Mensagens para Cultos e Reuniões



Baixar 1.85 Mb.
Página4/125
Encontro24.07.2016
Tamanho1.85 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   125

Morte de Nabote


“Então, vieram dois homens malignos, sentaram-se defronte dele e testemunharam contra ele, contra Nabote, perante o povo, dizendo: Nabote blasfemou contra Deus e contra o rei. E o levaram para fora da cidade e o apedrejaram, e morreu.” I Reis 21:13

Não tinha para onde ir: Aquele campo era tudo que Nabote possuía. Ele não tinha outro lugar para ir. O servo também tem que ter esta consciência. Não existe outro lugar para nós a não ser na Obra que o espírito está realizando.

Foi perseguido e apedrejado: Em nossa caminhada encontramos muitos que nos perseguem, nos apedrejam com palavras, nos humilham. Nabote não recuou. Não podemos deixar que estes homens, agindo na carne, roubem nossa herança. Não podemos recuar, pois não temos para onde ir.

Nabote morre: Nabote morre, mas não vende sua herança. O servo morre para o mundo e para o adversário, mas mantém a benção de Jesus em sua vida.

  1. Importância da Assistência

Comentário


“Havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos” Atos 20:8

Estamos vivendo uma época em que a Igreja tem recebido muitas revelações e orientações. Como a Igreja naquela ocasião, hoje existe muita luz no meio da Igreja.

Temos recebido muitas revelações na palavra, que nos deixam maravilhados e alimentados. A cada culto ou reunião, o Senhor nos tem alimentado deste “pão espiritual” como Paulo e os irmãos se alimentaram.

O nosso tempo nunca esteve tão curto, são tantas atividades, tantas reuniões para se colocar tudo em ordem. Como Paulo, o Espírito Santo tem pressa em orientar a Igreja, pois o seu tempo na Terra está acabando.


  1. Êutico


O sono é uma característica do ser humano, faz parte do nosso dia a dia. Podemos lutar contra ele por um tempo, mas chega uma hora que ele nos derrota. No nosso dia a dia, passamos por muitas provas, na sua maioria são vencidas, mas também em algum momento da nossa vida enfrentamos o “sono profundo”. A luta atinge o profundo do nosso coração e da nossa estrutura.

Quando estamos na presença do Senhor, alimentando e participando da luz, somos tomados por uma alegria e paz imensa. É como se deixássemos este mundo e estivéssemos vivendo no céu. Mas quando a luta atinge a nossa alma, nós caímos desta posição, caímos do terceiro andar, e voltamos para fragilidade da vida humana.


  1. Quem Êutico encontrou na rua


“... e foi levantado morto.” Atos 20:9

Em nossos momentos difíceis na vida, encontramos pessoas no mundo que tentam nos ajudar, nos tirar daquela posição de tristeza e luta. Eles querem nos levantar, mas não podem trazer a alegria da vida de volta para os nossos corações.


  1. O que Paulo fez


“Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está.” Atos 20:10

Não podemos deixar que as muitas atividades que temos na Igreja e na vida nos tornem insensíveis.



Paulo desceu até o rapaz. Nós também lembramos dos nossos momentos difíceis, da dor já sentida e descemos até a nossa natureza humana.

Paulo abraçou. A bíblia não relata uma oração ou imposição de mãos de Paulo para o milagre acontecer, bastou apenas um abraço. O maior poder que temos à nossa disposição é o amor. Para o Senhor ressuscitar aquele rapaz bastou apenas Paulo amá-lo.

E temos que amar estando próximo, o abraço não é uma demonstração de amor que se faz à distância. Temos que nos aproximar de nosso irmão em luta, não adianta só oramos em nossos lares ou na Igreja. Ele necessita de receber seu carinho, sua atenção nas vistas, nos telefonemas, nas conversas depois do culto.



Nós somos os únicos capazes de devolver a alegria da vida para nosso irmão.

Paulo parou tudo para ajudar ao jovem, pois ele sabia que de nada adiantaria conhecer e aplicar todos as orientações se ele não assistisse seu irmão. Podemos ser tão cheios de revelação à ponto de conseguir conversar com os anjos em sua língua, mas se não amarmos uns aos outros seremos vazios e frios.

Comentário Final


Muitos condenam Êutico por estar na janela, por ter dormido. Ele poderia ter ido embora a qualquer momento, mas não foi, ele ficou, tentando resistir ao máximo.

Não cabe a nós julgarmos os acontecimentos de nossa vida e dos nossos irmãos. Você só estará fora do amor e da assistência da Igreja se você levantar e sair, mas se a luta lhe abater nós temos o compromisso eterno de lhe amar.

  1. A Festa das Trombetas

“Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos seremos arrebatados juntamente com eles, nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor”. I Tes. 4:16-17

“Então os sete anjos que tinham as sete trombetas prepararam-se para tocar”. Ap 8:6


  1. Introdução


Para entendermos, é preciso considerar o significado de cinco festas de Israel no Velho Testamento, que apontam para um período profético da caminhada espiritual da igreja. As sete principais festas do Velho Testamento são:

  • Festa da Páscoa

  • Festa dos Pães Asmos

  • Festa das Primícias

  • Festa de Pentecostes

  • Festa das Trombetas

  • Festa da Expiação

  • Festa dos Tabernáculos

Estudaremos as cinco últimas, ou seja, festa das primícias, pentecostes, trombetas, expiação e tabernáculos.



  1. Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   125


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal