Todas as afirmativas são incorretas.

12 - (UNCISAL/2010) Ao tocar na carroceria de seu automóvel após certo trajeto, num dia ensolarado e sem nuvens em Campinas (SP), uma garota teve a sensação de levar um choque elétrico. A mesma garota, passeando em Maceió, em plena orla marítima, não teve a mesma sensação ao repetir esse procedimento. Refletindo sobre os fatos, ela concluiu, corretamente, que

a) na orla marítima de Maceió, a carroceria do veículo deixa de se comportar como condutor elétrico.

b) na orla marítima de Maceió, superfícies metálicas não conduzem cargas elétricas.

c) na orla marítima de Maceió, a umidade do ar não deixa a carroceria do veículo eletrizada ao ser atritada com o ar.

d) em Campinas, a carroceria do veículo passa a se comportar como isolante elétrico.

e) em Campinas, o ar úmido não interfere nos processos de eletrização dos corpos, qualquer que seja o processo.



13 - (UESPI/2009) Três esferas metálicas, apoiadas em suportes isolantes, são colocadas próximas, como no desenho abaixo, porém sem se tocarem. Um bastão carregado positivamente é aproximado da primeira esfera.

Assinale o diagrama que melhor representa a distribuição de cargas nas esferas.


a)

b)

c)

d)

e)

14 - (UESPI/2009) Duas pequenas esferas metálicas idênticas, A e B, localizadas no vácuo, estão carregadas com cargas e . As esferas são postas em contato através de pinças isolantes ideais e, após atingirem o equilíbrio eletrostático, são separadas. Após a separação, os valores de QA e QB são respectivamente iguais a:

a) zero e zero.

b) –2Q e +2Q.

c) +2Q e −2Q

d) –Q e +Q

e) +Q e −Q



15 - (UCS RS/2009) Uma pessoa está no aeroporto, levando uma grande mochila de material sintético em um carrinho constituído de uma estrutura metálica com duas rodas, pneus de borracha e duas empunhaduras também de borracha. A pessoa empurra o carrinho, segurando-o pelas empunhaduras, sem perceber que os pneus estão raspando numa parte da mochila. De repente, essa pessoa, ao colocar a mão na superfície metálica do carrinho, leva um choque elétrico. Isso ocorre porque

a) a sola do sapato da pessoa é do mesmo material dos pneus.

b) o atrito das rodas com a mochila criou um campo magnético permanente, cujo pólo norte está nas rodas e o pólo sul, na mochila.

c) o atrito das rodas com a mochila colocou a pessoa, o carrinho e o chão no mesmo potencial elétrico.

d) o atrito das rodas com a mochila colocou a pessoa, o carrinho e o chão em diferentes potenciais elétricos.

e) como a pessoa, a mochila, os pneus de borracha e a Terra são condutores, naturalmente surge uma corrente elétrica quando são postos em contato.



16 - (PUC RS/2009) Considere as informações e a figura, que representa duas esferas em contato, e localizadas próximo a uma barra eletrizada.

Duas esferas condutoras A e B idênticas, eletricamente neutras (N), estão em contato uma com a outra e isoladas eletricamente de qualquer influência, a não ser quando se aproxima de uma delas uma barra eletricamente negativa. Enquanto a barra é mantida nessa posição, as esferas são separadas uma da outra.

Se, na sequência, a barra for afastada das duas esferas, a carga elétrica dessas esferas resultará

a) positiva, tanto para A quanto para B.

b) positiva para A e negativa para B.

c) negativa para A e positiva para B.

d) nula para as duas esferas, que permanecem neutras.

e) negativa para as duas esferas.



17 - (UFG GO/2009) Por causa do atrito com o ar, durante o voo, uma abelha fica eletrizada com carga positiva. Ao pousar em uma flor, que é eletricamente neutra, o campo elétrico da abelha produz uma carga induzida em alguns grãos de pólen fazendo com que saltem pelo ar e fiquem presos aos pêlos deste inseto. A parte da flor na qual ocorre a coleta do grão de pólen e a menor força para que o grão de pólen fique preso à abelha, considerando que a massa do grão de pólen é de aproximadamente 1  10-8 gramas, são, respectivamente,

a) antera e 1  10–7 N

b) antera e 1  10–10 N

c) estigma e 1  10–7 N

d) estigma e 1  10–10 N

e) ovário e 1  10–7 N



18 - (UNIMONTES MG/2009) Num experimento, um bastão carregado é aproximado do eletroscópio I, cuja extremidade está descoberta (à esquerda, na figura). Observa-se o afastamento das folhas metálicas do eletroscópio diante da aproximação do bastão carregado. Em seguida, o bastão é aproximado, sucessivamente, dos eletroscópios II e III. O eletroscópio II (centro da figura) possui extremidade coberta por uma malha cilíndrica metálica, sem tampa. O eletroscópio III (à direita, na figura) possui extremidade coberta por uma malha semelhante, mas com tampa.

Como resultado da aproximação do bastão, é CORRETO afirmar que

a) as folhas se abrirão no eletroscópio II, mas não se abrirão no III.

b) as folhas se abrirão nos eletroscópios II e III.

c) as folhas se abrirão no eletroscópio III, mas não se abrirão no II.

d) as folhas não se abrirão nos eletroscópios II e III.



19 - (FATEC SP/2008) Três esferas condutoras idênticas A, B e C estão sobre tripés isolantes. A esfera A tem inicialmente carga elétrica de , enquanto B e C estão neutras.

Encostam-se as esferas A e B até o equilíbrio eletrostático e separam-se as esferas. Após isso, o procedimento é repetido, desta feita com as esferas B e C.

Sendo a carga elementar , o número total de elétrons que, nessas duas operações, passam de uma esfera a outra é

a)

b)

c)

d)

e)



20 - (UEM PR/2008) O diagrama abaixo ilustra três esferas neutras de metal, x, y e z, em contato entre si e sobre uma superfície isolada.

Assinale a alternativa cujo diagrama melhor representa a distribuição de cargas das esferas quando um bastão carregado positivamente é aproximado da esfera x, mas não a toca.













21 - (UFLA MG/2008) Considere três esferas 1, 2 e 3, condutoras, idênticas e elaboradas de um mesmo material. Inicialmente, a esfera 1 está carregada com carga Q, e as esferas 2 e 3 estão descarregadas. Coloca-se a esfera 1 em contato com a esfera 2, eletrizando-a, e, em seguida, elas são separadas. Posteriormente, coloca-se a esfera 2 em contato com a esfera 3, eletrizando-a, e separando-as também. Finalmente, a esfera 3 é colocada em contato com a esfera 1, sendo depois separadas. Dessa forma, a carga final da esfera 1 é

a)

b)

c)

d) Q

22 - (PUC MG/2008) Duas esferas condutoras idênticas (1 e 2) têm, cada uma delas, uma carga Q. Uma terceira esfera idêntica, com um suporte isolante e inicialmente descarregada, é tocada primeiro com a esfera 1 e, em seguida, com a esfera 2 e, então, removida.

As novas cargas nas esferas 1 e 2, são respectivamente:

a) 3Q/4 e Q/2

b) 2Q/3 e 2Q/3

c) Q/2 e 3Q/4

d) Q/2 e 3Q/3



23 - (UFAM/2008) Considere as seguintes afirmações a respeito dos processos de eletrização:

I. Na eletrização por contato, os corpos ficam eletrizados com cargas de mesmo sinal.

II. Na eletrização por atrito, os dois corpos ficam carregados com cargas iguais, porém de sinais contrários.

III. No processo de indução eletrostática, o corpo induzido se eletrizará sempre com cargas de sinal contrário às do indutor.

Com a relação as três afirmativas acima, podemos dizer que:

a) Somente II e III são verdadeiras.

b) I, II e III são verdadeiras.

c) Somente I e III são verdadeiras.

d) Somente I é verdadeira.

e) Somente II é verdadeira.



24 - (UPE/2008) Observa-se, na foto a seguir, uma descarga típica de um relâmpago, em que uma corrente de é mantida por .


Sabendo-se que a carga do elétron, em módulo, é igual a , o número de elétrons transferidos nessa descarga vale

a) 5,0 . 1017

b) 3,0 . 1020

c) 4,0 . 10-10

d) 2,0 . 1016

e) 8,0 . 10-21



TEXTO: 1 - Comum à questão: 25

OBSERVAÇÃO: Nas questões em que for necessário, adote para g, aceleração da gravidade na superfície da Terra, o valor de ; para a massa específica (densidade) da água, o valor de ; para o calor específico da água, o valor de ; para uma caloria, o valor de 4 joules.



25 - (FUVEST SP/2008) Três esferas metálicas, M1, M2 e M3, de mesmo diâmetro e montadas em suportes isolantes, estão bem afastadas entre si e longe de outros objetos.

Inicialmente M1 e M3 têm cargas iguais, com valor Q, e M2 está descarregada. São realizadas duas operações, na seqüência indicada:

I. A esfera M1 é aproximada de M2 até que ambas fiquem em contato elétrico. A seguir, M1 é afastada até retornar à sua posição inicial.

II. A esfera M3 é aproximada de M2 até que ambas fiquem em contato elétrico. A seguir, M3 é afastada até retornar à sua posição inicial.

Após essas duas operações, as cargas nas esferas serão cerca de



TEXTO: 2 - Comum à questão: 26

Calor faz quantidade de raios na capital de SP subir 60%

Um estudo do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) apontou que a incidência de raios em São Paulo aumentou cerca de 60% nos últimos 50 anos e que isto está relacionado à elevação da temperatura média na cidade no período, que, segundo o trabalho, subiu 2 ºC nessas cinco décadas.

Não é apenas o aumento de carbono na atmosfera (aquecimento global) o responsável pela subida dos termômetros. A urbanização, a falta de vegetação e a poluição também são responsáveis, sem contar o aquecimento natural da superfície do Atlântico.

Os raios são responsáveis por cerca de R$ 1bilhão em prejuízos por ano no Brasil. O setor elétrico, segundo estimativa, responde por 60% desse valor.

(Folha Online – Ambiente. 25.07.2008. Adaptado)

26 - (UFABC/2009)

Com relação à ocorrência de uma descarga elétrica na atmosfera, analise:

I. objetos pontiagudos como o pára-raios estão mais propensos a dissipar cargas elétricas, pois, devido a sua forma, as cargas elétricas livres tendem a se acumular nesse local, em um processo conhecido como “poder das pontas”;

II. o processo de acúmulo de cargas na atmosfera assemelha-se ao processo de carga de duas placas condutoras paralelas que possuem um dielétrico entre elas. Quando o raio ocorre, diz-se que o dielétrico, no caso o ar, foi rompido, passando a conduzir;

III. o interior de corpos metálicos, como um carro, constitui um ambiente seguro contra raios que neles incidam, devido ao fato de o campo elétrico no interior desses corpos ser nulo.

É correto o contido em

a) I, apenas.

b) I e II, apenas.

c) I e III, apenas.

d) II e III, apenas.

e) I, II e III.

RESPOSTAS:



1) Gab: A

2) Gab: B

3) Gab: C

4) Gab: C

5) Gab: C

6) Gab: E

7) Gab: E

8) Gab: D

9) Gab: A

10) Gab: E

11) Gab: E

12) Gab: C

13) Gab: A

14) Gab: A

15) Gab: D

16) Gab: B

17) Gab: B

18) Gab: A

19) Gab: C

20) Gab: D

21) Gab: B

22) Gab: C

23) Gab: B

24) Gab: A

25) Gab: B

26) Gab: E


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal