Ministério da Educação Universidade Federal do Ceará



Baixar 34.86 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho34.86 Kb.

Ministério da Educação

Universidade Federal do Ceará

Pró-Reitoria de Graduação


PROGRAMA DE DISCIPLINA


1. Curso: Comunicação Social

2. Código: 12




3.Modalidade(s): Bacharelado

X

Licenciatura




Profissional




Tecnólogo




4. Currículo(Ano/Semestre): 2009 / 2




5. Turno(s): Diurno




Vespertino

X

Noturno







6. Unidade Acadêmica: Instituto de Cultura e Arte




7. Departamento:




8. Código PROGRAD:

HE 536

9. Nome da Disciplina:

Seminário – Jornalismo de Cidade




10. Pré-Requisito(s):

Jornalismo Impresso I




11. Carga Horária/Número de créditos:

Duração em semanas: 16

Carga Horária Semanal

04 horas


Carga Horária Total: 64 horas




Teóricas: 20

Práticas: 44




Número de Créditos: 04

Semestre: 99




12. Caráter de Oferta da Disciplina:

Obrigatória:




Optativa:

X




13. Regime da Disciplina:

Anual:




Semestral:

X




14. Justificativa:

A disciplina trata das práticas de texto de jornalismo de cidade na contemporaneidade. O jornalismo de cidade é das áreas da atividade jornalística das mais importantes, constituindo-se campo de interesse e atuação de um grande número de estudantes e profissionais, além de interessar de perto aos cidadãos. Área profundamente marcada pela produção de notícias e reportagens em profundidade sobre o dia-a-dia da cidade e seu cotidiano, não só no curso como na realidade do mercado de trabalho atual.




15. Ementa:

Breve introdução sobre a cidade como fenômeno urbano. História e crítica sobre jornalismo de cidade no Brasil a partir da experiência literária e jornalística de João do Rio: posturas, procedimentos, práticas e produções textuais através da crônica e da reportagem. Cenários contrapostos: do início do séc. XX ao início do séc. XXI, as múltiplas faces do jornalismo. A rua, a cidade e seus prolongamentos, a partir de uma visão jornalística moderna. Pautas, procedimentos e gêneros jornalísticos ligados à cidade.




16. Descrição do Conteúdo:

Unidades e Assuntos das Aulas Teóricas


Semana


Nº de

Horas-aulas



1. UNIDADE I – Introdução

Apresentação da turma e do professor; sondagens iniciais sobre o conteúdo e a motivação para a disciplina; apresentação dos conteúdos, da metodologia e dos processos de avaliação e participação; análise da bibliografia e organização dos procedimentos gerais da disciplina; apresentação dos textos fundamentais a serem utilizados durante as aulas





02

2. UNIDADE II – A cidade, o jornalismo e a literatura

Visão introdutória sobre a cidade. O jornalismo: quadro histórico e referencial sobre o desenvolvimento da atividade jornalística. Jornalismo e literatura: territórios compartilhados, fronteiras estabelecidas. Jornalismo em fins de século: à guisa de reflexão.

3. UNIDADE III – Contribuição de João do Rio

A dupla face de João do Rio: cronista e repórter. Referência seminal do jornalismo de cidade no Brasil. Crônica e reportagem. João do Rio e A alma encantadora das ruas.



1ª, 2ª, 3ª, 4ª

5ª,


18



Unidades e Assuntos das Aulas Práticas


Semana


Nº de

Horas-aulas












4. UNIDADE IV – A reportagem a partir da rua

Os vasos comunicantes e a polifonia da cidade, em particular a cidade de Fortaleza. Jornalismo de cidade: múltiplos olhares. Pauta, produção, fontes jornalísticas. As práticas de textos de cidade: os gêneros jornalísticos e a cidade – reportagem (contraposição com notícia e entrevista) e crônica (contraposição com artigo e coluna). Conclusão: avaliação da disciplina.



6ª, 7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª, 14ª, 15ª e 16ª

44




17. Bibliografia Básica:

ABRAMO, Cláudio. A regra do jogo – o jornalismo e a ética do marceneiro. São Paulo (SP). Companhia das Letras, 1988.

ANUÁRIO DO CEARÁ. Publicação do Jornal O Povo, Fortaleza (CE), 2006.

BAHIA, Juarez. Jornal, história e técnica – as técnicas do jornalismo. Vol. 2. 4ª edição revista e aumentada. São Paulo (SP). Editora Ática, 1990.

BENDER, Flora C. & LAURITO, Ilka B. Crônica – história, teoria e prática. Coleção Margens do Texto. São Paulo (SP), Editoria Scipione, 1993.

CHALHOUB, Sidney, NEVES, Margarida de Souza & PEREIRA, Leonardo Affonso de Miranda. História em cousa miúda – capítulos de história social da crônica no Brasil. Campinas (SP), Editora da Unicamp, 2005.

LAGE, Nilson. Ideologia e técnica da notícia. 3ª edição (revista pelo autor). Florianópolis (SC). Insular/ Edufsc, 2001.

____________ Estrutura da notícia. 2ª edição. Série Princípios. São Paulo (SP). Editora Ática, 1987.

____________ Linguagem jornalística. 2ª edição. Série Princípios. São Paulo (SP). Editora Ática, 1986.

____________ A reportagem: teoria e técnica de entrevista e pesquisa jornalística. Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). Editora Record, 2001.

MARCONDES FILHO, Ciro. Jornalismo fin-de-siècle. São Paulo (SP). Scritta Editorial, 1993.

MEDINA, Cremilda de Araújo. Notícia, um produto à venda – jornalismo na sociedade urbana e industrial. 3ª edição. Coleção Novas Buscas em Comunicação. São Paulo (SP). Summus Editorial, 1988.

MOISÉS, Massaud. A criação literária – prosa II. 15ª edição revista e atualizada. São Paulo (SP), Cultrix, 1997.

MORENO, Júlio. O futuro das cidades. São Paulo (SP). Editora Senac, 2002.

RIO, João do. A alma encantadora das ruas. Org. ANTELO, Raúl. Coleção Retratos do Brasil. São Paulo (SP). Companhia das Letras, 1997.

ROLNIK, Raquel. O que é cidade. Coleção Primeiros Passos, vol. 203. São Paulo (SP). Brasiliense, 1988.

SÁ, Jorge de. A crônica. 2ª edição. Série Princípios. São Paulo (SP). Editora Ática, 1999.

SALGADO, Ronaldo. A crônica reporteira de João do Rio. 1ª edição. Fortaleza (CE), Laboratório de Estudos da Oralidade UFC / UECE e Expressão Gráfica e Editora Ltda. 2006.






18. Bibliografia Complementar:

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas I. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. 4ª edição. São Paulo (SP), Editora Brasiliense, 1989.

_________________ Rua de mão única. Obras escolhidas II. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho e José Carlos Martins Barbosa. 2ª edição. São Paulo (SP), Editora Brasiliense, 1987.

_________________ Charles Baudelaire, um lírico no auge do capitalismo. Obras escolhidas III. Trad. José Carlos Martins Barbosa e Hemerson Alves Baptista. 1ª edição. São Paulo (SP), Editora Brasiliense, 1989.

CALVINO, Ítalo. Cidades invisíveis. Trad. Diogo Mainardi. São Paulo (SP), Companhia das Letras, 2000.

CANDIDO, Antonio. (org.) A crônica – o gênero, sua fixação e suas transformações no Brasil. Campinas (SP) e Rio de Janeiro (RJ), Editora da Unicamp e Fundação Casa Rui Barbosa, 1992.

CANEVACCI, Massimo. A cidade polifônica – ensaio sobre a antropologia da comunicação urbana. Trad. Cecília Prada. São Paulo (SP), Livros Studio Nobel, 1993.

COLARES, Ciro. Fortalezamada – roteiro para os amantes de uma cidade. Fortaleza (CE). Co-edição Emcetur, Nação Cariri Editora e Livraria Gabriel, 1984.

GIRÃO, Raimundo. Geografia estética de Fortaleza. Fortaleza (CE). Edições da UFC – Programa Editorial Casa de José de Alencar, 1997.

SILVA, José Borzacchiello da. Nas trilhas da cidade. 2ª edição. Coleção Outras Histórias – volume 03. Fortaleza (CE), Museu do Ceará / Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, 2005.

SILVA FILHO, Antônio Luis Macedo e. Fortaleza – imagens da cidade. Coleção Outras Histórias – volume 01. Fortaleza (CE), Museu do Ceará / Secretaria da Cultura do Estado do Ceará,







19. Avaliação da Aprendizagem:

Os alunos serão avaliados pela participação nas aulas e nas atividades da disciplina, principalmente pela produção dos textos de reportagem e crônica, a partir de pautas previamente elaboradas.




20. Observações:

O caráter de disciplina prática é acentuado. O que determina as avaliações práticas como tendo um peso maior.



Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal