Metrosul IV iv



Baixar 37.71 Kb.
Encontro23.07.2016
Tamanho37.71 Kb.
METROSUL IV – IV

Congresso Latino-Americano de Metrologia

09 a 12 de Novembro, 2004, Foz do Iguaçu, Paraná – BRASIL

Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios
O GECOMETRO COMO AGENTE FACILITADOR NO RECONHECIMENTO DAS UNIDADES PRESTADORAS DE SERVIÇOS METROLOGICOS
Vanessa Marie Salm1, Alexandre Takeshi Ueno2, Carlos Alberto Schneider2


1 Bolsista do CNPq , Florianópolis-SC, Brasil

2 FUNDAÇÃO CERTI- Centros de Referencias em Tecnologias Inovadoras , Florianópolis-SC, Brasil



Resumo: Este Artigo apresenta a estrutura do Portal Gecometro junto com as associações de parceria existentes entre o portal,seus serviços e produtos.
O detalhamento bem como a associação entre os parceiros e o Portal será descrito de maneira que aponte o foco e a integração dos processos existentes entre os mesmos
P

alavras chave:
Gestão do Conhecimento, Metrologia, Unidade Prestadora de Serviços Metrológicos

1. INTRODUÇÃO

1.1 Apresentação do Gecometro;

A necessidade de gerir, disseminar informações e agregar a esta oportunidade de negócios se faz necessária para as novas transações e para a busca incessante de inovação em todos os campos de negócios.

Os setores de negócios tendem a apontar estas necessidades através de demandas de serviços,e da constante procura por informações válidas e consistentes

O setor Metrologico por abranger inúmeros campos de atuação e por descrever todas as necessidades deste mercado,consiste em captar e auxiliar nas tendências e necessidades atuais e futuras que são compreendidas por aspectos críticos.

A necessidade de suprir estas demandas bem como expandir de forma consistente e precisa as informações fez surgir o Portal Gecometro.

O Portal Gecometro surge a partir da parceria entre: Fundação Certi Finep,Universidade Federal de Santa Catarina,Pós MCI,Sociedade Brasileira de Metrologia,que idealizaram o mesmo que associa o modelo Certi de Gestão do Conhecimento ao modelo Atômico de organização do conhecimento

A figura 1 demonstra esquematicamente a estrutura conceitual do projeto: Consolidação do Modelo Certi de Gestão do Conhecimento Metrológico e suas Tecnologias.

O Portal Gecometro é uma plataforma de comunicação que congrega serviços e dispositivos que consistem em relacionar oportunidades de negócios,inovação e tecnologia.

Além disso o portal geri oportunidades de negócios por meio de um ambiente interativo de oferta de produtos e serviços do setor;criando um canal de comunicação entre seus parceiros e a comunidade empresarial e a sociedade.

1.2 Apresentação da Evolução do Gecomentro

A partir do desenvolvimento das atividades da equipe Gecometro tornou-se possível a vizualização e a identificação de três vertentes que segmentam a equipes contempladas em :Gestão do Conhecimento,Demandas Metrológicas e Ferramenta Técnica.

A aplicação e a disponibilização destes como forma de viabilizar processos e delimitar tarefas como afirmam Terra e Angeloni (2002)
“Projetos de gestão do conhecimento incluem análises das motivações e obstáculos para que os indivíduos venham a aplicar seu conhecimento, compartilhar o que sabem e fazer uso das informações e das tecnologias disponíveis”.
A transformação bem como as mudanças ocorridas a partir da idéia inicial de gestão do conhecimento aplicado a metrologia envolve desde o processo de gestão de informação até a disponibilização de conhecimento de especialistas para acelerar o processo da tomada de decisão.

As sistemáticas adaptadas ao portal envolvem aspectos que provem:informação,oportunidades de negócios e soluções das mais variados todos com o intuito de suprir as demandas do setor metrológico.



Figura 2: As três dimensões e variáveis da organização do conhecimento (Angeloni,2000).

A necessidade de envolver a comunidade metrologica consolidou a idéia de criar uma vasta rede de prestadores de serviços metrologicos dentro do portal

2. DESENVOLVIMENTO

2.1 Gecometro e os Parceiros

Os parceiros do Portal Gecometro são de vasta abrangência visto que há necessidade de se criar uma gama de contatos e de se obter o maior fluxo de informação determinada pelos mesmos.

São eles:Rede Metrologica, Lasar\PosMCI,SBM Associados
2.1.1 Rede Metrologica
É uma associação sem fins lucrativos, que congrega prestadores de serviços metrológicos, com a função de divulgar seus serviços e potencialidades à sociedade bem como promover o desenvolvimento tecnológico e econômico dos mesmos.

A Rede Metrologica apresenta junto ao Gecometro quesitos que concebem aos usuários do portal a oportunidade de desenvolver e criar redes de contatos e de relacionar aspectos de dimensão setor metrologico.

A busca de novas tendências de mercado bem como a apresentação de novas soluções é integrada de forma que correspondam as necessidades de serviços para o portal tais como: Curso De Treinamento, Bônus Metrologia, Fomento, Cadastro, Busca, Biblioteca Virtual e Informações

Nacionais ou Internacionais.


A contínua inserção e associação de novos atores dentro deste processo tende a apresentar o Portal Gecometro como agente facilitador no reconhecimento das Unidades Prestadoras de Serviços Metrologicos.Este processo será apresentado,a seguir.

2.1.2 LASAR/POSMCI
O LASAR, Laboratório Associado de Serviços e Assessoramento Remotos, é um conceito de atuação de um Centro Tecnológico, gerador e detentor de conhecimentos específicos.
A intenção é a concepção de um prestador de serviços externo que tem como meta à integração e o suporte da indústria e mercados associados (aqui denominados Cliente Final) através de serviços tecnológicos e de assessoramento, os quais exigem forte cooperação entre o Centro Tecnológico e seus clientes.
O conceito utiliza-se de sistemáticas prevendo a Internet como meio de comunicação entre as entidades relacionadas, provendo informação, interação e cooperação.
Para tanto o Portal Gecometro busca esta associação a fim de levar a este conceito a aplicação do processo de Gestão do conhecimento agregado a serviços facilitando a busca por inovações.
O Lasar juntamente com o Portal Gecometro apresenta suporte nas Normas Nacionais e Internacionais; novas Tendências da qualidade;acesso facilitado e exclusivo a essas Informações;Informação confiável, estudada e com conclusões práticas;referências de aplicação a baixos custos

2.1.3 SBM Associados


A Sociedade Brasileira de Metrologia representa para as ações do Gecometro, uma oportunidade de sistematizar informações metrológicas relevantes aos atuais e potenciais associados da SBM.
O conceito de atuação está em integrar interesses e demandas dos seus associados, que serão estruturados sob a forma de pacotes de informação, articulação de projetos e/ou consultorias especializadas para tais necessidades.
O modelo de atuação do Gecometro, permitirá que a atuação da SBM esteja ainda mais suportada em termos de informação para seus associados. As informações de domínio público poderão ser consultadas com o suporte do Gecometro para atendimento de demandas imediatas de seus associados.
Consultas de maior complexidade, que exijam o envolvimento de especialistas da área, poderão ser realizados na estrutura do gecometro de forma que a própria SBM utiliza de suas regionais para articulação destas informações e ações.

2.2. GECOMENTRO E O RECONHECIMENTO DAS UPSM
O reconhecimento das Unidades Prestadoras de Serviços Metrologicos junto a RM Catarinense se dá a partir da parceria existente entre a mesma e o Portal Gecometro,que juntos tem o papel de Gerenciar as Informações e o Conhecimento advindos das UPSMs.

O conceito e a resolução dos processos são contemplados como forma de distinguir e exemplificar o funcionamento do fluxo de informação denominado Homologação que relaciona quesitos que envolvem sub-processos tais como:Cadastramento,Afiliação e a Homologação propriamente dita.


A caracterização e a descrição dos atores que participam do reconhecimento são determinadas para o entendimento e a compreensão de todo o processo,considerando que os envolvidos neste reconhecimento são técnicos e especialistas específicos prontos para analisar e validar a unidade futuramente creditada.
2.2.1.O CADASTRAMENTO
O processo de cadastramento aceita usuários do tipo fornecedor de serviços metrológicos tanto para pessoa física como para jurídica enfim todos os interessados em se cadastrar como prestador de serviços metrológicos.
A função de cadastramento abrange primeiramente o preenchimento de um formulário no qual constam dados cadastrais referentes à mesma.
Logo após o preenchimento on-line do formulário a UPSM tem seus dados enviados para ao banco de dados do portal Gecometro onde se dará inicio a ativação do cadastro.
Caso os dados preenchidos no formulário estejam inconsistentes segundo critérios de avaliação aplicados pelo Analista Técnico da Rede Metrologica a UPSM receberá uma notificação por:e-mail,fax,telefone ou carta para retificação.
Após esta ação a UPSM receberá no endereço eletrônico cadastrado no formulário uma solicitação do sistema para validação do seu cadastro.
Na lista das UPSMs cadastradas irá conter seus:

serviços prestados (credenciados, homologados e cadastrados) as faixas de medição, calibração; Incertezas; os dados cadastrais das UPSMs; a certificações obtidas; o tempo de homologação; o número de serviços prestados por intermédio da RM.



2.2.2. A AFILIAÇÃO
A Afiliação consiste em agrupar os dados cadastrais advindos do cadastramento e assim inserir no contexto do Portal como forma de ampliar e de assegurar a UPSM uma melhor divulgação e desfrutar de serviços oferecidos pela mesma.
A afiliação das UPSM na Rede Metrologica-SC a mesma deverá solicitar a afiliação,caso a UPSM seja uma unidade já cadastrada esta deverá entrar com seu Login e Senha.
Após estar logada a mesma efetua o preenchimento dos campos referentes à afiliação, concluído o cadastro de afiliação a unidade deverá confirmar a sua solicitação.
Caso a unidade não esteja logada e não for cadastrada está preenche o formulário de cadastro de afiliação onde se encontra o cadastro básico mais os campos referentes à afiliação.Após o preenchimento do mesmo a unidade deverá confirmar a sua solicitação.


2.2.3.HOMOLOGAÇÃO

O processo de Homologação direciona e contempla as etapas anteriores de cadastramento e afiliação como forma de finalizar e beneficiar as unidades trilhadas por esta inicialização


Para iniciar o processo de homologação a UPSM deve primeiramente observar se já é esta cadastrada ou até mesmo afiliada caso não tenha nenhum destes quesitos à mesma deve dar inicio aos processos descritos anteriormente.
Logo após a realização e a constatação dos pré requisitos citados a UPSM irá se homologar e seguir os seguintes passos cadastrar-se à RM e solicitar à mesma para homologação tendo em vista a documentação de pré-requisitos para homologação e a documentação necessária para homologação.
Logo em seguida é realizada a auditoria na UPSMs obtendo assim o selo de Homologado a RM logo em seguida a manutenção da Homologação.
Após a UPSM ser homologada a mesma desfrutará de benefícios como o bônus metrologia na qual este poderá desfrutar de imuneros benefícios que o bônus irá proporcionar.


2.3. TECONOLOGIA UTILIZADA
Para o desenvolvimento do portal Gecometro, foram utilizadas ferramentas opensource, como por exemplo o Typo3 que utiliza a linguagem PHP e banco de dados MySql.
Foi aplicado também conceitos de XML, para que possamos reutilizar os código, minimizando possíveis erros de desenvolvimento e melhorando futuramente a parte de manutenção do portal.
A metodologia utilizada para que o processo fosse o mais direcionado possível e assim o desenvolvimento fosse realmente focado, e o resultado também, e assim pudéssemos realmente atingir a meta do cliente.
Esse método foi o de diagrama de telas e funções, onde com a intervenção de um profissional da área técnica, conseguimos fazer os processos serem mais claros e objetivos, focando o usuário final


3.CONCLUSÃO
O Portal Gecometro apresenta suas atividades e oferece na sua essência o compartilhamento principalmente do conhecimento como serviços de informação .
Além disso proporciona

a articulação de projetos como estratégia na identificação de oportunidades (problemas x soluções) nos setores específicos e no desenvolvimento dos projetos de negócio.



REFERÊNCIAS

M. T. Angeloni, (coord.), “Organizações do Conhecimento: infra-estrutura, pessoas e tecnologias”, São Paulo: Saraiva, 2002



Autora: Graduanda em Gestão da Informação,Vanessa Marie Salm, Fundação CERTI, Campus da UFSC, cx 5053, Florianópolis, Brasil, 48 239-2000, vas@certi.org.br

D.E.A – Information Stratégique, Alexandre Takeshi Ueno, Fundação CERTI, Campus da UFSC, cx 5053, Florianópolis, Brasil, 48 239-2185, atu@certi.org.br



Dr. Carlos Alberto Schneider, Alexandre Takeshi Ueno, Fundação CERTI, Campus da UFSC, cx 5053, Florianópolis, Brasil, 48 239-2011 – cas@certi.org.br


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal