Lista de exercícios jeová 3º ano dinamico



Baixar 150.62 Kb.
Página2/2
Encontro29.07.2016
Tamanho150.62 Kb.
1   2
.
Acesso em: 19 ago. 2010.)

Com base no texto acima e nos conhecimentos sobre a democracia na Grécia Antiga, é CORRETO afirmar que:

a) as mulheres expressavam sua opinião e participavam dos debates públicos e políticos.

b) aos metecos eram garantidos direitos políticos integrais, devido ao pagamento de impostos.

c) a isonomia era o princípio pelo qual se estabelecia a igualdade dos cidadãos perante a lei.

d) a participação na vida política era permitida a toda a população de Atenas, sem exclusão.



38 - (UEPG PR)

Vivemos sob a forma de governo que não se baseia nas instituições de nossos vizinhos; ao contrário, servimos de modelo a alguns ao invés de imitar os outros. Seu nome, como tudo o que depende não era de poucos, mas da maioria, é democracia.

Adaptado de: Péricles, Oração fúnebre, In: Tucidides: A Guerra do Peloponeso, Livro II, p. 37.

Com base no texto e a respeito da democracia grega, assinale o que for correto.

01. A democracia ateniense abominava o conceito da cidadania. Apesar de defender a participação direta da sociedade nas questões políticas, os líderes da democracia grega mantiveram uma rígida ordem social na qual não existia espaço para a livre manifestação e para a emergência da figura do "cidadão".

02. A democracia ateniense era uma democracia escravista. O trabalho escravo constituía-se na base da vida econômica de Atenas. Nesse regime, os escravos não possuíam direitos políticos e civis.

04. A partir do exemplo ateniense grande parte das cidades-estado gregas adotou a democracia escravista como regime.

08. Sólon, administrador ateniense que antecedeu a Clístenes, é conhecido por sua tirania e por seu esforço no sentido de evitar os avanços em direção à democracia.

16. O regime democrático foi instituído em Atenas durante o governo de Clístenes a partir da instituição de várias reformas políticas e administrativas.

39 - (FATEC SP)

O texto a seguir é um trecho do famoso discurso atribuído a Péricles, governante e legislador de Atenas, no século V a.C.

Vivemos sob uma forma de governo que não se baseia nas instituições de nossos vizinhos; ao contrário, servimos de modelo a alguns ao invés de imitar outros. Seu nome, como tudo depende não de poucos mas da maioria, é democracia.

Olhamos o homem alheio às atividades públicas não como alguém que cuida apenas de seus próprios interesses, mas como um inútil; nós, cidadãos atenienses, decidimos as questões públicas por nós mesmos, ou pelo menos nos esforçamos por compreendê-las claramente, na crença de que não é o debate que é empecilho à ação, e sim o fato de não se estar esclarecido pelo debate antes de chegar a hora da ação.

(TUCÍDIDES. História da Guerra do Peloponeso, Livro II. Brasília: Editora Universidade de Brasília,


1986 Trad. do original grego por Mário da Gama Kury.)

Considerando as informações do texto e os conhecimentos sobre a prática da vida política ateniense naquele período, assinale a alternativa correta.

a) Durante o século V a.C., em Atenas, a aplicação dos princípios democráticos resultou na substituição do trabalho escravo pelo trabalho livre.

b) Embora o regime ateniense tenha garantido ampla participação popular, não era verdadeiramente democrático, pois negava a igualdade dos cidadãos perante a lei.

c) Na democracia ateniense, os cidadãos participavam diretamente do processo de tomada de decisões, expressando sua vontade por voto direto em cada assunto particular.

d) Atenas foi a única pólis a desenvolver plenamente a democracia na Antiguidade, pois concedia a todos os cidadãos o direito de escolher livremente os seus representantes.

e) Na democracia ateniense, todos os habitantes da cidade tinham direito de participar das assembleias, mas apenas os mais ricos podiam votar e assumir cargos importantes.

40 - (PUC SP)

O mundo grego foi, basicamente, um mundo da palavra falada e não da escrita.”

Moses I. Finley. Democracia antiga e moderna. Rio de Janeiro: Graal, 1988, p. 30

A constatação acima, relativa à Grécia antiga, pode ser justificada

a) pelo desconhecimento da escrita, que impedia quaisquer registros oficiais nas cidades-estado gregas.

b) pela importância do teatro, dos arautos e dos aedos, que contribuíam para a preservação da memória coletiva.

c) pelo caráter representativo da democracia ateniense, que tornava desnecessária a participação direta dos cidadãos.

d) pela valorização das atividades físicas e militares, que prescindiam da alfabetização dos jovens.

e) pelo grande número de escravos presentes nas cidades-estado, que eram totalmente analfabetos.

41 - (UEG GO)

Na Antiguidade, os conquistadores militares tinham um importante papel nas mudanças geopolíticas e sociais.

Nesse sentido, o conquistador que adotou os costumes e as instituições políticas dos povos conquistados, inclusive procurando criar um império culturalmente unificado, abrangendo o Ocidente e o Oriente, foi o general

a) Nabucodonosor, conquistador babilônico.

b) Júlio César, conquistador romano.

c) Ciro, conquistador persa.

d) Alexandre Magno, conquistador macedônico.

42 - (UEG GO)

No século V a.C., Atenas vivia o auge de sua democracia. Nesse mesmo período, os teatros estavam lotados, afinal, as tragédias chamavam cada vez mais a atenção. Outro aspecto importante da civilização grega da época eram os discursos proferidos na ágora. Para obter a aprovação da maioria, esses pronunciamentos deveriam conter argumentos sólidos e persuasivos. Nesse caso, alguns cidadãos procuravam aperfeiçoar sua habilidade de discursar. Isso favoreceu o surgimento de um grupo de filósofos que dominavam a arte da oratória. Esses filósofos vinham de diferentes cidades e ensinavam sua arte em troca de pagamento. Eles foram duramente criticados por Sócrates e são conhecidos como

a) maniqueistas.

b) hedonistas.

c) epicuristas.

d) sofistas.



43 - (PUC RS)

Associe os grandes períodos da história antiga da Grécia (Coluna A) com as respectivas características sociais, políticas e culturais (Coluna B), numerando os parênteses.

Coluna A

1. Período Homérico (aproximadamente 1100 a 800 a.C.)

2. Período Arcaico (800 a 500 a.C.)

3. Período Clássico (500 a 336 a.C.)

4. Período Helenístico (336 a 146 a.C.)

Coluna B


( ) Estruturação das instituições básicas da polis.

( ) Dissolução do génos e formação das cidadesestado.

( ) Apogeu da produção filosófica, científica e artística.

( ) Síntese entre características culturais gregas e orientais.

( ) Consolidação do sistema democrático em Atenas.

A numeração correta na Coluna B, de cima para baixo, é

a) 4 – 1 – 2 – 2 – 3

b) 1 – 2 – 3 – 4 – 3

c) 3 – 2 – 4 – 2 – 2

d) 2 – 1 – 3 – 4 – 3

e) 1 – 2 – 3 – 3 – 4

44 - (UNESP SP)

Para os gregos antigos, a ideia de confronto entre oponentes, até que um dos contendores superasse os demais, atingindo um grau de excelência reconhecido e admirado por todos os circunstantes, era um ritual central em sua cultura. Os gregos faziam com que ele integrasse várias de suas cerimônias, as mais importantes e as mais sagradas.

(Nicolau Sevcenko. A corrida para o século XXI. No loop da montanha-russa, 2004. Adaptado.)

O texto afirma que as Olimpíadas na Grécia Antiga

a) tinham a função de adequar os corpos dos praticantes às necessidades do mundo do trabalho, tornando-os capazes de produzir mais.

b) permitiam que a população se divertisse, dissolvendo as tensões sociais e facilitando a dominação política por parte dos governantes.

c) estavam integradas a outros aspectos da vida social e religiosa, associando-se a momentos de festa e celebração.

d) estimulavam a competitividade e o individualismo, preparando os homens para as disputas profissionais na vida adulta.

e) visavam exercitar e fortalecer os guerreiros, melhorando sua atuação política e militar nos períodos de guerra.



45 - (UFTM MG)

Observe o mapa.



(Ricardo de M. Faria, Mônica L. Miranda, Helena G. Campos.


Estudos de História, vol. 1, 2010. Adaptado.)

Sobre o processo representado no mapa, é correto afirmar que

a) resultou de um programa dos governantes da cidade de Atenas, que desejavam expandir seu poder pelo Mediterrâneo.

b) as causas para a ocupação de novos espaços foram as perseguições religiosas, frequentes antes da instauração da democracia.

c) o excedente populacional da Península Balcânica desempenhou papel importante na busca de oportunidades fora da região.

d) foi causado pela fuga dos habitantes de Esparta e Atenas, vítimas das guerras constantes e ferozes travadas por essas cidades.

e) as novas colônias eram subordinadas às metrópoles e forneciam matérias-primas para as indústrias localizadas no continente.

46 - (UEM PR)

A relação entre a esfera pública e a esfera privada ocupou, tanto na antiguidade clássica grega quanto no período histórico conhecido como modernidade, um lugar importante na elaboração das teorias políticas e sociais.

Sobre esse tema, assinale o que estiver correto.

01. Isêgoria (igualdade de direito a exercer a palavra pública) e isonomia (igualdade de direito perante a lei) são os princípios que fundamentam a participação pública na Ágora, lugar elevado da cidade, que recebia as instituições públicas.

02. Os conceitos de vontade geral e democracia representativa tiveram sua primeira versão escrita por Aristóteles e serviram de base à constituição de Atenas, no início do século IV a.C..

04. A República de Platão opõe-se à estrutura política da Pólis, pois defende uma sociedade democrática, em que todos os cidadãos participam igualmente da esfera pública.

08. Em razão de seus fundamentos teológicos, o Iluminismo não expressava interesse significativo pelas questões sociais ou pelas relações entre a esfera pública e a esfera privada.

16. A teoria política liberal preconiza uma economia de mercado livre e o desenvolvimento de um sistema social que se constitui a partir da separação entre o que é público e o que é privado.



TEXTO: 1 - Comum às questões: 47, 48

(Discóbolo de Míron. Original grego data de aprox.


450 a. C. Altura: 125 cm.)

(Max Bill Unidade Tripartita (Unità Tripartita),


1948/49 Aço inoxidável, 114,0 x 88,3 x 98,2.)

47 - (UEL PR)

A escultura Discóbolo de Míron representa a importância dada pelos gregos à atividade física.

Sobre o papel da ginástica na educação dos guardiães, na obra “A República”, de Platão, considere as afirmativas a seguir.

I. Ao lado da música, a ginástica desempenha papel fundamental no processo de educação dos guardiães.

II. O robustecimento físico é importante para os guardiães, motivo pelo qual a ginástica deve ser ministrada desde a infância.

III. O cultivo pleno do espírito deve prevalecer sobre o cuidado com a formação do corpo, bem como guiá-lo.

IV. A ginástica dos guardiães deve ser mais exigente se comparada à ministrada para os guerreiros.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e II são corretas.

b) Somente as afirmativas II e IV são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

48 - (UEL PR)

A escultura Discóbolo de Míron, do século V a. C., expressa o ideal de homem na pólis ateniense.

Com base nos valores deste ideal clássico, considere as afirmativas a seguir.

I. Ao cidadão, cabia tempo livre para se dedicar integralmente ao que era próprio do ser político, como a especulação filosófica e a prática desportiva, visando à realização do humano.

II. Na pólis governada por juristas apoiados por atletas com poder de comando das tropas, o cidadão considerava a igualdade econômica como a realização do ser humano.

III. O cidadão era o elemento que integrava a pólis à natureza e tal integração era representada pela corpolatria e pelas atividades físicas impostas pelo Senado.

IV. O ideal do cidadão era expresso pela sua participação nas ações e decisões da pólis, o que incluía a busca da beleza e do equilíbrio entre as formas.

Assinale a alternativa correta.

a) Somente as afirmativas I e IV são corretas.

b) Somente as afirmativas II e III são corretas.

c) Somente as afirmativas III e IV são corretas.

d) Somente as afirmativas I, II e III são corretas.

e) Somente as afirmativas I, II e IV são corretas.

TEXTO: 2 - Comum à questão: 49

A democracia ateniense era direta. A moderna, porém, é representativa. O direito à participação tornou-se, portanto, indireto, por meio da escolha de representantes. Esse direito parece ter sofrido diminuição em lugar de ampliação. Essa aparência é falsa e verdadeira.

Falsa porque a democracia moderna foi instituída na luta contra o Antigo Regime e, portanto, em relação a esse último, ampliou a participação dos cidadãos no poder, ainda que sob a forma da representação.

Verdadeira porque a república liberal tinha a tendência de limitar os direitos políticos aos proprietários privados dos meios de produção e aos profissionais liberais da classe média, aos homens adultos “independentes”.

Todavia, as lutas socialistas e populares forçaram a ampliação dos direitos políticos com a criação do sufrágio universal (todos são cidadãos eleitores: homens, mulheres, jovens, negros, analfabetos, trabalhadores, Índios) e a garantia da elegibilidade de qualquer um que, não estando sob a suspeita de crime, se apresente para um cargo eletivo.

As lutas por igualdade e liberdade ampliaram os direitos políticos (civis) e, a partir destes, criaram os direitos sociais — trabalho, moradia, saúde, transporte, educação, lazer, cultura —, os direitos das chamadas “minorias” — mulheres, idosos, negros, homossexuais, crianças, índios — e o direito à segurança planetária — as lutas ecológicas e contra as armas nucleares. (CHAUÍ; OLIVEIRA, 2010, p. 80).



49 - (UESC BA)

A democracia é uma conquista obtida a partir de um processo que se iniciou na Antiguidade e que, em muitas regiões, é um fato recente ou ainda não concretizado.

Sobre a conquista da democracia, pode-se afirmar:

01. A democracia direta possibilitava um maior controle do poder político por todos os habitantes da Grécia, evitando a corrupção política e os conflitos sociais e estabelecendo a unidade cultural e política dos povos helenos.

02. A democracia moderna restringiu a participação política, ao se tornar representativa, contribuindo para o estabelecimento de governos autoritários, por impedir a participação dos cidadãos no processo eleitoral.

03. A democracia se confundiu com participação popular, na medida em que a queda do Antigo Regime levou os pensadores do Iluminismo a defenderem o controle político pelo proletariado através do sufrágio universal.

04. O modelo clássico democrático, adotado pelos Estados Unidos, após a independência, pressupunha que a igualdade política só seria viável com a igualdade social, fundamento básico da democracia moderna.

05. O voto universal, defendido pela “Carta do Povo”, na Inglaterra, caracterizava os limites dos interesses burgueses na crítica ao Antigo Regime, ao estabelecer como direito natural a propriedade privada dos meios de produção.



TEXTO: 3 - Comum à questão: 50

Ter Gutenberg escolhido a Bíblia como primeiro livro a ser divulgado amplamente foi um gesto revolucionário; foi colocar o sagrado em mãos profanas. Mas vai ser no século XVIII, com o Iluminismo, aprofundando algumas questões colocadas pelo Renascimento, que a leitura avança ainda mais, pois passou a traduzir para as línguas ocidentais muitas das obras clássicas até então acessíveis apenas em grego e latim, decorrendo daí uma maior popularização da tradição cultural do Ocidente e do Oriente.

(Affonso Romano de Sant´Anna. Ler o mundo.


S.Paulo: Global, 2011. p. 144)

50 - (PUCCamp SP)

O helenismo foi um fenômeno que traduziu a difusão de obras clássicas da cultura grega, à medida em que

a) a expansão do império macedônico, após este haver dominado o território grego e efetivado muitas trocas culturais com essa civilização, incluiu a propagação da cultura helênica.

b) o império romano traduziu para o latim as principais obras científicas, filosóficas e literárias da Grécia, incorporando esse legado cultural, bem como as instituições políticas dessa civilização.

c) a biblioteca de Alexandria serviu de base para a popularização da cultura grega em todo o Ocidente, até ser destruída por um incêndio criminoso, no final da Idade Média.

d) o governo de Atenas se empenhou em fazer circular as produções de seus pensadores e artistas, após ter vencido Esparta na Guerra do Peloponeso, vitória que selou a unificação do território grego.

e) o Renascimento recuperou e valorizou as referências estéticas da cultura grega, fazendo ressurgir o interesse por essa civilização, do qual derivou o movimento batizado de helenismo.

GABARITO:



1) Gab: D

2) Gab: D

3) Gab: B

4) Gab: A

5) Gab: E

6) Gab: C

7) Gab: A

8) Gab: D

9) Gab: D

10) Gab: C

11) Gab: 17

12) Gab: B

13) Gab: A

14) Gab: D

15) Gab: B

16) Gab: C

17) Gab: D

18) Gab: FFVVF

19) Gab: C

20) Gab: C

21) Gab: A

22) Gab: A

23) Gab: D

24) Gab: A

25) Gab: D

26) Gab: A

27) Gab: A

28) Gab: A

29) Gab: E

30) Gab: C

31) Gab: FFFVF

32) Gab: A

33) Gab: D

34) Gab: C

35) Gab: A

36) Gab: D

37) Gab: C

38) Gab: 22

39) Gab: C

40) Gab: B

41) Gab: D

42) Gab: D

43) Gab: D

44) Gab: C

45) Gab: C

46) Gab: 17

47) Gab: D

48) Gab: A

49) Gab: 05

50) Gab: A
1   2


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal