Lista de Exercícios



Baixar 74.94 Kb.
Encontro06.02.2020
Tamanho74.94 Kb.
Lista de Exercícios

  1. Caracterize quimicamente, classifique e identifique as principais drogas vegetais dos seguintes grupos:

Carboidratos, Ácidos graxos, Quinonas, Terpenos ,Saponinas, Glicosídeos cardíacos

Questões 1 , 6 7 10:

Os carboidratos são sintetizados nas plantas verdes, graças à fotossíntese, em que há conversão do dióxido de carbono (CO2) e água em glicídeos, com energia fornecida pela luz. A energia armazenada na molécula de glicose durante a fotossíntese é liberada na degradação (catabolismo) da glicose, produzindo-se água e CO2.






Biossintese

Característica química

Classificação

Drogas

Identificação

Carboidratos
OBSs(Açucares redutores são Aldoses e não redutores são Cetoses-Testes:felling-Vermelho-roxo / Tollens - (Ag) /Benedict–(cu)

Obs:hemiceluloses: AGAR-AGAR – extraído de algumas algas – tratamento da constipação crônica, síndrome do intestino irritável, hemorroida e colostomia. XILITOL – Edulcorante de efeitos beneficos



Substratos:

ribulose 1,5- bifosfato e CO2.


Fase clara (tilacoides)(fotoquimica)→ NadpH+ ATP
e fase escura (estroma) (química): Ciclo de Calvin-Benson

Cn(H2O)n

Homopolissacarideos:

Amido(amilose+amilopectina) Uso: (Cataplasma emoliente e sedativos de inflamações cutaneas; Antídodo em envenenamento por Iodo; Diluente e Excipiente)

Celulose(matéria prima p gaze, algodão, excipiente de comprimidos

Monossacarídeo

- Aldoses e Cetoses.

- Trioses, tetroses, pentoses e hexoses

Acrescentado(sofrem ciclização em solução aquosa)(a formação de açúcar após o ciclo de Calvin-Benson)



Glicose, frutose(alimentação parental, edulcorante) e galactose

Aç. Redutores: Teste de Benedict, Teste de Tollens
AMIDO: Teste Iodo

MEL: enz diastásicas...

Jager Smidt

Dissacarídeo

- 2 monossacarídeos interligados por um Oxigênio .

- Ponte oxídica ou ligação glicosídica


Sacarose (Mel)(D-Glicose e D-Frutose), celobiose, lactose e a maltose

Polissacarídeo

- Homopolissacarídeo: 1 tipo de monossacarídeo.

- Heteropolissacarídeo: mais que 2 tipos monossacarídeos.

Malva: farmacogenos: emoliente, expectorante, bequicas, anti inflamatório e adstringentes(usada em gastrite)(em gargarejos)e em (furunculos, erupções e ulceras)

Linho: prisões de ventre, semente cataplasma emolientes, oléo: linementos para queimaduras e dores reumáticas)

Plantago: folhas:emoliente,cicatrizante e anti inflamatório (internamente-expectorante, bequico e laxativo) SEMENTES- laxativos


Homopolissacarídeo: amido, celulose

- Heteropolissacarídeo:

Gomas: (Exsudados)

Goma Arábica, (Emoliantes)

(bequica)

(emulsioant)

Goma Caraia,(Prisao Ventre emagrecimento)

Goma Adragante(tratamento de prisão de ventre


Mucilagens:ñ exudado

- MALVA:

Malva sylvestris L

Farmacógenos:

- LINHO:

Linum usitatissimum L. Farmacógenos:
- PLANTAGO:

Plantago sp



Farmacógenos:


Ácidos graxos

São produzidos quando os lipídeos são quebrados




2 moléculas de AcetilCoA se unem formando uma de Malonil-CoA, com a descarboxilação de uma das moléculas do Acetil-CoA

Ácido carboxílico

Cadeias saturadas, mono ou poli-insaturadas

Sempre será com um Número par de carbonos

Obs: óleos essencias ñ são sintetizados pelo nosso corpo



  1. Saturadas(sem duplas), monoinsaturadas ( com uma dupla)ou poli-insaturadas (duas ou mais duplas)

II)Óleos fixos: Geralmente líquidos.

  1. Azeite

  2. Azeites virgens

  3. Azeites extra virgens

  4. Óleos

(são fontes de vitaminas e de ácido linoleico, ajuda a controlar taxas de colesterol, diminui hipertenção e excesso de LDL)

Óleo de Rícino: mamona - Ricinus ommunis L.

Farmacógenos:Semente(laxante,purgativa e vermífugo) (emoliente e cicatrizante)

Manteiga de Cacau:

Theobroma cacao

Farmacógenos:sementes: balsamo p labios,cosméticos, creme p queimadura, emoliente, hidratante

Óleo de Girassol:

Helianthus anuus L

Farmacógenos:semente(fonte superior de AC linoleico(Omega 6) e tbm constituído por Omega 9 e 3 e VIT E.. usado na pele para prevenção e tratamento de lesoes

Óleo de Oliva:

mais de trinta espécies diferentes (Olea europaea L) Farmacógenos:Fruto(redução de LDL no sangue, adjuvante na desosbtrução nas artérias, melhora nível de HDL



Ceras (importante veiculo para cosméticos)


-Pesquisa de Ranço:

Técnica de Fellenberg

-Hidrogenação

(Outras)
Teste do Iodo • Identifica a presença de ácido graxo insaturado.


-Pesquisa de parafinas nas ceras:

Gorduras: geralmente semi sólidos ou sólidos

Ceras: ésteres de ácidos graxos com álcoois graxos de cadeia longa.

Quinonas

Utilizada desde antiguidade- atividade biológica e fonte de corantes naturais



- Via MalonilCoA
- Vía Ácido Chiquimico

Os derivados antracênicos podem ser formados a partir de unidades provenientes de acetil- ou malonilcoenzima A, ou a partir do Ácido Chiquimico

Via acetil Coenzima-A (ou Malonil Coenzima-A): Acontece na biossíntese de antraquinonas em fungos, líquens e vegetais superiores das famílias Ramnaceas, Poligonaceas e Leguminosas..

Vía Acido Chiquimico: biossíntese de antraquinonas em Rubiaceas, Gesneriaceas, Escrofulariaceas, Verbenaceas, Bignoniaceas.




Dicetonas

m-quinonas ou 1,3 quinonas não existem.





Benzoquinonas 1 anel benzênico

Naftoquinonas 2 aneis benzênicos(ou anle naftalenico)

Antraquinonas 3 aneis com oxigênio em lados opostos(Forma livre: as geninas dos derivados antracenicos possuem algumas particularidades)(Forma heterosidica(glicosicica): Os compostos antraquinónicos sob a forma heterosídica sofrem glicosilação, que corresponde à introdução de oses formando o heterosídeos antraquinônico de modo a tornar a molécula mais hidrossolúvel.)(Formas reduzidas e Oxidas: Vários estágios de oxidação da antraquinona. Nas drogas vegetais secas apresentam-se num estado mais oxidado que nas drogas frescas----(Compostos não heterosídicos são isentos de atividade → absorvidos no intestino delgado e metabolizados no fígado são eliminados. • compostos heterosídicos → chegam ao intestino grosso)---

Fenantrauinonas 3 aneis com oxigenio do mesmo lado


ANTRAQUINONAS
SENE: Senna alexandrina Milter ou Cassia angustifólia

Farmacógenos: Foliolos e frutos(uso laxativo)

CÁSCARA SAGRADA:

Rhamnus purshianus DC. OU Frangula purshiana

Farmacógenos:( casca do caule)(laxativo)

RUIBARBO: Rheum palmatum L. e Rheum officonale Farmacógenos: (Rizomas) (laxativa)

BABOSA(Aloe Vera): laxativa

IPÊ ROXO Bactericida e Antitumoral

HENA Corante

Reação de Borntrager: Pesquisa de antraquinonas livre -- Esta reação de Borntrager só é positiva quando se atinge a coloração de vermelho, ou seja, quando as hidroxilas 1 e 8 estão livres e quando o composto está na forma antraquinônica (forma oxidada, com duas funções cetônicas)
Microssublimação: Resultado → Devem ser observados cristais amarelados, em forma de agulhas, que tratados com base coram-se de vermelhos (reação de Bornträger)

Terpenos

Os terpenos são hidrocarbonetos que ocorrem em plantas e animais como múltiplos de uma

unidade estrutural básica, o isopreno. Sua fórmula geral é (C5H8)n.Os terpenos oxigenados são

denominados terpenóides.




-Rota do ácido mevalônico (três moléculas de Acetil CoA)

-Rota do metileritritol fosfato(ocorre nos clorosplastos e outros plastídeos)




Unidades Isopreno

DITERPENOS

Ginkgo biloba: Ginkgo biloba L.

Farmacógenos:extraiida de folhas secas e trituradas -- isquemias cerebrais, cardíacas e periféricas efeito sobre necrose e apoptose de

Neurônios. irrigação dos tecidos melhorando a sua oxigenação

Stevia: Stevia rebaudiana Bert farmacogeno( folhas e astes secas) adoçante não calórico natural




MONOTERPENOS

  1. Pimenta-do-Reino:

  2. Piper nigrun L.

Farmacógenos: Frutos (antimutagênica, antimetastasíco, antitireioidite, hepatoprotetora, antidiarreica etc)

  1. Alecrim:

  2. Rosmarinus officinalis L

Farmacógenos:folhas e flores (estimulante digestivo, azia, debilidade cardíaca, é antissépitico, diurético, cicatrizante, vasodilatador etc.
SESQUITERPENOS

Camomila:

Matricaria recutita (L.)

Farmacógenos: (capítulos florais) antiinflamatoria, antialérgica, sedativa, cicatrizante etc)
Canela: Cinnamomum zeylanicum Blume

Farmacógenos:cascas secas e folhas e ramos p óleos stimulante, aromático, anti-séptico, antiinflamatório (utilizado em quadros gripais

Valeriana:

Valeriana Officinalis

Farmacógenos:raizes e rizomas: Utilizada para nervosismo, insônia e ainda como anti-espasmódico, hipnótico, carminativo, anti-tabagismo





Saponinas


-Rota do ácido mevalônico

-Rota do metileritritol fosfato



A) Ácidas: O caráter ácido pode ser devido à presença de um grupamento carboxila na aglicona ou na cadeia de açúcares

B) Básicas: O caráter básico decorre da presença de nitrogênio, em geral sob forma de uma amina secundária ou terciária, como nos glicosídeos nitrogenados esteroidais. As saponinas de caráter básico pertencem ao grupo dos alcalóides esteroidais

C) Neutras: Nas saponinas esteroidais, a aglicona é formada por um esqueleto de 27 carbonos dispostos num sistema tetracíclico



Saponinas Esteroidais


- GINSENG

Panax ginseng C.A.Mey

Farmacógenos: Rizomas e Raizes dessecadas(aumentar a resistência natural do organismo ao estresse e infecções e para reduzir a fadiga. Cansaço mental


A) diminuição da tensão superficial :

qualitativa ou quantitativamente.

- Teste de ação superficial → Por agitação

-Índice afrosimétrico ou de espuma: O índice de espuma é a determinação da maior diluição em que 1 g de droga é capaz de formar 1 cm de espuma em determinadas condiçõe

pela ação hemolítica.:


Saponinas Triterpênicas

ALCAÇUZ :

Glycyrrhiza glabra L.

Farmacógenos:rizomas e cascas (adoçante em confeitaria e produtos alimentares. edulcorante em preparações farmacêuticas. expectorante


Glicosídeos cardíacos

Os glicosídeos cardioativos ou cardiotônicos são substancias atuam diretamente sobre o

músculo cardíaco. Estes compostos são caracterizados pela ação altamente específica, homogêna e

potente que exercem sobre o músculo cardíaco. São medicamentos de escolha na insuficiência cardíaca



-Rota do ácido mevalônico

-Rota do metileritritol fosfato



-Núcleo esteroidal (esqueleto carbônico de 17 átomos característico, conhecido como ciclopentano-per-hidrofenantreno.)

- Unidades de açúcares

Anel lactônico → 2 tipos (Cardenolídeos (pentacíclico) ou bufadienolídeos (hexacíclico), sendo os cardenolídeos os mais importantes na medicina)

Cardenolídeos (cardenolído): moléculas contendo 23 átomos de carbono, com anel lactônico de 4 átomos de carbono, encontrados exclusivamente nos vegetais. Bufadienolídeos (bufadienólido): moléculas contendo 24 átomos de carbono, com anel lactônico de 5 átomos de carbono, encontrados principalmente nos anfíbios (gênero Bufos).

Ver isso

( digoxina digitoxina, os dois principais glicosídeos cardioativos)







DEDALEIRA:

Digitalis purpúrea L.

Farmacógenos folhas

Princípio ativo: Digitoxina é o glicosídeos cardioativos responsável pela atividade farmacológica.. Atividade farmacológica: Cardiotônico (inotrópico positivo e cronotrópico negativo).

Indicações: Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC) e Fibrilação Atrial

DEDALEIRA GREGA:

Digitalis lanata

Farmacógenos: folhas

Atividade farmacológica: Cardiotônico (inotrópico positivo e cronotrópico negativo)

Indicações: Insuficiência Cardíaca Congestiva (ICC) e Fibrilação Atrial

ESTROFANTO:

Strophantuhs gratus

Farmacógenos: sementes: Insuficiência cardíaca congestiva ou edema agudo do pulmão, fibrilação atrial, tratamento inicial e manutenção com digitálicos


1-Identificação dos açúcares - Reações Keller-Kiliani

2-Iidentificação do núcleo esteroidal:
Reação de Liebermann Burchard
3-Identificação do anel lactona:
Reação de Kedde:

4- Reações de fluorescência ao ultravioleta:
Reação de Pesez:



  1. Cite e explique os principais métodos extrativos classificando-os quanto ao uso de calor.



  1. Conceitue medicamentos fitoterápicos e produto tradicional fitoterápico e diga como podem ser feito seus registros.

Fitoterápicos são medicamentos obtidos a partir de plantas medicinais. Eles são obtidos empregando-se exclusivamente derivados de droga vegetal (extrato, tintura, óleo, cera, exsudato, suco, e outros).

Produtos Tradicionais Fitoterápicos serão autorizados por meio da demonstração do uso seguro no ser humano por um período longo, determinado pela Agência como de 30 anos



Medicamento Fitoterápico

Registro comum ou simplificado

Registro comum: baseado na apresentação de dados de eficácia e segurança (estudos)

 


Registro simplificado: se for uma das plantas da lista de Simplificados.

Produto Tradicional Fitoterápico (Nova Categoria)

Pode ser Notificado ou Registrado

Notificação: vale para os produtos listado no Formulário Fitoterápico Nacional. É feito de forma automática.

Registro: feito por meio de literatura que comprove o uso há pelo menos 30 anos

ou

se for uma das plantas da lista de Simplificados.





  1. Diferencie quanto as estruturas químicas, carboidratos, ácidos graxos, quinonas, saponinas, terpenos, glicosídeos cardíacos.



  1. Classifique quanto a estrutura química as quinonas, saponinas, heterosídeos cardíacos.



  1. Diga as principais características químicas responsáveis pela ação farmacológica de quinonas, saponinas, terpenos, glicosídeos cardíacos.

Quinonas:

Nas drogas vegetais secas apresentam-se num estado mais oxidado que nas drogas frescas.





  1. estado reduzido com Hidroxilas (OH) em C-1 e C-8 é mais potentes farmacologicamente do que o estado oxidado (chá da planta seca).

  2. Antraquinonas ligadas a heterosídios: efeito terapêutico

  3. formas livres →agliconas ou geninas. (são isentos de atividade)


GLICOSÍDEOS CARDÍACOS:



  1. Diga as principais interações farmacológicas das drogas pertencentes às quinonas, saponinas, terpenos, glicosídeos cardíacos.

  1. Antraquinonas



  1. Terpenos:



  1. Gingko biloba: Warfariana

  2. P. ginseng

Hipoglicemiantes:

Hipoglicemiantes orais (por exemplo metformina, tiazolidinadionas) ou com insulina.→ diminuir drasticamente os teores de açúcar no


sangue e este efeito confere algum risco para diabéticos.

Extrato de Ginkgo biloba: produz um efeito benéfico no desempenho da memória e nas funções cognitivas, mais potente do que cada um dos


fitoterápicos administrado individualmente.



  1. glicosídeos cardioativos + β-bloqueadores → bradicardia excessiva, e a associação com



  1. glicosídeos cardioativos + diuréticos depletores de potássio →desequilíbrio hidroeletrolítico (hipopotassemia), culminando em alterações do ritmo cardíaco.



  1. Identifique e dê o nome botânico e os farmacógenos de quinonas, saponinas, terpenos, glicosídeos cardíacos.


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal